Jump to content
Forum Cinema em Cena

As Meninas Superpoderosas (Série live action)


Jailcante
 Share

Recommended Posts

AS MENINAS SUPERPODEROSAS: CHLOE BENNET, DOVE CAMERON E YANA PERRAULT PROTAGONIZARÃO A SÉRIE

As heroínas já foram escolhidas!

O live-action de As Meninas Superpoderosas da CW acaba de encontrar suas protagonistas. De acordo com o Deadline, Chloe Bennet, Dove Cameron e Yana Perrault interpretarão respectivamente Florzinha, Lindinha Docinho.

Chloe Bennet é conhecida pelos fãs dos quadrinhos por ter vivido Daisy, a Tremor, em Agents of S.H.I.E.L.D.. Dove Cameron, que também participou de Agents of S.H.I.E.L.D., onde viveu a vilã Ruby, também é reconhecida pelo seu trabalho na Disney em diversas produções, incluindo Descendentes. Já a cantora e atriz Yana Perrault tem Jagged Little Pill no seu currículo.

legiao_4kd7I8zmQRO5.jpg.jpeg

O live-action de As Meninas Superpoderosas mostrará o trio de heroínas em sua fase jovem, vivendo a desilusão de ter perdido suas infâncias por viverem combatendo o crime. Agora, quando o mundo precisa delas novamente, será que elas irão se unir novamente para salvar o dia? Só esperando para saber.

No projeto, Florzinha (Bennet) era uma criança corajosa, consciente, e perfeitinha que era bem inteligente pra sua idade. Contudo, o trauma reprimido de ser uma super-heroina fez com que a Florzinha se tornasse ansiosa e reclusa. Ainda que ela pretenda voltar a ser a líder do trio, ela quer fazer isso nos seus próprios termos.

Docinho (Cameron), era uma garotinha doce e encantadora. Como adulta ela continua brilhando, mas seu charme exterior mascara uma dureza e inteligência inesperada. Inicialmente ela está mais interessada em reconquistar sua fama do que salvar o mundo, mas pode acabar se surpreendendo nesse processo.

https://www.legiaodosherois.com.br/2021/as-meninas-superpoderosas-chloe-bennet-dove-cameron-e-yana-perrault.html

Link to comment
Share on other sites

  • 3 weeks later...
  • 2 weeks later...
  • 1 month later...

PILOTO DA SÉRIE FOI RECUSADO PELA CW

Capa da Publicação

A série live-action de As Meninas Superpoderosas não vai pra frente na CW, canal conhecido pelas produções do Arrowverso. De acordo com a Variety, o piloto da série foi recusado pelo canal e terá que ser refeito para tentar uma nova chance.
Chamado apenas de Superpoderosas, o piloto apresentaria Florzinha (Chloe Bennet), Lindinha (Dove Cameron) e Docinho (Yana Perreault) já adultas. As personagens se ressentem por terem perdido sua infância na luta heroica contra o crime, e agora estão tentando lidar com isso. O roteiro era Heather Regnier e Diablo Cody, que também eram os produtores executivos da série. Greg Berlanti, Sarah Schaechter, David Madden e Maggie Kiley também assumiram o cargo de produtores executivos. A produção ficou por conta de Erika Kennair.
De acordo com o site, tanto as atrizes quanto a equipe criativa continuarão no projeto, mas um novo piloto terá que ser filmado fora da temporada. Desde que as notícias sobre as série começaram a ser divulgadas, a internet tem demonstrado uma reação muito intensa sobre a produção. Entre comentários positivos e negativos, a comoção sobre a produção fez com que Superpoderosas fosse visto como um forte candidato a ser aprovado para uma primeira temporada.
Resta saber se a segunda chance garantirá a aprovação da série.
 

conseguir ser recusado pela CW é atestado total de incompetência.. tá de parabéns🤣

Miniatura

Link to comment
Share on other sites

As Meninas Superpoderosas | Presidente da CW diz que piloto ficou brega

Mark Pedowitz diz acreditar no projeto que, atualmente, está em reformulação

  •  
  •  
  •  
  •  
FLÁVIO PINTO
25.05.2021
16h32

O segredo por trás do engavetamento do piloto de Powerpuff, live-action de As Meninas Super Poderosas para a rede CW, foi finalmente revelado. Segundo Mark Pedowitz, presidente da emissora, piloto estava “brega” demais. [Via TV Line]

Mais precisamente, Pedowitz utilizou o termo “campy” para descrever o resultado. A gíria em inglês é comumente associada a interpretações, atitudes ou até mesmo objetos que podem ser descritos como brega, cafona, afetado, entre outros. 

 
PUBLICIDADE

“[o tom do piloto] Achei um pouco 'campy' demais. Não parecia estar tão ’real’ como deveria”, ele contou. Vale lembrar que a trama original de Meninas Superpoderosas gira em torno de três garotinhas com superpoderes que tentam combater as forças do mal em uma cidade, e cujo principal inimigo é uma versão afeminada do diabo, com orelhas pontudas, garras e um boá de plumas rosa.

Recentemente, a série teve imagens de bastidores reveladas, mostrando Florzinha (Chloe Bennet), Lindinha (Dove Cameron) e Docinho (Yana Perrault) em ação.

Powerpuff vinha causando bastante burburinho e curiosidade desde que fora anunciado que a vencedora do Oscar de melhor roteiro original, por Juno, Diablo Cody, seria responsável por roteirizar a atração, além de produzi-la. 

Apostando em narrativas subversivas com um toque de cultura pop, os principais trabalhos de Cody, além de Juno, são o cult Garota Infernal e a série United States of Tara, sobre uma dona de casa que sofre de perturbação de identidade dissociativa. 

“Acreditamos no elenco completamente, acreditamos em Diablo Cody e Heather [Regnier], os escritores, e acreditamos no [produtor executivo] Greg Berlanti e Warner [Bros.] Studios. Neste caso, o piloto simplesmente não funcionou. Mas, como vemos elementos suficientes lá, tentaremos novamente. Não queríamos seguir com o que tínhamos em mãos. ”, finalizou o presidente da rede CW. 

Conforme anunciado anteriormente, o piloto ainda terá a chance de passar por uma reformulação, diferente de outros títulos que simplesmente somem do mapa após um anúncio de engavetamento. Especialmente porque nos últimos anos, a CW dispensou uma série de títulos promissores — ou pelo menos "curiosos" — como um spin-off de Jane the Virgin, e Cheerleader Death Squad, descrito na época como uma mistura de Atração Mortal (o clássico cult estrelado por Winona Ryder sobre uma patricinha que mata suas colegas de classe) e Alias - Codinome Perigo (série estrelada por Jennifer Garner sobre uma espiã internacional).

 

FONTE: OMELETE

Link to comment
Share on other sites

  • 2 months later...
3 hours ago, Jailcante said:

Finalmente, alguém lúcido nessa produção: Chloe Bennet abandona a série da CW.

Com aquele suposto roteiro ,tem que ser corajoso pra ficar mesmo.
-Docinho é lésbica.
-O professor é o pai abusivo das meninas.
-A Sra. Belo é namorada do professor
-Florzinha matou o macaco louco, e tem que lidar com isso.
-Existe um grupo anti meninas superpoderosas.
-O filho do Macaco Louco está na série (os dois são humanos).
Eu só lembro disso mas acho que ja é suficiente.🤣

Link to comment
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

Loading...
 Share

Announcements

×
×
  • Create New...