Jump to content
Forum Cinema em Cena

Noe, Darren Aronofsky


CACO/CAMPOS
 Share

Recommended Posts



por Tullio Dias


noah.jpg
Imagem da graphic novel de Noah.

Darren Aronofsky (Cisne Negro) concebeu a ideia central de Noah, aos 13 anos de idade, com um poema sobre o fim do mundo, visto através do olhar de Noé. Tendo em mente que todos os seus filmes são sombrios e de certa forma conseguem retratar o fim do mundo pessoal de cada personagem, não é de se espantar que tudo isso tenha começado no princípio de sua adolescência e, ainda por cima, inspirado em um personagem bíblico. 


Segundo o Deadline, parece que Aronofsky finalmente vai começar a realizar o sonho de levar a sua visão da arca de Noé para os cinemas. Contar uma história bíblica era um sonho antigo do diretor, que agora busca o apoio dos estúdios para bancar os gastos de Noah, que estão avaliados em US$ 130 milhões. Paramount, Fox e até a Summit estão sondando o projeto e avaliando as possibilidades. 


Depois de abandonar a direção de Wolverine, ser sondado para dirigir Maleficent no lugar de Tim Burton, e de flertar com Exodus, produção da 20th Century Fox que contará a história de Moisés, são grandes as chances de Noah ser o próximo longa do disputado Aronofsky. A razão de toda essa badalação é o enorme sucesso de Cisne Negro, que além de ter sido um sucesso de crítica, arrecadou mais de US$ 300 milhões ao redor do mundo.


John Logan reescreveu o roteiro original de Aronofsky, mas a essência sombria sobre a mistura de temas como o apocalipse e o meio ambiente deve permancer inalterada. O Noé de Aronofsky não será bonzinho e muito menos irá agradar os mais conservadores, ou seja, será uma produção chocante.


Lembrando que a última vez que Hollywood resolveu mexer com Noé, sua arca e seus animais foi na divertida comédia A Volta do Todo Poderoso, que tinha o comediante Steve Carell no papel principal.




por Tullio Dias


christianbale_03.jpgO ambicioso projeto épico de Darren Aronofsky pode ganhar um protagonista em breve. De acordo com a Vulture, o diretor de Cisne Negro e O Lutador estaria conversando com Christian Bale (O Vencedor e O Cavaleiro das Trevas) para estrelar Noah


Com uma eventual confirmação de Bale no elenco, os estúdios teriam um incentivo a mais para resolverem investir os US$ 130 milhões estimados para a produção. Apesar de estar em alta em Hollywood depois do sucesso de Cisne Negro, parece que Aronofsky ainda não tem 100% de confiança dos grandes estúdios. A Paramount, Summit e Fox ainda não se decidiram sobre o financiamento da história da arca de Noé. Estariam com medo de um dilúvio nas bilheterias? 


Lembrando que, caso Bale aceite interpretar Noé, as gravações só começariam depois das longas filmagens de The Dark Knight Rises. Mas baseado na arte conceitual do personagem (publicada na nota anterior), que outro ator encarnaria melhor o protagonista do épico bíblico de Aronofsky?




por Tullio Dias


darren_aronofsky.JPGDe acordo com o Deadline, a produção de Noah já tem uma previsão para o começo das filmagens. O próximo filme de Darren Aronofsky, que abandonou The Wolverine para se dedicar ao projeto, poderá começar ser rodado em março.


A Paramount fechou um acordo com a New Regency para uma parceria no primeiro filme de Aronofsky após o sucesso de Cisne Negro. A produção se encaixa no atual conceito da Paramount, que quer dar preferência para filmes com um apelo global. A trama bíblica de Noah é inspirada numa graphic novel criada por Aronofsky e será revisada por John Logan (O Aviador).


"A história de Noé me inspira desde que eu era uma criança. A imaginação de várias gerações despertou essa história de fé e tenho esperança de conseguir fazer um filme que leve toda a paixão e perseverança de Noé para a telona." revela o diretor.


Christian Bale era o ator mais cotado para o papel principal, mas ainda não existe nenhuma confirmação sobre o elenco. Noah não tem previsão de estreia nos cinemas.


Um diretor tão brilhante quanto autoral me admira e muito a Paramount bancar esta idéia blibica do cara, que promete muita surpresas.

Mas desde já e um dos mais aguardados por mim.
Link to comment
Share on other sites

  • 1 month later...

Noah | Épico de Darren Aronofsky pode ter Michael Fassbender

Sem Christian Bale, filme sobre a Arca de Noé procura um substituto

Michael%20Fassbender

Noah, o épico de US$ 130 milhões sobre a Arca de Noé de Darren Aronofsky, não terá Christian Bale como protagonista, porque o ator está tomado pela filmagem dos novos trabalhos de Terrence Malick. A Paramount e a New Regency querem, no seu lugar, contratar Michael Fassbender.

Segundo a Variety, ainda não há uma proposta na mesa, apenas sondagem. Fassbender está com a agenda tão cheia quanto a de Bale: seu próximo projeto deve ser 12 Years a Slave, sua nova parceria com o diretor de Hunger e Shame, Steve McQueen.

John Logan atualmente escreve uma nova versão do roteiro de Aronofsky. A ideia é começar a filmar entre março e maio de 2012.

Link to comment
Share on other sites

  • 1 month later...

Filmagens de NOAH começarão em julho

27/01 - 11h10

 

noah2.jpgAs filmagens de Noah, próximo filme de Darren Aronofsky, poderão começar em julho, de acordo com o blog The Playlist. O diretor de fotografia Matthew Libatique, parceiro de Aronofsky na maioria de seus filmes, contou que as filmagens acontecerão em Nova York e na Islândia.

O grande problema que a produção está enfrentando atualmente é a ausência de um ator para o papel principal. Christian Bale (Batman - O Cavaleiro das Trevas) estava cotado para assumir o personagem, mas acabou se comprometendo com Terrence Malick (A Árvore da Vida) e as filmagens de um misterioso filme. Michael Fassbender (X-Men: Primeira Classe) foi cogitado como substituto, mas nada foi oficializado ainda.

O colunista Jeffrey Wells revelou que, além da dificuldade para encontrar Noé, a produção também estaria em busca de um ator para viver o grande vilão da trama. “Existe um grande espaço para contar a história do vilão”, contou.

Em breve deverão ser anunciados os nomes dos atores na faixa dos 40 anos que interpretarão o mocinho e o vilão do próximo filme do diretor de Cisne Negro. Noah será lançado em 2013.

Link to comment
Share on other sites

  • 1 month later...

Noah | Russell Crowe deve mesmo estrelar o filme de Darren Aronofsky

Ator negocia oficialmente; épico começa a ser rodado em julho

Depois de uma aproximação, agora o ator Russell Crowe está oficialmente negociando para estrelar Noah, o épico de US$ 130 milhões sobre a Arca de Noé de Darren Aronofsky.

No próprio Twitter, há algumas semanas, Crowe confirmou que estava conversando com a Paramount e a New Regency. A confirmação da negociação final é da Variety.

Ainda de acordo com a revista, a trama retrata Noé como "um homem que ama a Terra e todos os seus animais, mas começa a se desiludir com a forma como o homem trata o planeta". Noah começa a ser rodado em julho e passará por Nova York e Islândia.

Link to comment
Share on other sites

  • 2 weeks later...
  • 1 month later...

Noah | Épico de Darren Aronofsky sobre a Arca de Noé tem data pra estrear

Paramount e New Regency marcam o lançamento pra 2014

Noah, o épico de US$ 130 milhões sobre a Arca de Noé de Darren Aronofsky, já tem data pra chegar às telas. A Paramount e a New Regency marcaram a estreia para 28 de março de 2014.

Russell Crowe viverá Noé, "um homem que ama a Terra e todos os seus animais, mas começa a se desiludir com a forma como o homem trata o planeta", segundo uma descrição oficial.

Link to comment
Share on other sites

E Jennifer Connelly pode se juntar ao elenco.

Jennifer%20Connelly

Segundo o site Tracking Board, Aronofsky está interessado em trabalhar novamente com Jennifer Connelly, protagonista do seu Réquiem para um Sonho. A atriz pode interpretar a principal personagem feminina de Noah, ainda não detalhada.

 

Connelly e Crowe juntos novamente ia ser bem legal.
Link to comment
Share on other sites

  • 2 months later...

Noah de Darren Aronosky contrata Anthony Hopkin

 

imagem_590.jpeg

 

 

Noah | Épico de Darren Aronofsky é descrito como Mad Max com anjos gigantes de seis braços

 

Veja a primeira imagem do set do filme

 

noah_.jpg

 

 

épico de

Darren Aronofsky

sobre a Arca de Noé, será parecido com

Mad Max

e terá anjos gigantes com seis braços. As informações (via

We Got This Covered

) foram divulgadas por pessoas que tiveram contato com a HQ em que o filme será baseado, escrita pelo próprio Aronofsky. Seguindo essa linha, o filme deve ter um trabalho grandioso em direção de arte, conforme é possível ver na primeira foto do set, que mostra a construção da arca.

Link to comment
Share on other sites

NOAH, de Darren Aronofsky, contrata o jovem Thor

17/07 - 11h49

dakota-goyo.jpg

 

 

O Twitter continua sendo a principal fonte de novidades de Noah - foi por lá que o diretor Darren Aronofsky anunciou a escalação de Anthony Hopkins e mostrou a primeira imagem do set. Na rede social, o ator mirim Dakota Goyo, que viveu o jovem Thor no filme do herói e também atuou em Gigantes de Aço, revelou que estará no épico bíblico. Seu papel não foi revelado, mas ele demonstrou estar bastante entusiasmado por fazer parte do prestigiado elenco da produção.

 

"Este é o segundo filme que farei com Anthony Hopkins. Apenas sorte, eu acho! Estou empolgado em ir para a Islândia na quarta-feira", escreveu Goyo, se referindo às locações do filme.

[/media]

Link to comment
Share on other sites

Noah | Épico de Darren Aronofsky tem novidades no elenco

Kevin Durand, Marton Csokas e Dakota Goyo se juntam a Russell Crowe e companhia.

 

kevin_.jpgdakota_.jpgnoah__.jpg

Na trama, em um mundo dominado pelo pecado, Noé (Russell Crowe) recebe uma missão divina: construir uma arca para salvar toda a criação de Deus de um dilúvio. Um grupo de opositores a Noé, porém, tenta se apossar da Arca em nome da defesa da raça humana e, ao mesmo tempo, luta para cooptar para o seu lado Cam (Logan Lerman), o primogênito de Noé. Durand será um dos gigantes de ajudam Noé e a sua família, Goyo fará a versão jovem de Noé, e o papel de Csokas não foi detalhado.

 

Emma Watson (Harry Potter) viverá Ila, garota que se relaciona com um dos filhos de Noé, Sem (interpretado por Douglas Booth). Ray Winstone será o líder do grupo, Jennifer Connelly será Naame e Anthony Hopkins viverá Matusalém, o homem mais velho do mundo. O filme ainda deve envolver uma atmosfera Mad Max e anjos gigantes com seis braços, segundo a HQ em que o filme será baseado, escrita pelo próprio Aronofsky.

Link to comment
Share on other sites

  • 3 weeks later...

NOAH contrata esposa de filho do profeta

09/08 - 12h22.

 

Madison_Davenport.jpg

 

épico bíblico do diretor Darren Aronofsky (Cisne Negro), tem novidade no elenco. Segundo o site Deadline, Madison Davenport (série Shameless e estrela do inédito The Possession) entrou na trama para viver Na’el, a esposa de Ham (Logan Lerman), um dos filhos do profeta Noé (Russell Crowe).

Link to comment
Share on other sites

  • 3 weeks later...

Noah | Épico de Darren Aronofsky ganha novas imagens de set

Fotos revelam figurinos do longa.

 

 

épico de Darren Aronofsky sobre a Arca de Noé, ganhou novas imagens de set. As fotos mostram os figurinos do épico e revelam as caracterizações de Logan Lerman como Ham, o primogênito de Noé, e de Madison Davenport como sua esposa:

 

 

Noah-31ago2012-03.jpgNoah-31ago2012-02.jpg

 

Noah-31ago2012-04.jpg

Link to comment
Share on other sites

  • 1 month later...
  • 1 year later...

Nick Nolte empresta sua voz para anjo caído em NOÉ
14/01 - 18h35.

 

61_3.jpg

Darren Aronofsky (Cisne Negro) utilizou sua conta no Twitter para confirmar Nick Nolte (Cabo do Medo) como integrante do elenco do épico bíblico Noé.
O cineasta disse que o ator é uma lenda e que foi uma honra trabalhar com ele. Nolte dublou Samyaza, líder de um grupo de anjos caídos que são consumidos pelo desejo por mulheres e que ensinaram aos humanos a arte da guerra. De acordo com o Primeiro livro de Enoque, supostamente escrito por um ancestral de Noé, Deus causou um confronto interno entre esses espíritos pecadores e mandou uma enchente para livrar a Terra dos homens que haviam sido corrompidos por eles.
A função de dublar Samyaza era inicialmente de Mark Margolis, que trabalhou com Aronofsky em todos os filmes do diretor desde Pi. Não se sabe qual foi o motivo da substituição.

Link to comment
Share on other sites

  • 2 months later...

Noé | Crítica
Criacionismo, evolução e ambientalismo juntos na mesma Arca.

 

noe-poster.jpg

A religião, e especificamente a necessidade de reinterpretar as escrituras sob a urgência dos nossos tempos, está presente nos filmes de Darren Aronofsky desde curtas como Protozoa (1993) até em longas como Pi (1998) e Fonte da Vida (2006). Embora Noé (Noah) tenha toda a cara de uma aventura bíblica nos moldes de clássicos como Os Dez Mandamentos (1956) - e o filme de Aronofsky seja competente nesse sentido, como épico de ação - sua versão do Dilúvio inevitavelmente passa pela mesma reinterpretação.

É na tentativa de fazer um blockbuster com um viés modernizante, ambientalista, que o cineasta conta a história de Noé, escolhido por Deus para salvar todos os animais quando o Criador se "arrepende" de ter dado ao homem o domínio do planeta. A versão adulta de Noé, interpretada por Russell Crowe, surge no filme coletando musgo com uma lâmina pequena como se fosse um cuidadoso biólogo, enquanto seu nêmesis, também descendente de Adão, Tubal-Cain (Ray Winstone), reina entre os homens com o talento para a mineração e com a ânsia dos extrativistas.

Aronofsky e o corroteirista Ari Handel foram buscar na Bíblia a figura de Tubal-Cain - nome associado nas escrituras à sua vocação como ferreiro e armeiro - para criar esse antagonismo. Não se faz um filme-catástrofe só com um dilúvio; todo blockbuster precisa de heróis e vilões, e Tubal-Cain é o Coronel Quaritch desta Pandora específica. Da mesma forma, ao recorrer ao apócrifo Livro de Enoque para aproveitar os anjos caídos do Velho Testamento e criar no filme o elemento dos Vigilantes, o cineasta coloca em ação gigantes de pedra que dão um tom de fantasia à O Senhor dos Anéis para seu épico.

No "Gênesis" a história da Arca tem apenas três páginas, e parece muita ingenuidade, de qualquer forma, esperar que Hollywood coloque promessas de fidelidade literária acima de seu senso de espetáculo. Em Noé, o espetacular está sempre presente, seja nas afetações new age das digressões de Aronofsky (ainda não me conformei que não toca "Age of Aquarius" no final), que visualmente aproximam Noé de Fonte da Vida, seja na escala das coisas. A decisão de construir a imensa arca de fato num set se faz sentir; na tela a missão de Noé parece colossal de verdade.

O problema do filme é localizar e definir o elemento humano no meio disso. O roteiro se esforça para afinar a história com o chamado Design Inteligente - a cena em que Noé reconta à sua família a origem do mundo parece saída da série de TV Cosmos e visivelmente tenta conciliar Criacionismo e Evolução - mas não há, no fundo, apesar dos esforços dos realizadores, um drama com que o espectador possa se relacionar. O arco dramático de Noé não é nenhum No Coração das Trevas; sua loucura não é gradual, o que muda basicamente é apenas seu penteado, e ele abraça o fundamentalismo a partir do terceiro ato sem se questionar de verdade.

E é aí que aquela operação inicial de contrapor uma figura heroica e um vilão arquetípico (Noé e Tubal-Cain) entra em curto-circuito. Noé não é um herói exatamente; ele vive com as consequências angustiantes de seus atos não porque fez escolhas erradas e aprendeu com elas - a jornada clássica do herói - e sim porque seguiu as ordens que recebeu. Quando ele entende, ao fim da chuva, que Deus lhe "pede" que seja implacável na sua missão, essa é uma leitura fundamentalista que Noé faz diante do silêncio divino - e nesse momento o épico Noé talvez já pedisse (e sua família sem dúvida pede) que ele fosse, se não um humanista, pelo menos um herói em transformação.

Darren Aronofsky nasceu judeu - religião que difere do Cristianismo, entre outras coisas, pela disposição em questionar o "salto de fé" dos católicos - e hoje se diz ateu. Ele se interessa pela religião com esse olhar externo de quem cresceu nutrindo a dúvida, embora o moralismo em alguns de seus filmes não deixe de ser um substituto aos dogmas religiosos. São essa inconstância e esse paradoxo - acreditar no livre-arbítrio e ao mesmo tempo impor uma moral aos seus personagens - que tornam seus filmes interessantes, e com Noé não é diferente.

 

Já em cartaz.

Link to comment
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

Loading...
 Share

Announcements

×
×
  • Create New...