Jump to content
Forum Cinema em Cena

Maysa - Minissérie globo - 05/01/09


Barbie
 Share

Recommended Posts

Nova ‘Helena’ de Manoel Carlos é a cantora Maysa

Com ‘Maysa - quando fala o coração’ autor estréia no ramo da telebiografia.
Minissérie sobre a vida polêmica da artista vai ao ar no dia 5 de janeiro.

Acostumado a desvendar as nuances da alma feminina em suas novelas, Manoel Carlos assume que não seria capaz de criar uma ‘Helena’ tão “atraente, transgressora e com uma vida trepidante” quanto à da cantora Maysa (1936-1977). Ainda assim, o autor aceitou o desafio do diretor Jayme Monjardim, o filho da artista, de contar na TV a história da musa do samba-canção.

O resultado poderá ser visto na minissérie “Maysa – Quando fala o coração”, com estréia marcada para 5 de janeiro, às 23h. “O Jayme me deu um presente de grego: escrever sobre a mãe dele! Corri o risco de arranjar confusão com um amigo”, brinca o autor. “Maysa não foi nenhuma Santa Terezinha, teve uma vida tumultuada”.

Mas assim como em seus folhetins, tudo acabou em final feliz. Maneco garante que não houve pudores ou censuras por parte do filho-diretor. Da minissérie de nove capítulos não ficaram de fora os porres épicos, as tentativas de suicídio, os amantes e o temperamento dramático da compositora de clássicos da fossa como “Meu mundo caiu”, “Ouça” e “Franqueza”.

Os escândalos públicos, entretanto, não nortearam a minissérie. O autor revela que se preocupou em mostrar a grandeza artística de Maysa. “Ela foi um mito! No auge da fama, quando consolidou carreira internacional, chegou a ter um cachê tão alto quanto o do Nat King Cole”, explica. “Nunca houve um artista brasileiro tão preparado culturalmente quanto a Maysa. Ela cantava em português, inglês, espanhol e até em francês no Olympia de Paris”. 

‘No primeiro traço da sobrancelha eu já virava Maysa’

Monjardim foi tão exigente na escolha do “telebiógrafo” de sua mãe quanto na da atriz que iria interpreta-la. A missão coube à gaúcha Larissa Maciel – 31 anos e olhos de gata tão esfuziantes quanto os de Maysa. “Sem ela talvez essa minissérie não tivesse saído do papel. Larissa fez um trabalho impecável”, elogia.

Novata na TV, a atriz tem uma carreira de 11 anos no teatro. Sabia pouco da cantora até o convite de Monjardim. Após oito meses de preparação rigorosa, ela garante que se tornou especialista – e fã.

“Li pelo menos cem pastas com reportagens da época, os diários da Maysa, vi e revi fotos e vídeos, fiz sessões com fonoaudiólogo para aproximar minha voz aguda ao tom grave maravilhoso dela”, conta Larissa.

“Chegava ao Projac às 8h e saía às 21h. Doei um ano da minha vida para essa mulher”, diz a atriz. “Mas depois de uns meses, logo que o maquiador fazia o primeiro traço da sobrancelha, eu já virava a Maysa”.

Quem confirma é Monjardim. “Larissa aprendeu a segurar o cigarro e o copo de uísque do jeitinho que minha mãe fazia. Fiquei muito emocionado”, conta o diretor.

Tanta entrega para alguém com uma história de vida tão intensa tem seu preço. “Não houve cena fácil, eu ficava sempre muito emotiva”, conta a protagonista. “Quando fomos gravar na Europa, o Jayme me deu uma mala da Maysa, usei as roupas que foram dela”. 

Laços de família

Emoção a flor da pele também não faltou para André e Jayminho Matarazzo, filhos de Monjardim que tiveram a missão de interpretar o pai na minissérie. O pequeno André viveu o filho de Maysa aos 10 anos. Coube a Jayme a tarefa de interpretar o próprio pai dos 15 aos 20.

“Um baú familiar se abriu. Sabia da grande cantora que foi minha avó, mas nunca se falou muito sobre ela lá em casa”, conta Jayminho, que também foi assistente de direção na minissérie. Isso porque a relação de Maysa e Monjardim não foi lá muito amistosa. O diretor passou a infância e parte da adolescência em internatos na Europa enquanto a mãe fazia sucesso mundo afora. Aos 15 pediu emancipação. “Aprendi a admirar meu pai por ele ter sido tão forte e guerreiro”, diz Jayminho.

Ele e o irmão caçula estrearam como atores a pedido de Manoel Carlos. “Achei que seria autêntico os meninos interpretarem o pai. Foi uma forma de garantir ainda mais verdade neste trabalho”, diz o autor.

O próprio Maneco debutou em “Maysa – Quando fala o coração”. Em quase seis décadas criando suas “Helenas” folhetinescas, foi a primeira vez que o autor biografou uma personalidade. “Foi muito emocionante. Quero muito de fazer uma telebiografia da Ângela Maria e do Cauby Peixoto”, planeja ele, com o vigor de um estreante.

A%20atriz%20Larissa%20Maciel,%20que%20interpreta%20a%20cantora %20%20%20%20%20%20%20%20%20%20%20%20%20%20%20%20Maysa,%20ao%20lado%20do%20autor%20Manoel%20Carlos.%20%28Foto:%20G1%29 A atriz Larissa Maciel, que interpreta a cantora Maysa, ao lado do autor Manoel Carlos. 

 

A%20atriz%20Larissa%20Maciel:%20preparação%20rigorosa%20para %20%20%20%20%20%20%20%20%20%20%20%20%20%20%20%20ser%20Maysa.%20%28Foto:%20Divulgação/TV%20Globo%29 A atriz Larissa Maciel: preparação rigorosa para ser Maysa.

 

O%20diretor%20Jayme%20Monjardim%20e%20os%20filhos%20Jayminho%20e %20%20%20%20%20%20%20%20%20%20%20%20%20%20%20%20André:%20os%20filhos%20interpretam%20o%20pai%20na%20minissérie.%20%28Foto: %20%20%20%20%20%20%20%20%20%20%20%20%20%20%20%20Divulgação/TV%20Globo%29 O diretor Jayme Monjardim e os filhos Jayminho e André: os filhos interpretam o pai na minissérie.
Link to comment
Share on other sites

  • Replies 58
  • Created
  • Last Reply

Top Posters In This Topic

Minissérie ‘Maysa’ traz emoção familiar para a TV

Jayme Monjardim dirige especial sobre a cantora com texto de Manoel Carlos

A minissérie “Maysa” não é apenas mais uma superprodução da TV. É mais do que isso. É o grande projeto da vida de Jayme Monjardim, que retratará a vida e obra de sua mãe, a cantora que emocionou a todos pelo seu talento e busca incessante pelo amor.

O projeto apresentado há alguns anos pelo diretor à TV Globo teve o aval de ninguém menos que Manoel Carlos e o pontapé inicial para o resultado foi apresentado nesta quinta-feira, 11, durante uma coletiva de imprensa, em São Paulo.

Assim como em “Presença de Anita”, a personagem principal é encenada por um rosto desconhecido na TV, Larissa Maciel. “Sempre gostei de trabalhar com pessoas que nunca tenham aparecido na TV. O público tem que ver caras novas, o elenco tem que se renovar. Se eu puder, a minha próxima Helena vai ser uma atriz desconhecida”, disse Manoel Carlos.

Apesar de não ser conhecida do grande público, Larissa trabalha há muito tempo com teatro e é bacharel em interpretação. Ser protagonista da minissérie é mais um desafio na vida dessa profissional. “Meu primeiro trabalho já foi sob pressão. Tive que substituir uma atriz muito experiente”, contou a intérprete de Maysa.

A escolha de Larissa não foi fácil. Jayme contou que Manoel Carlos só começaria a escrever depois que a atriz para o papel principal fosse encontrada. “Tive medo de não encontrar alguém”, disse o diretor. Mas a atriz conquistou a todos pelo olhar, característica marcante da cantora. “Quando vi os primeiros vídeos dela, já percebi como ela olhava”, disse Larissa.

Filho interpreta pai

Jayme Monjardim foi o único filho de Maysa e não poderia deixar de ter um papel importante na trama. O ator escolhido para o personagem não poderia ser melhor: Jayme Matarazzo, filho do diretor.

“Entrei como assistente de direção. Estávamos procurando um ator para o papel dele e o Manoel Carlos achou bacana se eu fizesse. Fiz o teste e deu certo”, contou Jayminho, que agora quer estudar para se dedicar à carreira de ator.

Ele conta ainda que a idéia não foi muito bem aceita por seu pai no início. “Ele tinha aquele medo. Vontade de proteger. Mas chegamos à conclusão de que seria bacana”, disse.

Iwi%20Onodera/Globo.com Iwi%20Onodera/Globo.com 
Link to comment
Share on other sites

Lançamento da minisérie ‘Maysa’ reúne grande elenco em São Paulo

Com direção de Jayme Monjardim e texto de Manoel Carlos, a produção narra a história da cantora de MPB que marcou a década 70

A atriz Larissa Maciel, a intérprete de Maysa, com o escritor Manoel Carlos; Tânia Mara, esposa de Jayme Monjardim e a atriz Simone Soares; Grande parte do elenco de ‘Maysa’; Ainda desconhecida na TV, a atriz Larissa Maciel trabalha há muito tempo no teatro; O ator Eduardo Semergian e Larissa Maciel; O diretor Jayme Monjardim, o filho Jayme Matarazzo e Larissa Maciel; Manoel Carlos e Jayme Monjardim; Manoel Carlos, Tânia Mara, Jayme Monjardim, Jayme Matarazzo e Larissa Maciel; As atrizes Cristiane Carniato, Priscilla Rosenbaum e o ator Nelson Baskerville.

 

0,,16117775-EXH,00.jpg 0,,16117772-EXH,00.jpg 0,,16117769-EXH,00.jpg 0,,16117765-EXH,00.jpg 0,,16117762-EXH,00.jpg 0,,16117759-EXH,00.jpg 0,,16117756-EXH,00.jpg 0,,16117753-EXH,00.jpg 0,,16117742-EXH,00.jpg 
Link to comment
Share on other sites

Larissa Maciel passa por transformação e dá adeus a Maysa

O EGO acompanhou a mudança no visual da atriz que em janeiro de 2009 encarna a cantora em minissérie

O enorme sorriso de Larissa Maciel ainda é desconhecido na maior parte do Brasil, mas basta um olhar mais serio e uma arqueada de sobrancelhas para logo associarmos a atriz gaúcha à cantora Maysa, a quem ela dará vida na minissérie homônima que estréia em janeiro de 2009.

Mas depois de oito meses gravando e vivendo em função da rainha da fossa, a atriz resolveu voltar à vida normal. 

A primeira providência, assim que terminaram as gravações da minissérie, no começo de novembro, foi passar uma semana de férias em Porto Alegre. A segunda foi mudar o visual para se despedir de “Maysa” e voltar a ser Larissa.

“Estava com saudade de dormir e ficar sem fazer nada. Fui para Porto e fiquei uma semana assim”, contou ela que chegou a encarar uma rotina de até 17 horas de trabalho antes das férias. 

Para a segunda empreitada, a atriz contou a ajuda do fotógrafo e maquiador Fernando Torquatto, que também foi o responsável pela caracterização dela na minissérie. 

“Eu e Larissa ficamos bastante amigos durante o trabalho, e agora quis dar umas dicas para ela compor o visual de sua nova fase profisisonal”, disse Torquatto.

A dica do maquiador foi para que Larissa clareasse um pouco os cabelos e fizesse as chamadas mechas californianas, que dão o efeito de queimado de sol nos fios. Uma leve repicada nas madeixas também foi sugerida, mas Larissa preferiu o comprimento dos cabelos na altura dos ombros.Para a missão de transformá-la em uma nova Larissa foi escalada a colorista Cíntia Araújo, do salão Fashion Clinic, em Ipanema, na Zona Sul do Rio.

“Como Larissa não queria nada tão radical, sugeri uma balayage não marcada em tom de mel, para dar o efeito queimado de sol”, contou Cíntia.

A atriz passou pelo processo e depois foi submetida ao Micro Mist, um aparelho que promove uma hidratação profunda nos fios, tem ação bactericida e de remoção de resíduos de produtos.“Além de clarear, sugeri também que ela adotasse um visual mais liso na frente. Para isso usamos a escova marroquina, um produto à base de formol, cacau e argila verde e branca”, contou Cíntia que aplicou o produto apenas na parte da frente do cabelo da atriz. Na parte de trás, os fios cacheados foram mantidos e serviram para criar uma base mais alta.

“Adorei o resultado, e fiquei impressionada como as mechas deram uma iluminada no rosto”, disse a nova Larissa após conferir o resultado de sua transformação.

Marcio%20Nunes/Photo%20Rio%20News 0,,16016252-EXH,00.jpg 

Marcio%20Nunes/Photo%20Rio%20News Marcio%20Nunes/Photo%20Rio%20News Marcio%20Nunes/Photo%20Rio%20News 0,,16016284-EXH,00.jpg  
KSYVICKIS2008-12-12 17:37:22
Link to comment
Share on other sites

Maysa: mil emoções em nova minissérie

Depois de explorar os famosos olhos de ressaca de Capitu pelas lentes de Luiz Fernando Carvalho, a TV Globo deu a Manoel Carlos tarefa parecida: mergulhar no universo que cabe no olhar de “oceanos não-pacíficos” da cantora Maysa para mostrar, em apenas nove episódios da minissérie Maysa – Quando fala o coração (a partir do dia 5, depois da novela A favorita), todos os altos e baixos da cantora.

– A história de Maysa não é nada fácil de resumir. Ela foi uma desbravadora, uma mulher valente, que enfrentou muitos reveses e soube dar a volta por cima. Jogou tudo pela sua arte. Abriu mão de nome, riqueza, posição social pelo que acreditava ser a sua vida. A minissérie segue esses passos – antecipa o autor.

Com a direção do filho da cantora, Jayme Monjardim, a atração não apresenta uma estrutura linear ou cronológica, mistura ficção com imagens de arquivo.

Por idéia de Manoel Carlos, os filhos do diretor, André Matarazzo, de 10 anos, e Jayme Matarazzo, 22, vão interpretar o pai em diferentes fases. Já o papel da personagem-título coube à estreante Larissa Maciel, gaúcha de 30 anos escolhida entre 200 candidatas para trazer de volta a voz impecável, o olhar desconcertante e o turbilhão de emoções que compuseram a vida da diva.

– Não conhecia a história dela e nunca me achei parecida. Só sabia que ela era a intérprete de Meu mundo caiu – confessa Larissa.

– Depois da maquiagem pronta me olhei no espelho e tomei um susto! Fiquei idêntica.

 

Maysa - Quando fala o Coração, é a nova minissérie da TV Globo, a estréia de Maysa será no dia 5 de janeiro de 2009. Em apenas nove capítulos, a trama contará a história da cantora capixaba Maysa Monjardim Matarazzo, sucesso nas décadas de 60 e 70. Confira a sinopse e o elenco de Maysa, segundo as informações do MSN.

Elenco da minissérie Maysa

Larissa Maciel foi escalada para ser a protagonista da série. Além dela, também fazem parte do elenco Eduardo Semerjian, Denise Weinberg, Rogério Falabella, Ângela Dip, Nelson Baskerville, Michael Nix, Luiz Carlos Ayres, Gustavo Trestini, Priscilla Rozenbaum, Mateus Solano, Pablo Bellini, Melissa Vettore, Marat Descartes, Simone Soares, Cristiane Carniato e Cristine Perón.

Sinopse da minissérie Maysa

Maysa (Larissa Maciel) era uma mulher fascinante que não aceitava que lhe colocassem rédeas. Com coragem, desafiou os padrões sociais de uma época e fez história. Enfrentou oposições e críticas, em nome de um sonho: o de expor sua arte, de cantar e encantar platéias com sua música.

Educada em regime de internato em colégio de freiras, Maysa contestava os limites e regras desde pequena. Aos 13, já se maquiava. Na adolescência, causava polêmica ao usar calças compridas e fumar na rua. Nessa época, suas composições ainda ficavam restritas aos diários e anotações íntimas. Cantava apenas em casa, nas muitas festas que seus pais, Inah (Ângela Dip) e Monja (Nelson Baskerville), ofereciam.

Aos 17 anos, Maysa casou-se com o bilionário André Matarazzo (Eduardo Semerjian), um poderoso empresário da indústria brasileira e um homem quase 20 anos mais velho que ela. Com ele, teve seu único filho: Jayme Monjardim Matarazzo. Após alguns anos, ocorreu o divórcio.

Maysa morreu prematuramente em um acidente de carro na ponte Rio-Niterói, no Rio de Janeiro, aos 40 anos, no dia 22 de janeiro de 1977. Muitos são os rumores que surgiram em torno do acidente, mas a verdade é que sua morte foi uma fatalidade.

Maysa%20-%20Quando%20fala%20o%20coração Maysa 
KSYVICKIS2008-12-15 18:38:31
Link to comment
Share on other sites

  • 3 weeks later...

Gostei do primeiro capitulo, que foi trabalho fantastico de direção do Monjardim a qual eu não sou fã, apesar de ser competente e bons textos do Manoel Carlos que eu considero um bom autor.

Mais o interessante e que a minisserie não tenha um ator de global de peso e mostrou uma ótimas atuações do elenco, que deu conta do recado.

 

Acho que ainda promete muitas emoções fortes, mas já ganhou a minha simpatia
Link to comment
Share on other sites

Não gostou, Laure... herege!?<?:namespace prefix = o ns = "urn:schemas-microsoft-com:office:office" />

 

Eu gostei muito, apesar de que acho cedo p/ dizer, mas ela tem um rosto tão expressivo e se parece tanto com a cantora... aff!

 

Ela tb é bem passional nas letras !

Nossa, ela compunha desde os 15 anos!

 

Dizem que a minisérie foi bem de audiência.

 

Caco, o monjardin é filho ela e dizem que os textos não são tão bons por ele insitir em focar a minisérie em uma Maysa-boa-mãe.

MariaShy2009-01-06 16:39:26
Link to comment
Share on other sites

Isso Kikas... a palavra é artificial, achei que ela fez muito caras e bocas, mas não conseguiu 'incorporar' o personagem.

 

 

já conhecia o trabalho da Maysa e sempre gostei das músicas dela!

 

agora, com certeza o Monjardim não vai enfocar todas as 'loucuras' da Maysa, o máximo vai mostar que ela bebia, já os outros 'vícios' com certeza vão passar batidos. 

 
Link to comment
Share on other sites

Estou achando esta atriz que faz a Maysa fraca' date=' ou pesa demais ou afrouxa demais, está caricata.

 

Mas estou gostando muito da direção e edição, gostei dos flashbacks intercalados e da narrativa não-linear.
[/quote']

Eu tô adorando a atriz!

Acho ela intensa e hipnótica... afff!

Deve ser aqueles zoiões azuis dela (ou serão verdes?!)

 

Dizem ele  está usando esse estilo pq viu em "Piaf" e gostou.

 

Tô gostando bastante da série tb.

 Achei que Monjardin, por se tratar da ppria mãe,  fosse dourar a pílula, nas questões de baladas, bebidas, negligência com o filho ... mas parece que não 13 10.
Link to comment
Share on other sites

Eu acho que não tô sacando a minisérie... a personalidade de Maysa...<?:namespace prefix = o ns = "urn:schemas-microsoft-com:office:office" />

 

No capítulo de ontem ela falava de boca cheia que era mesmo contestadora, anárquica e  até pede que ao policial ligue a sirene enqto vai p/ a delegacia... e depois corta os pulsos por ser criticada por isso?? noidea.gif

 

Tá, pode ser intenção do diretor, deixar que a personalidade dela seja um ponto de interrogação.

 

By the way, me emocionou ver a atriz cantar “Eu sei que vou te amar”... ainda que fosse duplagem.


 

Link to comment
Share on other sites

Eu acho que não tô sacando a minisérie... a personalidade de Maysa...<?:namespace prefix = o ns = "urn:schemas-microsoft-com:office:office" />

 

No capítulo de ontem ela falava de boca cheia que era mesmo contestadora' date=' anárquica e  até pede que ao policial ligue a sirene enqto vai p/ a delegacia... e depois corta os pulsos por ser criticada por isso?? noidea.gif

 

Tá, pode ser intenção do diretor, deixar que a personalidade dela seja um ponto de interrogação.

 

By the way, me emocionou ver a atriz cantar “Eu sei que vou te amar”... ainda que fosse duplagem.


 

[/quote']

 

Esta parte achei tão forçada, ela mesma falou o que os outros a consideram, acho que ninguém se refere a si próprio daquela maneira, tá na cara que foi invenção do Manoel Carlos...

 

Mas acho que a história da Maysa serve para traçar um paralelo com as histórias de outros artistas que vivem metidos em escândalos.
Link to comment
Share on other sites

Mas a impressão que deu era de que ela gostava da mídia... 
qd esta falava bem.
Acho que ela não lidava bem com críticas, ou de repente ainda 
amasse o marido, mas amava mais ainda a vida de boêmia... 
sei lá...<?:namespace prefix = o ns = "urn:schemas-microsoft-com:office:office" />

Link to comment
Share on other sites

continuo não gostando da interpretação da atriz.

 

já com relação a personalidade, acredito que ela era uma menina mimada que sempre teve tudo que quiz do seu jeito, isso ficou claro pra mim hoje na cena em que ela exige que o Boscoli vá para o hotel com ela, ou isso ou não gravaria as músicas dele.

 

como curiosidade no filme "A lei do desejo" de Pedro Almodóvar, tem a música "Ne me quitte pas" interpretada por Maysa na trilha sonora.
Link to comment
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

Loading...
 Share

Announcements


×
×
  • Create New...