Jump to content
Forum Cinema em Cena

conan

Members
  • Posts

    563
  • Joined

  • Last visited

  • Days Won

    9

Everything posted by conan

  1. O texto pesa a mão em determinados trechos, mas a verdade é que a série sempre foi muito problemática em diversos aspectos. O ponto mais problemático é tratar as pessoas dos países exóticos como uma turba menos civilizada e indistinta, sendo meros expectadores da luta entre homens brancos em seu próprio território.
  2. Atualmente o Templo da Perdição é o meu favorito. Mas a classificação muda de tempos em tempos. Gosto da ideia de ter mais histórias da Índia (ou uma Índia imaginária, porque aquela do filme não existe 🤣)
  3. Quando dá errado, ninguém assume o filho 🤣. Mas deve ser verdade mesmo!! O mais frustrante é que existe uma atração na Disney Tokyo que tem uma história bem parecida, mas sem ET. Indiana Jones and the Temple of the Crystal Skull se passa no México e tem o Indy atrás de um templo asteca com a fonte da juventude (o que seria uma ótima premissa para um Indy mais velho). E sem a baboseira de ET e disco voador. Se estivessem com preguiça de inventar algo, bastava seguir a atração e pronto, um filme muito mais interessante e sólido.
  4. Achei que o potencial foi desperdiçado [spoilers]: Las Vegas não se torna um "personagem". A história poderia se passar em qualquer lugar que não faria diferença, mesmo porque a ação se passa em 2 prédios genéricos. Faltou cenas de ação mais inventivas. O lance do ritual tirou o sentimento de ameaça de entrar em um território hostil. Só sacrificar qualquer um que fica de boas. E as decisões estúpidas me irritaram no filme inteiro, principalmente a reunião feliz antes de entrar no helicóptero no final. Aquele lenga lenga ao invés de vazar me irritou um tanto...
  5. Prefiro crer que o Spielberg não teve influência na concepção da história (que acho difícil).
  6. Se for isso, as expectativas foram lá para baixo... Nasa, viagem à lua? Spielberg perdeu a mão de vez
  7. Queria muito que o Anthony Hopkins ganhasse. Mas entendo o Boseman ganhar. Oscar sempre foi campanha mais do que tudo, né. Não seria a primeira vez (e não será a última). Mas em comparação com os anos anteriores, está longe de ser uma injustiça absurda. É super compreensível. Mas qualquer cinéfilo torce pelo Anthony, não tem jeito.
  8. Se posicionar em determinadas questões é ok. É o direito de qualquer um. Mas ele converteu as redes sociais quase que exclusivamente em plataformas de opinião política. Ele deixou de falar sobre algo que ele entende para falar de coisas que não é a área dele. E muitas vezes de forma até agressiva. Digo isso como alguém que compartilha a agenda política dele (e compartilha a revolta com certas coisas). Se ele investisse em vídeos no youtube de crítica e análise ele teria um público enorme. Esse espaço vem sendo ocupado por uma galera muito boa de serviço.
  9. Acho que o Pablo meio que se perdeu. O envolvimento dele com outras questões, principalmente políticas (além de problemas que não sabemos que ele pode estar passando), tirou o foco dele. Ele era para ser uma referência nacional
  10. Onde o povo aqui tá conseguindo assistir? A galera toda que comenta no youtube já assistiu
  11. Esse povo tem uma estética muito brega ? É presidente como Capitão América, fulano como Batman, não sei quem como Homem de Ferro...
  12. Sim... estou contando com isso. do tipo, algum sacrifício do Kong para o Godzilla finalizar o Mecha
  13. Meu palpite para o filme: Kong ganha, mas não leva. Ele vence Godzilla, mas no fim ele morre de forma dramática (como em todo bom filme do Kong)
  14. Se altura é critério, contratassem logo o The Rock ou o Dave Bautista para o Superman ?
  15. Nunca fui muito com a cara dele... caça esportiva devia ser algo banido
  16. Mas o povo tem que direcionar o foco para a luta que interessa. Por mais que não goste dessas coisas (e gostar de caçar é bem escroto), é tudo coisa da vida privada do cara. Ele não se posicionou publicamente ou tem algum engajamento. Mas realmente ele precisa ter cuidado com a imagem. Ainda mais trabalhando para a Disney. Acho que a Disney se arrependeu de ter gastado milhões com atrações novas dos Guardiões da Galáxia ?. É treta atrás de treta
  17. Esse novo filme podia descartar o elenco dos últimos filmes e ficar só com esses três
  18. Acho que tem potencial ? Hoje em dia tem muito mais maluco no planeta que antes. Povo terraplanista para todo lado
  19. Concordo! Foi a mesma sensação que eu tive. Está muito na zona de conforto, genérico. Faltava algo mais ousado e autoral.
  20. Não é nem questão de cores, mas de design de mundo. Falta a sensação de "wonder'. O que separa as grandes obras de ficção das obras apenas boas é a concepção de mundo. Star Wars, Blade Runner, Alien. Todos esses filmes são visualmente marcantes. Imagina o filme Alien, exatamente igual, mas sem o xenomorfo do Giger? Às vezes, uma concepção marcante até ajuda a elevar um filme apenas mediano, como é o caso do Predador. Sei que Duna está preso ao fato de que já existe um filme de ficção muito bom, com toques de elementos medievais, que se passa, parte dele, em um planeta deserto. Mas levando em consideração que foi o livro que inspirou Star Wars, acho que valeria a pena enveredar por uma concepção de mundo mística e ancestral.
  21. Sei lá. Algo na estética do filme não me agrada, por enquanto. Está meio genérico... os cenários, as roupas, as naves... Acho que tinha espaço par ter algo mais ousado ou com personalidade. vou ler o livro e ver se é falta de inspiração, ou se o diretor está sendo fiel ao que é descrito.
  22. A trilogia prequel foi mal dirigida. Mas o Lucas tinha clareza de onde ele saiu e onde ele queria chegar. Teve um início, meio e fim. Tanto é assim que a trilogia, apesar de ser meia boca, deu origem a um tanto de material extra riquíssimo. As animações só foram boas por causa do material apresentado e do universo estabelecido.
  23. Meu balanço do ep. VII é essa: -Apresentaram protagonistas muito interessantes e carismáticos. A conexão com todos (Rey, Finn, Poe) é imediata. -Apresentou um vilão genérico meia boca (Snoke), sem explicar nada sobre de onde veio (nunca ninguém ouvir falar de um ser tão poderoso na saga anterior). A morte dele no ep. VIII não fez falta nenhuma e ajuda a enxugar a história. O que não aconteceu no IX. - Mas teve um antagonista bem interessante, o Ben Solo. Apesar de que ele é mais interessante como personagem do que como vilão. - Preguiça de mergulhar no universo e explorar os desdobramentos da guerra. Resolveram pelo caminho fácil: "o império foi destruído, mas só que não". Toda a preocupação do Lucas em conceber uma epopeia política foi descartada. - Preguiça de conceber uma narrativa central forte (passam o filme inteiro a procura de um mapa com a localização de um homem escondido). - Ao final fica claro que a Rey é a grande protagonista da trilogia. Acho que isso deveria ter ficado claro para o Boyega. Não questiono o racismo que ele sofreu. Mas desde o início estava claro que a história teria como como protagonista a Rey, e o antagonista seria o Ben Solo. Acho que o Boyega criou uma falsa expectativa.
  24. A trilogia começou errado. Por mais que o ep. VIII tenha desagradado muitos fãs, o problema veio da concepção. O ep.VII além de ter sido uma cópia do IV, ele não sabia de onde vinha e para onde iria. JJ Abrams só jogou um tanto de ideia sem ter a mínima ideia do porque as coisas estarem daquele jeito e sem ter ideia de como desenvolver. Mas o Boyega falou foi é pouco. O que fizeram com a Rose Tico foi uma das coisas ais deploráveis na história do cinema. Disney e diretor chancelaram as agressões contra a atriz.
×
×
  • Create New...