UA-130521384-1 Jump to content
Forum Cinema em Cena
Big One

Watchmen

Recommended Posts

 

Então, eu apensa chutei essa coisa de contextualizar na hora justamente por não ter encarado bem essa coisa de piada na trilha.

 

mas realmente achei que você tivesse falando da trilha toda! Mas enfim, eu me senti desconfortável. E não gostei muito do restante das músicas.

 

De uma maneira geral foi bacana, valeu a pena ter ido assistir, só não era tudo o que eu esperava.

 

Edit.: Eu acho que Rorschach não devia ter tirado a máscara. Quando tiraram a primeira vez, quando ele é preso, achei que ele tinha conseguido escapar e colocado alguém no lugar dele.06 Preferia não ter a idéia do Rorschach parecendo um Clint Eastwood de 1,50m.06

 

FRAM2009-03-07 02:02:33

Share this post


Link to post
Share on other sites

Pablo encerrou sua crítica dizendo:

 

"Numa época <?:NAMESPACE PREFIX = ST1 />em que Hollywood vem tratando cada vez mais os espectadores como verdadeiros débeis mentais (não totalmente sem razão, como infelizmente comprovam as bilheterias), devemos ser gratos por finalmente sermos tratados como adultos – e, para desespero dos preconceituosos de plantão, justamente por um filme de super-heróis."

 

Já é o suficiente para eu ir ao cinema tranqüilo e otimista.

 

No site do Cinemark diz que a censura é 18 anos. É isso mesmo???

Share this post


Link to post
Share on other sites

aqui falo eu, the end.

 

imagine que o pssar do tempo seja uma coisa interessante. a ciencia criada para isto, que as pessoas chamam de historia não deveria ser uma materia. deveria ser passatempo. ela é muito divertida. mas como passatempo, uma que observo cada vez mais que historia deve ser no maximo a descrição de um tempo, nada de tendencias. pura e simplemente de acontecimentos.

 

mas basta de divagar.

 

eu tenho que contar um segredo.

 

eu li watchmen em 1987.

 

eu li  e me assustei quando o comediante atirou na mulher gravida.

 

fiquei aterrorizado quando veidt matou 1/2 de nova york para criar a paz mundial.

 

fui criança na decada de 80. e achava que o mundo poderia se destruir com bombas atomicas.

 

e quando vi ( falando do mundo real) o muro de berlim cair, ou a URSS se destruir pala economia e não por bombas, ficava mais impressionado.

 

por que falo tudo isto?

 

eu achei o filme perfeito.

 

eu esperei por 22 anos por um filme que seguisse um dos melhores gibis ja feitos( na epoca eu não falava "HQ").

 

eu achei o filme otimo. manteve de forma surpreendente muitas das frases de grande profundidade que estavam no gibi.

 

quantas  decepções não se seguiram por estes tempos de cinema?

 

quantas "adaptações" que se não expoldiram, enterraram todos so conceitos?

 

quer exemplos?

constantine, liga extraordinaria, mesmo os primeiros batmans.

 

usaram apenas o nome. o conceito? o que importa são efitos especiais.

 

sem contar com as adaptações de livros. grotescas.

 

o interessante de watchmen foi seguir a riscas suas ideias, com pequenas mudanças( eu diria releitura).

 

vcs deste forum me desculpem. não assitiram tantos filmes para saber que muito maisa porcaria ja foi rodada, usando 10 ou 20 % do material original.

 

seguirei mais tarde.  

 

 

 

Share this post


Link to post
Share on other sites

Acho que o maior defeito do filme é a fidelidade excessiva ao material original e à linguagem dos quadrinhos. Os flashbacks, embora interessantes, acabaram prejudicando um pouco o ritmo do filme já que a trama parece não andar e se torna um bocado episódica. Além do mais ver personagens falando sozinhos para explicar ao espectador que caíram numa armadilha é um tanto enfadonho. Acho que esse watchmen confirma mais uma vez aquela velha máxima: HQ é HQ e filme é filme.

 

O final me incomodou um pouco também. Não a solução que o Snyder encontrou para subsitituir a lula gigante, que achei muito boa e  coerente; mas a maneira extremamente didática como ele trata o plano do Veidt. Fora isso eu até gostei do filme. Rorscharch é um personagem foda e sempre que está em cena Watchemen melhora consideravelmente. As cenas da prisão são sensacionais. Os créditos iniciais e o surgimento do Dr. Manhattan também são ótimos. Da trilha sonora a única música que me incomodou foi Hallelujah mesmo, o resto achei ok.

 

 

Share this post


Link to post
Share on other sites

Primeiro, Sapo... Se os fãs de quadrinhos te embrulham o estômago, e vc sabendo que são eles que vão aparecer em peso por aqui, poupe o seu estômago do enjôo e não apareça por aqui, isso é muito simples... ;)...

 

Quanto ao filme... Estou maturando algumas coisas... Achei muito bom... Os caras batem forte pra caramba... A caracterização de quase todos está perfeita (só Ozzymandias que pecou um tanto)... Comediante está O Comediante... Jeffrey é foda... O cara pegou realmente o que é o Comediante, um tremendo filho da puta q com seu jeito cretino de ser mostra para todos como é realmente a humanidade e cada um... A cena em que o Coruja pergunta pra ele sobre o sonho americano, e a resposta q ele dá é FODA!... Por falar em Coruja, ótima caracterização tb... Simplesmente incrível... A cena em que o Coruja II conversa com o Coruja I é maravilhosa... E a cara que ele faz quando o Rosarch fala que precisa ir ao banheiro e ele vê quem está no banheiro... Hilário... E, sobre o mascarado... Atuação soberba, só isso tenho a dizer... Soberba... Spectral II não tem muito o que falar, sinceramente... A mulher é gata pra caralho, e só isso tem que se falar, é gata! Ponto... Mesmo... Muito... Pelo amor de Deus!! Manhatam está muito bem tb... A artificialidade do personagem bem retratada... E a escolha de Snyder, de não esconder o nu dele foi ótima tb... E a voz do ator que faz Manhatam... O distânciamento até na voz dele... E, até o ponto fraco do filme, Ozzymandias, não peca tanto assim... Ele bate muito forte... Ele é ágil pra kct... E inteligente mesmo... Isso tudo o roteiro manteve... Só não consegue convencer físicamente falando...

 

Quanto a outros pontos fortes... As câmeras lentas de Snyder estão lá... Mas, nada exagerado... Todas muito bem empregadas... Há um leve exagero no início, mas nada de mais e todas necessárias, depois, ele pega mais leve e as coisas vão andando normalmente e as câmeras se tornam mais orgânicas dentro do filme... O trabalho de montagem é fantástico... E os efeitos visuais, impecáveis...

 

Agora, pra mim, o pecado maior... Se em 300 a trilha sonora funcionava maravilhosamente bem, já em Watchmen ela passa longe disso... A trilha parece, quase que a todo instante, deslocada das cenas e dos contextos... Sim... As músicas são impecáveis e escolhidas a dedo... Mas, mesmo assim... Parecia, algumas vezes, longe de estarem realmente bem encaixadas... Elas destoavam da cena, e aí fica tenso... A trilha deve complementar a cena, e não destoar dela... Ponto fraquíssimo na questão de tocar Halleluia na cena de sexo entre Spectral II e Coruja II... Tudo que a cena queria passar desde o início simplesmente é deixada de lado para transformar aquilo em uma piadas... Aí, Snyder pecou feio...

 

Somando todos os prós e o único deslize, o filme é muito bom... Não é a perfeição que é Cavaleiro das Trevas, mas é mais adulto que todos os filmes baseados em história de quadrinhos já feitos até hoje juntos!

 

 

Share this post


Link to post
Share on other sites

Excelente. Os nerds de internet e os fãs de quadrinhos provavelmente só encontrarão falhas no filme. The Sounds of Silence no funeral do Comediante pareceria absurdo, mas Snyder a utiliza de forma inteligente. Quando ela toca, pensamos que o Comediante era um heroi que foi brutalmente assassinado. Depois dos flashbacks do funeral, vemos que o cara era "praticamente um nazista". A música de Tyler Bates substitui o clássico de Simon & Garfunkel com acordes mais apropriados. Hallelujah serve de alívio cômico na cena de sexo (que por sinal, ficou perfeita). O único problema sério que encontrei foi o ritmo corrido. Snyder tem seus méritos por tem feito os exatos 162 minutos passarem voando, mas senti que não ficamos tempo suficiente com o Comediante, Rorschach, Coruja, Espectral, Ozymandias e Doutor Manhattan. Rorschach foi o que mais me incomodou, pois a performance de Haley merecia mais destaque nas telas. A versão do diretor provavelmente irá corrigir este pequeno defeito, mas enquanto isso temos um ótimo filme de super-herois em ritmo de thriller conspiratório.

 

PS: Uma ótimo saída para excluírem o bucetão, que não funcionaria no cinema. A preocupação ambiental também foi outra solução interessante para enriquecer a conspiração.

 

 

Share this post


Link to post
Share on other sites

Primeiro' date=' Sapo... Se os fãs de quadrinhos te embrulham o estômago, e vc sabendo que são eles que vão aparecer em peso por aqui, poupe o seu estômago do enjôo e não apareça por aqui, isso é muito simples... ;)

 

[/quote']

 

 

 

Seria simples se a porra do forum chama-se quadrinhosemcena. Sunder, dizendo coisas estúpidas como essa, você não eleva a média... 06.gif

Share this post


Link to post
Share on other sites

 

Ugh' date=' fãs de quadrinho me embrulham o estômago, sério...[/quote']

 

Quando eu leio coisas do tipo "vcs não sabem tanto quanto eu, não conseguem compreender a realidade como eu", sou obrigado a concordar contigo, kako.

 

Share this post


Link to post
Share on other sites

E só para deixar claro algo para o Sunder. Eu li este gibi. Eu gosto MUITO deste gibi. Eu não sou débil mental de assistir um filme apenas esperando que as coisas que estão no gibi apareçam lá, mesmo porque se fosse para isso ficava só com o gibi.

 

 

 

Vamos pegar Watchmaker, por exemplo. É GENIAL no gibi. Aqui, o Snyder apenas se "esqueceu" sobre o que esse capítulo trata. Botou um monte de imagens legais e deixou de lado a base da coisa. Realmente o filme é muito fiel e tals, mas é pequeno, fraco, achar que isso torna qualquer filme bom.

Share this post


Link to post
Share on other sites

 

Quando eu leio coisas do tipo "vcs não sabem tanto quanto eu' date=' não conseguem compreender a realidade como eu", sou obrigado a concordar contigo, kako.[/quote']

 

Tenho certeza (ou não) que o Sunder não viu o post que gerou esse comentário. Pois não é possível concordar com aquilo.

Share this post


Link to post
Share on other sites

 

E só para deixar claro algo para o Sunder. Eu li este gibi. Eu gosto MUITO deste gibi. Eu não sou débil mental de assistir um filme apenas esperando que as coisas que estão no gibi apareçam lá' date=' mesmo porque se fosse para isso ficava só com o gibi.

 

 

 

Vamos pegar Watchmaker, por exemplo. É GENIAL no gibi. Aqui, o Snyder apenas se "esqueceu" sobre o que esse capítulo trata. Botou um monte de imagens legais e deixou de lado a base da coisa. Realmente o filme é muito fiel e tals, mas é pequeno, fraco, achar que isso torna qualquer filme bom.[/quote']

 

Então vc critica os fãs do quadrinhos, sendo que sua critica baseia-se em uma postura fãzóide...?0903

 

Share this post


Link to post
Share on other sites

 

A trilha sonora, na minha opinião, está meio deslocada em várias cenas. Na de sexo principalmente.

 

Aliás, a cena de sexo, considerando que não é um filme erótico nem pornô, está um pouquinho exagerada. Mas como o filme está com censura 18 anos, tudo bem.

 

Malin é mesmo tão ossuda quanto eu pensava. Quem diz que aquilo é mulher gostosa nunca deve ter visto uma passista de escola de samba brasileira. E é uma atriz bem ruinzinha. Melhor ela voltar para aquelas comédias fracas nas quais ela sempre faz o papel fácil de loira bonitinha e idiota.

 

O visual do Dr. Manhatam ficou muito artificial. Ficou meio... sei lá... desenho animado entre humanos. Não sei explicar, mas o efeito usado ficou muito estranho. Talvez esteja mal feito ou talvez seja intencional. Não sei. Não gostei.

 

Ozymandias não convence mesmo. Nem na interpretação, nem no físico. Fraco em todos os sentidos.

 

Ainda acho que tem câmera lenta demais.

 

Fora esses detalhes, gostei do filme. Podia ter sido melhor, mas vale os 15 reais da entrada. Agora vou esperar o DVD cheio de extras. 

Nostromo2009-03-07 19:26:52

Share this post


Link to post
Share on other sites

Alo integrantes do forum...

 

sou novo por aqui...assisti ontem à adaptação de WATCHMEN para o cinema e gostaria de compartilhar minhas impressões sobre a película de Zack Snyder & Cia (david hayter, alex tse, etc).

 

Pra começar, li Watchmen, a Graphic Novel, há mais de 15 anos e foi um dos últimos "gibis" que li. depois dele, todo o resto me parecia muito tolo para minha idade...

 

quando soube que o Zack SNyder (300) ia filma-lo fiquei empolgado, afinal o sujeito tem um olho muito bom para adaptação de HQ.

 

Entretanto, o resultado final ficou muito aquem do esperado, e a culpa não deve ser creditada apenas ao diretor ou aos roteiristas. o problema está na natureza distinta entre filme e quadrinhos. deem uma lida neste site que discute diferentes medias.http://www.overthinkingit.com/2008/10/15/is-watchmen-unfilmable/

 

 

 

 

Share this post


Link to post
Share on other sites

Então vc critica os fãs do quadrinhos' date=' sendo que sua critica baseia-se em uma postura fãzóide...?[img>" align=absmiddle" alt="09" />[img>" align="absmiddle" alt="03" />[/quote]

 

 

 

Que postura fãzoide? Eu citei uma passagem do gibi que ESTÁ no filme e é RUIM (ou apenas bonitinha). Ela poderia ser diferente e boa, mas é quase igual e ruim.Perucatorta2009-03-07 16:03:13

Share this post


Link to post
Share on other sites

Ainda não vi, mas confesso que estou desanimando com os comentários que estou lendo aqui.

 

Quanto a outros pontos fortes... As câmeras lentas de Snyder estão lá... Mas' date=' nada exagerado... Todas muito bem empregadas... Há um leve exagero no início, mas nada de mais e todas necessárias

[/quote']

 

Medo.

o filme é muito bom... Não é a perfeição que é Cavaleiro das Trevas' date=' mas é mais adulto que todos os filmes baseados em história de quadrinhos já feitos até hoje juntos!

 

[/quote']

 

06

 

Share this post


Link to post
Share on other sites

Gostei do filme. Concordo que não chega nem perto da HQ, mas creio que o Snyder acertou mais que errou.

<?:namespace prefix = o ns = "urn:schemas-microsoft-com:office:office" />

 

A abertura é realmente linda (bem diferente do que eu tinha imaginado, mas bem linda).

 

Sobre essa polêmica das músicas, achei que algumas funcionaram (a do assassinato do Comediante, a do Hendrix) e outras não (a da transa, do enterro).

 

Das atuações: adorei o Jeffrey Dean Morgan (o cara não desperdiça uma fala!) e, claro, o Earle Haley (foda demais!). Me decepcionei com o Patrick Wilson, achei que se escorou demais no esteriótipo nerd. A Malin Akerman é bem ruinzinha, se não fosse gostosa eu reclamava. 06

 

O cara que faz o Veidt não é grande coisa tb, mas achei a ½ hora final a melhor coisa do filme, o momento em que praticamente tudo funciona. Vou rever pra dar uma nota mais definitiva, mas por enquanto é 4/5.

BrnoSoares2009-03-07 22:28:10

Share this post


Link to post
Share on other sites

gente me esclarece uma duvida  quero ver o filme  mais a censura e 18 anos  e vão pedir a identidade mais hoje eu tivi meus documentos roubados  será que deixam eu entra com minha certidão de nascimento ou eu terei que espera ate eu tira uma nova identidade? ja e a segunda vez que tento ver o filme ontem na estreia teve um acidente  e o tansito parou perdi a sessão  e hoje eu fui roubado.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Quando vi aquela briguinha coreografada logo no início esperei o pior... mas enfim veio aquela abertura altamente foda... e o filme me fisgou. Vindo de Zach Snyder... surpreendente.

 

Claro... há muito mérito do texto... perfeitamente desenvolvido durante o filme todo. No momento em que parece que vai cagar... ficamos sabendo porque o "vilão" não está sendo estúpido contando todo o seu plano aos "mocinhos". E nesta mesma cena Snyder mostra certa deficiência ao não dar tempo para pausas dramáticas necessárias (porra... é o momento "queixo caído" do filme... o seu grande trunfo dramático e ele não aproveita!). Assim como ainda estão lá seus tiques de cineasta "moderninho" que me enchem o saco desde Madrugada dos Mortos, especialmente nas lutas. Mas a César o que é de César... ele comanda muito bem as indas e vindas no tempo, flashbacks, sem apelar para ditadismos. E o principal, aposta nos personagens... que é onde está a grande força de Watchmen.

 

Gostei mesmo do filme... irônico e inteligente na medida certa... sem se levar a sério demais. Para quem não esperava muito... bom demais!

 

PS1: Eu tô maluco ou eu ouvi o Galvão Bueno no fundo da cena em que todas ou quase todas as telas do Veidt estão passando o pronunciamento do Nixon?

PS2: Quem era aquele Kennedy?! Um clone???!

 

Share this post


Link to post
Share on other sites

Create an account or sign in to comment

You need to be a member in order to leave a comment

Create an account

Sign up for a new account in our community. It's easy!

Register a new account

Sign in

Already have an account? Sign in here.

Sign In Now

×