Jump to content
Forum Cinema em Cena

The Tourist (2010) Com Jolie e Depp


Deckard
 Share

Recommended Posts

Direção: Florian Henckel von Donnersmarck
Roteiro: Christopher McQuarrie,Julian Fellowes,Jeffrey Nachmanoff
Elenco: Angelina Jolie, Johnny DeppPaul Bettany, Rufus SewellTimothy Dalton
Sinopse: Um turista norte-americano se apaixona por uma misteriosa agente da Interpol, mas acaba sendo usado pela mulher para investigar um criminoso.

Estréia (EUA): 10/12

 

 

001.jpg

 
Deckard2010-09-03 10:47:45
Link to comment
Share on other sites

tourist_02.jpg

 

Jolie e Depp tem uma química incrível, diz diretor de The Tourist

Fonte: MTV Movies

"Johnny e Angie se deram muito bem", contou Florian Henckel von Donnersmarck à MTV News.

O que faz um diretor depois de ser o ganhador do Oscar de Melhor Filme Estrangeiro? Se você é o talentoso Florian Henckel von Donnersmarck, você não vai à Disneylândia; você vai trabalhar com grandes talentos como Johnny Depp e Angelina Jolie em um novo filme. O filme em questão é "The Tourist", vagamente baseado no thriller francês "Anthony Zimmer". Em uma entrevista feita pela MTV News com von Donnersmarck, o diretor falou sobre a intriga internacional, sobre os desafios de filmar em Veneza e sobre como todo mundo se apaixona por Johnny Depp (incluindo seu co-star Paul Bettany, que confessou seus sentimentos por Johnny no mês passado).

- MTV: Apesar das reviravoltas da história, o que você pode nos contar sobre o script?
- Florian Henckel von Donnersmarck: Eu vi que você já esteve tentando arrancar alguma informação de Paul (Por incrível que pareça o ocupado diretor, de alguma forma, encontrou tempo para ler nossa entrevista com Paul Bettany). Bom, é uma história de amor, isso é certo. Imagine uma mulher muito elegante, sofisticada e educada que, através de um conjunto de circunstâncias, de repente, se apaixona por um cara que não é nenhuma dessas coisas, confundindo toda sua vida já que isso era uma coisa que não podia acontecer. Ela tinha tudo planejado, tinha um plano de mestre, mas nenhum dos dois poderia imaginar que fosse possível se apaixonarem um pelo outro. Eu tenho que manter os detalhes em segredo se não você terá nenhuma diversão assistindo o filme.

O filme é um remake de "Anthony Zimmer" ou mais uma interpretação?
Eu diria que, de certa forma, o filme é inspirado em vários filmes. Há muito de "Anthony Zimmer" nele, que é um roteiro francês pelo qual eles compraram os diretos. Mas também há muito de "North by Northwest," "To Catch a Thief," "The Thomas Crown Affair," das "Thin Man" séries, "The Pink Panther" - existem vários filmes que nós usamos como inspiração.

Como você conseguiu montar um elenco tão espetacular?
Eu acho que se você cria uma parte no roteiro, na qual você descreve os atores - como eles devem aparecer, o que devem mostrar – isso faz com que os grandes atores fiquem atraídos por essas partes do roteiro e queiram entrar no jogo. Eu acho que as pessoas muitas vezes se esquecem de que grandes celebridades como Angelina e Johnny, são o que são e que, na verdade, são atores. Eles são muito mais atores do que celebridades, e acho que papéis assim são bons para eles como atores. Eles podem realmente mostrar o que sabem fazer. Angelina é tão charmosa, delicada, feminina e forte, tudo ao mesmo tempo, e acho que quando eu conversei com ela sobre o filme e quando trabalhamos juntos no roteiro, ela viu que realmente era capaz de fazer o filme, e o mesmo com o Johnny. Ele mostrou muito de sua própria complexidade no filme. Ele é um vencedor, é encantador e muito engraçado, assim como ele é na vida real. Eu acho que de muitas maneiras, neste filme ele está muito próximo de como é na vida real. Ele é a pessoa mais engraçada e encantadora que eu já conheci.

Bem, nós já ficamos sabendo que Paul se apaixonou por ele...
É impossível não se apaixonar por Johnny. Todo mundo se apaixona por ele. Assim como todo mundo se apaixona por Angelina. Ela é muito divertida. Além disso, Johnny e Angie se deram tão bem que foi algo que eu pude sentir logo na primeira vez que nós três nos conhecemos. Acredite ou não, Angie e Johnny nunca tinham se conhecido antes. Através dos anos, eles foram como o rei e rainha de Hoyllwood, mas nunca tinham se conhecido pessoalmente, e eu fui a primeira pessoa que vi os dois juntos. Então, foi um momento histórico. Eles se deram tão bem que desde o primeiro momento que se conheceram, eu soube que iria ser muito divertido fazer esse filme. Eu, provavelmente, passei por vários momentos nos quais eles ficavam apenas rindo porque eles ficavam inventando muitas coisas engraçadas e nós deixávamos suas criatividades aflorar livremente.

Qual foi a dificuldade de filmar em Veneza?
Foi difícil, e é por isso que a maioria dos filmes que se passam lá, são feitos apenas no interior do estúdio e depois a equipe vai para Veneza passar apenas umas três semanas somente para filmar os cenários externos. Nós realmente filmamos o filme inteiro - exceto as cenas que foram feitas em Paris - em Veneza. Nós tivemos a chance de capturar Veneza mais do que qualquer outro filme, e esse foi, certamente, nosso objetivo. Quando Angie e eu conversamos sobre isso, nós dissemos: "Vamos realmente fazer de Veneza uma personagem. Vamos realmente filmar lá." Felizmente, nossos produtores nos ajudaram com isso. Então, antes que soubéssemos, já estávamos todos em Veneza e moramos lá por quase meio ano, em um dos lugares mais fantásticos ao longo do Grande Canal, e então, não coloquei mais os meus pés em um carro ou em um caminhão por um semestre inteiro.

Como você acha que vai ser a reação com o público?
Eu acho que eles vão adorar e irão apenas ver um mundo onde, de alguma forma, tudo é lindo, a um ponto que parece irreal. Acima de tudo, eu só espero que o público fique contagiado - assim como eu fiquei nos sets - pela incrível química, alegria e carinho entre nossos maravilhosos atores, entre Angie e Johnny, Paul, Timothy Dalton e Steven Berkhof, todos esses incríveis atores que participaram do filme.

 

Deckard2010-09-03 10:48:20
Link to comment
Share on other sites

  • 2 weeks later...
  • 3 weeks later...
  • 2 months later...

Como era esperado, ao menos por mim, O Turista tem tudo para ser uma das grandes bombas entre a crítica especializada neste final de ano nos EUA. O filme está indo muito mal com 21% no Rotten Tomatoes e 38% no Metacritic com UMA CRÍTICA POSITIVA apenas até o momento.

 

Segundo o Rotten Tomatoes o filme é:

The scenery and the stars are undeniably beautiful, but they can't make up for The Tourist's slow, muddled plot, or the lack of chemistry between Johnny Depp and Angelina Jolie.

A previsão de bilheteria para "O Turista" também não é muito animadora, apesar de juntar Jolie e Depp, o longa - segundo previsões do Box Office Mojo - deve render algo em torno de 25 milhões de dólares. Números muito abaixo dos obtidos por Salt (com os decepcionantes 36) em julho e O Procurado (50) em junho de 2008.

 

A pergunta que fica, ao menos para mim, é será que chegou o momento de Jolie se reinventar novamente. Ela que surgiu no final dos anos 90 como a rebelde de Hollywood se transformou na femme fatale dos anos 2000 em filmes de suspense e ação, excetuando seus dois grandes momentos na década em O Preço da Coragem e A Troca, quando ela se permitiu sair da zona de conforto de superstar hollywoodiana e ser apenas a atriz.

 

Um possível fracasso de O Turista, talvez acenda a luz vermelha na carreira de Jolie e a faça rever seus critérios na escolha de projetos, que parecem estar atrelados apenas a cifras e grandes orçamentos e não a atuação em si.

 

Ahhh e torço para que a sequência de Salt nunca saia da gaveta. 06

 

angelina-jolie-brad-pitt-tourist-10.jpg

Jolie na estréia de O Turista na segunda-feira.
Deckard2010-12-09 19:03:59
Link to comment
Share on other sites

Acho que é mais a safra de filmes em geral que anda ruim mesmo, do que Jolie. Johnny Deep também não anda lá essas coisas, seu último bom filme foi Inimigos Públicos, em 2009 do Michael Man.

 

Eu já não esperava muito desse filme também, e com toda a honestidade, Jolie nunca conseguiu me marcar como uma grande atriz. Sim, vão falar do papel dela em "A troca", mas eu achei uma atuação teatral forçadíssima e já antiguada, dos tempos da Audrey Hepburn. Sem dúvida chama a atenção dos oscaritos, mas em geral achei o filme bom, e só.

 

Ela sem dúvida fez um belo Debut em garota Interrompida que lhe rendeu o oscar, mas depois disso, ela fez uma porção de papeis repitidos e inexpressivos. Alguém lembra de algum personagem forte dela, que tenha marcado? e não vale dizer Lara Croft.

 

Sim tem aquele filme que ela e o Bandeiras se esfregam pelados, mas se a gente lembra mais disso do que a atuação dela não é um bom sinal né?

 

Tem o Senhor e Senhora Smith, que não é bem um filme, é um presente para quem gosta de fofocas de celebridades e ver um casal na vida real interpretando um casal no cinema, e sendo super espiões.

 

E... e só. Jolie ultimamente recebe mais atenção pelas crianças que arrecada a cada viagem do que suas atuações, se ela não conseguir se fixar com uma atriz que garante um bom filme (como o marido dela), ao invés de bombas como Salt, que é um Jason Bourne de saia, logo logo vai dar bye bye.

Ela já tá com que? 35, 37 anos certo? Não tem muito tempo de beleza pela frente, bom fazer contar os próximo filmes.

 

Johnny Deep pode-se dar ao luxo de fazer bombas porque é único em Hollywood, já para a Angelina Jolie tem diversas moças saradas prontinhas para tomar o posto da mulher de ação.

 

 

Link to comment
Share on other sites

E a situação apenas piora, O Turista está com 18% no RT. Para compararção Tomb Raider tem 19%, então a situação está feia mesmo.

 

Ultimamente ando bem decepcionado com a direção da carreira da Jolie, na verdade com exceção ao primeiro Tomb Raider, O Bom Pastor, A Troca e O Preço da Coragem, a década não foi boa para sua carreira. Virou uma grande estrela, porém deixou de ser aquela atriz vibrante dos tempos de Gia, Garota Interrompida e Corações Apaixonados.

 

Eu como admirador dela torço para que O Turista represente o último papel de mulher sexy e fatal em sua carreira e que se espelhe em atrizes como Kate Winslet e Cate Blanchett e busque trabalhos mais desafiadores. Talento para isso ela possui.

 

Sobre o Johnny Depp, acho que a situação é pior. Desde que ele atuou em Piratas do Caribe virou uma caricatura na maioria dos seus filmes posteriores.

 
Deckard2010-12-10 08:20:57
Link to comment
Share on other sites

Depp é um cara esquisito, e só funciona muito bem quando interpreta caras esquisitos, afinal, não é a toa que ele estourou quando interpretou um cara que tinha mãos de tesoura.

 

E quando funciona bem, eu digo muito bem. O cara praticamente carregou os filmes dos Piratas nas costas graças ao seu ar esquisito na pele do Sparrow, e mostrou um timming de comédia que não vimos antes. E precisou, afinal Piratas do Caribe conta com uma história pra lá de fraquinha (e ficaram sem idéias originais logo no segundo filme...), e não ajuda o fato do Orlando Bloom e Keira Knightley terem o carisma de uma rocha.

 

Mas quando ele tem que fazer par romântico com a maior diva de Hollywood do momento, é de se esperar que não vá funcionar, Depp não sabe fazer o "Straight men", o herói convencional. Ah sim, ele se deu muito bem com a Marion Cotillard em Inimigos Públicos, mas o filme era sobre gangsters atirando metralhadoras thompson, o romance era apenas um extra.

 

Então quando escalaram o elenco, os produtores estavam esperando que a publicidade em cima de duas grandes estrelas interpretando um romance garanta bilheteria "Uau, quem iria imaginar, Edward Mãos de Tesoura dando uns pegas na garota interrompida, imagina as pessoas vão ficar loucas para ver isso". Er... não exatamente.

 

Aparentemente juntar grandes astros para garantir lucros só funciona quando é um bando de homem tapados no esperóide (e Jet Li). Stallone manja.

 

 

Link to comment
Share on other sites

Alguém ainda tem dúvidas de que Jolie está mais interessada em ser uma grande estrela do que em ser uma artista, uma ATRIZ de verdade?

 

Tudo o que ela faz é calculado para aparecer na mídia e criar uma mitologia em torno dela e sua família (até transformar sua filha em menino), Brad Pitt faz o mesmo, mas ele ao menos tem interesse em se experimentar artisticamente (não que isso faça dele grande ator).

 

Durante as filmagens, criaram vários factóides sobre sua química com Depp, que rolava um clima, que Pitt ficou ciúmes...e cadê a tal química no filme? Os críticos não viram, e eu não vi no trailer.

 

Depp virou uma caricatura de si próprio, outro que se viciou no estrelato. É muito competente no que ele faz, mas pra mim só terá respeito como ator quando interpretar bem um homem comum, o que pode parecer fácil, mas não é, ser sutil é muito mais difícil do que ser exagerado no cinema.
Link to comment
Share on other sites

 

Alguém ainda tem dúvidas de que Jolie está mais interessada em ser uma grande estrela do que em ser uma artista' date=' uma ATRIZ de verdade?

 

Tudo o que ela faz é calculado para aparecer na mídia e criar uma mitologia em torno dela e sua família (até transformar sua filha em menino), Brad Pitt faz o mesmo, mas ele ao menos tem interesse em se experimentar artisticamente (não que isso faça dele grande ator).

 

Durante as filmagens, criaram vários factóides sobre sua química com Depp, que rolava um clima, que Pitt ficou ciúmes...e cadê a tal química no filme? Os críticos não viram, e eu não vi no trailer.

 

Depp virou uma caricatura de si próprio, outro que se viciou no estrelato. É muito competente no que ele faz, mas pra mim só terá respeito como ator quando interpretar bem um homem comum, o que pode parecer fácil, mas não é, ser sutil é muito mais difícil do que ser exagerado no cinema.
[/quote']

 

Essas notícias da Branjelina já encheram o saco. A própria noção de casais de celebridades já está desgastada. há alguns meses atrás a notícia é que iam se separar, e agora o cara está com ciúmes dela? afss...

 

Mas a Ursa levantou um ponto interessante, ser o personagem ecêntrico chama mais a atenção e dá a imprenssão do ator ser mais cometente por incorporar personalidades tão fora do comum. Mas eu também concordo que seja o contrário, fazer um homem comum que consiga fazer a conexão com o público seja bem, mas bem mais difícil. É fácil todo mundo elogiar o cornga do Heath Ledger, um maluco niilista, cheio de frases de efeito, claro que marca, ou o Sean Penn como Milk (que lhe rendeu o Oscar ano passado) o primeiro gay a ser eleito para cargo público, São pessoas extraordinárias.

 

Mas para mim o Oscar de 2009 deveria ter ido para Michael Stuhlbarg, o protagonista de "Um homem sério". O seu personagem não tem uma história fantástica e nem uma personalidade impactante, mas diabos, ele atua de tal forma que dá para sentir a pressão que seu personagem sente, o desespero de que tudo na sua vida vai errado, e cria tamanho desconforto no espectador que é impossível não sentir o que ele está sentindo. Aquilo sim é atuação de primeira classe. E isso é uma coisa que nem Jolie (que se preocupou mais em ser dramática do que nos passar a sensação de desespero pelo filho perdido) ou Depp conseguiriam.

 

Link to comment
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

Loading...
 Share

Announcements

×
×
  • Create New...