Jump to content
Forum Cinema em Cena

Palmeiras #2


Jack_Bauer
 Share

Recommended Posts

Meus pêsames. O time de vocês tava indo tão bem...

 

Para o "time B" está bom.

 

Pior que acho que não. Os técnicos adoram o Marcão' date=' por ser aquele lateral que mais marca do que qualquer outra coisa. Acho que o Luxa vai colocar ele como títular sim.
[/quote']

 

Mas ele na verdade é zagueiro que atua também na lateral, estou certo?
Link to comment
Share on other sites

Palmeiras está pronto para o grupo da morte

Dificuldades enfrentadas já na primeira fase lembram conquista do primeiro título do clube no torneio

Luxemburgo%20tentará%20levar%20jovem%20equipe%20ao%20segundo%20título%20continental%20Foto:%20Reginaldo%20Castro

Luxemburgo tentará levar jovem equipe ao segundo título continental Foto: Reginaldo Castro

LANCEPRESS!

As pedreiras não são novidades na história do Palmeiras na Libertadores. Hoje à noite, o Verdão estreia na fase de grupos da competição, contra a LDU (EQU), a 2.850m de altitude em Quito. A chave, que tem também Sport e Colo Colo (CHI) é a mais forte do torneio.

Há dez anos, quando conquistou a competição, o Alviverde também passou por provações desde a primeira partida: um clássico contra o Corinthians, vencido por 1 a 0.

Marcos é o único do grupo campeão, comandado por Luiz Felipe Scolari, que continua no Verdão.

O goleiro virou titular durante a campanha e passou a ser ídolo. Se o Palmeiras hoje tem pedreiras, na época o Grupo 3 era formado por Corinthians, Olimpia e Cerro Porteño, ambos do Paraguai. Vasco e River Plate (ARG) ainda surgiram no caminho.

– Foi uma conquista épica, pelos jogos que vencemos e por tudo o que aconteceu naquele ano – disse o camisa 12, hoje com 35 anos.

Marcos irá passar as lições de 1999 ao jovem grupo atual. Da Turquia, onde defende o Fenerbahçe (TUR), um outro campeão estará ligado no Palmeiras, pela TV. Alex é o maior artilheiro do clube em Libertadores: 12 gols em 39 jogos.

– O time tem muita qualidade e pode chegar ao título. São jogadores jovens e inteligentes – disse o meia, por telefone, que lembrou das pedreiras superadas pelo Verdão na campanha de 1999 (ler abaixo).

 

e mais O caminho do Palmeiras em 99

Em 2009, São Paulo, Grêmio, Cruzeiro e os argentinos Boca Juniors, River Plate, Estudiantes e San Lorenzo são os concorrentes mais tradicionais na disputa, que podem cruzar o caminho a partir das oitavas.

Antes de disso, a LDU, atual campeã, está à espera do Verdão no estádio Casa Blanca. Colo Colo e Sport, pela ordem, serão os próximos (ver todos os jogos da fase atual abaixo).

– São seis jogos para definir a classificação. É duro sempre, vai ser muito dificil. Mas o Palmeiras entra com potencial para classificar. Só que nós sabemos que todo mundo tem chance de classificação – comentou Vanderlei Luxemburgo.

As pedras estão na rota. O Palmeiras, com bagagem de sobra no torneio, já provou que pode superá-las.

Link to comment
Share on other sites

Palmeiras quer ser 'player' e cria cargo de relações internacionais

Marcelo Solarino é o responsável por tecer vínculos entre o time brasileiro e as agremiações de outros países

Julyana Travaglia Direto de Quito (Equador)

Tamanho da letra

A-

A+

Marcelo Solarino, diretor de relações internacionais do Palmeiras, em Quito 

Para estreitar o relacionamento do Palmeiras com os clubes do exterior e tornar a marca alviverde cada vez mais internacional, o presidente recém-eleito Luiz Gonzaga Belluzzo criou a diretoria de relações internacionais. Com a incumbência de tornar o time brasileiro cada vez mais conhecido fora do país, Marcelo Solarino é o encarregado por tecer novos vínculos do agremiações no exterior.

No novo conceito palmeirense, os termos em inglês que se relacionam aos negócios chamam a atenção. "Business" e "players" - termo para se referir ao relacionamento com outras equipes - são os toques internacionais à nova empreitada alviverde. Trocando em miúdos, a ideia é que o clube não dependa tão e somente de empresários para alinhavar relações com equipes do exterior e ainda consiga estabelecer contatos mais profundos com os estrangeiros.

- O Belluzzo decidiu que o Palmeiras tem de ser "player". É "business" mesmo o termo ideal. Nunca o clube buscou uma relação mais direta com outras equipes. A ideia é se apresentar para equipes como Chelsea e Milan, e ter um contato direto com os times. Estaremos mais próximos dos clubes e não dependeremos exclusivamente dos empresários – explicou Solarino, diretor de relações internacionais que acompanha a delegação palmeirense em Quito, onde a equipe enfrenta os equatorianos da LDU, pela Taça Libertadores, nesta terça-feira, às 9h (de Brasília).

Parte do trabalho de Solarino é ter encontros cordiais com dirigentes de clubes, como aconteceu na noite da última segunda-feira, quando integrantes da delegação palmeirense jantaram com membros da LDU.

- Também já estive na Europa para estabelecer contatos, formarmos possíveis parcerias e fazermos intercâmbios de profissionais – disse ele, sem revelar os clubes que visitou no Velho Continente.

Link to comment
Share on other sites

'Vacinado' contra altitude, Palmeiras testa invencibilidade diante da LDU

Após nove vitórias consecutivas na temporada, time paulista encara o atual campeão da Libertadores em Quito

Julyana Travaglia Direto de Quito (Equador)

A altitude de Quito não afetou os palmeirenses na preparação para o jogo contra a LDU

Depois de ter encarado o Real Potosí (Bolívia) a quase 4.000 metros acima do nível do mar, o Palmeiras tem novo desafio na altitude, nesta terça-feira, no estádio Casa Blanca, às 19h (horário de Brasília) contra a LDU, na primeira rodada da fase de grupos da Taça Libertadores. Mas o sofrimento e a sensação de falta de ar na partida contra os bolivianos não devem se repetir contra o atual campeão da competição em Quito, capital equatoriana. 

O SporTV transmite a partida ao vivo para todo o Brasil, e o GLOBOESPORTE.COM acompanha em Tempo Real. O jogo é válido pelo Grupo 4 da competição, que conta também com o Sport e o Colo-Colo, que se enfrentam quarta-feira, no Chile.

O jogo contra a LDU acontecerá a 2.600 metros, altitude à qual o time palmeirense já está bem adaptado. De acordo com integrantes da comissão técnica, nenhum atleta sofreu qualquer tipo de dificuldade nos treinos até esta segunda-feira. Os tubos de oxigênio, levados como precaução para Potosí, não vieram na viagem a Quito. E, assim, a principal preocupação passa a ser mesmo o adversário equatoriano, que testará a invencibilidade alviverde de nove partidas na temporada – sete vitórias no Campeonato Paulista e duas na etapa preliminar da Libertadores, contra o Real Potosí.

- Os treinos têm sido mais tranquilos do que em Sucre (cidade boliviana onde o Palmeiras fez seu período de aclimatação à altitude de Potosí). Agora vamos enfrentar um time melhor, e essa deve ser nossa única barreira – disse o defensor Edmílson. 


 

Em conversa com os jornalistas equatorianos, o técnico Vanderlei Luxemburgo também minimizou os efeitos da altitude e preferiu falar do rival no torneio continental.

- Vamos enfrentar uma equipe muito qualificada, a atual campeã da Libertadores. Temos de ter respeito, e não tenho dúvida de que será um grande jogo – comentou o treinador palmeirense.

No último trabalho realizado antes da partida, Luxemburgo procurou acertar o posicionamento dos atletas, para que eles evitem ao máximo o desgaste com a altitude. Além de pedir para jogarem mais próximos um dos outros, o técnico ressaltou que os toques devem ser rápidos, evitando que se carregue muito a bola.

Em campo, a principal novidade será o retorno do goleiro Marcos. Depois de se recuperar de uma lesão no músculo adutor da coxa direita, o arqueiro se cuida para que uma gripe não o atrapalhe na partida desta terça-feira.

Campeões alertam para rival complicado

Os jogadores da LDU pregam a cautela para a partida contra o rival brasileiro. Para o time equatoriano, a partida contra o Palmeiras será uma das mais complicadas na fase de grupos da competição.

- Sabemos da grandeza do Palmeiras. Acabou de vencer na altitude o Real Potosí e, por isso, a LDU tratará de tomar todas as precauções possíveis para ficar com os três pontos – afirmou Patrício Urrutia, capitão da equipe.

LDU

PALMEIRAS

Cevallos; Jairo Campos, Norberto Araújo e Diego Calderón; Reasco, Patrício Urrutia, Pedro Larrea, Manso e Paul Ambrosi; Cláudio Bieler e Dani Vera.

Marcos; Danilo, Edmílson e Maurício Ramos; Fabinho Capixaba, Pierre, Cleiton Xavier, Diego Souza e Pablo Armero; Willians e Keirrison.

Técnico: Jorge Fossati

Técnico: Vanderlei Luxemburgo

Estádio: Casa Blanca. Data: 17/02/2009. Horário: 19h (de Brasília). Árbitro: Wilmar Roldán (COL). Auxiliares: Javier Camargo (COL) e Julio Díaz (COL).

Transmissão: O SporTV exibe a partida ao vivo para todo o país.

Tempo Real: O GLOBOESPORTE.COM acompanha a partir de 18h50m (de Brasília).
Link to comment
Share on other sites

Taí' date=' é só parar de pegar aqueles lixos do paulista que já toma nabo.[/quote']

 

Demoro para aparecer, pq será?

 

Eu achu super normal perder de 3 x 2 para o LDU la em Quito, ou você acha que o time ia ficar o ano de 2009 todo sem perder? e perder no primeiro jogo me lembra umas coisas muito boa.

 

E caramba aquele Manso joga muito.
Rafael Araujo2009-02-17 23:10:25
Link to comment
Share on other sites

Vamos fazer assim, quando o Palmeiras ganhar dos lixos paulistas, temos que todos aqui aplaudir e chamar de "máquina verde" "invencivel" e blá,blá,blá. Daí quando perdem na competição que a prioridade deles logo na primeira partida, temos que todos aplaudir os 90% de aproveitamente e falar que é normal.

 

Já que caso contrário, os palmeireneses podem não gostar.
Link to comment
Share on other sites

Vamos fazer assim' date=' quando o Palmeiras ganhar dos lixos paulistas, temos que todos aqui aplaudir e chamar de "máquina verde" "invencivel" e blá,blá,blá. Daí quando perdem na competição que a prioridade deles logo na primeira partida, temos que todos aplaudir os 90% de aproveitamente e falar que é normal.

 

Já que caso contrário, os palmeireneses podem não gostar.
[/quote']

 

Ta nervosinho ta?06

 

Eu acho super normal perder para o LDU lá em Quito sim. Agora se extress cara, a vida é bela.06

 

Engraçado que esse tópico só tinha comentarios meus aqui, agora que perdeu uma vem todo mundo aqui.06
Link to comment
Share on other sites

Cara' date=' eu to tão estressado pq o palmeiras perdeu pra LDU que tu nem faz idéia. 06[/quote']

 

Então relaxa, não precisa vir com essa brutalidade, pq ninguem vai ficar nervoso com seus comentarios.06

Perder a primeira partida da libertadores me lembra coisas ótimas. Perder para o LDU em Quito acho normal, eu acharia um absurdo perder para, seila, um Veranópolis da vida.

 

E duas observações no jogo: Aquele Manso joga de mais, e que juiz lixão em.11

 

 
Rafael Araujo2009-02-17 23:54:00
Link to comment
Share on other sites

brutalidade? aiai. 06 Eu só acho estranho tu vir aqui cantando de galo cada vez que teu time ganhava de uns mortos paulistas, dizendo que o Palmeiras é isso, é aquilo, blábláblá... E não aceitar zoação na hora que perde. É incoerente e infantil.

 

E claro, pq vcs perderam agora quer dizer que vcs vão vencer a Libertadores, já que na que vcs foram campeões começaram assim. Sorte de vcs não terem ganho, hein. 06

 

E sim, estou super preocupado pq meu time perdeu com 4 reservas e o resto de juniores pro Veranópolis. 06 

 

Ah, tava faltando falar do juiz. Impossível o Palmeiras perder sem o resultado passar por ele.
Link to comment
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

Loading...
 Share

×
×
  • Create New...