Jump to content
Forum Cinema em Cena

Tropa de Elite - O Filme


Thiago Araujo
 Share

Recommended Posts

  • Replies 404
  • Created
  • Last Reply

Top Posters In This Topic

Acabei de ver o filme.Como eu disse' date=' o fato de morar no Rio tira um pouco do impacto da coisa.O que posso falar sobre o filme?Bom, Wagner Moura está espetacular, Caio Junqueira também está bem, mas a principal fraqueza do filme é André Ramiro, que não compromente nas cenas mais "fáceis", mas que deixa muito a desejar quando é exigido, como na cena da passeata pela paz onde ele briga com os riquinhos.A direção do Padilha é excelente, embora eu faça algumas ressalvas para umas tomadas insistentes em que ele filma uns diálogos voltando a câmera de um lado para o outro, ao invés de usar duas câmeras ou filmar em plano mais aberto. Não que seja um erro, eu só não gosto.Por fim, o fenômeno do sucesso do filme é algo que me chama a atenção e eu saí do cinema convencido da razão: o filme lava a alma de todos nós, cidadãos de bem e reféns dessa situação, seja matando bandindos, seja mostrando um treinamento que possibilita uma qualidade maior da polícia, seja mostrando os playboyzinhos levando uns sopapos. No fundo, naquela cena final, quem puxa o gatilho é o expectador.[/quote']

 

 

 

Achei a atuação do André perfeita, ele consegue ser um dos personagens pelo qual mais me indentifico e aposto que isso acontece com muitos espectadores do filme, e acho que ele conseguiu realizar todas cenas maravilhosamente e o mais naturalmente possível, o olhar dele na sala de aula por exemplo é espetacular, a cena da passeata é uma das melhores do filme e não vi problema algum em sua atuação, não só acho que sua atuação estava ótima mas como acho que tirando o Wagner ele foi o melhor do filme. Gostei de todas atuações, a que mais me encomodou foi a Fernanda Machado, mas ainda sim não é nada de mais... E quanto a direção do Padilha, achei espetacular e dificilmente alguém faria melhor, pelo menos no brasil.

Link to comment
Share on other sites

Diretor de 'Tropa de Elite' é intimado a depor na PM

José Padilha e autor do livro que inspirou o filme receberam intimação.
Corregedoria investiga se a equipe usou recursos públicos no filme.

O diretor do filme “Tropa de Elite”, José Padilha, e o ex-capitão da Polícia Militar, Rodrigo Pimentel, um dos autores do livro “Elite da Tropa”, foram intimados a prestar depoimento na Corregedoria da PM. Caso se recusem a comparecer na data determinada, eles podem ser conduzidos por força policial.

Segundo Pimentel, a intimação alega que eles devem fornecer informações sobre policiais militares que teriam colaborado com os treinamentos para as filmagens; quantos policiais e de que unidades participaram; e se a produção usou recursos do estado do Rio de Janeiro.

“Está tudo de forma transparente nos créditos e no material de divulgação do filme. E, lógico que não usamos munição e armas do estado. Tudo foi devidamente registrado e comunicado às autoridades”, disse Pimentel.

Padilha não foi localizado para confirmar se iria depor.

skellington2007-10-11 15:34:42
Link to comment
Share on other sites

"É claro que eu sou muito mais do que aquilo ali. Eu sou o mais novo herói nacional! Eu sou a cura (e o senhor é a doença)! Eu sou caveira! Eu não sou cachorro não! Eu sou de fazer… não sou de falar! Eu sou a mão do carrasco! Sou raso, largo, profundo! Eu sou terrível! Eu sou o lobo mau!"

 

 

 

06.gif06.gif06.gif06.gif

 

 

 

Tirado daqui: http://capitaonascimento.wordpress.com/

 

 

 

 

 

06.gif06.gif

Link to comment
Share on other sites



A direção do Padilha é excelente' date=' embora eu faça algumas ressalvas para umas tomadas insistentes em que ele filma uns diálogos voltando a câmera de um lado para o outro, ao invés de usar duas câmeras ou filmar em plano mais aberto. Não que seja um erro, eu só não gosto.


[/quote']

 

Eu já prefiro e adoro esse método, menos cortes e um pouco mais "documental".... ponto para o filme, ou melhor, diretor...

 
Link to comment
Share on other sites

Já vi o filme no cinema aqui em Joinville SC' date=' vi na primeira sessão e pra minha surpresa não lotou a sessão ficou só metade.[/quote']

 

 

 

Só tinha mais um senhor na mesma sessão que eu.

 

 

 

Reza a lenda que quinta-feira, 1 da tarde não é um dia/horário muito popular de se ver filmes. 06.gif

Link to comment
Share on other sites

A minha tava lotada, mas também foi ontem às 6:30 da noite.

 

Filmão, viu! À parte toda a polêmica. Não quero entrar muito no mérito das implicações sociológicas, mas por um lado me preocupa o Nascimento ser tomado por herói... rola sim uma identificação com ele, com alguns ódios que ele carrega, mas um forte espírito crítico é necessário ao se assistir esse filme para separar os conceitos-joio dos conceitos-trigo, essa coisa de "os meios violentos justificam os fins"... não compartilho desse ponto de vista, mas ao mesmo tempo entendo, essa necessidade é bem construída no filme, do ponto de vista do Nascimento.

 

Também gosto da forma como outros problemas da polícia - e estendendo, são problemas na maioria das instituições públicas - são mostrados, como a corrupção, a falta de comprometimento com o trabalho, o "deixa pra mim que eu deixo pra tu" etc.

 

Mas se a gente for analisar do ponto de vista unicamente de filme de ação, filmaço!
Link to comment
Share on other sites

 

 

 

o filme foi fiel a realidade e outra também mostra que os integrantes do BOPE não são tão heróis assim (ex: Capitão Nascimento magnificamente interpretado pelo Wagner Moura)

 

Diretor de 'Tropa de Elite' é intimado a depor na PM

José Padilha e autor do livro que inspirou o filme receberam intimação.

Corregedoria investiga se a equipe usou recursos públicos no filme.

 

O diretor do filme “Tropa de Elite”' date=' José Padilha, e o ex-capitão da

Polícia Militar, Rodrigo Pimentel, um dos autores do livro “Elite da

Tropa”, foram intimados a prestar depoimento na Corregedoria da PM.

Caso se recusem a comparecer na data determinada, eles podem ser

conduzidos por força policial.

 

Segundo Pimentel, a intimação

alega que eles devem fornecer informações sobre policiais militares que

teriam colaborado com os treinamentos para as filmagens; quantos

policiais e de que unidades participaram; e se a produção usou recursos

do estado do Rio de Janeiro.

 

“Está tudo de forma transparente

nos créditos e no material de divulgação do filme. E, lógico que não

usamos munição e armas do estado. Tudo foi devidamente registrado e

comunicado às autoridades”, disse Pimentel.

 

Padilha não foi localizado para confirmar se iria depor.

[/quote']

 

a verdade dói muito quando tocam na ferida exposta (especialmente se for da Polícia Militar carioca) Agora entendemos porque a PM Carioca está agindo dessa forma com essa campanha maciça contra o filme Tropa de Elite

 

cinéfilo2007-10-13 22:37:38

Link to comment
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

Loading...
 Share

Announcements


×
×
  • Create New...