Jump to content
Forum Cinema em Cena

O Curioso Caso de Benjamin Button


Recommended Posts

 

Boa lembrança. Queime depois de ler é infinitamente melhor que todos os concorrentes ao Oscar dessa temporada. E em praticamente todos os níveis: ritmo, roteiro, atuação, direção. Só perde em alguns detalhes técnicos, porque aí concorreria com alguns dramas de época que por fim tem um melhor acabamento nesse sentido (caso de O curioso caso de benjamin button, acredito eu).

 

 

 

 

Carioca2009-01-19 20:03:43

Link to post
Share on other sites
  • Replies 248
  • Created
  • Last Reply

Top Posters In This Topic

Assisti "O Curioso Caso de Benjamin Button".

Achei legal a história... Mas acho que tinha mais coisa para se aproveitar ali do que mostraram. E mais ainda quando se pensa que o diretor é o Fincher. Eles simplesmente mostraram a vida do cara passando e contaram isso numa narrativa bemmmmm basal, apenas reforçando o óbvio de que o cara rejuvenece e a mocinha envelhece e só.

 

Teria sido algo muito mais rico se tivesse tratado o tema com mais profundidade, pincelando sobre o que esse tipo de coisa significa, o que representa... além do óbvio de que ele morre bebê.

 

Lembrei de O Grande Truque... Nele, Nolan realmente soltou aqui e acolá sensações do que aquilo que estava acontecendo representava... e deixou todo mundo saindo do cinema refletindo por si só.

 

BB tinha um tema ainda mais rico para discutir e não o fez. Pena.

 

Mas continuo gostando dele e dizendo que vale a pena ver.
Link to post
Share on other sites

Concordo com o que Carioca disse sobre o desenvolvimento do tema. Muito superficial.

O pior é que mesmo superficial, poderia ter dado um bom filme se estivesse em mãos boas. Se seguisse pelo caminho do drama, poderia ter sido forte e marcante nas mãos de um Andrew Dominik; se seguisse pelo caminho da fantasia, poderia ter sido inventivo e divertido nas mãos de um Tim Burton. Mas algum idiota achou que David Fincher fosse apropriado e ele não é bom nem em drama nem em fantasia: Fincher é frio e inexpressivo (o que nunca havia prejudicado seus trabalhos anteriores). Além disso, o rejuvenescimento do protagonista torna-se sua única característica, já que de resto ele não mostra qualquer traço de complexidade. A única personagem complexa do filme é a de Swinton, que arrebenta. Cate Blanchett está desastrosa, pior do que esteve em Indiana Jones IV.

Não bastasse sua inexpressividade e frieza, Fincher ainda mastiga algumas sacadas legais do roteiro, como a efemeridade do tempo, o fato de que ele não pára nem pode ser modificado por ninguém. Aquela narração do BB é explicativa demais, ele poderia ter se limitado ao contador de histórias. Fora algumas partes desinteressantes, como a relação dele com o pai, com a mãe adotiva, com os próprios marinheiros; algumas seqüências que poderiam ser boas mas que nas mãos do Fincher tornaram-se lamentáveis (como a do acidente da Daisy); e aqueles toques cômicos constrangedores (BB transando, o cara que levou sete raios). Até do visual eu não gostei, depois de 2 horas acaba cansando os olhos.

 

Ah, e ele é bem chato, mas todo mundo já falou isso...
Luizz2009-01-20 15:52:13
Link to post
Share on other sites

 

 

 

Boa lembrança. Queime depois de ler é infinitamente melhor que todos os concorrentes ao Oscar dessa temporada. E em praticamente todos os níveis: ritmo' date=' roteiro, atuação, direção. Só perde em alguns detalhes técnicos, porque aí concorreria com alguns dramas de época que por fim tem um melhor acabamento nesse sentido (caso de O curioso caso de benjamin button, acredito eu).

 

 

 

 

[/quote']

Nem, Carica. Gosto bastante de Burn after Reading, mas se ele é o melhor filme do ano, devo dizer que é um ano beeeeeeeeeem fraquinho. Ainda fico com The Dark Knight, pra mim, disparado o melhor até agora (o que confirma o ano fraco). Mas ainda tenho muito que ver...vem aí Frost/Nixon, Doubt, The Wrestler, dentre outros...é cedo ainda.

Mr. Scofield2009-01-20 19:48:18

Link to post
Share on other sites

 

Gosto de acreditar que Queime depois de ler é um dos grandes do ano passado, muito embora não seja exatamente o melhor, até porque pintaram por aí uma boa quantidade de filmes consideráveis. Mas enxergo somente seis trabalhos com grau de excelência superior a essa comédia maravilhosa dos Coen.

 

E O cavaleiro das trevas não está entre eles. Tem suas qualidades, é claro. Mas seus problemas também. Acho que varia entre o medíocre e o apenas-bom. É um dos filmes mais superestimados do ano, junto com aquela coisa besta chamada Sangue negro. Sequer chega a ser o melhor filme de super-herói lançado nos cinemas nacionais em 2008.

 

De qualquer modo, meu comentário dizia respeito a essa temporada do Oscar, que considero muito fraca. Não está lamentável como a seleção do ano passado, mas também não conta com a presença de uma obra-prima como Onde os fracos não têm vez.

 

 

 

Carioca2009-01-20 20:27:51

Link to post
Share on other sites

Filme tecnicamente muito bom (as sequências do homem-raio são hilárias), fotografia linda, atuações excelentes e... um novelão. Just that. A impressão que passa é que Fincher apenas sobrevoa todo o potencial que o tema tem mas nunca cai de cabeça. Bem superficial MESMO. Sem mencionar aqueles chavões irritantes que o Carioca citou e especialmente um momento bem novela das 8 quando a envelhecida Julia Ormond (sem maquiagem, frise-se) tem uma revelação desconcertante. Como o bat disse não é bomba, mas tampouco merece qualquer ovação.

 

De fato, lembra muito pouco o Fincher que todos conhecemos e aprendemos a amar...

 

3/5

Link to post
Share on other sites

meu comentário dizia respeito a essa temporada do Oscar' date=' que considero muito fraca. Não está lamentável como a seleção do ano passado, mas também não conta com a presença de uma obra-prima como Onde os fracos não têm vez.[/quote']

 

 

 

Porra, eu discordo sobre a seleção do ano passado. Tirando Michael Clayton que eu considero genérico até o osso, todos os demais filmes são superiores aos que eu vi este ano (excetuando-se Vicky Cristina Barcelona, que embolaria com os melhores). Acho Juno uma gracinha de filme e pra mim filmes gracinhas também podem ser muito bons. Atonment é um primor visual e uma evolução do já ótimo Pride & Prejudice. There Will be Blood é o pior PTA mas o pior dele é ainda extremamente foda.

 

 

 

Agora, dos que eu vi este ano, Button chega a ser fraco, mesmo nas mãos do Fincher que fez Se7en e já tem vaga no céu. The Wrestler é um filminho que se baseia demais na atuação do Rourke, que é boa mesmo. Slumdog Millionaire é um ótimo filme que dá uma mascarada na sua obviedade com a direção forte do Boyle. Wall-E é um ótimo filme, mas perá lá né, regressão não. E pra fechar, The Dark Knight tem tantas falhas que eu nem aguento mais apontar.

Link to post
Share on other sites

Conduta de risco é dispensável mesmo, desses casos que a presença na lista final é um grande mistério. Junto com a celebração de uma obra-prima fodida de boa como Onde os fracos não têm vez, é o ponto de encontro entre minha opinião e o que mais ou menos foi dito por aí na época das premiações.

 

O negócio sempre complica quando eu digo que considero Desejo e reparação um filmeco muito caprichado visualmente e que Sangue negro é uma histeria inaceitável e extremamente deselegante de um diretor com delírios de grandeza, onde a única coisa realmente genial são os dez primeiros minutos. Juno eu até gostei quando vi nos cines, mas alguns dias atrás a revisão foi desastrosa, não desceu de jeito nenhum aquela menina insuportável dizendo coisas como ""Hi babies have fingernails." Fingernails!".

 

Da temporada atual, já está mais do que claro que O curioso caso de benjamin button não me agradou de maneira alguma, e que também não aguento mais falar de O cavaleiro das trevas, superestimado até o cu fazer bico. Os dois melhores são Slumdog millionaire e Milk, apesar de nada muito especial ou inesquecível ter surgido daí (Danny Boyle e Gus Van Sant já fizeram coisas muito melhores). Uma possível indicação para Wall-e em vez de Ron Howard seria ótimo para o Oscar tanto em termos de audiência quanto de qualidade (o mais importante, claro). No fim das contas, ficaria no meio-termo entre o bom e ruim.

 

Link to post
Share on other sites

Assisti hj e gostei, mas Oscar?? hummm num sei não, para mim o filme é bem legal mas só...ele não enjoa de assistir é legal de ver mas só...é um filme simples mesmo, e não tem tanta diferença nem tantos dramas por se tratar de uma história de um cara que nasceu velho eu esperava mais ousadia...mas é um filme bonito

Link to post
Share on other sites

bom filme, mas não acrescenta nada de novo, de excepcional, estrutura parecida com a de forrest gump (mesmo roteirista), filme pra assistir e esquecer em poucos dias...o diretor seguiu corretamente o manual de como se fazer um novelão esquecível, já que sua praia é outra...crazy2009-01-22 08:38:11

Link to post
Share on other sites

Achei bem clichê. A negra mãezona crente, a bailarina que não pode mais dançar devido a um acidente (e dps vira professora de ballet), o marinheiro alcoolotra, e por ae vai.Apesar de ser uma cena pequena,  o apice do cliche é qnd o casal principal esá pintando a casa juntos e um começa a sujar o outro de tinta,  nao tem coisa mais piegas para mostrar como o casal está feliz do que isso. Esse filme não merece nenhuma indicação ao Oscar, pelo amor de Deus, tomara que o povo da Academia seja sensato.

Link to post
Share on other sites

Sério, não consigo entender essa má-vontade repentina com o filme.

 

Não digo issopor tê-lo achado perfeito. Não acho, daria uma nota 8, mas parece que todo mundo, tenho gostado pouco ou muito, resolveu só falar dos defeitos do filme.

 

Parece que todo mundo entrou no cinema com uma antipatia prévia pelo filme.

Só espero que a opinião do Pablo não tenha nada a ver com isso...
Link to post
Share on other sites

Meu o Fincher é um dos meus diretores preferidos, o filme tem sim seus grandes momentos, como a cena do atropelamento para mim ela foi muiiito boa mesmo...mas o filme não me emocionou, me encantou o filme todo, eu sorria....o filme tem até frase de impacto...são tres horas que passam legal...

 

 

 

E como falar mal da cena em que ele vai a um bordel hehehe....muito boa achei a cena...

 

 

 

mas faltou alguma coisa no filme, para ser sincero não gostei do desfecho dele, eu sempre fiquei esperando pelo oq o filme mostrava um desfecho sensacional sei lá....The Cube2009-01-22 22:44:10

Link to post
Share on other sites
Logo' date=' se ele publicou sua resenha hoje não é meio duh inferir que a crítica dele tenha algo a ver com coisas que foram ditas aqui há mais de 3 dias?

 

17
[/quote']


E mais uma vez, onde eu falo da crítica dele? O que cogitei é que, sabendo da impressão que ele teve do filme, alguns poderiam estar indo ao cinema já com alguma opinião formada.

Em tempo: não estou aqui acusando diretamente ninguém. É que realmente me surpreendi com esse hype negativo instantâneo, sendo que até algumas semanas atrás era um filme bastante aguardado e elogiado..

 

Só espero que não vire o novo Crash para o público, que também passou do céu ao inferno em pouco tempo.
Link to post
Share on other sites

Putz... que eu saiba, as tietes do Pablo estão restritas aos comentários do blog dele... Graças a Deus.

 

E da minha parte nunca ouve uma pré-opinião formada sobre Benjamim Button. Fincher é um de meus diretores favoritos e amo de paixão inclusive aquele filme que é apedrejado por muitos aqui: Alien 3
Link to post
Share on other sites

 

Acabei de voltar do cinema.

Bonito o filme. Geral chorando e tals, maaaaaaaaaaass, algumas coisas me incomodaram.

Nem me importei muito com os clichês. Acho que fato de ser uma quase cópia de Forrest Gump é que me incomodou mais. Se ele fosse uma cópia mais bem feita iria ser mil vezes melhor06

Ok, o beija-flor é o equivalente a peninha06

 

O que mais me incomodou no filme foi a armação. Tudo engendrado para provocar lágrimas. E não me refiro ao final melancólico, mas sim o lance de mãe e filha ali no leito de morte. Em alguns momentos me lembrou até mesmo Big Fish. A revelação (alguém tinha dúvida??)... não sei, forma como foi tratado.

 

Acho que o filme seria bem melhor sem as passagens no hospital. Auele esqueminha de ler o diário enfraqueceu o filme.

 

Update: Puuutz, acabei de ler a crítica do Pablo06 E concordo sobre a história do relojoeiro. Bonita, tocante, mas sem a menor relevância para a trama.

 

 

Renato2009-01-23 01:19:46

Link to post
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

Loading...

Announcements


×
×
  • Create New...