Jump to content
Forum Cinema em Cena

Qual Livro Você Está Lendo?


Administrator
 Share

Recommended Posts

Acabei indo para o caminho mais óbvio ... estou lendo e gostando bastante de "O Código Da Vinci" ... quando parece que a trama irá enfraquecer sempre há uma surpresa e/ou elemento que revigora a leitura ... Dan Brown acaba se utilizando de um recurso simples, porém muito eficaz que é o de sempre terminar um capítulo com uma frase e/ou uma construção intrigante ... estou perto de terminar ... faltam as últimas 50 páginas ... tá um pouco morno, mas acho que serei surpreendido ... rs.

Mais tarde posto minhas impressões gerais aqui e no tópico do filme tb ... smiley2.gif

Link to comment
Share on other sites

Acabei indo para o caminho mais óbvio ... estou lendo e gostando bastante de "O Código Da Vinci" ... quando parece que a trama irá enfraquecer sempre há uma surpresa e/ou elemento que revigora a leitura ... Dan Brown acaba se utilizando de um recurso simples' date=' porém muito eficaz que é o de sempre terminar um capítulo com uma frase e/ou uma construção intrigante ... estou perto de terminar ... faltam as últimas 50 páginas ... tá um pouco morno, mas acho que serei surpreendido ... rs.

Mais tarde posto minhas impressões gerais aqui e no tópico do filme tb ... smiley2.gif

[/quote']

Bom ... "O Código da Vinci" é um ótimo livro !!!!! De maneira geral é um inteligente e intrigante thriller policial, mas ainda assim uma obra que permite algumas reflexões mais profundas. Intrigante é constatar que a Igreja Católica tenha se manifestado tão contra sendo que mesmo que a tese que o livro defenda seja uma "heresia" ainda assim ela acima de tudo prega a importância da fé para as pessoas. A fé em uma mentira ou a fé por ter algo em que acreditar, algo em que ter esperança ?

Não gostei muito do clímax onde foram criadas duas situações muito parecidas com o que tinha acontecido anteriormente na Igreja ( traição e a ameaça de destruir a pedra-chave ), particularmente não gostei da identidade do Mestre ( apesar de plausível e estar vinculado ao que comentei antes, é aquele tipo de situação onde era melhor que fosse uma pessoa desconhecida ), mas o desfecho de Silas e o ciclo que significou para Sophie foi muito bem idealizado. Gostaria que o detetive Fache tivesse mais destaque, acabou ficando muito em 2º plano no decorrer do livro ...

Estou entre o 8 e o 9 ... vou ficar com 8/10.

Link to comment
Share on other sites

Desventuras em Série 11:

Não tem muitas gargalhadas, mas Snicket superou-se no suspense e conseguiu fazer um belo livro, sem muitas enrolações e situações melosas, como em outros livros. Cadê o 12 que não chega???smiley7.gif Destaque para as partes do fênomeno do ciclo das águas. smiley32.gif

Nota: ****.5/5

Link to comment
Share on other sites

 

Desventuras em Série 11:

Não tem muitas gargalhadas' date=' mas Snicket superou-se no suspense e conseguiu fazer um belo livro, sem muitas enrolações e situações melosas, como em outros livros. Cadê o 12 que não chega???smiley7.gif Destaque para as partes do fênomeno do ciclo das águas. smiley32.gif

Nota: ****.5/5

[/quote']

 

Eu li até o 4.

 

pra mim tá enfraquecendo a cada livro...

acho que é porque, quando o li o 1º, pensei "que liiindo! é um livro pra criança tão legal, eu quero que meus filhos leiam esse livro"... mas depois de todos tão parecidos... zzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzz.

 

Link to comment
Share on other sites

  • 2 weeks later...
Um Diário Russo, de John Steinbeck (Ratos e Homens, As Vinhas da Ira), com fotos de Robert Capa (da lendária foto de um soldado no momento em que é atingido por uma bala durante a Guerra Civil Espanhola). Bastante interessante, conta a viagem que Steinbeck e Capa fizeram à Rússia logo após a II Guerra, no comecinho da Guerra Fria.
Link to comment
Share on other sites

Desventuras em Série 11:

Não tem muitas gargalhadas' date=' mas Snicket superou-se no suspense e conseguiu fazer um belo livro, sem muitas enrolações e situações melosas, como em outros livros. Cadê o 12 que não chega???smiley7.gif Destaque para as partes do fênomeno do ciclo das águas. smiley32.gif

Nota: ****.5/5

[/quote']

Eu li até o 4.

pra mim tá enfraquecendo a cada livro...
acho que é porque, quando o li o 1º, pensei "que liiindo! é um livro pra criança tão legal, eu quero que meus filhos leiam esse livro"... mas depois de todos tão parecidos... zzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzz.

É um pouco enjoativo nos 6 primeiros, tenho que admitir que há alguns capítulos inúteis, pura encehçaõ de lingüiça, não à toa, não odu 5 estrelas para nenhum, mas vale a pena. Quando há alguma parte engraçada, é engraçada mesmo.

Estou lendo: Alunos Brilhantes, Filhos Fascinantes, mas estou achando muito chatinho e com clichês excessivos, apesar de ser objetivo.

Link to comment
Share on other sites

Li há uma semana "Como Desaparecer Completamente e Nunca Ser Encontrado", de Sarah Nickerson. O livro fala sobre uma garota de 11 anos que busca uma explicação para a morte do pai. Possui uma linguagem simples, diria até infantil, mas aborda temas bem adultos. Considero uma boa leitura tanto para crianças quanto para adultos. Dou 5/5

 

Vou começar a ler hoje "Fortaleza Digital", de Dan Brown. Alguém ja leu?

 

A propósito, ultimamente toh querendo ler algum livro de ficção, algo que fale sobre apocalipse ou inverno nuclear, esse tipo de tema. Alguém recomenda?

 

 

Link to comment
Share on other sites

Li há uma semana "Como Desaparecer Completamente e Nunca Ser Encontrado"' date=' de Sarah Nickerson. O livro fala sobre uma garota de 11 anos que busca uma explicação para a morte do pai. Possui uma linguagem simples, diria até infantil, mas aborda temas bem adultos. Considero uma boa leitura tanto para crianças quanto para adultos. Dou 5/5

Vou começar a ler hoje "Fortaleza Digital", de Dan Brown. Alguém ja leu?

A propósito, ultimamente toh querendo ler algum livro de ficção, algo que fale sobre apocalipse ou inverno nuclear, esse tipo de tema. Alguém recomenda?
[/quote']

Um apocalíptico é A Dança da Morte, de Stephen King. Não tem nada de catástrofe nuclear, mas é interessantíssimo, ainda mais agora com a gripe aviária.

Existe um que chama Não Verás País Nenhum, de Ignácio de Loyola Brandão, que também é muito bom.

Há ainda O Arco-Íris de Gravidade, de Thomas Pynchon, em que se caça uma arma que pode destruir o campo gravitacional do planeta.

Entre muitos outros. smiley4.gif

Noonan2006-5-1 15:35:53
Link to comment
Share on other sites

Mas nenhum discípulo do Lovecraft conseguiu superar o mestre. Aliás, não dá pra comparar outros escritores com ele, os outros só tentam fazer algo totalmente "viajado" mas sem uma base por fundo. Se você for ver, a maioria das histórias do Lovecraft estão relacionadas entre sí. Tem toda uma mitologia por trás que vai muito além de histórias particulares.

Acho interessante como ele explica todos os pesadelos dos homens numa mitologia só: fantasmas, seres de outros mundos, monstros, satanismo e etc...Aliás, os seres de outros mundos são literalmente de outros mundos. Não apenas de outros planetas, mas de outra realidade. Os chamados os antigos.

Link to comment
Share on other sites

Mas nenhum discípulo do Lovecraft conseguiu superar o mestre. Aliás' date=' não dá pra comparar outros escritores com ele, os outros só tentam fazer algo totalmente "viajado" mas sem uma base por fundo. Se você for ver, a maioria das histórias do Lovecraft estão relacionadas entre sí. Tem toda uma mitologia por trás que vai muito além de histórias particulares.

Acho interessante como ele explica todos os pesadelos dos homens numa mitologia só: fantasmas, seres de outros mundos, monstros, satanismo e etc...Aliás, os seres de outros mundos são literalmente de outros mundos. Não apenas de outros planetas, mas de outra realidade. Os chamados os antigos.

[/quote']

Então, mas isso não me atrai muito, esse negócio de outros mundos, antigos deuses, etc., aplicado ao terror.

Link to comment
Share on other sites

Mas nenhum discípulo do Lovecraft conseguiu superar o mestre. Aliás' date=' não dá pra comparar outros escritores com ele, os outros só tentam fazer algo totalmente "viajado" mas sem uma base por fundo. Se você for ver, a maioria das histórias do Lovecraft estão relacionadas entre sí. Tem toda uma mitologia por trás que vai muito além de histórias particulares.

Acho interessante como ele explica todos os pesadelos dos homens numa mitologia só: fantasmas, seres de outros mundos, monstros, satanismo e etc...Aliás, os seres de outros mundos são literalmente de outros mundos. Não apenas de outros planetas, mas de outra realidade. Os chamados os antigos.

[/quote']

Então, mas isso não me atrai muito, esse negócio de outros mundos, antigos deuses, etc., aplicado ao terror.

Para falar a verdade, eu vejo a obra de Lovecraft como algo além do horror. Na verdade não sei explicar direito o que é. Podia ser terror naquela época, mas hoje já tem uma nova cara.

Link to comment
Share on other sites

Na sexta eu terminei convite para um homicidio, e li um bem curto, o santinho, depois sabado eu li um assassinato, um misterio e um casamento. Depois domingo eu comecei a ler os miseráveis, de novo, por Victor Hugo. E novamente eu comecei a escrever um livro se está bom eu naum sei smiley36.gif

Link to comment
Share on other sites

Ontem' date=' li até a página 40 na Saraiva: A Sangue Frio, Truman Capote. Um dia, compro.[/quote']

Já li o livro, é muito bom.

Pronto, comprei por R$ 47,00 na Record. A princípio, está muito bom, adorei a forma de narrativa empregada por Truman.

Link to comment
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

Loading...
 Share

×
×
  • Create New...