Jump to content
Forum Cinema em Cena

Tensor

Members
  • Content Count

    21871
  • Joined

  • Last visited

  • Days Won

    11

Posts posted by Tensor

  1. On 2/19/2020 at 10:40 AM, Tensor said:

    Bom, vou lançar minha teoria sobre esse filme (e alguns outros aqui). Até porque se eu acertar já fica registrado haha

    Começamos pelo começo: WandaVision. Kevin Feige já cansou de falar que WandaVision terá conexão com o novo filme do Doutor Estranho, que será as consequências do que acontecerá na série. WandaVision tá com carão que vai acompanhar um surto da Wanda ao criar uma nova realidade em que ela acredite que Visão está vivo, possivelmente Mercúrio, possivelmente tenha filhos e viva no sonho americano. Não sei se ela vai criar isso por espontânea vontade ou será manipulada por algum vilão (mais provável). O fato é que me parece que em algum momento ela vai despertar e surtar com a perda (novamente) de tudo que ama. Me parece o plot óbvio da série. O que acredito é que esse surto será responsável por um "colapso de realidades". Diferentes realidades se chocando, personages (alguns perigosos) transitando por elas (não sei se teremos vislumbre de xmen e quarteto fantástico mas acredito bastante que sim) enfim, uma loucura. E aí entramos para.

    Doutor Estranho no Multiverso da Loucura

    Vamos recapitular algumas coisas: Tony Stark (💀), Steve Rogers (👴), Thor (🛸)... Guardiões da Galáxia possivelmente em outra galáxia, Capitã Marvel com as tretas espaciais dela, Hulk ainda na ativa, mas teremos que ver o quanto o estalo o prejudicou, Pantera Negra tendo que lidar com os muito prováveis conflitos em Wakanda depois da sua dizimação... Enfim, sobra alguns poucos personagens na ativa para tentar resolver esse pequeno problema de multiplas realidades colidindo. E definitivamente Doutor Estranho é o mais indicado pra isso. Eu não sei o que Homem-Formiga e Gavião Arqueiro possam estar fazendo. Eu acho que diante dessa seca de heróis o Gavião Arqueiro deve estar iniciando algum projeto de Jovens Vingadores sabendo que ele não pode mais contar com os velhos. Já o Homem-Formiga vou ignorar nesse momento por não conseguir prever o futuro dele. 

    Lembrando um outro filme: Thor Ragnarok foi tão legal também pela grande decisão de juntar ele com Hulk, Valquíria e Loki. Se tem uma coisa que o MCU ta nos ensinando é que a galera realmente curte quando vê esse universo pulsando nas telas. Se encontrando, mostrando porque universo compartilhado é a coisa mais legal do mundo. E acho que o filme do Doutor Estranho também vai se aproveitar disso. Acredito que ele terá essa pegada de buddies improváveis resolvendo confusões em outras realidades. Meu palpite é que o plot de Doutor Estranho será  "Mago supremo precisa conter as cagadas de Wanda entrando em multiplas realidades para conter a energia que desencadeou esse multiverso da loucura". Parece algo grande demais para ele fazer sozinho. Wanda é um nome óbvio de participação no filme. Seja como vilã, surtada com os eventos da série, seja como heroína, tentando consertar a bobagem que ela própria criou. Mas falei que acho que será um filme de buddies e a Terra ta desfalcada. Quais os nomes óbvios para ajudarem? Um é Wong, claro. Mas pra mim o Hulk desse filme será HOMEM-ARANHA. Doutor Estranho, Wong e Homem-Aranha passeando por diversas realidades tentando conter esse problema. Por isso que Scott Derrickson deve ter ficado tão puto. Não vai ser terror isso aí, nem perto. Vai ser um road movie multiversial. 

    Agora vamos para um exercício de especulação. Estamos na sala de roteiro do MCU e adquirimos o direito de usar o Homem-Aranha e a mãe Disney trouxe X-Men e Quarteto Fantástico para casa. Nos resta o seguinte dilema: utilizamos os personagens clássicos da Fox no MCU (o que vamos combinar, seria emocionante) ou criamos personagens novos mais de acordo com os requisitos da grande história que queremos contar (o que vamos combinar, parece mais lógico)? E a minha pergunta: por que escolher? 

    E então, nessa aventura pelo multiverso da loucura, Homem-Aranha cai em uma Nova York muito parecida com a nossa. Tem até um maluco que balança pelos prédios soltando teias. 

    Seria no mínimo DESLUMBRANTE ver um encontro de Tom Holland e Tobey Maguire feito pelas mãos de SAM RAIMI. De todas as possibilidades do mundo LOGO ELE é convidado pra fazer esse filme que trata de... multiversos. 

    Eu não sei o que pode acontecer em relação a isso. De repente o Homem-Aranha de Tom Holland acaba preso nessa Nova York alternativa, junto com o Homem-Aranha do Tobey Maguire. De repente tem um motivo pra atualizarem o calendário e colocarem o filme do Homem-Aranha 3 logo depois do Doutor Estranho do Raimi. De repente Homem-Aranha 3 do Jon Watts possa passar bem aí, com Homem-Aranha preso em uma realidade alternativa. De repente em uma realidade onde o Maguire morra, nos braços do Holland, e ela seja o único herói capaz de protegê-la e tenha que fazer uma difícil escolha. De repente ele volta pro MCU, de repente vira Sexta Feira muito louca e Tobey Maguire acabe preso no MCU e Tom Holland no universo Sony. Tem tanto de repente que eu não faço ideia do que pensar.

    Mas eu realmente acho que Homem-Aranha vai brincar nessa maluquice de filme do Doutor Estranho e que teremos um encontro bombástico aí. Kevin Feige já adiantou que o Homem-Aranha é o único herói que pode pular de realidades pelo seu tamanho. De repente foi um comentário inofensivo, de repente não. Mas chamaram Sam Raimi pra dirigir. Mas atualizaram o calendário com Homem-Aranha 3 imediatamente depois desse filme. Mas a Sony tá brincando com os nossos corações a cada trailer novo de vilões. E, bom, tem todas essas tretas contratuais aí.

    E também acho que Deadpool vai se aproveitar pra dar essa escapadinha pro MCU graças a WandaVision, mas acho que isso aí vai ser de forma bem mais engraçadinha e descomprometida. Também acho que podemos ver os X-Men antigos nesse filme, quarteto fantástico (e o Steve Rogers de fogo), um Blade e até coisas mais absurdas  como um Motoqueiro Fantasma que mija fogo. Se Endgame foi uma homenagem ao MCU, acho que esse filme pode ser uma homenagem a essa era de herói  que dominou o cinema nesses 20 anos. Tudo conta. E ao voltar pra casa, ao fecharem de vez essa fechadura e jogarem a chave fora, se quiserem, é só fazer um novo x-men, um novo quarteto, um novo blade, um novo motoqueiro. Se tem dois, três, quatro homem-aranhas, já que agora entendemos esse conceito de múltiplas realidades, porque o mesmo não serve pra outros heróis? E por que em um desses passeios não podemos encontrar um outro Homem de Ferro, em outra realidade, defendendo como pode a segurança dela? Seria bonito. 

    Enfim, ou talvez não seja nada disso. haha 

    Olha, algo como a minha teoria cada vez mais possível, hein.

  2. Sim, dirigirei um longa =P 

    Esse fórum já ocupou um lugar bastante especial na minha vida, então é um prazer poder compartilhar essa notícia aqui com vocês.

    Não estamos usando verba do governo, é um investimento pessoal da produtora que possuo com outros dois sócios, a Lore Studio, com a parceria da Machina Filmes, ambas de Porto Alegre. Então vai ser um trampo bem exaustivo, mas que todos estão indo com muito amor. 

    A intenção é rodar ele em Agosto (pode mudar um pouco pra antes ou depois) e pegar o circuito de festival de 2021, se tudo der certo.

    Ontem criamos a página do filme, não tem muita coisa, só uma breve sinopse. Mas se tiverem interesse acompanhem que eu vou atualizando o projeto. É possível que fim de semana que vem a gente tire algumas fotos pra testar maquiagem e coisas do tipo.

    Em algum momento vamos abrir um financiamento coletivo, provavelmente o catarse, pra ver se juntamos uma grana a mais pra ajudar nos custos de produção. Ainda estamos elaborando a melhor data pra isso.

    Enfim, feliz de compartilhar isso aqui :}

    Eis a página: https://www.facebook.com/ninguemporperto/

    Vou colocar aqui a sinopse resumida da página. 

    Sinopse 

    Ninguém por Perto é um thriller pós apocalíptico que conta a história de Sara e Ana, duas mulheres que precisam sobreviver em um mundo onde não há mais nada e, juntas, tentar entender como se pode extrair uma vida disso.

    Até um misterioso homem surgir, atribuindo propósito ao que aconteceu e acreditando que os três estão conectados em uma missão para repovoar o planeta. 

    Sem ninguém por perto para ajudar, Sara e Ana precisam encontrar forças para sobreviver nesse mundo e do viajante sinistro que surgiu em suas vidas.

     

  3. Bem interessante. Gosto como eles exploram ao máximo as consequências de ser perseguido por um ser invisível: poder manipular a vida como bem entender. A metade final é quase apoteótica nesse sentido. Mas o filme me ganha mais na primeira metade mesmo, quando as coisas pequenas são manipuladas, onde a tensão é tão grande que faz teus olhos explorarem cada canto do quadro buscando de onde vem o ataque. 

    Agora eles sacaram como se faz.

  4. Fiquei impressionado como ele serve tanto como continuação do filme do Kubrick quanto do livro do King. Ele é respeitoso quanto aos dramas que o King criou e respeitoso quanto ao plot do filme de 80. Claro, ele tenta tratar como se o Jack Torrance do Kubrick fosse um pai amoroso dominado pela bebida, enquanto o filme do Kubrick é muito mais sobre um homem enfadado com sua família. A bebida é uma consequência de viver em uma estrutura familiar tão desagradável e repulsiva (pra ele). Mas ok, dá pra relevar isso porque é tão narrativamente envolvente. Tem momentos de agonia legítima, como esse início que o Questão citou.

    SPOILER

    E quando a trilha pulsa ao chegam no Overlook... UOU. Não é de se admirar que sangue vaze daquele elevador. 

    Gostei muito.

  5. 1 hour ago, Questão said:

    O unico problema dessa ideia pra mim é que ela deveria se chamar HOMEM ARANHA: MULTIVERSO DA LOUCURA e não DOUTOR ESTRANHO: MULTIVERSO DA LOUCURA. hehehe

    Pior que eu ia justificar isso no texto mais acabei não fazendo. Pelo jeito que disse parece que é full Homem-Aranha, mas tudo isso pode ser um bloco do filme apenas ou até cena pós crédito pra realmente ser desenvolvida em Homem-Aranha 3. O grosso da minha teoria é que Homem-Aranha vai junto na aventura e em algum momento vai cair nesse universo da Sony. Se vão explorar isso em Doutor Estranho ou em um próximo filme, daí é ir longe demais (se bem que toda essa teoria parece ir longe demais =P)

  6. Bom, vou lançar minha teoria sobre esse filme (e alguns outros aqui). Até porque se eu acertar já fica registrado haha

    Começamos pelo começo: WandaVision. Kevin Feige já cansou de falar que WandaVision terá conexão com o novo filme do Doutor Estranho, que será as consequências do que acontecerá na série. WandaVision tá com carão que vai acompanhar um surto da Wanda ao criar uma nova realidade em que ela acredite que Visão está vivo, possivelmente Mercúrio, possivelmente tenha filhos e viva no sonho americano. Não sei se ela vai criar isso por espontânea vontade ou será manipulada por algum vilão (mais provável). O fato é que me parece que em algum momento ela vai despertar e surtar com a perda (novamente) de tudo que ama. Me parece o plot óbvio da série. O que acredito é que esse surto será responsável por um "colapso de realidades". Diferentes realidades se chocando, personages (alguns perigosos) transitando por elas (não sei se teremos vislumbre de xmen e quarteto fantástico mas acredito bastante que sim) enfim, uma loucura. E aí entramos para.

    Doutor Estranho no Multiverso da Loucura

    Vamos recapitular algumas coisas: Tony Stark (💀), Steve Rogers (👴), Thor (🛸)... Guardiões da Galáxia possivelmente em outra galáxia, Capitã Marvel com as tretas espaciais dela, Hulk ainda na ativa, mas teremos que ver o quanto o estalo o prejudicou, Pantera Negra tendo que lidar com os muito prováveis conflitos em Wakanda depois da sua dizimação... Enfim, sobra alguns poucos personagens na ativa para tentar resolver esse pequeno problema de multiplas realidades colidindo. E definitivamente Doutor Estranho é o mais indicado pra isso. Eu não sei o que Homem-Formiga e Gavião Arqueiro possam estar fazendo. Eu acho que diante dessa seca de heróis o Gavião Arqueiro deve estar iniciando algum projeto de Jovens Vingadores sabendo que ele não pode mais contar com os velhos. Já o Homem-Formiga vou ignorar nesse momento por não conseguir prever o futuro dele. 

    Lembrando um outro filme: Thor Ragnarok foi tão legal também pela grande decisão de juntar ele com Hulk, Valquíria e Loki. Se tem uma coisa que o MCU ta nos ensinando é que a galera realmente curte quando vê esse universo pulsando nas telas. Se encontrando, mostrando porque universo compartilhado é a coisa mais legal do mundo. E acho que o filme do Doutor Estranho também vai se aproveitar disso. Acredito que ele terá essa pegada de buddies improváveis resolvendo confusões em outras realidades. Meu palpite é que o plot de Doutor Estranho será  "Mago supremo precisa conter as cagadas de Wanda entrando em multiplas realidades para conter a energia que desencadeou esse multiverso da loucura". Parece algo grande demais para ele fazer sozinho. Wanda é um nome óbvio de participação no filme. Seja como vilã, surtada com os eventos da série, seja como heroína, tentando consertar a bobagem que ela própria criou. Mas falei que acho que será um filme de buddies e a Terra ta desfalcada. Quais os nomes óbvios para ajudarem? Um é Wong, claro. Mas pra mim o Hulk desse filme será HOMEM-ARANHA. Doutor Estranho, Wong e Homem-Aranha passeando por diversas realidades tentando conter esse problema. Por isso que Scott Derrickson deve ter ficado tão puto. Não vai ser terror isso aí, nem perto. Vai ser um road movie multiversial. 

    Agora vamos para um exercício de especulação. Estamos na sala de roteiro do MCU e adquirimos o direito de usar o Homem-Aranha e a mãe Disney trouxe X-Men e Quarteto Fantástico para casa. Nos resta o seguinte dilema: utilizamos os personagens clássicos da Fox no MCU (o que vamos combinar, seria emocionante) ou criamos personagens novos mais de acordo com os requisitos da grande história que queremos contar (o que vamos combinar, parece mais lógico)? E a minha pergunta: por que escolher? 

    E então, nessa aventura pelo multiverso da loucura, Homem-Aranha cai em uma Nova York muito parecida com a nossa. Tem até um maluco que balança pelos prédios soltando teias. 

    Seria no mínimo DESLUMBRANTE ver um encontro de Tom Holland e Tobey Maguire feito pelas mãos de SAM RAIMI. De todas as possibilidades do mundo LOGO ELE é convidado pra fazer esse filme que trata de... multiversos. 

    Eu não sei o que pode acontecer em relação a isso. De repente o Homem-Aranha de Tom Holland acaba preso nessa Nova York alternativa, junto com o Homem-Aranha do Tobey Maguire. De repente tem um motivo pra atualizarem o calendário e colocarem o filme do Homem-Aranha 3 logo depois do Doutor Estranho do Raimi. De repente Homem-Aranha 3 do Jon Watts possa passar bem aí, com Homem-Aranha preso em uma realidade alternativa. De repente em uma realidade onde o Maguire morra, nos braços do Holland, e ela seja o único herói capaz de protegê-la e tenha que fazer uma difícil escolha. De repente ele volta pro MCU, de repente vira Sexta Feira muito louca e Tobey Maguire acabe preso no MCU e Tom Holland no universo Sony. Tem tanto de repente que eu não faço ideia do que pensar.

    Mas eu realmente acho que Homem-Aranha vai brincar nessa maluquice de filme do Doutor Estranho e que teremos um encontro bombástico aí. Kevin Feige já adiantou que o Homem-Aranha é o único herói que pode pular de realidades pelo seu tamanho. De repente foi um comentário inofensivo, de repente não. Mas chamaram Sam Raimi pra dirigir. Mas atualizaram o calendário com Homem-Aranha 3 imediatamente depois desse filme. Mas a Sony tá brincando com os nossos corações a cada trailer novo de vilões. E, bom, tem todas essas tretas contratuais aí.

    E também acho que Deadpool vai se aproveitar pra dar essa escapadinha pro MCU graças a WandaVision, mas acho que isso aí vai ser de forma bem mais engraçadinha e descomprometida. Também acho que podemos ver os X-Men antigos nesse filme, quarteto fantástico (e o Steve Rogers de fogo), um Blade e até coisas mais absurdas  como um Motoqueiro Fantasma que mija fogo. Se Endgame foi uma homenagem ao MCU, acho que esse filme pode ser uma homenagem a essa era de herói  que dominou o cinema nesses 20 anos. Tudo conta. E ao voltar pra casa, ao fecharem de vez essa fechadura e jogarem a chave fora, se quiserem, é só fazer um novo x-men, um novo quarteto, um novo blade, um novo motoqueiro. Se tem dois, três, quatro homem-aranhas, já que agora entendemos esse conceito de múltiplas realidades, porque o mesmo não serve pra outros heróis? E por que em um desses passeios não podemos encontrar um outro Homem de Ferro, em outra realidade, defendendo como pode a segurança dela? Seria bonito. 

    Enfim, ou talvez não seja nada disso. haha 

  7. 24 minutes ago, Jailcante said:

    E a saga continua...

    2015

    Bafta - Boyhood

    Oscar - Birdman

    2016

    Bafta - O Regresso

    Oscar - Spolight

    2017

    Bafta - La La Land

    Oscar - Moonlight

    2018

    Bafta - Três Anúncios para um Crime

    Oscar - A Forma da Água

    2019

    Bafta - Roma

    Oscar - Green Book

    2020

    Bafta - 1917

    Oscar - Parasita

    E com exceção de 2020, Bafta sempre escolhendo melhor. 

  8. Embasbacado até agora.

    Nada se compara com o que aconteceu ontem. Surreal. Tava com amigos e foi uma festa só. Parasite atinge a todos. Ele é primoroso como narrativa envolvente,  é primoroso como denuncia social. Que engajamento que esse filme conquistou. Por um momentinho até a internet, que é esse antro de coisa escrota, tava únida. Histórico demais.

    E consegui minha melhor média da vida: 3 erros apenas. 

  9. 2 hours ago, SergioB. said:

    PREVISÕES FINAIS: 09-02-2020

    Minhas apostas em negrito, favoritos pessoais sublinhados!

    Melhor filme

    O Irlandês
    Adoráveis Mulheres
    Era Uma Vez em… Hollywood
    Parasita
    História de um Casamento
    1917
    Coringa
    Ford vs Ferrari
    Jojo Rabbit

    Diretor

    Bong Joon-Ho, por Parasita
    Martin Scorsese, por O Irlandês 
    Sam Mendes, por 1917
    Todd Phillips, por Coringa
    Quentin Tarantino, por Era Uma Vez em… Hollywood

    Melhor ator 

    Antonio Banderas, por Dor e Glória
    Leonardo DiCaprio, por Era Uma Vez em… Hollywood
    Adam Driver, por História de um Casamento
    Joaquin Phoenix, por Coringa
    Jonathan Pryce, por Dois Papas

    Melhor atriz

    Saoirse Ronan, por Adoráveis Mulheres
    Charlize Theron, por O Escândalo
    Scarlett Johansson, por História de um Casamento
    Renée Zellweger, por Judy – Muito além do Arco-Íris
    Cynthia Erivo, por Harriet

    Melhor ator coadjuvante 

    Brad Pitt, por Era Uma Vez em… Hollywood
    Joe Pesci, por O Irlandês
    Al Pacino, por O Irlandês
    Anthony Hopkins, por Dois Papas
    Tom Hanks, por Um Lindo Dia na Vizinhança

    Melhor atriz coadjuvante 

    Kathy Bates, por O Caso Richard Jewell
    Laura Dern, por História de um Casamento
    Scarlett Johansson, por Jojo Rabbit
    Florence Pugh, por Adoráveis Mulheres
    Margot Robbie, por O Escândalo

    Roteiro adaptado

    O Irlandês
    Jojo Rabbit
    Coringa
    Adoráveis Mulheres
    Dois Papas

    Roteiro original

    Entre Facas e Segredos
    História de um Casamento
    1917
    Era Uma Vez em… Hollywood
    Parasita 

    Melhor filme internacional

    Corpus Christi (Polônia)
    Honeyland (Macedônia do Norte)
    Os Miseráveis (França)
    Dor e Glória (Espanha)
    Parasita (Coreia do Sul)

    Animação 

    Como Treinar o Seu Dragão 3
    Perdi Meu Corpo
    Klaus
    Link Perdido
    Toy Story 4

    Fotografia 

    1917
    O Irlandês
    O Farol
    Coringa
    Era Uma Vez em… Hollywood 

    Figurino 

    O Irlandês
    Jojo Rabbit
    Adoráveis Mulheres

    Era Uma Vez em… Hollywood
    Coringa

    Trilha sonora original 

    Coringa
    Adoráveis Mulheres
    História de Um Casamento
    1917

    Star Wars: A Ascensão Skywalker

    Efeitos Visuais

    Vingadores: Ultimato
    O Irlandês
    O Rei Leão
    1917
    Star Wars: A Ascensão Skywalker

    Documentário 

    Indústria Americana
    The Cave
    Democracia em Vertigem
    Honeyland
    For Sama 

    Montagem

    Ford vs Ferrari
    O Irlandês
    Jojo Rabbit
    Coringa
    Parasita

    Canção Original 

    I Can’t Let You Throw Yourself Away, por Toy Story 4
    (I’m Gonna) Love Me Again
    , por Rocketman
    Into The Unknown
    , por Frozen 2
    I’m Standing With You
    , por Superação – O Milagre da Fé
    Stand Up
    , por Harriet

    Direção de arte 

    1917
    O Irlandês
    Jojo Rabbit
    Parasita
    Era Uma Vez em… Hollywood

    Mixagem de Som 

    Ad Astra 
    Ford Vs Ferrari 

    Coringa
    1917
    Era Uma Vez em… Hollywood 

    Edição de som

    1917
    Coringa
    Star Wars: A Ascensão Skywalker
    Era Uma Vez em… Hollywood
    Ford Vs Ferrari 

    Maquiagem e Penteado 

    Malévola: Dona do Mal
    1917
    O Escândalo
    Coringa
    Judy: Muito Além do Arco-Íris

    Curta-metragem 

    Brotherhood
    Nefta Footbal Club
    The Neighbors’ Window
    Saria
    A Sister

    Animação em curta-metragem

    Dcera (Daughter)
    Hair Love
    Kitbull
    Memorable
    Sister

    Documentário de curta-metragem 

    In the Absence
    Learning to Skateboard in a Warzone (If You’re a Girl)
    Lifeovertakesme
    St. Louis Superman
    Walk Run Cha-Cha

    •  

    Divergimos apenas em animação. Vou de Toy Story 4.

  10. Pela primeira vez eu vou conseguir assistir a todos os filmes da premiação antes da cerimônia (só faltam 4 curta-metragens de animação que termino facilmente hoje a noite). Fazia tempo que eu não via a academia escolher tão bem os representantes. Vou colocar em ordem aqui os meus preferidos da premiação com exceção dos curtas. Sempre acho difícil encontrar um critério pra comparação entre longa e curta.

    01. Avengers: Endgame 
    02. Parasite 
    03. The Lighthouse 
    04. Once Upon a Time in Hollywood 
    05. Jojo Rabbit 
    06. Knives Out 
    07. Dolor y Gloria 
    08. I Lost My Body
    09. 1917
    10. For Sama
    11. Marriage Story
    12. The Irishman
    13. Ad Astra
    14. Little Women
    15. Richard Jewell
    16. The Two Popes
    17. Les Misérables
    18. Honeyland
    19. How to Train Your Dragon: The Hidden World 
    20. Rocketman 
    21. Ford v Ferrari 
    22. Harriet 
    23. Corpus Christi
    24. Bombshell
    25. Frozen 2
    26. Klaus
    27. Democracia em Vertigem
    28. The Cave
    29. Joker
    30. American Factory
    31. Toy Story 4
    32. The Lion King
    33. A Beautiful Day in Neighborhood
    34. Missing Link
    35. Judy
    36. Breakthrough
    37. Star Wars: The Rise of Skywalker
    38. Malleficent: Mistress of Evil

  11. 5 hours ago, Questão said:

    O que o Jail quis dizer, creio eu, é que o Raimi trabalha melhor quando ele tem liberdade sobre aquilo que ele quer usar e o que ele não quer usar no filme, como nos dois primeiros Homem Aranha. Muito dos problemas de HOMEM ARANHA 3 é que a Sony impôs o Venom no filme, o que o Raimi não queria. Com esse filme do Doutor Estranho, parece que o estúdio tem muito claro o filme que quer fazer (e talvez até os personagens que querem usar) e o diretor vai ter que se adaptar a isso. Acho que se o Raimi aceitar, ele vai ter muito menos liberdade com esse filme do que, por exemplo, o James Gunn com os Guardiões da Galaxia ou o Ryan Coogler em PANTERA NEGRA, por que eram filmes mais focados em si e menos no grande esquema do MCU, e esse DR. ESTRANHO vai ser o contrário.


    Há uma diferença. O Raimi foi pai da saga Homem-Aranha, quando fizeram as exigências pra Homem-Aranha 3 ele de cara não concordou e isso vazou pra todo mundo. O que lhe restava era sair de vez e entregar o filho pra outro diretor ou aceitar as exigências do estúdio. 

    Pra Doutor Estranho ele foi informado do projeto que estão querendo fazer. Ele aceitar o projeto já é um indicio que concorda com o caminho escolhido. É como se Payton Reed pegasse aquele Homem-Formiga sem concordar com o que estava sendo feito. Não faria sentido. E faz menos sentido em se tratando de Sam Raimi, um cara que já sentiu na pele o que é comandar algo que não acredita. Se ele aceitar me parece que está totalmente dentro.

×
×
  • Create New...