Jump to content
Forum Cinema em Cena

Garotos Perdidos 2


emartoni
 Share

Recommended Posts

O site do ator Corey Feldman (CoreyFeldman.net) liberou novas fotos do filme vampiresce: Lost Boys 2: The Tribe, sequência do grande filme e sucesso dos anos 80 Lost Boys (Garotos Perdidos).


Dessa vez, os irmãos Frog (interpretados por Corey Feldman e Jamison Newlander) continuam sua caçada aos sangue-sugas, mas na Califórnia e o vilão da vez não será Kiefer Sutherland. Em seu lugar foi contratado o seu irmão Angus Sutherland.

A direção do filme será de P.J. Pesce (From Dusk Till Dawn 3). A continuação deve sair direto em DVD em Julho.

lboys01.jpg

lboys02.jpg

 

Fonte: http://www.fugadalula.com/fuga/
Link to comment
Share on other sites

  • 2 months later...
  • 2 months later...
  • 1 month later...

Direto da SDCC 08: Garotos Perdidos 2 - Seqüência de clássico cult é sangrento, empolgante... É um verdadeiro ecstasy para os fãs do filme de 1987
John Wayne Morrison
(25 07 2008 - 05:30:00)

lostboysthetribe_text01.jpg

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Que venha o quinto Jogos Mortais, Sexta-Feira 13 e o musical gótico Repo! The Genetic Opera. Mesmo com o seu lançamento direto em DVD, Lost Boys: The Tribe (Garotos Perdidos 2), continuação do clássico cult dirigido por Joel Schumacher e com Kiefer Sutherland , o Jack Bauer de 24 Horas, como líder dos vampiros, é um filme que chega aos pés de Garotos Perdidos. No entanto, o pecado de não ter um roteiro sólido faz o longa metragem de P.J. Pesce não chegar à altura altura ou até mais do primeiro filme.

A história agora se passa em alguma pequena cidade da costa da Califórnia. Os irmãos Chris (Tad Hilgenbrink) e Nicole (Auntumn Reeser) se mudam para lá e vão recomeçar a vida morando em uma das casas de fundo da vó Jillian (Gabrielle Rose). Conhecido no mundo todo por ser um excelente surfista, Chris acaba por conhecer um dos maiores fenômenos do surfe: Shane (Angus Sutherland, o irmão de Jack Bauer). Ambos sumiram do cenário do surf por seus próprios motivos. Respectivamente, um perdeu o pai e se perdeu na vida. Já o outro, agora é um imortal e líder vampiro.

No desenrolar da história, que, aliás, começa com muito sangue e uma cabeça decepada, Chris e sua irmã Nicole vão à uma festa dada por Shane e seus amigos – e, olha, eles são completamente loucos. O tempo todo eles filmam as mulheres gostosas que encontram pela frente e ainda brincam de um esfaquear o outro - por que não fazer isto? Eles são imortais. E em sua mansão é que Nicole se transforma em uma meia-vampira.

Com uma hora e meia de duração, Pesci não fez com que as cenas seqüenciais tivessem um verdadeiro gancho com a cena anterior ou com outras cenas. Os cortes são bruscos e grotescos. Porém, Lost Boys: The Tribe, com as suas referências ao clássico cult do final da década de oitenta, empolga às pessoas que curtiram veemente ao longa antigo, mas os mais novos apenas curtirão mais como um filme de verão – para alugar e reunir a moçada à noite.

lostboysthetribe_text02.jpgUma das cenas muitos boas é quando o personagem de Corey Feldman, Edgar Frog, aparece. É como voltar ao tempo de Os Goonies e a Garotos Perdidos e sentir-se privilegiado, homenageado... Um boa dose de ecstasy para os mais velhos. Agora, de pequeno nerd aventureiro que ajuda o seu irmão na luta contra os vampiros no filme de 1987, ele é um fabricante de pranchas de surfe e um caçador de vampiros. Sua primeira frase no filme é: “Oi. Meu nome é Edgar Frog. Fabricante de pranchas de surfe e caçador de vampiros”. Clássico. Vibrante.

E o seu lado nerd ainda permanece. Lembra que em Garotos Perdidos ele aprendeu a matar vampiros via quadrinhos? Então, ele mostra ao Chris o local onde aprendeu. E mais uma frase clássica de Frog: “Está tudo nos quadrinhos”. Agora, em um evento como a San Diego Comic-Con e uma frase desta, bom, nem precisa dizer qual foi a reação da galera, não?

Então fica assim: Lost Boys: The Tribe é um filme para quem realmente curtiu o longa de 1987. Sem meias palavras. Os mais novos, como disse mais para cima, chamarão os seus amigos à noite para assistir um longa de terror, com muito sangue e cabeças sendo chutadas e arremessadas.

 

Caraca já faz uma data que eu não assisto o filme de 1987, e nem passa mais na tv e um dos grandes acertos do polêmico Joel Schumacher.
Link to comment
Share on other sites

  • 1 month later...

este artigo, vindo direto de um site especializado em filmes de terror, joga pro limbo tds as chances de ver ese filme..quem sabe qdo passar na tv..12

 

 

GAROTOS PERDIDOS - A TRIBO, OS

por Filipe Falcão

22.jpg

De todos os filmes que foram produzidos nos últimos anos e que têm em comum o fato de serem seqüências, ou releituras, de obras conhecidas dos anos de 1980, talvez criar uma “parte 2” para Os Garotos Perdidos (The Lost Boys, 1987) tenha sido uma das notícias mais comemoradas pelos fãs da obra original. Mas claro que tal alegria veio acompanhada de um certo receio para o que estaria por vir de um Os Garotos Perdidos 2. Infelizmente, o resultado final não foi o esperado pelos fãs do primeiro filme.

Os Garotos Perdidos pode ser considerado um Curtindo a Vida Adoidado (Ferris Bueller's Day Off) do gênero terror. Verdadeiro clássico da Sessão da Tarde, o filme dirigido por Joel Schumacher (Batman e Robin) conseguiu trazer sangue novo para o interessante, mas também saturado, universo das obras cinematográficas sobre vampiros.

No filme original, os irmãos Michael (Jason Patric, de Velocidade Máxima 2) e Sam (Corey Haim, de Sem Licença Para Dirigir) vão morar na cidade praieira de

Luna Bay. Tudo vai muito bem, até que a dupla percebe que aquela gangue de motoqueiro que faz arruaça na vizinhança é na verdade um grupo de vampiros. Para salvar os novos moradores do lugar, entram em cena os irmãos Edgar (o nosso velho conhecido Corey Feldman, de Sexta-feira 13 – Parte 4) e Alan Frog (o bem menos conhecido Jamison Newlander). Os dois possuem uma loja de pranchas e, nas horas vagas, caçam vampiros.

Apesar da história simples, parte do sucesso de
Os Garotos Perdidos aconteceu graças à agilidade do diretor Schumacher em mesclar elementos de terror com seqüências de puro humor negro, dentro de uma linguagem pop ao melhor estilo MTV. A trilha sonora, assim como a música tema Cry Little Sister, também merecem destaque. Os vampiros ganharam uma roupagem que é a cara da época na qual o filme foi produzido. Com roupas pretas de couro e estilo punk, a horda comandada pelo imortal David (Kiefer Sutherland, do seriado 24 Horas) foi uma das boas surpresas da trama. Além disso, as investidas do personagem Sam ao lado dos irmãos Frog para sobreviverem aos vampiros geraram seqüências impagáveis.

23.jpg24.jpg



ROTEIROS PERDIDOS

As primeiras notícias de uma seqüência de Os Garotos Perdidos começaram a circular quando o filme original estava preste a completar 20 anos. Foi no final de 2006 que alguns roteiros foram associados ao projeto para logo depois serem descartados. Informações davam certo de que o enredo seria uma releitura do filme de 1987, mas com um grupo de vampiras e se chamaria The Lost Girls. Em seguida, o termo remake começou a ser associado ao projeto, mas tal idéia também não foi para frente.

Os produtores finalmente chegaram ao consenso de que uma seqüência direta seria o mais interessante, pois poderiam trabalhar com personagens e situações vistas no primeiro filme. Mas as notícias divulgadas nesta etapa do projeto não eram das melhores e nomes do elenco original não estavam confirmados para esta “parte 2”. Corey Feldman foi ligado ao projeto, mas depois anunciou que não participaria mais do mesmo. Já Corey Haim, que também estaria envolvido no novo filme, teve uma série de problemas para ir do Canadá aos Estados Unidos participar das gravações e acabou ficando de fora (leia mais em Alternativo). Os demais atores e atrizes do original sequer foram mencionados, e quem pensava que Joel Schumacher retornaria para dirigir esta seqüência, teve que se contentar com P. J. Pesce (
Um Drink no Inferno 3) assumindo a cadeira de diretor.

25.jpg26.jpg



Um alívio deve ter passado pela cabeça dos fãs do original, quando foi confirmado que Corey Feldman iria sim participar do novo filme, que foi batizado no Brasil de Os Garotos Perdidos: A Tribo (The Lost Boys: The Tribe, 2008) e teve lançamento internacional direto para DVD.

A TRIBO


Nesta seqüência, conhecemos os irmãos Chris (Tad Hilgenbrink, de American Pie 4 - Tocando a Maior Zona) e Nicole (Autumn Reeser, do seriado The OC), que após perderem os pais em um acidente, vão morar com uma tia em Luna Bay. O local continua sendo também a praia favorita de um grupo de vampiros, que são responsáveis pelo aumento do número de desaparecidos na cidade.

A dupla conhece Shane (Angus Sutherland, que é meio irmão de Kiefer Sutherland) e Nicole acaba se envolvendo com o rapaz, para depois descobrir que o mesmo é um imortal e que ela própria foi transformada em uma meio-vampira. Para ser uma criatura das trevas por completo, ela precisa beber pela primeira vez o sangue de um mortal. Para evitar que o pior aconteça, Edgar Frog decide ajudar Chris a salvar a irmã e acabar com os vampiros.

27.jpg28.jpg



Achou esta sinopse semelhante ao original? Realmente é, mas isso não representa o maior problema de Os Garotos Perdidos: A Tribo. Mesmo tendo uma trama quase clonada, P. J. Pesce não conseguiu criar um clima semelhante ao filme de 1987. Aqui, temos apenas uma história trivial de vampiros, na qual o humor negro, que era a identidade da primeira parte, passa longe do roteiro assinado por Hans Rodionoff (Halloween Macabro, 2004).

Não estamos falando que
A Tribo seja um lixo de filme. Pelo contrário, a produção tem até bons momentos, mortes interessantes, sangue para todo o lado, lindas mulheres seminuas. No entanto, falta aquele algo mais que os fãs do primeiro filme possam esperar ao ver esta seqüência. Pesce apresenta uma obra que poderia ter qualquer título e que se não fosse por carregar o nome The Lost Boys, provavelmente teria passado quase despercebida.

REFERÊNCIAS


Um dos fatores mais legais de assistir filmes que sejam seqüências de obras de respeito do passado é reconhecer na nova produção os elementos simbólicos que fazem referência ao original. Alguém se lembra de Halloween H-20 ou de O Novo Pesadelo (Wes Craven´s New Nightmare)? Tal característica é mais importante ainda quando estamos falando da primeira continuação feita 20 anos depois do original.

29.jpg30.jpg



Em Os Garotos Perdidos 2 existem algumas referências bem diretas à década de 1980. Em uma cena qualquer, a tia dos personagens fala que alugou Os Goonies. Já no começo do filme, temos uma participação mais que especial de Tom Savini, que foi o grande maquiador de filmes como Sexta-feira 13 (Friday The 13th) e Creepshow. Até a música tema Cry Little Sister ganhou, em A Tribo, uma nova versão.

Também temos alguns momentos interessantes, em especial nas cenas envolvendo Corey Feldman com o seu impagável Edgar Frog. No entanto, é possível que alguns fãs mais atenciosos do original sintam falta de certas informações como o que aconteceu com determinados personagens do primeiro filme.

31.jpg32.jpg



ALTERNATIVO

Curioso observar que, além de Feldman, dois outros atores do primeiro filme participaram, sim, de Os Garotos Perdidos: A Tribo. Corey Haim e Jamison Newlander entraram na produção praticamente aos 45 minutos do segundo tempo e gravaram apenas algumas cenas como Sam e Alan Frog, respectivamente. O envolvimento dos dois seria utilizado como um epílogo no novo filme, mas a cena acabou sendo excluída e pode ser conferida apenas como Final Alternativo nos extras do DVD.

 


33.jpg34.jpg
35.jpg36.jpg

Final Alternativo 1

 

 

 

No entanto, como a ação do primeiro filme não é mencionada em nenhum momento nesta seqüência, esse epílogo realmente ficou deslocado dentro da ação principal. Tal problema teria sido solucionado facilmente se o roteiro de A Tribo dedicasse um ou dois minutos para que Edgar Frog pudesse narrar, para os novos personagens, os eventos originais e até explicar o que aconteceu durante os últimos 20 anos. Desta forma, o Final Alternativo teria feito um interessante diálogo com o passado e ainda nos brindaria com o reencontro, em cena, dos Coreys, que durante os anos 1980, trabalharam juntos em alguns bons filmes.

 

37.jpg38.jpg

Final Alternativo 2

 

 

Mesmo sem ter tido um resultado brilhante, algumas notícias dão como certo que um terceiro Os Garotos Perdidos seja produzido para breve. Na dúvida do que ainda possa vir pela frente, nada melhor do que alugar o original e matar a saudade de um dos melhores filmes de terror da década de 1980.
Jorge Soto2008-09-15 13:34:53
Link to comment
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

Loading...
 Share

Announcements

×
×
  • Create New...