Jump to content
Forum Cinema em Cena

Gustavo Adler

Members
  • Posts

    2395
  • Joined

  • Last visited

  • Days Won

    10

Gustavo Adler last won the day on January 4 2020

Gustavo Adler had the most liked content!

Recent Profile Visitors

The recent visitors block is disabled and is not being shown to other users.

Gustavo Adler's Achievements

  1. pow, bvs se for uma referência, o filme tá ruim de referência viu!!! hahahaha mas uma coisa que fez o Nolan fez no Batman begin, principalmente, que fez o batman ser diferenciado dos demais herois foi como ele agia, e as cenas de ação do Batman, onde ele pegava os bandidos sempre de surpresa, meio como uma penumbra, um fantasma. Nas cenas, a situação se invertia, você temia o heroi, parecendo que o monstro era o Batman, e não o bandido. Nesse aqui, pelo menos pelo trailer, o Batman vai de peito aberto, insano, é verdade, mas vai de peito aberto pra porrada. Perde toda aquela aurea de entidade mistica que ninguém consegue ver e anteceder, que o Batman do Nolan (principalmente o Begins, repito), explorou muito bem. Aaah, o Batman do Burton tbm ia de peito aberto, parecia o Batman robocop hahaha
  2. É filme do batman ou do superman das trevas? O cara leva bala de frente e nada acontece, colete bom esse heim, e mira burra dos bandidos, só mirar naquela parte que fica exposta a boca
  3. como faço filme? Investimento, ou melhor, tecnologias feita por humanos e trabalho coletivo, através da motivação de membros da nossa espécie que se motiva a realizar um trabalho colaborativo com um objetivo em comum. Dinheiro é só uma tecnologia que a nossa espécie inventou que concentra o foco e motivação dos membros de nossa espécie e dessa forma é um melhor meio para organizar as relações sociais. Por favor, não perca o foco, o interessante aqui é o cinema, não o dinheiro que permite investir no cinema. E investimento deveria ser um recurso publico, nunca privado.
  4. Concordo, tá dificil de ver um filme de heroi, eu nem me atrevo a ver essa série que todo mundo tá elogiando, daquele vilão lá do Thor. De universos alternativos, acho que o Rick e Morty já exploraram muito bem a questão, e duvido muito que a série se atreva a a usar dessa temática para questionar o próprio mundo. No fim, é mais um andar em circulo. Eu acho que o problema em si não é a formula, não é a arte, não é exatamente os filmes que são repetições das mesmas coisas, mas a indústria. É produção em larga escala, é produção para perseguir maiores lucros, caso contrário, grandes coorporações de tais tamanho entrarão em falência, portanto, coisas como obsolecência programada também afeta a arte, mas do sentido oposto, tem sempre que produzir o mesmo produto sob novas aparências.
  5. é isso ai, a sequencia dá um passo mais além na já genial mensagem do primeiro, e pega o racismo não só como sistema que está presente desde a construção dos Estados Unidos, mas também como trauma presente, epigenético! O fantasma de Candyman é o trauma eternamente alimentando pelo sistema racista que a todo o momento imputa um homem negro a posição de criminoso ou indigno a vida, que acaba se tornando uma colmeia que fica dificil escapar desse estigma (maldição). O mais legal é que é uma maldição mas é também uma vingança, de justiça contra o racismo, por isso precisa manter a lenda viva.
  6. Viixii, ai vi valor! E principalmente no item 6, daria outra camada (pode parecer que não, mas ao tirar do ser humano a condição de apenas bateria para de cpu, estaria aqui incluindo a nossa capacidade de sonhar, e nossa capacidade de construir o conhecimento e a consciencia processando informações, para construir seu próprio mundo, talvez aqui mudando a compreensão de uma relação restrita a exploração, ao uso unilateral, para se tornar uma exploração possível de ser uma relação de cooperação, onde as mentes humanas trabalham em conjunto com as máquinas para criar esse mundo virtual)
  7. por isso que estou torcendo pra que seja um avanço na discussão do tema: remou remou remou e estamos de volta a matrix, existe vida fora da matrix? se existe, conseguiremos encontrar saida? ou será uma eterna luta contra? e se existe saída, porque neo está de volta? será que está adicto, será que a Matrix conseguiu aprisionar pelo vício da luta como sentido de vida? (essas discussões são pertinentes, uma vez, que vejamos nós, nós remamos remamos e cá estamos nós em pleno governo nazificado e conservador, há vida além da busca por lucro ou da luta contra a lei de que vence quem tem mais lucro, num looping sem fim?) Caso for apenas uma historia de neo voltando a vida com outro personagem, tentando se libertar novamente, ai, nem, sem razão alguma
  8. hmmm Estou torcendo para que a mensagem final do "estamos de volta a matrix" seja por conta de que o tema do filme seja de que, apesar de toda a luta do neo, continuamos presos a matrix, e aquele acordinho feito no final do 3 filme não serviu pra nada. Ou que a pergunta de se há mundo fora da matrix se torna pertinente
  9. Hmmm Será que vai ser mais um daqueles filmes o retorno do grande heroi adormecido que quando desperta a nostalgia aparece e os fãs poderão rever o heroi fodão em ação mas sem nada de novo ou O heroi fodão adormecido vai despertar e redescobrir quem ele era nas "encarnações passadas" e ao retomar toda a consciencia perceberá que remou remou, lutou pra libertação da matrix, no final, está de volta a matrix.... E ai a questão fica, afinal, há alguma coisa além da matrix? há alguma saída? Ou há uma saída mas a luta contra ela não é tão fácil assim a ponto de ao despertar e ter o dom pra se libertar dela, ainda sim há várias camadas e muita luta e resistencia por parte dela pra manter-nos cativos? Ou será que Neo ficou viciado na matrix e no jogo de tentar sair dela?
  10. Bem, a história do filme anterior existe no filme atual
  11. quando é que essa obra prima chega aos cinemas brasileiros mesmo? hahaha Agora fiquei ansioso
  12. Filme muit, muit bom. Um dos filmes mais pertubadores de terror que vi nos ultimos tempos
×
×
  • Create New...