Jump to content
Forum Cinema em Cena

Recommended Posts

  • Replies 65
  • Created
  • Last Reply

Top Posters In This Topic

Ótima crítica do Pablo, pincelou todos os maravilhosos pontos dessa obra.

O único ponto que ele coloca como demérito é o fato da cidade ser pequena, o que inviabilizaria os planos da vampira do certo. Discordo, pois evidentemente em uma cidade menor, o controle da situação é maior, mas ainda assim o servo chega a executar seus planos a duas estações de trem de onde eles estão. Ok, em cidades pequenas todo mundo sabe o que acontece, mas não deixa de ser justamente por este espaço é que a tensão é suficientemente crescente para se desenvolver dentro daquele universo. Enfim, não vejo como falha.
Thiago Lucio2009-11-23 05:40:52
Link to post
Share on other sites

Duas coisas:

 

1) Esta insinuação de que a menção a símbolos fálicos é algo de certa forma constante nos meus textos (e que já li em algum lugar) é absurda. Escrevi, até hoje, 949 críticas (não contando artigos, colunas, etc). Se esta for a quinta vez que cito símbolos fálicos, é muito. Ao que parece, esta obsessão parte de quem lê, não de quem escreve.

 

2) Negar a utilização de símbolos fálicos em uma penca de filmes é algo de extrema imaturidade, de alguém que ri de Freud por achar que "pulsão sexual" é algo que se refere literalmente a sexo. E que os caninos dos vampiros são considerados como falos por inúmeros teóricos/acadêmicos é fato. Não inventei isso ou tirei do ar. Pesquise.

 

Arre, que criancice.

 

 

Link to post
Share on other sites

1) O problema é que você encontra simbolos fálicos onde não existem, talvez nas 5 vezes (me lembro da torre de petróleo em There Will Be Blood06). E questionar minha sexualidade pelos simbolos fálicos que você encontra por aí é meio ilógico, não?

 

2) Não me interesso muito sobre caninos de vampiros e tendo a acreditar que esses teóricos/acadêmicos deveriam fazer algo mais útil de suas vidas. De qualquer forma, sim, vampiros são falos, embora não queria que sejam pelos seus caninos. Só que não acho que a intenção era essa, especialmente neste filme.

 

 

 

 

Link to post
Share on other sites

 

 

Assistir 'Let the Right One In' em casa, ano passado, por dica da Veras. É um filme unico no gênero. Eu me surpreendi com a capacidade de Tomas Alfredson de estabelecer uma relação de afeto entre o espectador e o casal protagonista, fazendo com que torçamos para um final "feliz" para Oskar e Eli, mesmo que essa felicidade signifique a morte de vários inocentes. (Será que foi só eu? Já me sentindo uma psicopata em potencial aqui...). Quando presenciamos Oskar sendo afogado na piscina por um grupo de bullies, de uma certa forma, torcemos (ou eu pelo menos torci )para que Eli o salvasse, o que digamos é algo no mínimo repulsivo pois trata-se da morte de crianças! Mesmo entendendo a natureza de Eli, e as suas motivações que vão sendo reveladas gradativamente durante o filme, eu ainda me senti pertubadoramente feliz com o desfecho final. Ai...

Enfim... Deixe Ela Entrar é 'one of a kind', sem dúvida.

 

Penny Lane2009-11-23 11:20:43

Link to post
Share on other sites

 

1) O problema é que você encontra simbolos fálicos onde não existem' date=' talvez nas 5 vezes (me lembro da torre de petróleo em There Will Be Blood06). E questionar minha sexualidade pelos simbolos fálicos que você encontra por aí é meio ilógico, não?

 

[/quote']

 

Quem questionou sua sexualidade, perucatorta? Ah, peraí... quer dizer que ao questionar as ocasiões em que apontei a existência de símbolos fálicos em filmes você estava, na realidade, sugerindo minha homossexualidade?

 

Meu Deus, a besteira e a imaturidade são maiores do que eu imaginava.

 

Link to post
Share on other sites

Não via a hora de Pablo fazer uma crítica de "Deixa Ela Entrar", esse filme estreiou aqui em BH a mais de um mês, obviamente essa semana chega nacionalmente, parece que fez de propósito a crítica desse filme paralela a estreia de Lua Nova, so para comparar dois filmes que tratam de vampiros, o fórum que trata de Lua Nova, como Crepúsculo no ano passado está hilário, cheio de pessoas invadido o espaço e defendendo aquela criação. Mas Pablo as meninas que querem ver Lua Nova não vão querer saber se há um filme melhor sobre vampiros e novamente criticar Meyer mesmo que seja um prazer carnal quase o prazer vampírico de beber sangue não irá adiantar e parece doentio, tomara que eu esteja certo e aquelas criaturas que estão agora discutindo malhação, turma da Monica e bandas EMO não venham para cá...

 

É isso, sou fã vampírico vide a ilustração ao lado do Ventrue, mas não me convide a assistir a Crepúsculo e suas crias.

 

Abraços a todos... 16

 

 

Link to post
Share on other sites
O Pablo tem certa dificuldade em aceitar críticas' date=' aparentemente.

Nós só estamos dizendo, de uma forma não tapada e redonda, que não achamos que os dentes dos vampiros parecem pintos, assim como torres de petróleo, antenas de carro e cones de trânsito não parecem pintos.
[/quote']

Kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk... essa foi ótima.
Link to post
Share on other sites

 

Não via a hora de Pablo fazer uma crítica de "Deixa Ela Entrar"' date=' esse filme estreiou aqui em BH a mais de um mês, obviamente essa semana chega nacionalmente, parece que fez de propósito a crítica desse filme paralela a estreia de Lua Nova, so para comparar dois filmes que tratam de vampiros, o fórum que trata de Lua Nova, como Crepúsculo no ano passado está hilário, cheio de pessoas invadido o espaço e defendendo aquela criação. Mas Pablo as meninas que querem ver Lua Nova não vão querer saber se há um filme melhor sobre vampiros e novamente criticar Meyer mesmo que seja um prazer carnal quase o prazer vampírico de beber sangue não irá adiantar e parece doentio, tomara que eu esteja certo e aquelas criaturas que estão agora discutindo malhação, turma da Monica e bandas EMO não venham para cá...

 

É isso, sou fã vampírico vide a ilustração ao lado do Ventrue, mas não me convide a assistir a Crepúsculo e suas crias.

 

Abraços a todos... 16

 

[/quote']

 

think

 

Link to post
Share on other sites
o pablo é a definição dos críticos de cinema: arrogante e dono da verdade.

 

é' date=' essa postura deveria ser só dos usuários do C&C, né?

 

Em tempo, para quem não vê símbolos fálicos em coisas óbvias, vale lembrar desse vídeo aqui... bem lembrado pelo Jail:

 

Sou inocente. Não sei o que é esse falo/fálico que vocês tanto falaram hoje, assim como também até hoje não entendi essa cena aqui:

 

 

 

(0606060606)

 

Realmente... não sei de onde surgiu essa ideia de torres de petróleo como símbolo fálico... a associação é difícil de ser feita06
Renato2009-11-23 16:38:06
Link to post
Share on other sites

 

o pablo é a definição dos críticos de cinema: arrogante e dono da verdade.

 

é' date=' essa postura deveria ser só dos usuários do C&C, né?

 
[/quote']

 

não conheço nenhum usuário arrogante e dono da verdade no forum. ao menos nunca vi alguém agindo assim.

 

Link to post
Share on other sites

 

o pablo é a definição dos críticos de cinema: arrogante e dono da verdade.

 

 

 

 

 

é' date=' essa postura deveria ser só dos usuários do C&C, né?

 

 
[/quote']não conheço nenhum usuário arrogante e dono da verdade no forum. ao menos nunca vi alguém agindo assim.

 

 

 

Eu, sinceramente, quase engasguei quando ri isso. 06.gif

 

Já participei de vários fóruns e o cinemaemcena é um patamar absoluto em termos de arrogância. Sempre que eu preciso comparar uma atitude arrogante a algo, eu uso este fórum como parâmetro de comparação. É o lugar onde vc conta nos dedos quem não é arrogante. (obviamente exagero, mas com fundo de verdade)

 

Basta ver qualquer discussão. Tem sempre alguém 'lutando' como se estivesse querendo "derrotar" o ponto de vista do outro, e mostrar como a interpretação dele é supeerior. Vc nunca vê um "discordo de sua interpretação" mas sim "vc falou merda", "não fale do que não entende" e muitos similares.

 

As vezes atinge o abismo do patético, como na vez que o Perucatorta foi discutir com o Scofa. O Scofa estava querendo se mostrar gentil e aberto a discusão (como sempre é) e o PT estava tentando ridicularizá-lo (como citar o fato dele ter amado Kill Bill 1 e não ter visto o 2).

 

Se bem que confesso que as vezes é engraçado de ver essas explosões de ego. O tópico do Oscar é hilário por natureza, onde todos os egos se encontram e é impossível passar 5 páginas sem ter um ataque de riso das besteiras narcisistas que se falam por lá. Praticamente não frequento mais esse fórum, maas esse tópico eu visito toda hora. É como se pegassem tudo que tem de errado, colocassem no mesmo lugar e vira-se algo tão sensacionalmente (e não-propositalmente) engraçado que não da pra segurar as risadas.

 

 

 

Vai ter alguém vindo comentar que não, eles (os usuários de qualquer tópico) estam apenas discutindo seriamente, que não há um pingo de arrogância e quem se irrita com isso é sensível demais, e que não percebe que o fórum tem como objetivo argumentar e blablabla. Bobagem. Existem argumentações e argumentações. É muito possível se discutir algo sem tentar destruir o ponto do adversário, sem queerer mostrar o quanto vc é o melhor e o fodão. Já tive varias discussões assim e quando encontrei um cara que no mundo real argumentava de forma igualzinha a dos usuários do cinema em cena, tive de me segurar para não rir. Era tão arrogante e metido a intelectual, que eu me segurei pra não perguntar: "Vc por acaso usa o nick de FeCamargo em f´´oruns de internet?" 06.gif

 

O povo aqui discute como se fossem políticos na vespera de eleições, "eu estou certo e vc eesta errado". Sinceramente, acho que nem quando vejo peessoas discutindo economia no mundo real (em especial dois dos meus melhores amigos, um de tendências marxistas/keynesianas e o outro totalmente neoliberal) vejo tanta tentativa de aniquilar o argumento do outro quanto aqui.

 

Ai vai vir alguém dizer que isso é ridículo, que quando pessoas discutem elas acreditam que o ponto de vista dela é o certo e que blablabla. Bobagem. As peessoaspodem muito bem querer discutir pra conhecer o ponto de vista da outra pessoa, pra ver como uma peessoa com uma visão de mundo diferente encarou tão narrativa ou acontecimento. Isso é a subjetividade, que é muito diferente de "ah, eu estou melhor na discussão e vc pra não sair apanhando vai apelar pro argumento da subjetividade".

 

 

 

O legal desse fórum (e motivo porque eu costumava postar bastante por aaqui) é que o povo realmente curte e conhece (prefiro usar a palavra conhecer ao inves de "entender" porque entender traz - ou pode deixar subentendido- consigo uma certa arrogancia e sensaçção de superiioridade) bem de cinema. Pena que como a maioria se leva tão a sério, fica um porre discutir por aqui. Um pouco mais de leveza (quem chama esse fórum de "não-sério" precisa urgentemente conhecer outros fóruns paara comparação)faria bem por aqui. 03.gif

 

 

 

PS: Tb acho que o Pablo exagera quando fala de simbolos fálicos.   06.gif Em Crepúsculo até vai, mas em There Wiill Be blood? 06.gif06.gif06.gif

Link to post
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

Loading...

Announcements


×
×
  • Create New...