Jump to content
Forum Cinema em Cena

Risco de Buraco Negro


_Nath
 Share

Recommended Posts

Enquanto a gente se diverte vendo as Olimpiadas e um pouco do mundo fechado da China, há muita coisa importante passando incólume. Dentre ela está uma notícia preocupante. Foi dada partida no LHC (Large hardron colider), o acelerador de partículas do Cern. O experimento integra a maior pesquisa colaborativa do mundo. Localizado na França/ Suiça, possui 27km de comprimento e pretende reconstituir a explosão do Big Bang através da colisão de partículas de prótons. Que haja um experimento desta magnificência aparentemente não parece ser nenhum problema. Só aparentemente. Se a a colisão escapar ao controle, a Terra poderá afundar num imenso buraco negro! 
Recentemente foi dado o aval para que o acelerador de partículas do CERN seja ligado. E o que a gente tem a ver com isso? Tudo. Ele é parte de uma pesquisa científica cuja audaciosa propaganda incide na possibilidade de simular, em laboratório, o momento de explosão do BIG Bang. Se algo der errado neste experimento, que possui míseros 27km de tamanho surgirá um imenso buraco negro que engolirá a Terra. Segue abaixo um texto explicativo contendo a explicação de dois cientistas que tentaram parar o experimento do Cern via justiça, no Havai. Como a causa foi ganha pelo Cern, o aparelho começou a funcionar agora em agosto. A colisão está prevista para 10 de setembro.
Se algo der errado, adeus Terra...Que ciência é essa que coloca nossa vida em risco através de experimentos duvidosos? Porque ninguém nos pergunta ou esclarece melhor sobre a segurança deste tipo de experimento? Temos que correr o risco de que o estrago seja feito pra humanidade lamentar depois?Vide a bomba atômica em Hiroshima e Nagasaki... No caso do Cern, se houver um buraco negro, a Terra poderá ser sugada. Então, não haverá humano para contar história
Fala-se muito na Olimpíada e esquece-se do resto. E a nossa vida pode correr mais riscos do que a gente pode imaginar. “Há muito mais coisas entre o céu e a Terra do que sonha a nossa vã filosofia”
Me acordem se setembro terminar...
Viviane G. Dias
 
FONTE: http://br.groups.yahoo.com/group/geact/message/783

_______________________________

 

Nossaa, o que vcs acham disso ?

Eu recebii esse link agoraa e nun acrediiteii, ai fui procurar no site do CERN e isso é verdade mesmo.

caraa, não to acreditando!

parece mesmo uma daquelas previsões loucas igual disseram que o mundo ia acabar na virada do milênio, mas não é!

 
Link to comment
Share on other sites

  • Replies 54
  • Created
  • Last Reply

Top Posters In This Topic

A quantidade de bobagens que falam sobre esse assunto é assustadora, se bem que divertidas....

 

Falam isso desde que o primeiro acelador de particulas foi desenvolvido.

 

A questão é que um buraco negro gerado em escalas terrestres não duraria um picosegundo (10E-9 segundo). Pois como Halkins provou, buracos negros emitem energia emitida em velocidade inversamente proporcional a sua massa.

 

Assim, quanto menor o buraco negro, mais rapido ele se estingue.

 

E como bem foi falado. Não há energia no sistema solar capaz de gerar um buraco negro maior que um proton.

 

PS: Rafal, vc estuda do IF??

 

 

 

Link to comment
Share on other sites

 

A quantidade de bobagens que falam sobre esse assunto é assustadora' date=' se bem que divertidas....

 

Falam isso desde que o primeiro acelador de particulas foi desenvolvido.

 

A questão é que um buraco negro gerado em escalas terrestres não duraria um picosegundo (10E-9 segundo). Pois como Halkins provou, buracos negros emitem energia emitida em velocidade inversamente proporcional a sua massa.

 

Assim, quanto menor o buraco negro, mais rapido ele se estingue.

 

E como bem foi falado. Não há energia no sistema solar capaz de gerar um buraco negro maior que um proton.

 

PS: Rafal, vc estuda do IF??

 

 

[/quote']

Não.

Faço SI.Meu professor toma conta da rede de transmissão de dados entre Genebra e Brasil.

 

Link to comment
Share on other sites

A quantidade de bobagens que falam sobre esse assunto é assustadora' date=' se bem que divertidas....

Falam isso desde que o primeiro acelador de particulas foi desenvolvido.

A questão é que um buraco negro gerado em escalas terrestres não duraria um picosegundo (10E-9 segundo). Pois como Halkins provou, buracos negros emitem energia emitida em velocidade inversamente proporcional a sua massa.

Assim, quanto menor o buraco negro, mais rapido ele se estingue.

E como bem foi falado. Não há energia no sistema solar capaz de gerar um buraco negro maior que um proton.

PS: Rafal, vc estuda do IF??

[/quote']
Não.
Faço SI.Meu professor toma conta da rede de transmissão de dados entre Genebra e Brasil.

 

Eu ia falar sobre isso, parece que esses Buracos Negros possivelmente gerados pelo LHC, tendem a se dessipar sem conseguir sugar matéria o bastante para uma reação em cadeia.

 

Porém, o risco existe. Li um artigo onde o criado do LHC confirma que há chance de erro de 0,000001%(ou algo assim).´

 

Do meu ponto de vista, as chances de um desastre são tão insignificantes que nem vale a pena se preocupar. E depois:

 

- A civilização atual já está fadada a destruição, que pode vir com os catastroficos efeitos do Aquecimento Global.

 

- Mesmo se alguma coisa dê errada, morreremos tão rápido que nem vai dar pra sentir.

 

 
Link to comment
Share on other sites

físico britânico Stephen Hawking afirma que não há perigo de que, ao ser acionado nesta quarta-feira, um gigantesco acelerador de partículas construído sob os Alpes suíços possa criar um buraco negro capaz de engolir o planeta (e o resto do sistema solar) em questão de minutos - como temem alguns cientistas. O acelerador, construído pela Organização Européia para Pesquisa Nuclear (Cern, na sigla em francês) em um laboratório subterrâneo na fronteira franco-suíça, perto de Genebra, foi batizado de LHC (sigla em inglês de Large Hadron Collider - Grande Colisor de Hádrons). O equipamento é o maior e mais complexo instrumento científico já construído, e também o mais caro - com um custo estimado em US$ 8 bilhões.

 

O LHC foi projetado para atirar partículas de prótons umas contra as outras quase à velocidade da luz. Os cientistas esperam que a liberação maciça de energia causada pelo choque das partículas seja capaz de recriar as condições que existiam no universo imediatamente após o Big Bang.

 

Buraco negro

Temerosos, grupos de cientistas foram duas vezes a tribunais europeus tentar impedir o acionamento do aparelho.

 

Mas, em entrevista à BBC, Hawking - um dos físicos mais respeitados do mundo - afirma que o experimento não representa perigo.

 

"Se as colisões no LHC criarem um micro buraco negro, e isso é pouco provável, ele apenas evaporará novamente, produzindo padrões característicos de partículas", disse o físico.

 

"Colisões com essas, e ainda maiores, quantidades de energia ocorrem milhões de vezes por dia na atmosfera da Terra e nada terrível acontece", acrescentou.

 

Físicos esperam que o LHC ajude a resolver algumas das questões mais fundamentais sobre a natureza do mundo, revelando os segredos da chamada matéria escura.

 

Partícula 'Deus'

Uma das questões que despertam maior expectativa diz respeito à partícula de Higgs, também conhecida como "partícula Deus", a mais procurada pelos físicos.

 

Cientistas acreditam que ela dê massa a tudo o que existe, e encontrá-la seria crucial para a nossa compreensão do universo. Hawking, no entanto, diz ter apostado cem libras (cerca de US$ 170) que o acelerador não vai encontrá-la.

 

"Acho que vai ser muito mais interessante se não encontrarmos (a partícula de) Higgs. Isso vai mostrar que algo está errado, e que precisamos pensar de novo", afirmou. "Fiz uma aposta de cem libras que não vamos encontrar a Higgs."

Na opinião de Hawking, o LHC também pode ajudar na identificação de partículas que os físicos chamam de "super-parceiros", ou "parceiros supersimétricos" para as partículas que conhecemos hoje.

 

"Sua existência seria uma confirmação importante da Teoria da Corda, e elas podem compor a misteriosa matéria escura que mantém as galáxias juntas", afirma o físico britânico.

 

"O que quer que o LCH encontre, ou não encontre, os resultados vão nos dizer muito sobre a estrutura do universo", acrescentou. "O LHC vai aumentar quatro vezes a energia com que podemos estudar interações entre partículas."

Altos custos

Na entrevista à BBC, Stephen Hawking também rebateu as críticas dos que reclamam dos altos custos do projeto.

 

"Ao longo da história, as pessoas têm estudado ciência pura por causa de um desejo de conhecer o universo, mais do que por aplicações práticas, ou ganhos comerciais", afirma o físico. "Mas suas descobertas mais tarde trouxeram grandes benefícios práticos."

"É difícil ver um retorno econômico da pesquisa do LHC, mas isso não significa que não haverá algum", acrescentou.

 

Quando perguntado se seria capaz de escolher entre o LHC ou o programa espacial, Hawking disse que seria o mesmo que escolher "qual dos filhos escolher para o sacrifício".

 

"Tanto o LHC como o programa espacial são vitais para que a raça humana não se embruteça e, finalmente, morra", afirma o físico. "Juntos, eles custam menos do que 0,1% do PIB mundial."

"Se a raça humana não puder sustentar isso, não merece o epíteto 'humana'", comparou Hawking.

Link to comment
Share on other sites

 

 

A quantidade de bobagens que falam sobre esse assunto é assustadora' date=' se bem que divertidas....

 

Falam isso desde que o primeiro acelador de particulas foi desenvolvido.

 

A questão é que um buraco negro gerado em escalas terrestres não duraria um picosegundo (10E-9 segundo). Pois como Halkins provou, buracos negros emitem energia emitida em velocidade inversamente proporcional a sua massa.

 

Assim, quanto menor o buraco negro, mais rapido ele se estingue.

 

E como bem foi falado. Não há energia no sistema solar capaz de gerar um buraco negro maior que um proton.

 

PS: Rafal, vc estuda do IF??

 

[/quote']

Não.

Faço SI.Meu professor toma conta da rede de transmissão de dados entre Genebra e Brasil.

 

Eu ia falar sobre isso, parece que esses Buracos Negros possivelmente gerados pelo LHC, tendem a se dessipar sem conseguir sugar matéria o bastante para uma reação em cadeia.

 

Porém, o risco existe. Li um artigo onde o criado do LHC confirma que há chance de erro de 0,000001%(ou algo assim).´

 

Do meu ponto de vista, as chances de um desastre são tão insignificantes que nem vale a pena se preocupar. E depois:

 

- A civilização atual já está fadada a destruição, que pode vir com os catastroficos efeitos do Aquecimento Global.

 

- Mesmo se alguma coisa dê errada, morreremos tão rápido que nem vai dar pra sentir.

 

 

Meu professor disse que existe risco sim,risco de se criar buracos negros que poderiam sugar a Terra para sí.

Já ligaram a máquina?

 

Sim.

Rafal2008-09-10 08:46:48

Link to comment
Share on other sites

Tirado do blog do Pablo.

 

O leitor Caio, que é físico, deixou o seguinte comentário no post relacionado ao "fim do mundo" e achei que valia a pena copiar aqui:

 

 

 

"Primeiramente, Pablo, sua preocupação, do ponto de vista de um leigo

faz sentido pelo que é dito pela midia, que é muito fraca na divulgação

cientifica. Para uma melhor compreensão, já que um post é uma conversa

'one-way', aconselho essa comunidade

no orkut, onde nós todos moderadores somos físicos profissionais

trabalhando com pesquisa no Brasil e fora. Qualquer coisa meu perfil

está na lista dos moderadores.

 

 

 

O LHC, que será inaugurado em outubro, é um acelerador de partículas,

ou seja, é uma maquina que pega um feixe de partículas (que no caso de

LHC serão protons), e através de um processo continuo, aumenta a

energia desse feixe para que possamos estudar suas colisões. O LHC irá

funcionar a 13 TeV (ou seja 13 trilhões de eletrons-volt), que é 13

vezes mais que o acelerador mais potente da geração anterior (o

fermilab).

 

 

 

Isso parece ser muita coisa, mas no fundo não é. Comparando com

energias do dia-a-dia isso é muito menos que o que estamos acostumados.

 

 

 

Mas o mais importante é que existem raios cósmicos (particulas que

detectamos vindas do espaço) com energia superior a 10^7 TeV (ou seja,

10 milhões de vezes mais energia que o do LHC). E mesmo com esse tipo

de colisão, nada acontece. Uma energia de 13 TeV, do LHC, é portanto,

muito pequena.

 

 

 

Essas "lendas" sobre o risco surgiram há muitos anos, e cada grande

novo acelerador elas voltam, sempre levadas pelo mesmo grupo de

pessoas. E por diversos outros argumentos (de muito maior teor técnico,

por isso nao colocarei aqui) eles não são levados a serio na ciencia.

 

 

 

Infelzimente, essa é uma visão que é passada pela midia, que a ciencia

seria feita dessa maneira descuidada, o que é uma visão enganosa, já

que só o LHC passou por uma preparação de mais de 20 anos."

 

 

Link to comment
Share on other sites

 

 

O interessante nessa história é que volta e meia sempre aparece aquele auê de fim-do-mundo e coisa e tal. Mas sempre ligado a questões místicas, previsões, seitas religiosas, etc... Acho que a primeira vez que uma comoção dessas ocorre ligada a algo científico...

Lucas2008-09-11 23:01:55

Link to comment
Share on other sites

O interessante nessa história é que volta e meia sempre aparece aquele auê de fim-do-mundo e coisa e tal. Mas sempre ligado a questões místicas' date=' previsões, seitas religiosas, etc... Acho que a primeira vez que uma comoção dessas ocorre ligada a algo científico... [/quote']

 

Não...já houve antes... A passagem do Cometa Harley, por exemplo...
Link to comment
Share on other sites

Choque de partículas no LHC deve ocorrer em breve

O esperado choque entre partículas no LHC - sigla para Grande Colisor de Hádrons, o acelerador de partículas criado pelo Laboratório Europeu para a Física Nuclear (Cern) para reproduzir as condições que teriam surgido frações de segundo após o Big Bang -, deve acontecer nos próximos dias, segundo relato de Andre Rabelo dos Anjos, físico brasileiro filiado à Universidade de Wisconsin, nos Estados Unidos, que acompanha de perto o experimento na Suíça. Em entrevista ao Portal Estadão, ele disse que não há uma data fechada para colocar as partículas em rota de colisão e é possível que, caso o experimento continue no bom ritmo atual, o choque aconteça em breve.

Rabelo dos Anjos explicou que os cientistas estão animados com os experimentos feitos no LHC hoje. "Agora eles começam a introduzir o feixe no segundo sentido", relata Rabelo dos Anjos. No começo da manhã, um primeiro feixe foi colocado no LHC e, após as partículas completarem uma volta na máquina, que tem 27 km, um segundo feixe foi introduzido no sentido oposto.

"Os brasileiros têm participação em vários experimentos", diz. Rabelo dos Anjos explica que o objetivo do LHC "é desvendar os últimos mistérios da física de partículas". Segundo ele, os resultados não têm impacto direto na vida das pessoas. No entanto, toda a tecnologia produzida ao redor do experimento terá um impacto grande.

Para ilustrar, o físico comenta a ida do homem à Lua. "Ir à Lua não afeta sua vida diretamente. Mas para o homem ir à Lua foi preciso inventar o cristal liquido e ele sim foi importante para a vida das pessoas". A tecnologia criada para o experimento pode ser usada para outras áreas.

Piada

Em relação ao medo de algumas pessoas de que o mundo poderia acabar com o início das operações do LHC, o físico afirma que tudo não passa de especulações de quem não conhece detalhes da operação. "A possibilidade disso acontecer é zero. É possível comparar com a probabilidade de você correndo atravessar um muro". Além disso, ele afirma que os físicos envolvidos no projeto tratam tal especulação como "uma grande piada".

Link to comment
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

Loading...
 Share

Announcements


×
×
  • Create New...