Jump to content
Forum Cinema em Cena

Recommended Posts

Frescura do cacete esse negocio da EMBRATUR.

Porra' date=' os caras querem fazer um filme satirizando o Brasil? Que façam. A culpa por eles terem essa imagem deturpada é deles ou nossa? A EMBRATUR ao invés de ficar fazendo essas patacoadas, essas presepadas, deveria se preocupar em desenvolver o turismo no Brasil. Por que hj nós recebemos menos turistas até do que a escrota Africa do Sul e do que o bizarro Marrocos.

Ora, digo que há uma inversão de valores: os americanos que nao tem porra nenhuma a ver com o nosso problema nos criticando e a EMBRATUR que nao tem que se meter com o que os caras fazem os criticando.

Assim como Brasil lembra carnaval, mulher pelada, samba, morro, EUA me lembra gente gorda, branquela, de camisa espalhafatosa, empanturrando-se de KFC...e life goes on. O mundo só tem graça com as satiras, com os estereótipos...

E o nosso proprio Cinema fode tudo. Queremos ganhar o Oscar e olha só o que nós exportamos: CArandiru, Central do BRasil e Cidade de Deus. Nossos filmes só falam de tragédias, pobreza, safadeza e cachorrada.

É engraçado a Embratur reclamando de filmes assim quando o que mandamos pra fora, em termos de sétima arte, são filmes como "Cidade de Deus" e "carandiru", esses sim uma puta propaganda negativa do país. Até "Central do Brasil" tem uns estereótipos filhos da puta, como o do policial que executa o trombadinha na linha férrea.

E ainda tem gente que pára e torce pra esse tipo de filme no Oscar. Daí quando um estrangeiro faz uma piada non sense ficamos ofendidos.Deveríamos nos ofender com a realidade, isso sim.

A EMBRATUR tinha que parar com essa frescura e começar a exercer a função que lhe cabe: desenvolver e fomentar o turismo no Brasil. E nao se meter nas produções cinematográficas dos outros países.

[/quote']

 

Dispensando seu escroto e medonho comentário inicial.  Mesmo porque ele é um reflexo do restante do seu post, que beira a estupidez de estereótipos, que levam a uma obvia generalização. <?:namespace prefix = o ns = "urn:schemas-microsoft-com:office:office" />

 

O estereotipo que criamos pode ou normalmente leva a generalização. Por que você acha que boa parte dos americanos são tão xenofobicos?

 

Eles acham, por exemplo, que um negro dirigindo um carrão é um ladrão de carros, e que latinos em grupo formam uma gang entre outras concitas.  Pense melhor a respeito sobre a maravilha dos estereótipos.

 

Aproveitando, o cinema brasileiro não é ruim. Já que isto é seu ponto de vista exclusivo. E ainda as fórmulas como a existência de finais felizes, a luta do bem e do mal, mocinho ou bandido são formulas do cinema comercial ou a velha fórmula hollywoodiana de cinema. E não é obviamente compatível aos demais cinemas do mundo. Embora algumas produções tentaram este absurdo. Estás fórmulas rendem boas verdinhas, pois são de fácil compreensão e elas buscam o fácil caminho do estereótipo. Afinal, seu público adora simplificação do que usar a massa encefálica.

Link to post
Share on other sites
  • Replies 218
  • Created
  • Last Reply

Top Posters In This Topic

Tia Bia' date='

É exatamente isso mesmo,europeus e americanos,em sua maioria,não conhece o resto do mundo....

 

Tenho um colega estrangeiro que já me perguntou se eu tinha uma ONÇA DA ESTIMAÇÃO06
[/quote']

 

Opa! A maioria dos americanos podem não reconhecer, mas maioria dos europeus tem uma boa parcela de informação cultural que poucos têm. <?:namespace prefix = o ns = "urn:schemas-microsoft-com:office:office" />

Link to post
Share on other sites

Aqui vai a entrevista da atriz brasileira do filme:

 

ATRIZ BRASILEIRA DE “TURISTAS” DIZ QUE FILME PODE SER BOM PARA O PAÍS

Papel da carioca Andréa Leal é atrair gringos para armadilha.
Para ela, filme mostra melhor do Brasil: a paisagem e o povo.

 

function abrirPopupEnviar(){

var url ="/Noticias/0,,POV0-7086-1372157-33,00.html";

window.open(url,'popEnviar','width=460,height=480');

}

 

Foto:%20Divulgação

Andréa Leal em cena do filme

Quando desembarcou por aqui, a equipe de produção do longa americano “Turistas”, que estreou neste final de semana nos EUA, procurava uma brasileira típica e bonita que pudesse assumir um dos papéis centrais na trama. Encontraram a carioca Andréa Leal, 28 anos, que interpreta Camila, uma garçonete local que atrai os personagens gringos para a armadilha de um psicopata.

Ambientado no Brasil, o filme de terror vem levantando polêmica por mostrar um retrato negativo do país, em que roubos, assassinatos e tráfico de órgãos são tão comuns quanto praias e moças bonitas.

Mas, em entrevista concedida por telefone ao G1, Andréa diz achar que o longa pode ser bom para o Brasil: “Temos que ver o lado bom disso tudo, essa é uma boa oportunidade para valorizarmos nosso país e mudarmos essa imagem.”

G1 - O que você acha da polêmica que “Turistas” está provocando?
Andréa Leal - Eu acho que é uma pena que estejam encarando dessa forma. Se o filme mostra isso tudo não é à toa, é conseqüência da imagem que passamos para fora. Temos que ver o lado bom disso tudo, essa é uma boa oportunidade para valorizarmos nosso país e mudarmos essa imagem. Há males que vêm para o bem, acho que esse filme vai ajudar a abrir as portas do cinema para o Brasil.

G1 - Na sua opinião, o longa pode prejudicar o turismo no Brasil?
Leal - Não sei, é difícil dizer. Pode ser. Mas o filme também tem um lado bom do país, mostra praias paradisíacas e um povo simpático. Não é porque é um filme de terror que a imagem é negativa.

G1 - Mas “Turistas” mostra um Brasil onde crimes como assassinatos e tráfico de órgãos acontecem a toda hora, em todo lugar...
Leal - Vemos muitos filmes americanos sobre coisas horríveis e não é por isso que deixamos de viajar aos Estados Unidos. A gente sabe que é só um filme, não é a realidade.

G1 - A campanha de marketing do filme inclui um falso site de turismo com informações bizarras que podem fazer turistas desistirem de visitar o Brasil. Qual é a sua opinião sobre essa estratégia?
Leal - Eles fizeram isso só para criar polêmica e vender o filme para o mundo, acho normal. Mas temos que ver o lado bom, isso coloca o Brasil na mídia. É uma oportunidade para mostrarmos nosso lado bom, afinal somos um dos países mais ricos do mundo em beleza da paisagem e do povo.

G1 - Como você entrou no projeto?
Leal - Depois de algumas participações na televisão e no filme “Popstar”, da Xuxa, fui chamada para fazer esse teste e passei. Eles acharam que eu faria bem uma brasileira típica.

G1 - Onde foram as filmagens?
Leal - A maioria em Ubatuba [sP] e algumas cenas na Bahia.

G1 - Como foi?
Leal - Filmei durante mais ou menos um mês e pouco, mas eles ainda ficaram aqui por mais tempo. Foi uma experiência muito rica. Fiquei encantada com o John [stockwell, diretor do longa], uma pessoa super-simples mesmo. Ele queria conhecer a cultura do Brasil, estava muito interessado.

G1 - Qual foi a impressão que ele e o elenco tiveram do Brasil?
Leal - Eles querem voltar para passar férias, ficaram loucos pelo Brasil, realmente encantados. Não tiveram essa imagem que o filme acaba passando. Ficaram todos muito à vontade.

G1 - Como era a sua relação com os estrangeiros do elenco?
Leal - Foi uma delícia. Nós éramos como uma família, saíamos juntos nas cidades em que filmamos. Construímos de verdade uma relação de um grupo de amigos.

G1 - Durante a temporada que eles passaram no Brasil, houve algum caso de assalto, assassinato ou seqüestro de alguém da equipe?
Leal - Não [risos], não teve nenhum problema.

Link to post
Share on other sites

pior q a producao do filmeco tb criou um site pra promove-lo (www.paradisebrazil.com) como estrategia de marketing, e nele reune reportagens sobre crimes contra turistas no Brasil. No blog da página, internautas deixam comentários como 'acho que não vou mais para lá' ou 'acabei de marcar uma viagem - agora estou preocupado'..ou sejam criaram um site pra disseminar a ideia q roubo de orgaos de gringos é corriqueiro!!1106 Mas bastou o filme comecar capengando nas bilheterias q o site foi tirado do ar..06

 

A mesma estrategia foi usada na Bruxa de Blair, porem com outros resultados16
Link to post
Share on other sites

Olha esta reportagem da Folha de SP

 

 

"Turistas" é alvo de boicote na internet

Filme de terror americano que tem o Brasil como cenário para tráfico de órgãos motiva campanha em blogs e por e-mail

Obra será exibida no Brasil com mensagem que repudia a polêmica campanha de marketing americana' date=' que associa o Brasil à violência


LEONARDO CRUZ
EDITOR-ASSISTENTE DA ILUSTRADA

"NÃO ASSISTAM, NÃO DÊEM $$$ A UMA PRODUÇÃO QUE SÓ VISA ACABAR COM NOSSA IMAGEM." Esse é o trecho principal, em maiúsculas, de um manifesto que circula na internet pedindo boicote ao filme americano "Turistas", de John Stockwell.
Correntes de e-mails e blogs têm divulgado nos últimos dias uma mesma mensagem contra o filme de terror, que tem o Brasil como cenário e uma trama na qual um grupo de jovens vem ao país, é roubado, seqüestrado e cai nas mãos de uma quadrilha de tráfico de órgãos. Em "Turistas", cariocas falam espanhol, e selvas ficam ao lado de metrópoles.
A autoria do manifesto é incerta -nas correntes de e-mail, a mensagem é anônima; em blogs, o mesmo texto é assinado por mais de uma pessoa. A carta descreve o enredo de "Turistas", diz que "a Embratur está preocupada com a péssima repercussão do filme lá fora" e incita os destinatários: "Vamos fazer deste absurdo, pelo menos aqui no Brasil, um fracasso total de bilheteria".
"Turistas" estreou nos EUA na última sexta, sob críticas negativas dos principais jornais americanos -de modo geral, foi definido como "entediante". No final de semana em que estreou em pouco mais de 1.500 salas, o filme terminou em oitavo lugar no ranking de bilheterias, arrecadando U$ 3,5 milhões (quase R$ 8 milhões).

Mensagem ao público
A obra de John Stockwell chegará às principais capitais brasileiras em 16 de fevereiro, mas a Paris Filmes, sua distribuidora nacional, já enfrenta protestos contra o lançamento e prepara uma campanha para dissociar sua imagem da atual polêmica: promete inserir uma mensagem ao público no início do filme, dizendo ser contra peças publicitárias que manchem a imagem do Brasil.
"Jogaram o nosso país no lixo em um evento de marketing", critica Márcio Fraccaroli, diretor geral da Paris, em referência à divulgação de "Turistas" nos EUA pela distribuidora Fox Atomic, novo braço da Fox.
A campanha americana inclui o site Paradise Brazil (www.paradisebrazil.com), ligado à página oficial do filme. Além de mostrar mulheres mortas numa praia, o site traz a seção "Notícias", que destaca: 1) ações do PCC em São Paulo; 2) seqüestros no Brasil para tráfico de órgãos; 3) realização no país de "snuff movies", filmes em que cenas de mortes são reais; e 4) a revolução musical dos tropicalistas em 1967, incluindo um clipe de "Panis et Circensis", dos Mutantes.
Além disso, o trailer americano do filme começa com americanos se divertindo no Brasil e a frase: "Em um país onde tudo é possível, qualquer coisa pode acontecer".
Fraccaroli afirma que comprou os direitos de exibir "Turistas" no Brasil há dois anos, quando o roteiro estava pronto. "Sabia que o filme seria rodado em Ubatuba, mas não tinha idéia de que o país teria esse tratamento na divulgação. Enviei uma reclamação à Fox."

Potencial comercial
O diretor da Paris conta que a campanha brasileira de divulgação tratará "Turistas" como uma ficção, fugindo do mote explorado pelos americanos. Mas concorda que a polêmica aumenta o potencial comercial do filme. "Tudo o que é polêmico no Brasil faz sucesso."
Em nota divulgada na semana passada, a Embratur disse crer que "o espectador saberá diferenciar a realidade da ficção", mas que monitora a repercussão do filme nos EUA e trabalha para "reverter eventuais efeitos negativos".
Na última quinta, o ator Josh Duhamel, um dos protagonistas de "Turistas", disse no "talk show" de Jay Leno, na rede de TV dos EUA NBC, que o filme não quer afastar os estrangeiros do Brasil e pediu desculpas ao governo e aos brasileiros.

[/quote']

 

 
Link to post
Share on other sites
eu não achei essa tagline ofensivo


uma deputada comemorando a absolvição de um outro deputado acusado de corrupção com uma dancinha ridícula isso sim é ofensivo ao povo brasileiro

 

 Se bem me lembro essa figurinha se ferrou nas eleições... 06 A massa ignara tem memória curta, mas nem tanto.03

 Além disso, quando aquela imbecil fez sua coreografia em pleno plenário comemorando a absolvição abjeta de um coleguinha pilantra, ofendeu, mexeu e criou polêmica automática na sociedade como um todo. Você leu ou ouviu falar de alguém que tenha defendido aquele comportamento? 17

 I don't think so...

 Não devemos fechar nossos olhos para as pequenas coisas erradas e muito menos para as grandes.

 A tagline é ofensiva, sim! Pois é um cuspe pro alto. Um roto falando de um maltrapilho. Um cego zombando da cegueira de outro cego. Todos os primeiros "se achando" e sendo, na verdade, tão idiotas, rotos e cegos quanto os segundos!   

 
The Deadman2006-12-06 10:59:51
Link to post
Share on other sites

 

Dispensando seu escroto e medonho comentário inicial.  Mesmo porque ele é um reflexo do restante do seu post, que beira a estupidez de estereótipos, que levam a uma obvia generalização. <?:namespace prefix = o ns = "urn:schemas-microsoft-com:office:office" />

 

O estereotipo que criamos pode ou normalmente leva a generalização. Por que você acha que boa parte dos americanos são tão xenofobicos?

 

Eles acham, por exemplo, que um negro dirigindo um carrão é um ladrão de carros, e que latinos em grupo formam uma gang entre outras concitas.  Pense melhor a respeito sobre a maravilha dos estereótipos.

 

Aproveitando, o cinema brasileiro não é ruim. Já que isto é seu ponto de vista exclusivo. E ainda as fórmulas como a existência de finais felizes, a luta do bem e do mal, mocinho ou bandido são formulas do cinema comercial ou a velha fórmula hollywoodiana de cinema. E não é obviamente compatível aos demais cinemas do mundo. Embora algumas produções tentaram este absurdo. Estás fórmulas rendem boas verdinhas, pois são de fácil compreensão e elas buscam o fácil caminho do estereótipo. Afinal, seu público adora simplificação do que usar a massa encefálica.

 

 

---------------------------------------------------------------

Ou voce nao leu o que eu disse ou esta de brincadeira.

 

Onde foi que eu disse que o cinema brasileiro é ruim. Onde foi que eu disse que osfilmes supracitados eram de péssima qualidade?

 

Apenas disse que nós só exportamos filmes que mostram violencia, pobreza, marginalidade, roubos, tráfico e etc.

 

Produções como "Bicho de Sete Cabeças" ficam restritas a meia duzia de afortunados. E para que o Sr. nao axe que eu só gosto de "finais felizes" esse filme é triste em seu final e é um dos meus preferidos.

 

O meu comentário inicial foi desprezivel e escroto pra voce. Ora, me cite 5 grandes atitudes da EMBRATUR nos ultimos 5 anos. Não tem. Morei 4 anos na Itália e as unicas atrações turisticas que chegam lá são "Sambódramo no Carnaval" e " Cristo Redentor"

 

Ninguem conhece a Bahia e suas praias paradisiacas, o Nordeste como todo é desprezado. Mostrei algumas fotos minhas em Fernando de Noronha e Porto de Galinhas e eles achavam que era no Caribe.

 

Ora, isso é ou não é culpa da EMBRATUR, que nao se preocupa em espalhar e propagandear as coisas do nosso país?

 

Se meu post é idiota o que dizer do seu, que se basea numa interpretação erronea do que eu disse( além dos erros de concordância)?

 

Quando eu digo que o mundo só tem graça com as sátiras e estereótipos, é obviamente me referindo ao cinema. Voce fala do estereótipo dos americanos mas esquece que aqui no BRasil a coisa é tao feia quanto. Ou voce nunca percebeu que pra nós, preto rico é pagodeiro ou jogador de futebol?

 

E nao me venha com negocio de racismo pq vc nao sabe a minha cor. Se soubesse nao teria falado tanta bobagem sobre estereótipos.

 

Um abraço
Ferris Buller2006-12-06 12:26:50
Link to post
Share on other sites

 Mais uma vez, Plutão Orco escrevendo o que quer e lendo o que não quer... 3d56.

 

 PS: Apesar dos pesares, concordo com a atitude da Embratur. O fato dela não atuar do modo como esperamos (e deve) não a isenta de não se pronunciar e tentar fazer algo que alerte o possível público desse filme perante o que considera (com propriedade) como sendo uma afronta à imagem do nosso país. Principalmente, se considerarmos que é um orgão ligado à esfera Pública Nacional.       
Link to post
Share on other sites

O cara de cima falou: " Ninguem conhece a Bahia e suas praias paradisiacas, o Nordeste como todo é desprezado. Mostrei algumas fotos minhas em Fernando de Noronha e Porto de Galinhas e eles achavam que era no Caribe".

 

Eu também não sei que tem uma praia maravilhosa lá em Nova Dehli porque, o que eu vejo através dos filmes eh só miséria. E esse filme é pra mercado interno americano,  para o público imbecilóide, que se entope de pipoca, batata frita e refrigerante. 

 

Eu moro na Bahia e realmente aqui é um paraíso. Amo este lugar.
Link to post
Share on other sites

 

 

Ou voce nao leu o que eu disse ou esta de brincadeira.

 

Onde foi que eu disse que o cinema brasileiro é ruim. Onde foi que eu disse que osfilmes supracitados eram de péssima qualidade?

 

Apenas disse que nós só exportamos filmes que mostram violencia' date=' pobreza, marginalidade, roubos, tráfico e etc.

 

Produções como "Bicho de Sete Cabeças" ficam restritas a meia duzia de afortunados. E para que o Sr. nao axe que eu só gosto de "finais felizes" esse filme é triste em seu final e é um dos meus preferidos.

 

O meu comentário inicial foi desprezivel e escroto pra voce. Ora, me cite 5 grandes atitudes da EMBRATUR nos ultimos 5 anos. Não tem. Morei 4 anos na Itália e as unicas atrações turisticas que chegam lá são "Sambódramo no Carnaval" e " Cristo Redentor"

 

Ninguem conhece a Bahia e suas praias paradisiacas, o Nordeste como todo é desprezado. Mostrei algumas fotos minhas em Fernando de Noronha e Porto de Galinhas e eles achavam que era no Caribe.

 

Ora, isso é ou não é culpa da EMBRATUR, que nao se preocupa em espalhar e propagandear as coisas do nosso país?

 

Se meu post é idiota o que dizer do seu, que se basea numa interpretação erronea do que eu disse( além dos erros de concordância)?

 

Quando eu digo que o mundo só tem graça com as sátiras e estereótipos, é obviamente me referindo ao cinema. Voce fala do estereótipo dos americanos mas esquece que aqui no BRasil a coisa é tao feia quanto. Ou voce nunca percebeu que pra nós, preto rico é pagodeiro ou jogador de futebol?

 

E nao me venha com negocio de racismo pq vc nao sabe a minha cor. Se soubesse nao teria falado tanta bobagem sobre estereótipos.

 

Um abraço
[/quote']

 

Porque todo idiota que escreve tão mal quanto a minha pessoa vem me corrigir e nem ao menos aponta os erros para editar? 09

<?:namespace prefix = o ns = "urn:schemas-microsoft-com:office:office" />

 

Se for para fazer comparações de erros. Corrija as partes <?:namespace prefix = st1 ns = "urn:schemas-microsoft-com:office:smarttags" />em vermelho. Pois são erros em acentuação e uso de abreviações inadequadas.

 

Pulando esta parte chata. E tirando os sapos mortos ou homens mortos do caminho, vamos ao motivo de indignação da donzela.

 

Sabe ler? Vou aumentar mais o tamanho. Mas eu acho que você não sabe o que é generalização. Especialmente quando você usou o termo :“Nossos filmes só falam de ...” Entendeu ou vou ter que desenhar.

 

Por que hj nós recebemos menos turistas até do que a escrota Africa do Sul e do que o bizarro Marrocos.

E o nosso proprio Cinema fode tudo. Queremos ganhar o Oscar e olha só o que nós exportamos: CArandiru' date=' Central do BRasil e Cidade de Deus. Nossos filmes só falam de tragédias, pobreza, safadeza e cachorrada.

[/quote']

 

 

Para finalizar. Não me lembro de defender a EMBRATUR. E não me lembro nem de defender o Brasil, quanto mais uma empresa de turismo. Eu estou repudiando a sua atitude do e de achar, que outros lugares são desprezíveis. Uma típica mentalidade de uma pessoa sem informação. Para dizer o mínimo.07

Plutão Orco2006-12-06 16:20:49
Link to post
Share on other sites
resumindo...

 

muchadonothing.jpg

 

Também acho, que este burburinho todo é desnecessário.  Parece que aqui é cheio de fanáticos de filmes Z.07 E ai de quem torcer o nariz para o filme.

<?:namespace prefix = o ns = "urn:schemas-microsoft-com:office:office" />

 

Como eu falei, não vou perder tempo com um filme como este. Prefiro ver Fonte da Vida. Afinal, este filme já está saindo de cartaz ou está sendo pouco divulgado em detrimento de filmes comerciais como Turistas.

Link to post
Share on other sites
 

 

"Pulando esta parte chata. E tirando os sapos mortos ou homens mortos do caminho,..." [/quote']

 

 Não se irrite com minha intromissão, discípulo do Mestre Sapiente (esse sim, um Amfíbio 06)! Foi mal se meu corpo estirado no meio do tiroteio incomodou... 06 08

 Anyway, fique à vontade para contra-argumentar. Afinal, pular sapos ou cadáveres é tarefa simplória demais, não acha? 03 

 

 
Link to post
Share on other sites

Porra' date=' os caras querem fazer um filme satirizando o Brasil? Que façam. A culpa por eles terem essa imagem deturpada é deles ou nossa? A EMBRATUR ao invés de ficar fazendo essas patacoadas, essas presepadas, deveria se preocupar em desenvolver o turismo no Brasil. Por que hj nós recebemos menos turistas até do que a escrota Africa do Sul e do que o bizarro Marrocos.

[/quote']

 

Concordo com grande parte do que você disse, mas neste trecho você foi infeliz. Escrota África do Sul e bizarro Marrocos? 09 Acho que estas qualidade ficam para o Brasil, que apesar de possuir a natureza bela, não oferece um mínimo de infraestrutura para o turista. Uma viagem boa pelo nordeste fica quase o preço de uma viagem ao exterior...

Mas Marrocos e África do Sul bizarros e escrotos? Até bem pouco tempo atrás, o único hotel "seis estrelas" ficava na África do Sul, e Marrocos é cheio de coisas interessantes, inclusive Casablanca.
Link to post
Share on other sites
Eu' date=' por exemplo quando assisti O albergue fiquei apavorada com aquele leste europeu. Entenderam qual a ideia? Eles se acham o dono do mundo e achincalham os outros paises. São burros, não sabem nem onde fica o Brasil e a maioria acha que falamos espanhol. Eh um povo na maioria ignorante, com pouca cultura, que vive em um redoma. Não aprendem sobre a cultura de outros paises, pois ediam ver filmes legendados.[/quote']

 

Tia Bia, menos... me espanta alguém com a sua destreza em diversos assuntos considerados tabus se portar de maneira tão ingênua e manipuladora... Medo do Leste Europeu por causa de O Albergue? Pfffff...

 

06
Link to post
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

Loading...

Announcements


×
×
  • Create New...