Jump to content
Forum Cinema em Cena

A Mulher Invisível, Claudio Torres (2009)


CACO/CAMPOS
 Share

Recommended Posts

A mulher invisível

Luana Piovani e Selton Mello estrelam o novo filme do diretor Claudio Torres


287bb46546471cf23d7f7be961c9def9.jpg

Luana e Selton nas primeiras cenas do filme de Claudio Torres

176b61d4ec9e1932666b6c268ceffb59.jpg

Brichta espera o bater da claquete
Luana Piovani e Selton Mello foram o casal romântico de A Mulher Invisível, o novo filme do diretor Claudio Torres, filho de Fernanda Montenegro e Fernando Torres, que começou a ser rodado nesta semana, no Rio de Janeiro. No elenco, também estão Vladimir Brichta e Maria Manoella. Como em seu filme anterior, Redentor, Torres usa o realismo fantástico no roteiro, assinado por ele e Adriana Falcão. Desta vez, para contar a história de Amanda (Luana Piovani), uma mulher linda, loira, interessada em futebol da 3ª divisão, e que, ainda por cima, é capaz de perdoar um namorado que a trai. É exatamente ela, que o romântico Pedro (Selton Mello) descobre, depois de uma desilusão amorosa. A beldade ainda é sua vizinha e, enfim, a mulher ideal. Ao mesmo tempo, seu amigo Carlos (Vladimir Brichta), pragmático, não acredita em amor e o desencoraja a investir numa relação com uma mulher que ninguém conhece. Mas Pedro está, definitivamente, apaixonado. Pelo menos até Pedro começar a desconfiar de que ela tem um único mas terrível defeito: o de não existir fora de sua imaginação.

9fcae488b9eb3e4a7a8c8015ac0bbbd5.jpg

No filme, Luana é a mulher perfeita que só Selton consegue ver

8893421b6c44c8905e42303e2d2d91a4.jpg

Maria Manoella e Vladimir Brichta descansam entre um take e outro

753e6eb5cc96ba388d70e8f694891a2c.jpg

Claudio Torres e Brichta checam as cenas filmadas

2e0c42f15e9e7fb59e4e6c1c9c4644d5.jpg

O casal da comédia romântica que estréia em 2009

Karina Bacchi filma participação especial em 'A Mulher Invisível'

Atriz interpreta amiga do protagonista vivido por Selton Mello

vladimir%20britcha%20karina%20bacchi

Vladimir Brichta e Karina Bacchi filmam no aterro do Flamengo, no sábado, 22, aniversário do ator

O longa-metragem, que é produzido pela Conspiração Filmes.

Foto:%20Divulgação

O diretor Cláudio Torres orienta Luana e Selton Mello nos bastidores de ''A mulher invisível".

Atriz vive mulher perfeita, mas que ninguém nunca viu.

 

Omelete Exclusivo: Assista ao primeiro trailer de A Mulher Invisível.

Mas cuidado: Luana Piovani em momento fetiche pode ser prejudicial à saúde.

 

mulher-invisivel-552x367.jpg

 

 

O Omelete apresenta com exclusividade o primeiro trailer teaser de A Mulher Invisível, comédia da Warner Bros Pictures e Conspiração Filmes.

Confira abaixo o vídeo (requer Quicktime), mas avisamos: Você está com o check-up em dia? Tem plano de saúde? Problemas cardíacos na família? Assista-o por sua conta e risco pois a cena final, com Luana Piovani de lingerie e em momento fetiche, deveria passar por aprovação do Ministério da Saúde.

Depois de ver o teaser, escreva para a Mulher Invisível para dizer o que achou. O site oficial tem o contato, mas você pode clicar aqui para mandar um e-mail direto.

O roteiro é do diretor Claudio Torres, escrito em parceria com Adriana Falcão (Se Eu Fosse Você). O lançamento acontece em janeiro de 2009.

Thiago Borbolla

Sem dúvida alguma, A Mulher Invisível tem absolutamente tudo para ser um filme assaz legal — incluindo aí o elenco, com Selton Mello, Vladimir Brichta, Maria Manoella e… Luana Piovani, a própria moça que ninguém enxerga. Ou pelo menos um enxerga. =D

Como se isso não bastasse, logo que o filme foi anunciado já aproveitaram pra dizer que, em uma das cenas, Amanda (a personagem da Luana) aparece de calcinha, sutiã, sobretudo de vinil preto e salto alto. Eu já tinha endoidado ali… Até assistir ao teaser-trailer do filme, que a Warner liberou exclusivamente para os sites ontem de noite. O Cena Brasilis já tinha publicado, mas eu achei de bom grado mostrar aos senhores também… Especialmente porque imagino que vocês vão endoidar tanto quanto eu, na última cena do teaser. =D
Fonte: Judão

set10.jpg

 

Bom tem tudo para ser um filme divertido e já tem as presenças bacana do Selton Mello e Vladimir Britcha bom quanto a Piovani ela pode ser meia mala mas e ta gostosa 3d01
Link to comment
Share on other sites

  • 1 month later...

Omelete Entrevista: Luana Piovani

A estrela e musa de A Mulher Invisível fala com exclusividade direto do set de filmagens

mulherinvisivel%20%285%29.jpg

 

No fim de março, publicamos a conversa com o diretor e co-roteirista Cláudio Torres. Em julho, mostramos com exclusividade e em primeiríssima mão, o trailer teaser de A Mulher Invisível.

Agora chegou a vez de deixar a estrela principal e musa do projeto falar. Entre um take e outro, pegamos Luana Piovani, levamos para uma salinha e batemos um descontraído papo com ela. Conversamos sobre o que é o filme, por que ela decidiu se envolver, como foi trabalhar com Selton Mello e o motivo para a sua personagem andar de um lado para o outro com tão pouca roupa. Por fim, perguntamos se a @luanapiovani do Twitter era ela mesmo. Fonte: Omelete

Legal pois a Piovani que geralmente mala está incrivelmente simpática e recpetiva03
Link to comment
Share on other sites

  • 5 months later...

Exclusivo: Veja em primeiríssima mão Luana Piovani e Selton Mello no pôster de A Mulher Invisível

Filme chega aos cinemas em 5 de junho

19/03/2009

O Omelete mostra agora, com exclusividade, o pôster de A Mulher Invisível, comédia romântica estrelada por Selton Mello e Luana Piovani, que obviamente dividem os grandes créditos e destaque na imagem promocional que você confere ao lado e pode ver ainda maior na nossa Galeria de Imagens.

O filme contará a história de Pedro (Selton Mello), um romântico incurável que, mesmo depois de sofrer uma desilusão amorosa, acredita ter encontrado a mulher ideal: Amanda (Luana Piovani), sua bela, amiga e dedicada vizinha. Ao mesmo tempo, seu amigo Carlos (Vladimir Brichita), pragmático, não acredita em amor e o desencoraja a investir numa relação com uma mulher que ninguém conhece. Mas Pedro está, definitivamente, apaixonado... E ela é maravilhosa. Pelo menos até Pedro começar a desconfiar de que ela tem um único mas terrível defeito – Amanda não existe!

O roteiro é de Cláudio Torres (Redentor) em parceria com Adriana Falcão (Se Eu Fosse Você).

O filme tem estreia prevista para 5 de junho.

poster.jpg

 

Piovani pode ser mala, mas ainda continua gostosa e Selton e sempre bom ve-lo em cena.
Link to comment
Share on other sites

  • 1 month later...

Elenco e diretor falam sobre A Mulher Invisível em São Paulo
(18/05/2009 - 15h55)

Por Angélica Bito www.cineclick.com.br

 

img_news_18052009mulherinvisiveldentro.JPG

Da esquerda para a direita: Luana Piovani, Selton Mello,
Maria Manoela e Vladmir Brichta
Na manhã desta segunda-feira (18/5), o diretor Cláudio Torres (A Mulher do Meu Amigo) reuniu-se com a imprensa em São Paulo para falar sobre seu novo filme, A Mulher Invisível. O cineasta esteve acompanhado do elenco do longa-metragem, Selton Mello (Meu Nome Não É Johnny), Luana Piovani (O Casamento de Romeu e Julieta), Maria Manoela (Nossa Vida Não Cabe Num Opala) Vladimir Brichta (Romance).

Em A Mulher Invisível, Mello é Pedro, que, após ser abandonado pela esposa (vivida por Maria Luiza Mendonça), acredita ter encontrado a mulher ideal: Amanda (Luana Piovani), sua belíssima e dedicada vizinha. Ao mesmo tempo, seu amigo Carlos (Vladimir Brichita) não acredita em amor e o desencoraja a investir numa relação com uma mulher que ninguém conhece. Maria Manoela é a vizinha real de Pedro, casada com um policial violento e nada carinhoso, nutrindo uma relação de paixão pelo vizinho de parece cuja vida ela acompanha por meio dos sons que ouve através da parede.

"Neste filme, quero falar sobre solidão, amizade, vida cotidiana, urbana, a idealização de alguém que não existe", explica o diretor. O projeto de A Mulher Invisível existe há quatro anos e a ideia surgiu após Redentor. "No meu primeiro filme (Redentor), dialoguei com diversos gêneros; neste, queria trabalhar num gênero sólido, claro, a comédia romântica", continua Torres. "É muito difícil reunir as forças necessárias pra se fazer um filme", acredita o diretor. "Sou um consumidor de comédias românticas; vendo este longa, fica óbvio que assisti a filmes como O Amor é Cego, O Virgem de 40 Anos...", afirma. "Tem até (Stanley) Kubrick no meio de A Mulher Invisível, o momento em que o Pedro conclui seu livro foi inspirado pelo final de 2001 - Uma Odisséia no Espaço", confessa. "Quando a gente faz um filme, deposita ali tudo que já vimos, além de acrescentar algo novo."

O mesmo ocorre com a trilha sonora de A Mulher Invisível, repleto de rock and roll, como músicas de Janis Joplin, Ramones e Lobão. "Consumo rock desde que nasci, gosto quando vou ao cinema e explode uma música que conheço", afirma Torres. "A trilha é 50% da construção da linguagem narrativa", acredita. Na seleção de músicas, existe a predominância de composições internacionais, o que acaba tendo motivos bem claros na concepção do diretor. "A música em português rivaliza com o que o ator está dizendo e este filme, em especial, é muito calcado no texto, então seria muito ruído", explica. "Não faço distinção da nacionalidade da música, mas ela tem de estar a serviço da narrativa do filme."

Para Selton Mello, filmar A Mulher Invisível marcou uma tremenda mudança. "Foi como quando saí das filmagens de Lavoura Arcaica para filmar O Auto da Compadecida", compara o ator, que havia acabado de dirigir sua estreia como diretor, o denso Feliz Natal, para rodar esta comédia romântica. "A vantagem desta profissão é poder exorcizar", acredita o ator. "Os trabalhos vão se equilibrando". Mello explica o que o atraiu neste projeto: "O que me agrada é ser uma comédia que também fala de solidão, este componente é muito atraente e próximo de mim, colocando o filme em outro patamar".

Coube a Luana Piovani o papel de incorporar essa mulher ideal do protagonista: lindíssima, prestativa, cuidadosa e que entende de futebol. "Fiquei lisonjeada e envaidecida ao saber que o papel foi escrito para mim", confessa a atriz. Em boa parte das cenas de A Mulher Invisível, Luana está em trajes sumários, mais precisamente vestindo somente lingerie. "Fiquei muito à vontade e segura no set, fui super bem cuidada", afirma a atriz, que ainda confessou que as peças usadas por ela no filme são de seu acervo pessoal. Além disso, "quando soube que ficaria tão exposta, passei uma semana num spa."

A comédia vem ao encontro do que o espectador brasileiro tem prestigiado no cinema, na esteira do sucesso de Se Eu Fosse Você 2 e Divã. "O cinema brasileiro é feito de ondas concomitantes", analisa Torres. "Este ano aconteceu ao acaso uma concentração de comédias e, desta forma, estamos construindo um mercado que comparece, os filmes conseguem se manter nas salas", acredita o diretor. "Este filme tem uma parte nele que comove: o solitário que transforma sua crise em algo produtivo, como um livro, neste caso", define. "Fizemos este filme em estado de graça, ao mesmo tempo que nos vigiamos para que fosse acessível, o que não fiz em Redentor", compara o diretor.

A Mulher Invisível estreia nacionalmente em 5 de junho, com pré-estreias nos finais de semana antecedentes (22 e 29 de maio).
Link to comment
Share on other sites

  • 3 weeks later...

Ninguém moveu?

 

Acabei de ver. Tem uma grande virtude: é CINEMA, e não televisão. Tem um grande defeito: o roteito é uma cópia descarada de filmes como O Amor é Cego e Eu, Eu Mesmo e Irene.

 

Mas dei muita risada. Selton (em momento Jim Carrey) ótimo, Vladimir bem engraçad tb. Fernanda Torres muito bem como a coadjuvante com as melhores falas. Quem destoa é a Piovani, mas embeleza o filme, pelo menos. 3/5
Link to comment
Share on other sites

Comédia com Selton Mello e Luana Piovani tem boa estreia - 08/06/2009 17:59

Seguindo a trilha de sucesso das comédia nacionais, A Mulher Invisível, longa com Selton Mello e Luana Piovani, teve uma ótima bilheteria de estreia. O longa atraiu 229.600 espectadores no primeiro final de semana.

À título de comparação, segundo o site Cineclick, a comédia teve uma estreia 45% maior do que a de Divã, longa que já acumula uma arrecadação superior à marca de R$ 1,5 milhão, e 46% maior do que a de Meu Nome Não é Johnny, a maior bilheteria nacional de 2008.

Com o lançamento de A Mulher Invisível, o público do cinema nacional neste ano já ultrapassou o de 2008. Porém, segundo o jornalista Ricardo Calil, 88% deste público, até o momento, foram conseguidos apenas por Se Eu Fosse Você 2 e Divã. Já estrearam 37 filmes brasileiros, ou seja, 35 são os responsáveis por 12% do público. Com o passar das semanas, A Mulher Invisível deve abocanhar uma expressiva fatia do total de espectadores de 2009.

Link to comment
Share on other sites

O filme é muito ruim.

 

E não é preconceito meu contra o cinema nacional, não. Tanto que gostei de Divã e Se Eu Fosse Você 2.

 

E nada contra o elenco, todos estão ótimos : Vladmir, Selton, Maria, Luana. Todos ótimos. E a direção não é ruim.

 

A história que é chatíssima mesmo !

 

 

Link to comment
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

Loading...
 Share

Announcements

×
×
  • Create New...