Jump to content
Forum Cinema em Cena

Rubens Ewald Filho é bom critico ou é chato?


Recommended Posts

No fim do ano passado, voltei a pegar alguns dos vários livros dele que eu tenho. Procurei ler suas críticas tentando deixar para trás as diferenças de gosto, e tentar aproveitar as informações/opiniões dele com uma mente aberta - afinal de contas, eu jamais questionaria o grau de conhecimento dele no assunto cinema.

 

Missão difícil, por razões simples como a qualidade abaixo do padrão de seus textos confusos e atabalhoados (por vezes suspeito que suas obras saem sem qualquer revisão) e manias estressantes como implicar com detalhes físicos de atores, ou ainda observações banais que não espero de críticos profissionais tarimbados (Mestre dos Mares é pior que Piratas do Caribe porque não tem mulher e romance? Conte outra).

 

Se ele caprichasse mais na redação e selecionasse melhor os pensamentos que decide colocar no papel, seria um crítico interessante de acompanhar.

 

 

 

Link to post
Share on other sites
  • Replies 50
  • Created
  • Last Reply

Top Posters In This Topic

Na comunicação entram os textos pessimamente redigidos' date=' com frases sem coerência e nomes de diretores e atores completamente errados muitas vezes.[/quote']

 

 

 

 

 

teve um pessoal q citou isso mesmo la no blog dele

 

 

 

Bom, confesso que as últimas vezes que tive "contato" com ele, foi por vídeo, e já faz algum tempo. Até onde me lembro, ele não fala tão errado assim, mas não duvido que escreva mal. Ele me passa uma sensação de ser displicente. Mas ainda acho que o pior pecado dele é a mente fechada.

Link to post
Share on other sites
No fim do ano passado' date=' voltei a pegar alguns dos vários livros dele que eu tenho. Procurei ler suas críticas tentando deixar para trás as diferenças de gosto, e tentar aproveitar as informações/opiniões dele com uma mente aberta - afinal de contas, eu jamais questionaria o grau de conhecimento dele no assunto cinema.

Missão difícil, por razões simples como a qualidade abaixo do padrão de seus textos confusos e atabalhoados (por vezes suspeito que suas obras saem sem qualquer revisão) e manias estressantes como implicar com detalhes físicos de atores, ou ainda observações banais que não espero de críticos profissionais tarimbados (Mestre dos Mares é pior que Piratas do Caribe porque não tem mulher e romance? Conte outra).

Se ele caprichasse mais na redação e selecionasse melhor os pensamentos que decide colocar no papel, seria um crítico interessante de acompanhar.
[/quote']

 

eu lembro q uma vez ele chamou um ator de estrupicio (ator tem q atuar e nao ser galã). Ele falou q akela ator Adrien Brody tinha cara de coitado. mas depois q ele falou contra a guerra do iraque, mudou de opiniao e fez media.
Link to post
Share on other sites

 

 

eu lembro q uma vez ele chamou um ator de estrupicio (ator tem q atuar e nao ser galã). Ele falou q akela ator Adrien Brody tinha cara de coitado. mas depois q ele falou contra a guerra do iraque' date=' mudou de opiniao e fez media.
[/quote']

 

 

Ele também já deixou para a posteridade, em um de seus guias de DVD, que Henry Thomas ficou com cara de bandido, por exemplo. Que relevância tem isso na análise de Gangues de Nova York. Ou que as "perebas" de Brad Pitt saem à tarde, na crítica de Tróia? Ou que Robert De Niro tem gosto por "mulheres negras" na vida real, assim como seu personagem naquele filme com Ed Norton e Marlon Brando?

 

Link to post
Share on other sites


Ele também já deixou para a posteridade' date=' em um de seus guias de DVD, que Henry Thomas ficou com cara de bandido, por exemplo. Que relevância tem isso na análise de Gangues de Nova York. Ou que as "perebas" de Brad Pitt saem à tarde, na crítica de Tróia? Ou que Robert De Niro tem gosto por "mulheres negras" na vida real, assim como seu personagem naquele filme com Ed Norton e Marlon Brando?
[/quote']

 

Ah, e foi por isso q comparei ele com Leao Lobo nesse jeito de falar mal dos outros [lembrei agora].

 

 
Link to post
Share on other sites

Uma vez li umas críticas dele da época em que ele trabalhava na Veja há uns 15 anos atrás. Os textos eram muito mais bem redigidos e coesos do que os que o REF publica atualmente no seu site. Fico imaginando se ele realmente mudou de estilo (para pior) ou se o editor praticamente reescrevia cada crítica dele para se enquadrar aos padrões da revista.

 

 

Link to post
Share on other sites

No fim do ano passado' date=' voltei a pegar alguns dos vários livros dele que eu tenho. Procurei ler suas críticas tentando deixar para trás as diferenças de gosto, e tentar aproveitar as informações/opiniões dele com uma mente aberta - afinal de contas, eu jamais questionaria o grau de conhecimento dele no assunto cinema.

 

[/quote']

 

 

 

Cara, isso é uma questão importante, muita gente não gosta de determinados críticos apenas por discordar sobre alguns filmes. A meu ver, o que faz um bom crítico não tem a ver com tu concordares com ele ou não.

 

 

 

Uma vez li umas críticas dele da época em que ele trabalhava na Veja há uns 15 anos atrás. Os textos eram muito mais bem redigidos e coesos do que os que o REF publica atualmente no seu site. Fico imaginando se ele realmente mudou de estilo (para pior) ou se o editor praticamente reescrevia cada crítica dele para se enquadrar aos padrões da revista.

 

 

 

 

 

 

A Veja tem um padrão de qualidade de textos que talvez seja o melhor dos veículos impressos do país, é muito difícil ver algum erro de linguagem na revista - ou pelo menos era, na época em que eu lia com mais frequência, mas os exemplares que eu peguei recentemente pareciam manter essa característica. Isso sem dúvida facilita a vida do escritor.

Link to post
Share on other sites
O que vocês comentam sobre o Rubens acontece com boa parte da crítica, inclusive o Pablo que já declaradamente não publica crítica de filmes brasileiros, especialmente aquelas que terão um conteúdo mais negativo justamente para não se indispor com cineastas, roteiristas e outros profissionais nacionais. O que eu não concordo, é claro. Afinal se existe um papel de crítica, ele deve servir para construir uma linguagem crítica do cinema que se pratica aqui no Brasil e se os críticos brasileiros são covardes ao ponto de só darem afagos, eles estão prestando um desserviço. [/quote']

Mas daí pode cair naquilo que disse, tu não conseguir ser totalemnte imparcial, ou condescendente demais ou canetar o cara demais.

O que ele pensaria do filme estaria "contaminado" pelo envolvimento.

Sei lá, mais justo se abster.
Link to post
Share on other sites

 

O que vocês comentam sobre o Rubens acontece com boa parte da crítica, inclusive o Pablo que já declaradamente não publica crítica de filmes brasileiros, especialmente aquelas que terão um conteúdo mais negativo justamente para não se indispor com cineastas, roteiristas e outros profissionais nacionais. O que eu não concordo, é claro. Afinal se existe um papel de crítica, ele deve servir para construir uma linguagem crítica do cinema que se pratica aqui no Brasil e se os críticos brasileiros são covardes ao ponto de só darem afagos, eles estão prestando um desserviço. [/quote']

Mas daí pode cair naquilo que disse, tu não conseguir ser totalemnte imparcial, ou condescendente demais ou canetar o cara demais.

O que ele pensaria do filme estaria "contaminado" pelo envolvimento.

Sei lá, mais justo se abster.

 

Mas imparcialidade nunca foi um elemento de uma crítica, ou do jornalismo como um todo. É impossível atingir imparcialidade, o papel do crítico é informar sobre o filme, dar a sua opinião e argumenta-la, assim dando um embasamento para o leitor tiras as suas próprias conclusões.

 

O negócio da crítica nacional ao meu ver são dois:

 

1- Os cineastas nacionais são umas moças. Sério, se indispor por críticas negativas e entrar em discussões egocentricas parece que uma doença entre os diretores tupiniquis. E não estou falando apenas de raparigas recém saídas da faculdade que fazem um curta prepotente (Vera Egito por exemplo), estou falando de gente viajada que  parece que ainda fica mordida quando leva um sacode da crítica.

 

2-Os críticos querem ser comediantes. Claro que todo mundo gosta de uma critica venenosa cheia de ironias e sarcamos. Mas ela só funciona em filmes bem ruins ou próprios para isso. E poucos têm talento para escrever dessa forma. Quando não é o caso, o crítico se passa por um babaca arrogante. O próprio Pablo deu uma bela mancada na resenha do Thor fazendo uma piada com o "Dr. Robert Downey Jr" que além mostrar ignorância aos acontecimentos do longa  os filmes que tem ligação com ele, não foi engraçada e não adicionou nada a resenha. Então quando muitos forçam uma crítica "envenenada" para atrair a atenção do público, não é de se espantar que muitos cineastas fiquem "mordidos"

 

 

 

Link to post
Share on other sites
Uma crítica nunca será imparcial. Fato. Agora abster-se de escrever uma crítica de um filme nacional para não se indispor com os profissionais tupiniquins é um absurdo. Até porque soa muito reducionista, como se o trabalho do Pablo, por exemplo, só pudesse ser visto no Brasil, ou seja, ele pode criticar a atuação da Tilda Swinton, afinal de contas ela não está aqui, mas criticar a direção do Helvecio Ratton jamais, por mais que ambas merecessem a crítica. Isso me faz questionar se o Pablo, por exemplo, criticará o trabalho da atriz daqui por diante já que a conheceu pessoalmente ou do próprio Richard Linklater. Pelo que conheço do trabalho do Pablo, creio que não, mas ao se negar a criticar os filmes nacionais, ele e outros críticos dão margem a essa patifaria. É um desserviço.Thiago Lucio2011-05-08 08:02:08
Link to post
Share on other sites

Opa! Pera lá, não disse abster p/ não se indispor.

Disse abster p/ não ser injusto.

 


2-Os críticos querem ser comediantes. Claro que todo mundo gosta de uma critica venenosa cheia de ironias e sarcamos. Mas ela só funciona em filmes bem ruins ou próprios para isso. E poucos têm talento para escrever dessa forma. Quando não é o caso, o crítico se passa por um babaca arrogante.

O próprio Pablo deu uma bela mancada na resenha do Thor fazendo uma piada com o "Dr. Robert Downey Jr" que além mostrar ignorância aos acontecimentos do longa  os filmes que tem ligação com ele, não foi engraçada e não adicionou nada a resenha. Então quando muitos forçam uma crítica "envenenada" para atrair a atenção do público, não é de se espantar que muitos cineastas fiquem "mordidos"

É verdade! Parece regra isso de fazer gracinhas...aff!
Acho que querem adotar um tom que os faça sobressair dos demais e as vezes erram  a mão.

 

By the way, adoro as críticas do Pablo. Nem sempre concordo, mas verdade seja dita ele é bom.

Tem uma coisa estranha no Pablo,  qd ele não gosta de um filme aí sim sua crítica é melhor think.gif

 

Sobre REF, tava lendo o perfil dele e é um cara muito gabaritado.

 

E Cinematografo, ele mesmo desmentiu que tenha twitter, só 3 perfis no orkut e facebook.

 
MariaShy2011-05-08 08:23:50
Link to post
Share on other sites

Eu ia criar um tópico com um assunto similar sobre esse Rubens ewald Filho.

sério alguém aqui, leu a critica dele dobre Thor?

 

Eu comentei acritica dele, como imparcialidade não é o negócio dele ele não publicou. Mas publicarei aqui

 

"

 

Perfeito o comentário do Régis, sua idade é ótimo. Assim

como é ótimo ele dizer que o ator de 28 anos tem uma "certa idade"

ahuuhauhauhahuauhauh

 

Meu deus um jovem ator de 28 anos, e ele me diz certa idade.

 

Vocês já repararam que o Rubens pensa em sua mente de velho

que todo mundo tem algum defeito físico. Freud explica!!!!!!! Estes dias lendo

a critica de água para elefantes cai na gargalhada quando ele chamou Resse

Witherspoon de Velha!!! huauhahuauhuhahuahuahu

 

Desculpa Rubens mas realmente vc precisa se aposentar

e deixar a bola para o Pablo"

Link to post
Share on other sites
Eu ia criar um tópico com um assunto similar sobre esse Rubens ewald Filho.
sério alguém aqui' date=' leu a critica dele dobre Thor?

Eu comentei acritica dele, como imparcialidade não é o negócio dele ele não publicou. Mas publicarei aqui

"

Perfeito o comentário do Régis, sua idade é ótimo. Assim como é ótimo ele dizer que o ator de 28 anos tem uma "certa idade" ahuuhauhauhahuauhauh

Meu deus um jovem ator de 28 anos, e ele me diz certa idade.

Vocês já repararam que o Rubens pensa em sua mente de velho que todo mundo tem algum defeito físico. Freud explica!!!!!!! Estes dias lendo a critica de água para elefantes cai na gargalhada quando ele chamou Resse Witherspoon de Velha!!! huauhahuauhuhahuahuahu

Desculpa Rubens mas realmente vc precisa se aposentar e deixar a bola para o Pablo"[/quote']

 

@Ezeaquiel --> Acho q deve eter sidoo portalR& q blokeou seu post.
Link to post
Share on other sites

Acho que o Rubens é um grande conhecedor de filmes, o que não quer dizer que seja um bom crítico. Particularmente, não gosto muito do que ele fala ou escreve (aliás, os textos do blog dele são pavorosos). Tenho a impressão de que ele ficou um pouco parado no tempo e daí as irritantes e repetidas críticas que faz ao cenário cinematográfico atual. Ano passado, ele disse que as produções estavam fraquíssimas e era o pior ano do cinema de todos os tempos. leomaran2011-05-10 15:37:01

Link to post
Share on other sites
Luis Carlos Merten e Kleber Mendonça Filho. Eu gosto da Isabela Boscov também, salvo alguns lapsos...[/quote']

 

Gosto bastante do Merten também. Uma vez fiz um curso em que ele dava uma palestra e me surpreendi positivamente com a forma como ele trata os filmes, tanto antigos quanto novos. E uma coisa boa dele é que não fica parado no tempo. Na palestra, ele fez uma comparação entre dois filmes que não têm absolutamente nada a ver (O Encouraçado Potemkin e Invictus), mas que foi uma coisa genial mesmo.
leomaran2011-05-11 16:16:55
Link to post
Share on other sites

Essa é a principal virtude do Merten: ele é um crítico clássico, mas que dialoga perfeitamente com a platéia atual. Eu, por exemplo, não gosto da crítica dele sobre "Homem Aranha 3" que foi publicada na SET (ele inclusive disse que era necessário segurar as lágrimas pela emoção), mas o saldo dele é pra lá de positivo. Adoro as críticas dele.

Link to post
Share on other sites

Alguém conhece um critico melhor ou mais aceitável do que os dois no Brasil?

 

 

 

Cara, eu te diria que mais aceitável é não ir atrás de nenhum crítico. Tu já faz parte de uma comunidade de cinéfilos (meio caminho andado), a maior parte do pessoal aqui comenta filmes já faz tempo, então dá pra saber mais ou menos o estilo de cada um. Pra que procurar referências do REF ou da Boscov, Pablo ou Merten? São irrelevantes.

 

 

Link to post
Share on other sites

agora mas outro video com critica de REF:

 

Aki ele ta morno ou ta afiado? Ele chamou um cara de simpatico mas nao bonito e eskisito...

 

rubens criticou Velozes e furiosos, mas uma tal de Vania contracriticou e disse porke ele nao criticou Tropa de Elite q é tao pejorativo:

 

 

CURIOSIDADE: Algumas pessoas dizem q nao vao assitir V&F baseado em criticas de REF, sem nem ver o filme. Alem disso, V&F nao é pra ser levado a serio.
cinematografo2011-05-12 00:13:59
Link to post
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

Loading...

Announcements


×
×
  • Create New...