Jump to content
Forum Cinema em Cena

O Que Você Anda Ouvindo e Comentando


Administrator
 Share

Recommended Posts

Estou sofrendo demais neste ano com essa quarentena, vocês não podem imaginar. Quem me conhece pelos filmes e livros, mal desconfia do quanto sou filho das baladas....Aqui, deixo uma das músicas dessa faceta da minha vida:  Um house muito chic e com uma letra muito sedutora.

Quando ouvi pela primeira vez, no ano 2000, em uma boate, fiquei completamente louco. Corri ao dj, mas só ouvi algo como "ninenine". Fiquei anos sem ouvi-la. Não sabia onde achá-la. Até que um dia, uma pessoa especial resolveu colocá-la displicentemente no som do carro, para embalar nossa viagem...Pulei de alegria no assento! Quis gritar, quis chorar, sei lá, agradecer pela melhor companhia da face da Terra estar bem ao meu lado...Como eu estava realizado, com a coisa que eu mais queria.

"SEEMS YOU HAD EVERYTHING, EXCEPT FOR THINGS YOU WANT IT MOST ..."

 

 

I WAS WONDERER/  SOMETIMES DO EVERYTHING EXCEPT MY HEART/  THEIR REVELATION CAME FROM THE INSIDE /THERE WAS A WALL WE HAD TO CLIMB/, THERE WAS A LESSON TO BE LEARNED/  THERE WAS A REASON AND A RIGHT/, THERE WILL BE BRIDGES THAT WE MUST BURN/ AND BACK OVER THE SEVEN SEAS/, SO DEEP AND WIDE (SO DEEP AND WIDE)/  AND HERE IN THE BOUDARIES THAT LOVE DEFINED/, NOW THAT I HAVE FOUND YOU I AM SO SATISFIED (SO SATISFIED)/ CAUSE LOVE IS ALIVE ON THE OTHER SIDE/  SEEMS YOU HAD EVERYTHING,/ EXCEPT FOR THINGS YOU WANT IT MOST /AND THE TEARS THAT HURT THE WORDS,/WHEN THEY CAME FROM INSIDE /THERE WAS WALL WE HAD TO CLIMB,/ THERE WAS A LESSON HARD TO LEARN,/ THERE WAS A REASON AND A RIGHT,/ THERE WILL BE BRIDGES,/ BRIDGES TO BE BURNED (YEAH)/ BACK OVER THE SEVEN SEAS, SO DEEP AND WIDE (SO DEEP AND WIDE)/ HERE IN THE BOUDARIES THAT LOVE DEFINED/, NOW THAT I HAVE FOUND YOU,/ I AM SO SATISFIED (SO SATISFIED)/  LOVE IS ALIVE ON THE INNERSIDE.

Link to comment
Share on other sites

  • 3 weeks later...
  • 2 months later...

Estou morrendo de saudade de Belo Horizonte. Essa música marcou um momento especial da minha vida, no Grande Hotel Ronado Fraga, um hotel diferente, um hotel de experiências, pertencente ao grande estilista, cheio de belezas, design, moda, e cultura.

Não conhecia o Affonsinho, que faria o show da noite. De tão lotado, sentamos apaixonados nos primeiros degraus da escada interior, bebendo champagne, num clima de primeiros dias de romance. Quando ele cantou essa música, eu fiquei boquiaberto. Combinou perfeitamente com o momento. A docilidade do mineirês embalou a noite inesquecível.

Sas ses Sions pass na Savassi?

Sas ses Sions vai ond`eu vou?

Sas ses Sions pass na Savassi?

Sas ses Sions eu`contro o meu amor?

Viva BH!!!

 

Link to comment
Share on other sites

  • 3 weeks later...

Dica do Regis Tadeu, numa seleção dos melhores discos de 2020. Curti essa ótimo som da música country do White Buffalo com Problem Solution....começa bem aquela levada clássica..o refrão pede uma subida e ele segura um tempo e manda o refrão, seguido por outro..onde a música cresce...na parte final, a música muda, ira outra coisa...fica mansinha, intimista, com um tecladinho e violão e vai subindo...

 

Link to comment
Share on other sites

  • 2 weeks later...
  • 2 weeks later...
  • 4 weeks later...

Ontem foi noite de Grammy e foi a melhor apresentação de premiação em tempos de distanciamento.  O show foi bem dinâmico, dividiram os palcos, deixaram as bandas espalhadas como no programa do Jools Holland, focaram mais na música, homenagearam os clubes pequenos,  como o Troubadour, que estão fechados por causa do Covid. E fizeram uma das melhores homenagens In Memory. Tomara que o Oscar se inspire nesse modelo.

E claro, ótimas apresentações do Harry Styles, Dua Lipa, Bruno Mars e Black Pumas.

 

Que trumpete sensacional, que levada....

 

Que mulherão, que performance!

 

 

Black Pumas, o som dos caras é incrível. Do das ruas do Pier de Santa Mônica para o Grammy. 

Link to comment
Share on other sites

  • 2 weeks later...
  • 1 month later...
  • 4 weeks later...

Sou completamente apaixonado por Marina Lima. Acho que ela conseguiu aliar um rock próximo a MPB, nos anos, 1980, de uma forma muito sofisticada, a começar pelas letras belíssimas de seu irmão poeta, hoje imortal da Academia Brasileira de Letras, Antônio Cícero. Poderia deixar aqui "Acontecimentos", ou "Virgem", mas resolvi deixar este som, de 1999/2000, de seu maravilhoso disco "Sissi na Sua", no qual ela flertava com a música eletrônica.

Como dancei esta música no meu apartamento antes de sair para a balada! O verso "E a noite faz-se dia no meu coração" ia fundo em mim, pois me prometia "fechar a balada", com o sol raiando já. Só depois de repetir mil vezes é que entendi que, de fato, para criaturas noturnas como eu, a noite é sim o meu dia. O "chances, chances nascerão" (como eu amo esse anacoluto!) me soava como um lema esperançoso e sacana, mas, claro,"sem ter que ficar". "Dançar, mexer, olhar, comer" eram o principal.

O "Nada a temer" é uma referência sutil a que a balada da música é gay, na qual não se tem que privar-se de nada. No vídeo dá pra ver os bonecos apertando o nariz, ao sairem do banheiro, ao minuto 2:10, e Marina, linda, por sua vez, dá um sorriso compartilhador. É o mesmo sorriso que eu dou. Não uso nada, mas acho maravilhoso ver as pessoas loucas, embarcando. "Sorrir e crer que alguém vai saber como voa o chão".  

"Sissi", um apelido para lésbicas elegantes, princesas; vale dizer. 

Haja talento!

 

Link to comment
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

Loading...
 Share

×
×
  • Create New...