Jump to content
Forum Cinema em Cena

Leaderboard

Popular Content

Showing content with the highest reputation since 10/18/20 in Posts

  1. Sim, totalmente de acordo. Esse SnyderCut jamais poderá ser visto como uma "versão do Diretor" e comparado ao que foi lançado. É como se fosse outro filme. Original: Não Lançado Whedon Cut: Lançado Snyder Cut: Remake do Original Não Lançado O Original? Jamais saberemos o que seria. Mas não acho que abre precedente não, é apenas um Frankenstein bizarro e único, até o momento.
    2 points
  2. Convenção das Bruxas é um remake apenas ok diante do bacanudo filme noventista, e perde muito em muitos aspectos ao original. Na verdade, confesso que so assisti por causa do diretor, Bob Zemekis. Mas ele faz um filme meio genérico, porém bem feito, sem o encanto que o original tinha. Por exemplo, não existe aquele cagaço que pairava sobre as bruxas antes da transformação. E aqui todas parecem dondocas botocadas de CGI, onde a maquiagem artesanal fazia muita diferença. Hathaway bem que se empenha mas ainda não chega aos pés da Angelica Huston. É um filme mais comedido diante do original, mas a
    2 points
  3. O trailer em 16 bit.. curti mais que o original
    2 points
  4. Vou começar outra maratona cinéfila, dessa vez circulando pela obra de John Cassavetes. Já vi alguns dos filmes, mas não posso dizer que tenha verdadeira intimidade com a importantíssima obra dele. Noite de estreia, então, com "Noite de Estréia", de 1977. "N`um vou nem falar nada" pra interpretação magistral, icônica, da esposa dele, a grande, a premiada com o Oscar Honorário em 2016, a ainda viva, Gena Rowlands, que, por este filme, ganhou o Urso de Prata em Berlim. Uma grande atriz conhecida por entrar na pele de seus personagens ensaia uma peça na qual precisa viver uma mul
    1 point
  5. On the Rocks é uma matinê bem light prum dia qualquer e que dá pro gasto, etc e tal. Na verdade eu esperava mais deste filme, assim como Encontros & Desencontros, mas esta produção embora reverbere alguns momentos deste filme citado, no geral é um filme muito mais light e sem nadicas da profundidade do mesmo. O filme é quase uma dramédia light, onde o Bill Murray (lógico) rouba todas as cenas em que aparece. Sessão da Tarde que trata de conflitos geracionais, é isso! Pipocão divertidinho e nada mais, mas eu esperava algo mais profundo, mais cultureba vindo da diretora.. 8-10
    1 point
  6. Mas uma coisa tem que se admitir. O Snyder deve ter uma puta labia. Os filmes dele não são sucesso de público e nem de crítica, mas o cara consegue fazer os estúdios investir nos projetos dele. Afinal, pra esses reshoots tiveram que montar toda uma estrutura de novo. Lá na Netflix, o filme de zumbi dele nem saiu, e já tem uma série animada pra acompanhar. Tipo, como assim? Snyder deve dar aula de estratégia de venda, PQP
    1 point
  7. Quem tem mais motivos pra reclamar é a Rose (Kelly Marie Tico)...ela sim, foi totalmente descartada no terceiro filme. No segundo filme, do qual ela foi suporte pro Finn, pois ele estava longe da Rey. E deu pra ver que a química Rey-Fin realmente foi boa, pois com a Rose não deu a mesma liga. Com a dupla Rey-Finn voltando no terceiro filme, a pobre Rose ficou de escanteio...O Finn teria tido um fim muito bom, se tivesse se sacrificado no final do segundo. Outro que tem motivos pra chorar..é o Mark Hammil..e ele chora...kkk..pois no primeiro filme, ele aparece só no finalzinho, quase nos p
    1 point
  8. ARNOLD SCHWARZENEGGER PASSA POR CIRURGIA NO CORAÇÃO O ator Arnold Schwarzenegger foi submetido a uma cirurgia cardíaca esta semana. Quem conta essa história é o próprio astro, que através do Twitter publicou fotos e um agradecimento especial à equipe médica que realizou o procedimento. A estrela de O Exterminador do Futuro e ex-governador da Califórnia conta que a partir de agora possui uma nova válvula aórtica, uma estrutura muito importante do coração. A operação ocorreu em Cleveland, no estado do Ohio, cidade por onde Schwarzenegger já está passeando. Confira a mensagem e uma d
    1 point
  9. Ou seja...está aproeitando e fazendo outro filme...SnyderCut, a farsa do ano.
    1 point
  10. 1 point
  11. ah, cara..cada um cada um... eu tento gostar do ator como artista e não como pessoa, e tem dado certo.. atores são perfeitos, pessoas tem trocentos defeitos (como nós)... aprendi isso com o saudoso Charlton Heston, ator que eu adoro ainda até hoje pela sua filmografia, mas como pessoa é um zé ruela, uma vez que era o maior expoente do lobby de armas nos States e foi ferrenho na campanha do Reagan/Bush.. fazeoquê, ne?
    1 point
  12. Maratona Kelly Reichardt. Esse foi difícil de encontrar também, o encontrei em uma cópia ruim de uma tevê de arte alemã. Fui procurar críticas sobre ele, e não encontrei nada em português, nenhum comentário no Filmow, nem em lugar nenhum. Uma pena! Pois deveria ser conhecido. "Ode" é um média-metragem, de 1999, segunda produção da Kelly Reichardt, com cerca de 50 minutos. Quando cheguei ao final, bem impressionado com o que vira, fui procurar informações sobre a história, e achei o filme com mais qualidade ainda. É um grande trabalho de intertextualidade. É a releitura de um fi
    1 point
  13. Jailcante

    19 Dias de Horror

    Não vi o original mas vi no youtube uns vídeos falando dessas diferenças do original pra esse remake. Falaram que diretor na época iria fazer só um curta metragem com a babá e o estranho, só depois que decidiram fazer longa metragem, e aí incluíram mais 2 atos no filme. Tentei ver original no youtube, mas não tem legendas e imagem tá bem ruim (acho que pegaram do VHS), aí desisti.
    1 point
  14. Exato. Com diretores descontentes com ações do estúdio pedindo reshoots de filmes já lançados pra completarem a visão original da obra. Espero que este seja um caso isolado.
    1 point
  15. Questão

    19 Dias de Horror

    Confesso que não morro de amores por esse remake. Vi há alguns anos na Globo, e lembro de achar bem "nhé". Ele é bem diferente do original, já que no original, todo o lance dela cuidando das crianças e do maníaco ligando e só a cena de abertura (que é a melhor coisa do filme). Pra esse remake, eles decidiram fazer a cena de abertura do original como um filme inteiro. Hehehe
    1 point
  16. Jailcante

    19 Dias de Horror

    Fazendo uma média aqui nos boxes Slashers lançados pela Versátil (Ainda não tenho o Vol. 8 que acabou de sair - vou ficar devendo). Vol.1 Filmes -Acampamento Sinistro -O Pássaro Sangrento (Pior Filme do box) -Chamas da Morte/A Vingança de Cropsy (Melhor filme do box) -Assassinatos na Fraternidade Secreta Notas (de 1 a 5): 2+1+5+2 = 10 Média: 2,5 Vol. 2 Filmes -Dia dos Namorados Macabro (Melhor filme do box) -O Massacre (Pior filme do box) -Feliz Aniversário pra Mim -Noite Infernal Notas (de 1 a 5): 5+2+3+2 = 12 Média: 3
    1 point
  17. Filmes em Cartaz...olha aí @Jailcante se não fosse a pandemia daa pra er o Superman de 78.
    1 point
  18. Sei lá, Primão..eu vejo isso com desconfiança e descrédito total. Não tenho dúvidas queo Joker do Leto deva ter sido foderástico, mas a presença dele só faria algum sentido no filme do Ayer...e olhe lá! No filme da Liga ia servir pra quê, a não ser mero fan-service pra galera do twitter?! Acho que nem de pós-crédito a chance dele aparecer..e pra quê? Pra dar esperança duma sequencia que nunca vai ocorrer? O Joker do Phoenix foi a pá de cal de qualquer esperança de ressuscitar o Leto nesse universo. A menos que ele apareça somente pro Flash deletá-lo da existencia de vez e arrumar a bagunça de
    1 point
  19. Não acaba. Filmografia do cara é extensa demais. Estou me desdobrando para achar os últimos filmes dessa maratona, alguns sem comentário ou crítica alguma em português, o que indica o pouco contato do espectador brasileiro com um dos maiores diretores do mundo hoje. "Mulher na Praia", de 2006, no geral, é mais um bom filme do coreano. Mas, em minha opinião, ele retrocede em estilo ao que ele tinha alcançado em "Conto de Cinema" de 2005. Há muitos cenários, muitas situações, muitos cortes, não dá nem pra perceber o diretor minimalista de agora. Porém, o diretor metalinguístico, que emula E
    1 point
  20. Big One

    Uncharted (16/07/2021)

    Imagem do novo filme
    1 point
  21. Melhor luta no exato min 1😁
    1 point
  22. e ja tem pra baixar, mas ainda sem legeda portugues, so espanhol.....kkkkk Convenção das Bruxas é um remake apenas ok diante do bacanudo filme noventista, e perde muito em muitos aspectos ao original. Na verdade, confesso que so assisti por causa do diretor, Bob Zemekis. Mas ele faz um filme meio genérico, porém bem feito, sem o encanto que o original tinha. Por exemplo, não existe aquele cagaço que pairava sobre as bruxas antes da transformação. E aqui todas parecem dondocas botocadas de CGI, onde a maquiagem artesanal fazia muita diferença. Hathaway bem que se empenha mas ainda não c
    1 point
  23. Rebecca - A Mulher Inesquecível 2020 ‧ Mistério/Romance ‧ 2h 1m Conseguiram tirar as tensões e.emocoes durante todo.o.filme. É um filme inodoro, a idolatria da Mr Van Hoper por Máxim é muito breve, não é bem desenvolvido. O modo como Maxin decide pedir a de Winter em casamento tbm. No original a a cena onde ela vai deixar Mônaco e tenta avisar o Maxim é cheia de tensão. O que salva é a Mrs Danvers, nao chega aos pés da Mrs Danvers do Hitchcock mas ela.manda bem. Mas me incomodou ela sorrir em alguns momentos. Acabou suavizando-a. Sem contar a cena final que o diretor
    1 point
  24. Netflix fará campanha para Chadwick Boseman como melhor ator no Oscar por 'A Voz Suprema do Blues':
    1 point
  25. Verdade seja dita, quando as pessoas lembram de ESTRADA DA FÚRIA, lembram muito mais da furiosa do que do Max do Tom Hardy. Dá pra entender por que o Miller preferiu fazer esse antes.
    1 point
  26. A escolha é curiosa. Carisma a Gadot tem, e isso é essencial para Cleopatra. Ao mesmo tempo, acho que é uma personagem que exige muito mais recursos dramáticos do que qualquer coisa que a Gal fez até agora. Quanto a Jenkins, gosto do estilo visual dela, e acho que casa com um filme como CLEOPATRA.
    1 point
  27. A Ellen Page (a Kitty Pride dos X-Men, homosexual assumida) tretou com ele faz ano e meio por causa da igreja, mandou indiretas a ele por rede social. Ele meio que desconversou. Isto porque 2 membros de alto nível executivo da igreja fizeram declarações contra homossexualidade, o responsável pela sede de Nova York, que afirmou que era um pecado e que nenhum homossexual jamais chegaria a uma posição de liderança na igreja, e o pastor sênior global, que liberou uma declaração contra o casamento de dois membros homossexuais da igreja. Como Pratt é membro da igreja e defendeu a mesma no rolo com a
    1 point
  28. Jailcante

    19 Dias de Horror

    Quando um Estranho Chama (When a Stranger Calls, Dir.: Simon West, 2006) 2/4 Babá é incomodada por telefonemas de um estranho quando vai cuidar de um casal de crianças numa casa isolada. Achei até bom, e bem executado esse remake de um filme de terror setentista. Saiu naquela leva do início dos anos 200 de remakes de filmes dos anos 1970/1980. O início é meio enrolado pra montar o cenário, mas do meio pro final a coisa fica agitada e boa. Não tenho maiores reclamações. Tá tudo redondinho. Não vi o original de 1979, mas pelo que vi são diferentes. Visto no Netflix.
    1 point
  29. Sobre o Coringa. E o pouco que vimos não deixou ninguém com gostinho de quero mais. Vc acha que adicionar mais 30 minutos do Coringa ia melhorar?
    1 point
  30. Jorge Soto

    Pantera Negra 2

    Netflix divulga trailer do ultimo filme do interprete do Panteroso A sinopse oficial diz: Chicago, 1927. Em uma sessão de gravação, surgem tensões entre Ma Rainey (Viola Davis), seu trompetista ambicioso (Chadwick Boseman) e os empresários brancos determinados a controlar a lendária Mãe do Blues. Baseado na peça do vencedor do prêmio Pulitzer August Wilson. Além de Davis e Boseman, que já estão entre os favoritos da crítica para concorrerem ao Oscar de Melhor Atriz e Melhor Ator, A Voz Suprema do Blues tem no elenco nomes como Colman Domingo, Glynn Turman, Michael Potts,
    1 point
  31. Assisti aqui, ficou muito bom: **Mas vi um vídeo de um cara falando da HQ que saiu um tempo atrás também baseada nesse roteiro não filmado, e o final era diferente. Acho que acrescentaram um fim extra aqui (que é até legal), e a parte do vulcão, o cara não citou também. Não sei se era algo que estava no roteiro e tiraram na HQ, ou foi algo que acrescentaram aqui. Enfim. De qualquer forma, já podemos fechar a conta e passar a régua, nessa lenda urbana que é o final desse desenho.
    1 point
  32. primo

    Dexter

    tomara que vejamos pelo menos um pouco dessa galera ae enfim... no geral, ótima notícia!
    1 point
  33. Hora de desmacarar os ídolos... Led Zeppelin - Quando os gigantes caminhavam sobre a Terra
    1 point
  34. Gostei do título do projeto...
    1 point
  35. Bateu aquela saudade de ir no Sesc ver shows..que agora estão sendo trasnsmitidos ao vivo..é live que fala neh? Metá Metá
    1 point
  36. SergioB.

    Oscar 2021: Previsões

    Gostei apenas moderadamente de "Os 7 de Chicago". A cena final (historicamenete falsa) foi muito sentimental, a meu ver, destoando das facetas cômica e racional do filme. Me lembrou muito a cena famosa de James Stewart em "A Mulher Faz o Homem", de 1939, em seu discurso infinito. Ou mesmo, "Sociedade dos Poetas Mortos". A melhor coisa é o elenco excelente. Todos estão ótimos, mas as atuações que eu mais gostei foram, preferencialmente, as de Frank Langella e Yahya Abdul-Marten II. O texto de Aaron Sorkin, rapidíssimo e cheio de frases marcantes, preenche bem o filme, mostra bem a pe
    1 point
  37. ‘On The Rocks’, comédia que marca o retorno da colaboração entre Sofia Coppola e Bill Murray pela primeira vez em 17 anos, estreou no Festival de Nova York nos últimos dias e já está ganhando vários elogios da crítica especializada e do público – que estão caracterizando o longa como a produção mais leve da diretora e a sua melhor entrada desde ‘Encontros e Desencontros’ (2003). Confira as reações abaixo: “‘On the Rocks’ é o melhor filme de Sofia Coppola desde ‘Encontros e Desencontros’. Uma carta de amor irresistível e charmosa para o complicado rel
    1 point
  38. Errado vc não está @Jailcante. Eu TB peguei ranço.
    1 point
  39. É o que todos queremos. E assim: O vilão do Andrew aparece, porque ele mesmo deve vir pra combater ele de novo (?). Aí, talvez o McGuire também venha atrás de algum vilão dele. Se Marvel confirma algum ator que foi vilão da trilogia do Raimi...
    1 point
  40. Questão

    A Hora do Pesadelo

    Sequências alternativas para a série - Honestamente, nunca gostei do final do primeiro filme, mas o final original do Wes onde é revelado que tudo foi um pesadelo também não me agrada muito não - Li essa versão alternativa do A HORA DO PESADELO 3 que o Wes escreveu. Muito dos personagens que estão no Pesadelo 3 que foi pro cinema estão neste roteiro, mas tem alguns que morrem aqui e ficam vivos no cinema, e vice versa (nessa versão do Craven, a Nancy sobrevivia). O Freddy era bem menos piadista também, mas no geral, prefiro muito mais a versão que foi pro cin
    1 point
  41. Questão

    Halloween

    Certo fez ela em não voltar. A Jamie era uma personagem super importante, e então matam ela como se não fosse nada, pra dar espaço pra prima da Laurie, que é uma das piores protagonistas da série. Pior que já tinham feito a mesma coisa com a Rachel no quinto filme (hoje, o diretor e o roteirista reconhecem que foi um erro).
    1 point

Announcements

×
×
  • Create New...