Jump to content
Forum Cinema em Cena

As Invasões Bárbaras


LudwigVan
 Share

Recommended Posts

Devido a recomendações e comentários sobre "Declínio...", decidi vê-lo um dia desses. Achei o filme bastante inteligente, com diálogos extremamente afiados, personagens interessantes e discussões idem, além de um humor bem peculiar. Gostei do que vi.

 

Mas é um filme que não expões muitos dramas. Talvez o único momento em que ele arrisca mais é quando os problemas conjugais entre Remy e sua esposa são colocados, e mesmo assim de uma forma relativamente leve. Claro que, por ser uma questão com a qual nos identificamos, acabamos sendo ainda mais fisgados pelos personagens. Mas, no geral, o filme é intelectualmente profundo (a ironia é que o tema dominante é o sexo) mas emocionalmente raso.

 

É aí que entra "As Invasões Bárbaras". Eu já sabia que o filme é sobre os mesmos personagens vários anos depois, e que Remy estava com uma doença terminal. Mas o que eu não sabia era o grau de profundidade do filme, bem maior do que eu pensava, e desta vez tanto intelectualmente quanto emocionalmente. É emocionante e triste acompanhar as frustrações de Remy, seus medos e dúvidas, afinal ele é um intelectual à beira da morte. É triste quando ele fala que sente inveja dos pais só porque eles são religiosos, até porque eu mesmo penso muito nisso. E porra, aquela cena dele falando com o filho perto do final, pqp, sem palavras.

 

O filme todo é excelente, até mesmo no humor resgatado de "Declínio...". O elenco novamente brilha. Talvez o único porém é a parte técnica, relativamente simples e "televisiva". Mas também é pedir demais para um filme com orçamento baixo.

 

comentários?

 

 

Link to comment
Share on other sites

Também só vi As Invasões Bárbaras, apesar de ter procurado bastante por O Declínio do Império Americano.

 

As Invasões Bárbaras é brilhante, tanto na abordagem inteligente de temas importantes, quanto na sensibilidade com que os personagens se relacionam e se desenvolvem na tela. E especialmente na forma sutil com que essas coisas se combinam, na medida em que a vida que se acaba vai afetando e iluminando as vidas que continuam.
Link to comment
Share on other sites

  • 7 months later...

Essa história de velho morrendo e família reunida já deu o que tinha que dar. Sempre tem um pra dizer que o clichê pode ser bem trabalhado e blá blá blá...ok, até pode, mas não custa deixar o tema de molho por uns tempos.

 

Eu gostei do filme, mas não adorei e passa loonge de ser obra-prima. Um filme superestimado por José Wilker era de ficar com um pé atrás mesmo.06
Link to comment
Share on other sites

  • 3 months later...

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

Loading...
 Share

Announcements

×
×
  • Create New...