Jump to content
Forum Cinema em Cena

Império dos Sonhos - Inland Empire


rubysun
 Share

Recommended Posts

Lynch vem aí esse ano com mais uma peça, que até um tempinho atrás estava sob sigilo absoluto. Tamanho sigilo que tudo o que as sinopses sabem é a de que se trata de uma mulher cheia de problemas. Casualmente, conta com a participação de seus colaboradores habituais, o compositor Angelo Badalamenti e a atriz Laura Dern. Ainda no elenco, temos a presença de Justin Theroux, o Adam Kesher de Cidade dos Sonhos; Harry Dean Stanton, outro colaborador de Lynch; Jeremy Irons, entre outros.

Nenhuma foto foi divulgada. O filme estava sendo feito na surdina durante três anos. Não sei quanto à vocês, pode parecer meio exagerado dizer que o filme promete. Porém, atemo-nos aos fatos: se tratando de David Lynch é preciso ser cauteloso. Qual deverá ser o conteúdo que ele esconde? Voltemos às informações: se trata de uma mulher com problemas, é um thriller e para deixar sua curiosidade ainda mais aguçada, dê uma olhada no vídeo que o próprio Lynch disponibilizou em seu site oficial, no último dia 22. Ele diz: “Há 42 anos, o Presidente Kennedy foi baleado em Dallas, Texas,” sentado a uma mesa com produtos de limpeza em cima. Se tem alguma relação com Inland Empire, não dá para saber.

Fonte: Cinema em Cena

rubysun2006-12-19 11:43:19
Link to comment
Share on other sites

  • Replies 65
  • Created
  • Last Reply

Top Posters In This Topic

  • 3 months later...

De acordo com o IMDb: O filme está em pós-produção, mas a montagem já foi finalizada. O filme tem 168 minutos. Falando em Lynch, 168 minutos soam assustadoramente interessantes. Principalmente quando Lynch escreveu o script nas manhãs antes das filmagens - ou seja, fluxo da consciência dele total.

hungry.gif

Link to comment
Share on other sites

Lynch vem aí esse ano com mais uma peça' date=' que até um tempinho atrás estava sob sigilo absoluto. Tamanho sigilo que tudo o que as sinopses sabem é a de que se trata de uma mulher cheia de problemas. Casualmente, conta com a participação de seus colaboradores habituais, o fabuloso Angelo Badalamenti e a cretina Laura Dern. Ainda no elenco, temos a presença de Justin Theroux, o Adam Kesher de Cidade dos Sonhos; Harry Dean Stanton, outro colaborador de Lynch; Jeremy Irons, entre outros.

Nenhuma foto foi divulgada. O filme estava sendo feito na surdina durante três anos. Não sei quanto à vocês, pode parecer meio exagerado dizer que o filme promete. Porém, atemo-nos aos fatos: se tratando de David Lynch é preciso ser cauteloso. Qual deverá ser o conteúdo que ele esconde? Voltemos às informações: se trata de uma mulher com problemas, é um thriller e para deixar sua curiosidade ainda mais aguçada, dê uma olhada no vídeo que o próprio Lynch disponibilizou em seu site oficial, no último dia 22. Ele diz: “Há 42 anos, o Presidente Kennedy foi baleado em Dallas, Texas,” sentado a uma mesa com produtos de limpeza <?:namespace prefix = st1 ns = "urn:schemas-microsoft-com:office:smarttags" />em cima. Se tem alguma relação com Inland Empire, não dá para saber.

Fonte: Cinema em Cena

[/quote']

Será q eu entendi errado?? Ou a crítica está realmente subestimando Lynch?? O cara é um Gênio!! Mal posso esperar pelo filme!!

 

Link to comment
Share on other sites

  • 2 weeks later...

O Lynch pode fazer um filme supostamente imbecil com os piores atores do mundo' date=' que eu vou ver confiando em sua genialidade. Esse não será exceção. [/quote']

Pois é . O Lynch é imprevisível , mas também é um cineasta foda . Cidade dos Sonhos era um piloto de série de TV recusado e abandonado pelos investidores originais , mas quando ele conseguiu novo patrocínio e transformou em uma longa .... bem , o resultado vocês conhecem : filmaço !  

Link to comment
Share on other sites

06/09/2006 - 16h39

<?:namespace prefix = o ns = "urn:schemas-microsoft-com:office:office" /><?:NAMESPACE PREFIX = O />

 

David Lynch apresenta novo filme em Veneza

Antonio Lafuente


Veneza (Itália), 6 set (EFE).- O cineasta americano David Lynch
apresentou hoje em Veneza seu último filme, "Inland Empire", que
dividiu opiniões.

Enquanto para alguns "Inland Empire" parece a obra de um louco,
para outros chega próximo a uma obra de arte, ainda que, nesse
último caso, talvez seja mais adequada a um Museu de Arte
Contemporânea do que a uma sala de cinema.

Paradoxalmente, o novo filme de Lynch, que será premiado hoje com
o Leão de Ouro pelo conjunto da obra, vem sendo responsável pelas
críticas mais duras, e pelos maiores elogios ouvidos na 63ª edição
do festival.

Na entrevista coletiva que se seguiu à projeção, que contou com a
presença de dezenas de críticos, o diretor tratou de maneira afável
os que elogiavam seu trabalho, e com ironia os que o criticavam.

Segundo a sinopse da mostra, "Inland Empire", que tem três horas
de duração, conta "uma história sobre um mistério dentro de um mundo
que está dentro de outros mundos, ao redor de uma mulher apaixonada
e problemática".

O filme é protagonizado pela atriz Laura Dern, e conta ainda com
Jeremy Irons e Harry Dean Stanton no elenco.

O filme começa com uma sucessão de imagens oníricas, como a de
três coelhos que parecem representar uma peça de teatro. A trama de
"Inland Empíre" começa a se desenhar quando o personagem de Laura
Dern recebe um papel em um filme. Pouco depois, essa trama se
fragmenta e se dilui em seqüências, músicas e cenas sem conexão
aparente.

"Tudo isto tem que ter sentido? Qual é o propósito do filme?",
perguntou ao cineasta um jornalista que participava da entrevista
coletiva. "O filme tem um sentido perfeito", respondeu Lynch.

A um repórter britânico, que quis saber se Lynch podia "explicar
o significado dos coelhos, especialmente um deles que aparecia
passando roupa", ele respondeu: "Não. Não posso".

"Tenho que perguntar com alguma preocupação, após ver este filme,
se o senhor está bem", disse um norueguês.

"Estou muito bem", respondeu Lynch.

Um repórter italiano chegou a afirmar que Lynch "está pronto para
vestir uma camisa de força".

Houve também quem qualificasse o filme de "obra prima", e se
interessasse pela forma como foi rodado. O diretor foi questionado sobre a existência de um roteiro ou de um plano de filmagem.

"Adoro o mistério e o desconhecido. Gosto de entrar em um mundo e
não saber o que vem pela frente. Gosto do apagar das luzes, quando
sobe o pano e entramos em um mundo novo", disse Lynch.

"Não devemos ter medo de usar a intuição e sentir o caminho.

Viver a experiência e confiar no conhecimento interior. O cinema é
uma linguagem tão bela.... ele trata de coisas que vão além das
palavras, e isso é belo", acrescentou o diretor.

O criador da série "Twin Peaks" afirmou que "o cinema é como a
música: um trabalho intelectual que fala às pessoas, mas não apenas
por palavras". "Portanto, é preciso se abrir e viver essa experiência em um
mundo diferente", disse.

A versão de "Inland Empire" exibida em Veneza não deve chegar às
salas de cinema. Uma versão muito mais curta deve ser distribuída
comercialmente. Pode ser uma boa solução para que a "obra prima"
faça sentido fora de um museu.

Fernando2006-9-6 20:18:28
Link to comment
Share on other sites

Uma pena mesmo, a versão director's cut com 3 horas seria ótimo de ser visto. Agora não dá para não rir do comentário dos jornalistas que não gostaram do filme, perguntas como:

 

"Tenho que perguntar com alguma preocupação, após ver este filme,

se o senhor está bem", disse um norueguês.

 

"Estou muito bem", respondeu Lynch.

Um repórter italiano chegou a afirmar que Lynch "está pronto para

vestir uma camisa de força".

Coelhos passando roupa, histórias dentro de histórias mais imagens sem sentido? Pelo visto será mais louco que "Cidade dos Sonhos".

 

Link to comment
Share on other sites

  • 2 months later...

 

Lynch e a vaquinha...

 

 

A ESTRATÉGIA DE LYNCH: UM BANQUINHO E UMA VAQUINHA

E por falar em estratégias: David Lynch também tem a sua, só que é bem.... David Lynch. Como o seu Inland Empire

não tem nem distribuidor para planejar, custear e executar uma campanha

de prêmios, Lynch tomou as rédeas em suas próprias mãos. Rédeas mesmo,

com uma simpática vaquinha preta e branca na outra extremidade. Armado

de vaca, cadeira dobrável, um banner em que propõe a indicação de Laura

Dern para melhor atriz e um cartaz em que diz "sem queijo não haveria

um Inland Empire" David tem se aboletado - em geral com um

grande copo de café numa das mãos e um celular na outra - em

estacionamentos vazios e esquinas movimentadas de Hollywood e West

Hollywood, não muito longe de sua casa (que fica, vocês adivinharam, em

Mulholland Drive...).

Até agora a jogada rendeu muitos posts em blogs locais e pequenos grupos de fãs tirando fotos e posando com Lynch. Quanto às indicações....

PS:

para entender o cartaz- "queijo" é uma gíria para coisa brega, boba, de

mau gosto. É Lynch sendo sarcástico com ele mesmo. De novo.

PSS:

Intrigada/o com o banner atrás de Lynch, "going out of business"? É da

ex-Tower Records que, de fato, faliu e fechou as portas de todas as

suas lojas, inclusive a famosíssima na esquina de Sunset e Holloway,

que é onde Lynch amarrou sua vaquinha. Mais um toque surreal (e meio

sinistro) na coisa toda...

 

lynch%20tower.jpg

 

lynch%20tower2.jpg

Lynch, a vaquinha e os fãs: uma estratégia para os prêmios?

 

 

 

Fonte: blog da Ana Maria Bahiana

Big One2006-11-17 22:52:23

Link to comment
Share on other sites

  • 1 month later...

É, creio que sim.

Gostei muito da musica tambem. Parece Badalamenti, mas parece que o Lynch que fez a música. O filme tem cara de Lynch. Nao sabia que ele ia usar "Rabbits", interessante. Mandar essa versao comercial pro inferno. Viva o DVD e versao do diretor e etc. Quanto tempo será que vai demorar pra algum babaca pretensioso abrir uma comunidade no orkut "Eu entendi INLAND EMPIRE"? O Lynch é bom, mas os fas escrotos deles (77%) me dao nojo.

 

edit: REF = Rubens Edwald Filho? Sugiro muito ler as críticas dele sobre o Lynch. É muito bom, ele SEMPRE escreve merda. Alias, nao só sobre o Lynch. HAHAHA!
marlonkrüger2006-12-18 21:44:47
Link to comment
Share on other sites

Gostei muito da musica tambem. Parece Badalamenti' date=' mas parece que o Lynch que fez a música. O filme tem cara de Lynch. Nao sabia que ele ia usar "Rabbits", interessante. Mandar essa versao comercial pro inferno. Viva o DVD e versao do diretor e etc. Quanto tempo será que vai demorar pra algum babaca pretensioso abrir uma comunidade no orkut "Eu entendi INLAND EMPIRE"? O Lynch é bom, mas os fas escrotos deles (77%) me dao nojo.
[/quote']

 

Eu não sei cara, mas considerando que eu não vi os filmes mais punks dele (Eraserhead e Lost Highway), eu acho que no resto dá pra estabelecer uma linha de raciocínio bem lógica. Mas se bem que criar uma comunidade pra isso é bem escroto. 06

 

edit: REF = Rubens Edwald Filho? Sugiro muito ler as críticas dele sobre o Lynch. É muito bom' date=' ele SEMPRE escreve merda. Alias, nao só sobre o Lynch. HAHAHA!

[/quote']

 

A crítica dele pra Cidade dos Sonhos é uma jóia do crítico mais famoso do Brasil. 06
Link to comment
Share on other sites

19/12/2006 - 12h33

 
Novo filme de David Lynch deixa crítica perplexa

reuters.gif

 

Por Arthur Spiegelman

 

LOS ANGELES (Reuters) - David Lynch não é um diretor como os outros. Os críticos dizem que seus filmes não fazem sentido, e até o cineasta admite que eles são difíceis.

Mas Lynch contribui para o ar de mistério fazendo esquisitices como levar uma vaca para passear num cruzamento movimentado de Los Angeles ou resolvendo entrar no negócio do café para que seus espectadores tomem do seu café enquanto assistem aos seus longas.

Lynch diz que levou a vaca para passear, numa coleira, porque todo mundo gosta de uma vaca. Quando uma jovem perguntou se podia fazer carinho no animal, recebeu a resposta: "Não, a vaca está trabalhando".

O diretor, autor de filmes como "Veludo Azul" e "Cidade dos Sonhos", está levando vacas para passear, carregando pôsteres da atriz Laura Dern e recebendo admiradores num café, tudo para promover seu mais recente projeto, um filme de três horas chamado "Inland Empire" (império no interior), que ele está distribuindo pessoalmente pelos Estados Unidos.

A crítica elogiou a performance de Dern, embora não tenha entendido bem se ela está atuando ou qual personagem ela faz. Há pelo menos três para escolher.

Mas não tem importância. Os críticos não sabem muito bem do que "Inland Empire" trata, mas dizem que ele combina perfeitamente com Lynch, o diretor cult favorito de Hollywood, graças a seus projetos surreais.

A crítica do "New York Times" escreveu, recentemente: "Há poucos lugares no cinema tão assustadores para se ficar quanto a cabeça de David Lynch".

"Inland Empire" começa contando a história de uma elegante atriz loira numa mansão, que estrela um filme amaldiçoado. Logo ela e o papel se misturam e a trama, que se passa numa área deserta perto de Los Angeles, vai parar nas ruas cheias de neve de Lodz, na Polônia, e depois no meio dos sem-teto do Hollywood Boulevard, onde a atriz se refugia.

Tudo no filme é ameaçador, e, para piorar, há uma família de coelhos vestidos de gente. Sempre que os coelhos falam, surge uma claque. O que aqueles coelhos estão fazendo no filme é um mistério que só Lynch pode -- mas não quer -- revelar.

"Não falo sobre esse tipo de coisa. Há algo nisso que me parece certo, tão certo que me deixa feliz. Embora eles sejam coisas abstratas, eles têm um papel muito importante na história para mim, e é isso."

Lynch quer que os espectadores sintam seus filmes, e não os entendam de uma forma concreta. "Não é uma coisa intelectual. Sou um cineasta intuitivo. Você vai pela intuição, deixa a idéia falar."

Link to comment
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

Loading...
 Share

Announcements


×
×
  • Create New...