Jump to content
Forum Cinema em Cena

Moonfall - Ameaça Lunar (Roland Emmerich)


Jailcante
 Share

Recommended Posts

  • 3 weeks later...
  • 1 month later...
  • 1 month later...
  • 3 weeks later...
  • 3 weeks later...

Famoso por seus trabalhos em ‘O Dia Depois de Amanhã’, ‘Independence Day’, ‘Godzilla’ e ‘2012, o cineasta Roland Emmerich se tornou um sinônimo de filmes sobre desastres naturais e catástrofes.

Durante uma entrevista para o Comic Book, ele explicou que ama esse tipo de história por conta do efeito que elas podem causar na mente do público.

“Eu meio que criei um gênero de filmes, não é? O mais interessante sobre eles é que estão relacionados a teorias da conspiração. ‘Independence Day‘ é sobre invasões alienígenas, ‘O Dia Depois de Amanhã‘ foi sobre mudanças climáticas e negacionismo, ‘2012 foi sobre um deslocamento da crosta terrestre, mas havia aquela lenda do calendário Maia.”

Em relação a ‘Moonfall’, Emmerich foi questionado se acredita que Neil Armstrong pisou mesmo na Lua em 1969 ou se o marco é uma farsa do governo americano.

Em resposta, ele disse que:

“Acho que é tudo verdade. É meio bobo pensar que é mentira. Mas não deixa de ser interessante brincar com isso… Em ‘Independence Day havia a Área 51, uma nave espacial e alienígenas e todo esse tipo de coisa. ‘2012’ brincou sobre o apocalipse. Em ‘Moonfall‘, distorcemos um pouco da realidade mais uma vez.”

Ele continuou:

“Sabe, este filme foi realmente inspirado em um livro. Chama-se ‘Who Built the Moon‘. É um livro em inglês, muito obscuro. Traz um questionamento muito bom sobre a Lua não ser o que pensamos que seja. É meio que feita por aliens, ou humanos modificados ou o que quer que eles sejam e é realmente convincente. Há três teorias sobre como isso poderia ter acontecido, mas não pegamos nenhuma delas. Nós meio que criamos a nossa.”

E aí, você está curioso para o filme?

 

FONTE: CINEPOP

Link to comment
Share on other sites

Essa estratégia dos diretores de falar mal dos filmes de heróis perto de lançar seu próprio filme tá ficando manjada já...🤣

 

ROLAND EMMERICH DIZ QUE MARVEL E DC ESTÃO ARRUINANDO O CINEMA

Diretor de clássicos de desastre, como O Dia Depois de Amanhã e 2012, reclama da falta de originalidade nos cinemas

Capa da Publicação

O cineasta Roland Emmerich é considerado o mestre dos filmes de desastre. De 1996 para cá, o diretor comandou obras como Independence Day, O Dia Depois de Amanhã e 2012, entre muitas outras. Mas, durante a divulgação do inédito Moonfall, ele revelou que ficou mais difícil conseguir financiamento e espaço para fazer um filme desse — e atribuiu a culpa ao monopólio dos blockbusters de super-heróis e Star Wars nos cinemas.
Em entrevista ao Den of Geek, quando perguntado sobre como o gênero de filmes de desastre mudou ao longo das décadas, o cineasta falou abertamente sobre a dificuldade em tentar emplacar uma ideia original na era das franquias de herói:
“Mudou sim, porque naturalmente a Marvel, a DC Comics e Star Wars dominaram tudo. Estão arruinando um pouco a nossa indústria, porque agora ninguém faz nada original.”
Essa não é a primeira vez que Roland Emmerich reclama do gênero de heróis. Ainda que seu comentário da vez não seja sobre a qualidade das obras em si, e sim sobre a tendência de mercado, em uma entrevista com a Insider de 2019, criticou a baixa qualidade narrativa dos filmes de herói.
Ainda que tenha dito que os comentários de Martin Scorsese e Francis Ford Coppola tenham sido exagerados, Emmerich afirmou sobre filmes da Marvel Studios: “Só assisto no avião para dormir.”
Agora em 2022, Emmerich continua se posicionando contra o gênero e sua enorme influência no cinema moderno. Na mesma entrevista, o cineasta afirma que demorou para entender o apelo por conta de sua criação na Alemanha, onde histórias de quadrinhos da Marvel e DC não tinham tanto público:
“Nós tínhamos quadrinhos como As Aventuras de Tintin, que eram bastante infantis e sem super-heróis. É por isso que, no início, filmes de herói não funcionavam na Alemanha. Foi preciso 10 ou 15 anos de filmes para chegar ao mesmo nível do resto do mundo, mas nunca me interessei por esse gênero.”
Por fim, Roland Emmerich lamenta a falta de originalidade no cinema, e elogia Christopher Nolan por ser um dos últimos diretos que ainda consegue criar blockbusters enormes sem adaptar nenhuma HQ ou livro:
“Nós deveríamos fazer filmes novos e ousados, sabe? Christopher Nolan é o mestre disso. Ele é alguém que consegue fazer filmes sobre o que quiser. Para mim é um pouco mais complicado, ainda que meu nome seja grande – especialmente quando se trata de um filme de desastre ou nessa temática.”
Moonfall, o novo filme de Emmerich, mostra o que aconteceria se a Lua caísse na Terra. O longa estreia hoje (3) nos cinemas brasileiros.

 

Link to comment
Share on other sites

Cara que explodiu Nova York umas 10 vezes, falando da falta de originalidade... hehehe

 

Mas no caso dele, talvez tenha motivo pra ficar chateadinho, porque ele faz basicamente blockbusters e a Marvel (junto com a DC também) tem monopolizado esse mercado. Se formos pensar que antes da Marvel tinha uns 6 estúdio grandes (WB, Disney, Fox, Paramount, Universal, Sony) e cada um lançava pelo menos 1 ou 2 blockbusters por ano, agora só a Marvel lança 3 espalhados pelo ano. E tá difícil lançar um blockbuster novo (que não faz parte de uma franquia) porque acaba sumindo no meio da multidão, porque o povo vá no certeiro que é filme de uma franquia. Acho que fora da Marvel/DC, outras franquias de blockbusters que estão recebendo filmes novos constantes são Velozes & Furiosos, Jurassic Park e Missão Impossível (tem o James Bond também, mas vamos ver como vai ficar agora que a era Daniel Graig acabou). Esses filmes do Roland mesmo, difícil o povo prestar atenção porque são filmes que mostram a destruição não de uma maneira nova, então pessoal perde interesse. Mas vale dizer que o streaming também tá ajudando nisso, porque pra certos filmes o povo prefere esperar chegar "de graça" em casa. Já filmes da Marvel, povo faz questão de ver nos cinemas mesmo. E claro que teve a pandemia que agravou ainda mais a situação.

Link to comment
Share on other sites

9 minutes ago, Jailcante said:

Cara que explodiu Nova York umas 10 vezes, falando da falta de originalidade... hehehe

 

Mas no caso dele, talvez tenha motivo pra ficar chateadinho, porque ele faz basicamente blockbusters e a Marvel (junto com a DC também) tem monopolizado esse mercado. Se formos pensar que antes da Marvel tinha uns 6 estúdio grandes (WB, Disney, Fox, Paramount, Universal, Sony) e cada um lançava pelo menos 1 ou 2 blockbusters por ano, agora só a Marvel lança 3 espalhados pelo ano. E tá difícil lançar um blockbuster novo (que não faz parte de uma franquia) porque acaba sumindo no meio da multidão, porque o povo vá no certeiro que é filme de uma franquia. Acho que fora da Marvel/DC, outras franquias de blockbusters que estão recebendo filmes novos constantes são Velozes & Furiosos, Jurassic Park e Missão Impossível (tem o James Bond também, mas vamos ver como vai ficar agora que a era Daniel Graig acabou). Esses filmes do Roland mesmo, difícil o povo prestar atenção porque são filmes que mostram a destruição não de uma maneira nova, então pessoal perde interesse. Mas vale dizer que o streaming também tá ajudando nisso, porque pra certos filmes o povo prefere esperar chegar "de graça" em casa. Já filmes da Marvel, povo faz questão de ver nos cinemas mesmo. E claro que teve a pandemia que agravou ainda mais a situação.

É aquela velha máxima da minha avô:  "Quem desdenha quer comprar..."🤣

Link to comment
Share on other sites

  • Jailcante changed the title to Moonfall - Ameaça Lunar (Roland Emmerich)

Moonfall é aquele filme catástrofe gostosinho que a gente queria ver, sem tirar nem por, onde o roteiro bizonho todo é desculpa pra ver a Terra sendo destruida de ponta a ponta num belo exemplo de pornô do desastre. É um filme que parece ter sido feito nos anos 90, junto com Armageddon e Impacto Profundo, mas aqui quem colide com a Terra é nada mais nada menos que a Lua, vai vendo. É totalmente o oposto do recente Não Olhe pra Cima porque este aqui é não busca ser alegoria nem satirizar nada, apenas manda a Terra pro saco sob pretexto esdrúxulo e pronto🤣. Do elenco estelar acho que ninguem se sobresai porque estao todos no automático, mas beleza..o Coruja, Catwoman e o Luis do Formigão tem os melhores diálogos. De resto é isso, quem conhece a filmografia do diretor sabe o que esperar.. e ele entrega o prato bem sarado nessse quesito. Diversão acerebrada descompromissada. 8-10
PS: assisti o filme apenas porque sábado agora andando pela Av. Paulista e tava tendo uma ação promocional do filme perto da Consolação. Tinha o desafio de "levar a Lua sem fazê-la colidir com a Terra (o chão) ".. daí a gente tinha que manter a "Lua", uma bolinha de isopor, equilibrada pelo bafo de um secador de cabelo durante um trajeto bem curto, coisa fácil.. lógico que ganhei o brinde que consistia num ingresso, um frisby e um desses trecos pra colocar no parabrisa do carro pra não esquentar.. joguei fora tudo só fiquei com ingresso, e fui pro desafio novamente apenas pra pegar outro ingresso, pronto.. daí fui no cinema com a patroa😂..

Moonfall - Ameaça Lunar - Filme 2022 - AdoroCinema

Link to comment
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

Loading...
 Share

Announcements

×
×
  • Create New...