Jump to content
Forum Cinema em Cena
Cir-El

Shazam (2016)

Recommended Posts

2945343-seven_deadly_sins222.jpg?resize=

Antes de serem bloqueados pelo Vimeo, os testes vazados para Billy Batson em ”Shazam!” podem ter revelado uma informação muito importante do longa. Segundo informações do Comic Book, que teve acesso aos vídeos, os Sete Pecados Capitais, ou Sete Inimigos Mortais do Homem, foram citados como os vilões do roteiro.

De acordo com o site norte-americano, uma conversa entre Billy e o Mago Shazam revela que os Sete Pecados Capitais foram responsáveis pelas mortes de todos os outros magos, e agora, precisava de um campeão para evitar que a Terra fosse destruída por sua influência.

Caso não saiba, os Sete Pecados Capitais possuem corpo e vida próprios no universo do herói nos quadrinhos.

Naturalmente, a informação continua sendo tratada como rumor até o momento

 

FONTE: O VÍCIO

Share this post


Link to post
Share on other sites

essa produção é uma grande oportunidade para o DC Films.

bicho, o potencial de analogias é realmente vasto! Jail começou muito bem ao citar o clássico com o Tom Hanks, e temos ainda o tigre Tawky Tawny e as crianças que convivem com o Billy etc.

No caso de inclusão das crianças, há o paralelo possível com it e com stranger things, sim, mas.. 
Se o quinteto fosse apresentado na franquia Shazam, a comparação joga apenas contra?

Uma das alternativas é termos aqui um casal ou duas meninas, no primeiro filme. E os três meninos podem ser apenas citados para uso futuro.

On 03/09/2017 at 11:55 AM, Questão said:

o pai do Batman virar o Comediante, o pai do Flash virar o Dr. Manhattan, e o irmão do Aquaman virar o Coruja

Lembram se algum parente do Billy se encaixaria com
o Matthew Goode, que interpretou o Adrian Veidt? Pode ser uma boa para o elenco.

dia desses fui ler finalmente "Before Watchmen: Ozymandias" e percebi que o Bubastis, tigre do Veidt, pode ter influência do Battle Cat (Gato Guerreiro), transformado pelo He-Man a partir do preguiçoso Garfield Cringer (Pacato). Esse universo da Mattel pertence hoje à DC e foi criado em 81, cinco anos antes da publicação dos quadrinhos do Alan Moore.

Adrian se considera um rei, e Adam é o príncipe de Eternia. Os dois têm tigre de estimação.
então é possível brincar com isso usando exatamente o Tawky Tawny. Nos quadrinhos, uma das versões do Tawny era transformado a partir de um boneco da irmã de Billy, em referência ao Hobbes (Haroldo), tigre de pelúcia do Calvin - a primeira tirinha foi publicada em 85. Inclusive, foi nessa mesma fase de Shazam que apenas algumas pessoas conseguiam enxergar o Tawky Tawny em sua forma real (outra referência, pois o leitor vê e "escuta" o Haroldo como seu amigo Calvin imagina). 

A franquia do Shazam (não necessariamente no primeiro filme) pode apresentar o Tawny como uma referência ao abuso contra o que é inocente. O tigre pode ser tão antigo quanto Black Adam e o acompanhar. Porém, na medida em que o anti-herói se corrompe, o tigre começa a sofrer certa dose de maus tratos e abandona Adam durante o primeiro embate com Shazam, após tentar proteger as crianças. Aqui, o ego de Adam expulsa a consciência (o tigre Tawny).

Bubastis é geneticamente modificado, Haroldo fala apenas na imaginação do Calvin, e o Gato Guerreiro é valente apenas quando transformado. Dependendo do ângulo, tudo é encaixável com a temática da transformação proposta pela invocação "Shazam".

Em resumo:

Calvin / Hobbes
=
Black Adam / Tawky Tawny
=
Adrian Veidt / Bubastis
=
Prince Adam / Battle Cat

Share this post


Link to post
Share on other sites
3 hours ago, primo said:

No caso de inclusão das crianças, há o paralelo possível com it e com stranger things, sim, mas.. 
Se o quinteto fosse apresentado na franquia Shazam, a comparação joga apenas contra?

 Não necessariamente, creio eu. Até por que depende de que tipo de dinâmica eles vão utilizar. No caso dos Novos 52, que é de onde existe essa versão da galera do lar adotivo, o Billy é um menino bem rebelde, que demora bastante pra aceitar a sua nova família, até por que ele é meio egoísta e grosso com os amigos, no começo.

  Alias, uma questão interessante é qual versão do Billy que vão usar, se é a versão pós crise, que é um moleque mais gente boa, que depois da morte dos pais é adotado pelo "Tio Dudley", o zelador da escola, e busca Mary, a irmã desaparecida, ou se é a versão mais rebelde dos Novos 52, que tem a galera do lar adotivo (entre elas a Mary, que nessa versão não é irmã do Billy).

3 hours ago, primo said:

Uma das alternativas é termos aqui um casal ou duas meninas, no primeiro filme. E os três meninos podem ser apenas citados para uso futuro.

 É possível, mas não vejo exatamente uma necessidade. Até por que acho que a dinâmica do grupo poderia ser trabalhada de forma diferente, e seria uma história mais focada no Billy do que no grupo em si.

 

3 hours ago, primo said:

dia desses fui ler finalmente "Before Watchmen: Ozymandias" e percebi que o Bubastis, tigre do Veidt, pode ter influência do Battle Cat (Gato Guerreiro), transformado pelo He-Man a partir do preguiçoso Garfield Cringer (Pacato). Esse universo da Mattel pertence hoje à DC e foi criado em 81, cinco anos antes da publicação dos quadrinhos do Alan Moore.

Adrian se considera um rei, e Adam é o príncipe de Eternia. Os dois têm tigre de estimação.
então é possível brincar com isso usando exatamente o Tawky Tawny. Nos quadrinhos, uma das versões do Tawny era transformado a partir de um boneco da irmã de Billy, em referência ao Hobbes (Haroldo), tigre de pelúcia do Calvin - a primeira tirinha foi publicada em 85. Inclusive, foi nessa mesma fase de Shazam que apenas algumas pessoas conseguiam enxergar o Tawky Tawny em sua forma real (outra referência, pois o leitor vê e "escuta" o Haroldo como seu amigo Calvin imagina). 

A franquia do Shazam (não necessariamente no primeiro filme) pode apresentar o Tawny como uma referência ao abuso contra o que é inocente. O tigre pode ser tão antigo quanto Black Adam e o acompanhar. Porém, na medida em que o anti-herói se corrompe, o tigre começa a sofrer certa dose de maus tratos e abandona Adam durante o primeiro embate com Shazam, após tentar proteger as crianças. Aqui, o ego de Adam expulsa a consciência (o tigre Tawny).

Bubastis é geneticamente modificado, Haroldo fala apenas na imaginação do Calvin, e o Gato Guerreiro é valente apenas quando transformado. Dependendo do ângulo, tudo é encaixável com a temática da transformação proposta pela invocação "Shazam".

Em resumo:

Calvin / Hobbes
=
Black Adam / Tawky Tawny
=
Adrian Veidt / Bubastis
=
Prince Adam / Battle Cat

 

 Pô, interessante isso ai, hein? Nesse caso, Tawny seria um tigre que acompanharia o The Rock desde os seus tempos no Egito, e com quem o anti herói compartilhou os seus poderes? Mas no caso teria que ser em um segundo filme, já que a princípio o Adão Negro não estaria nesse primeiro filme.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Shazam | Diretor do longa posta foto da pré-produção com coordenador dos filmes da DC

POR
 PEDRO VIEIRA
 -
 25/09/2017
 
 
 
  
shazam_cover_h_2016-696x477.jpg Shazam
 

Ouça este conteúdo

0:00

 
 

00:48

 
 
 

O diretor David F. Sandberg divulgou hoje em seu Instagram uma foto da pré-produção de Shazam, seu filme de super-herói para a DC Comics. O detalhe fica por conta da foto mostrar Geoff Johns, mente que tem estado por trás da coordenação dos filmes da DC desde Mulher-Maravilha.

?dc=5550003218;ord=1506395008210

shazam

As filmagens de Shazam devem começar em 5 de fevereiro de 2018, em Toronto (Canadá).

A história de Shazam mostrará um jovem garoto que, graças a uma magia misteriosa, consegue se transformar em um herói poderoso. Darren Lemke, roteirista de Jack, o Caçador de Gigantes e Turbo, escreve o longa do Shazam.

 

Shazam tem estreia marcada para 5 de abril de 2019.

 

FONTE: OBSERVATÓRIO DO CINEMA

Share this post


Link to post
Share on other sites
On 22/09/2017 at 2:47 PM, Questão said:

versão pós crise, que é um moleque mais gente boa, que depois da morte dos pais é adotado pelo "Tio Dudley", o zelador da escola, e busca Mary, a irmã desaparecida, ou se é a versão mais rebelde dos Novos 52

acha possível uma junção?
Como poderia ser esse equilíbrio aqui? Digo, em prol de uma história que apresente bem o lar e os dilemas naturais de uma adoção para esse novo público.

Share this post


Link to post
Share on other sites
32 minutes ago, Questão said:

quais elementos

eis o problema, Questão... 

eu não conheço a trajetória do Billy em nenhuma das duas versões citadas.
Quais elementos você consegue trazer, assim, de bate-pronto, fora os já descritos aqui? Não me refiro necessariamente a situações, mas a características do personagem.

Share this post


Link to post
Share on other sites
On 22/09/2017 at 11:02 AM, primo said:

Lembram se algum parente do Billy se encaixaria com
o Matthew Goode, que interpretou o Adrian Veidt? Pode ser uma boa para o elenco.

 Hmmm. Para SHAZAM, não lembro de nenhum personagem que me faça lembrar o Goode. Talvez Victor Vasquez, um dos coordenadores do lar adotivo onde Billy vive na versão dos Novos 52, mas mesmo assim não sei se encaixa bem.

 

image.png.1d15caf81ebc529fae73017fbe579569.png

 

   

On 27/09/2017 at 11:02 AM, primo said:

eu não conheço a trajetória do Billy em nenhuma das duas versões citadas.
Quais elementos você consegue trazer, assim, de bate-pronto, fora os já descritos aqui? Não me refiro necessariamente a situações, mas a características do personagem.

 Acho que expus os principais. Mas fazendo uma rápida lista.

PERSONALIDADE- O Billy da Pós Crise era um menino mais gente boa, com uma personalidade mais gentil. O Billy dos Novos 52 já é um garoto mais problemático e antipático, e até egoísta de vez em quando,  sua marra fez com que passasse por vários lares adotivos até finalmente se estabilizar no lar dos Vasquez.

PASSADO- Na versão Pós Crise, os pais de Billy eram arqueólogos, e foram assassinados por Tech Adam (alter ego do Adão Negro) que também tentou matar a irmã gêmea de Billy, Mary, que acabou fugindo para as ruas, e perdendo a memória devido aos seus ferimentos. Ela perdeu a memória, e acabou sendo resgatada e enviada para adoção. Encontrar Mary era uma das grandes metas de Billy no começo de suas aventuras como Shazam/Capitão Marvel. Na versão dos Novos 52, a profissão dos pais de Billy não é especificada, e eles não morrem assassinados, mas sim em um desastre aéreo.. Nessa versão, Mary não é irmã de Billy, mas sim mais uma das crianças que vive no lar adotivo dos Vasquez.

 DIA DIA- Na versão Pós Crise, Billy viveu por um tempo nas ruas após a morte de seu pai, onde trabalhou como jornaleiro. Posteriormente, ele foi acolhido pelo zelador da escola onde estudava, Dudley Dudson (o Tio Dudley) vivendo com ele por um tempo de forma irregular. Após ganhar os poderes de Shazam e recuperar parte de sua fortuna, Billy chegou a alugar um apartamento para si mesmo, usando sua versão adulta como "laranja". Durante esse período, ele conseguiu um trabalho em uma rádio da cidade, onde posteriormente conseguiria até mesmo um pequeno programa voltado para o publico jovem. Por fim, Billy acabou sendo adotado pelos Broomfield, que haviam adotado Mary, enfim regularizando a sua situação. Na versão dos Novos 52, Billy Batson não trabalha, apenas estuda (mal e porcamente). Ele também viveu nas ruas, mas mais por opção, pois acabava fugindo dos vários lares por onde passou (quando não era devolvido).

LOCALIZAÇÃO- As aventuras do Shazam Pós Crise se passavam na fictícia cidade de Fawcett City, que era a cidade onde ele nasceu e cresceu. Na versão Novos 52, o herói tem a Filadelfia como sua base de operações.

FAMÍLIA MARVEL- Na versão Pós Crise, Billy atua sozinho a maior parte do tempo. Mas em histórias posteriores, quando Billy estava em perigo, o mago Shazam concedeu a Mary parte de seus poderes, e ela passou a atuar ao lado do irmão sob o codinome de Mary Marvel. Mais pra frente, Billy conheceria um menino de saúde frágil chamado Freddy Freeman, que fica gravemente ferido e tem o avo morto durante uma luta de Shazam contra o Capitão Nazista. Billy concederia parte de seus poderes pra ajudar Freddy, que também ganhou poderes, e começou a atuar como o Capitão Marvel JR (ou CMJ como ele prefere). Diferente de Billy e Mary, Freddy não se torna um adulto quando se transforma, mantendo sua aparência, mas tem sua saúde perfeitamente restaurada.

Na versão Novos 52, tanto Mary quanto Freddy vivem no lar dos Vasquez quando conhecem Billy, juntamente com mais três outras crianças (Darda Dudley, Eugene Choi, e Pedro Peña). Billy pode conceder poderes a todos eles (já que passa a considera-los como família em seu íntimo) embora diferente do que acontece na Versão Pós Crise, os outros membros da Família Marvel só podem receber os seus poderes quando Billy os concede, e não invoca-los por si mesmos. Billy também enfraquece ao fazer isso, já que ele esta dividindo os próprios poderes, diferente da versão pós crise, onde ele não sofre nenhuma perda quando Mary ou Freddy estão transformados.

TAWKY TAWNY- Na versão pós crise, Tawky Tawny é o tigre de pelúcia de Mary, que por muito tempo se torna a unica lembrança que Billy tem da irmã. Tawky Tawny é trazido a vida pela magia do raio mágico de Shazam. Nos Novos 52, Tawky Tawny é um tigre de verdade, e Billy o visitava desde pequeno, quando ia ao zoológico da Filadelfia com os seus pais. Billy continuou a visitar Tawky depois de ficar orfão (o zoológico se tornou uma espécie de refúgio para o garoto). Por muito tempo, Billy considerou Tawky a unica família que lhe restou, e uma espécie de conexão com seus pais falecidos. Nessa versão, a magia de Shazam aumenta a inteligencia de Tawky, assim como o seu tamanho, embora ele não se transforme em uma figura humanoide, como acontece com as versões antigas do personagem.

Esses são os elementos que mais me lembro no momento, PRIMO.

 

 

  

Share this post


Link to post
Share on other sites

SHAZAM! – TESTES DE ELENCO PODEM TER REVELADO MAIS DETALHES DO FILME!

 1h  •   2 – Filme poderá trazer Shazam Jr. e ligações com Liga da Justiça!

POR GUSTAVO FIAUX → A Warner Bros. está se preparando ativamente para o desenvolvimento de outro filme para seu Universo Estendido da DC Comics, o longa solo do Shazam!, que deve começar a ser gravado no ano que vem. Por enquanto, o estúdio está selecionando atores para os papéis do filme, e agora temos uma nova fita de audição para um personagem chamado “Frank“, enviada pelo ator Brendan Heard e divulgada pelo Omega Underground.

A fita em questão revela que Frank é um garoto terminalmente doente e órfão, que Billy Batson vai encontrar ao longo de sua vida juvenil. Além disso, Frank é obcecado com super-heróis, o que fez alguns fãs especularem que pode se tratar de Freddy Freeman, Shazam Jr.!

No vídeo, o diálogo dito pelo ator pode revelar algumas conexões com Liga da Justiça, caso o roteiro seja o mesmo para o longa. Frank diz ser tão obcecado com super-heróis a ponto de ter um batarangue do Batman e uma bala de nove milímetros atirada no Superman.

http://legiaodosherois.uol.com.br/2017/shazam-testes-de-elenco-podem-ter-revelado-mais-detalhes-filme.html

Share this post


Link to post
Share on other sites

Shazam! | John Cena não deve protagonizar novo filme da DC

Site confirmou que lutador e ator teve reunião, mas não está na lista final
03/10/2017 - 9:29 - CAMILA SOUSA
 
Capa02.jpg
 

Segundo informações do PW Insider (via Latino Review), John Cena não deve protagonizar Shazam!, o próximo filme da DC. O site afirma que o lutador e ator se encontrou com o diretor David F. Sandberg, mas não está na lista final para o papel.

Os primeiros rumores sobre Cena no longa surgiram em setembro e a possibilidade animou os fãs, já que Dwayne Johnson vai interpretar o vilão Adão Negro e os lutadores foram rivais na vida real no WWE.

Nas HQs, toda vez que profere a palavra "Shazam", o jovem Billy Batson sofre a mais notável das transformações: de um pirralho insignificante, torna-se um adulto, cujo nome é um acróstico formado pelas iniciais de Salomão, Hércules, Atlas, Zeus, Aquiles e Mercúrio. Nos quadrinhos, Shazam já demonstrou ser capaz de brigar de igual para igual com Superman, com seus poderes de relâmpagos. A estreia do filme é prevista para 2019.

 

FONTE: OMELETE

Share this post


Link to post
Share on other sites

Rumores sugerem que produção terá membros da família do herói

Nome de personagens seriam correspondentes a Eugene Choi, Pedro Pena e Darla Dudley
 
Rumores sugerem que Shazam! terá membros da família do herói. De acordo com o That Hashtag Show, os personagens são descritos da seguinte maneira:

Daniel: 11 anos, coreano. É um garoto esperto, interessado em videogames e livros de não-ficção.

Carlos: 15 anos, hispânico, acima do peso e com asma. Carlos é muito tímido e doce.

Suzy: entre 8 e 10 anos, afro-americana. Uma menina doce e alegre com óculos e coleiras.

Segundo o site, os nomes são códigos para os personagens Eugene Choi, Pedro Pena e Darla Dudley, respectivamente.

Share this post


Link to post
Share on other sites
On 30/09/2017 at 1:30 PM, Questão said:

Victor Vasquez, um dos coordenadores do lar adotivo

Goode parece se encaixar no papel, Questão! Dependendo da abrangência, pode ficar interessante

Sobre as características do Billy e do cenário, pensei no seguinte:

Sugiro então o uso desses dois tipos de personalidade, o do pós-Crise e o do pós-Flashpoint, mas não tão no limite para se encaixarem como etapas que remetem a fases distintas da trajetória, tendo o Billy arredio como reflexo das experiências negativas em lares anteriores. Não que seja necessário mostrar as experiências. 
O gentil Billy seria o real, que se torna selvagem – fazer paralelo com o tigre, talvez -, até ser “domesticado” pelos Vasquez e ganhar a amizade do quinteto (Mary, Pedro etc.).
Sobre os pais falecidos, creio que seja uma boa retirar a influência deles na história do garoto com Adam, até para evitar paralelos com os erros da bilogia Amazing Spider.
Acredito que, no cinema, Dudley poderia ser uma das formas humanas do tigre. Um rastaman com ar intelectual como na animação “The return of Black Adam” é opção. A conexão pode ajudar a não soar aleatória a chegada das habilidades a Billy, com Tawny acompanhando de certo parte da vida do garoto, como na época em que foi zelador da escola.


Acredito que a fase vendendo jornal na rua é interessante, mas o lar dos Vasquez não permite, e o relutante Billy precisa se acostumar com os estudos na Filadélfia. Quem sabe o filme não faz algumas belas referências ao Rocky Balboa?
Creio que a habilidade de conceder poderes a outros e, assim, ficar menos poderoso (isso é bom), pode ser descoberta apenas no terceiro ato.
 

Share this post


Link to post
Share on other sites
6 hours ago, primo said:

Goode parece se encaixar no papel, Questão! Dependendo da abrangência, pode ficar interessante
 

De fato, pensando bem, poderia ser uma possibilidade interessante.

 

6 hours ago, primo said:

Sugiro então o uso desses dois tipos de personalidade, o do pós-Crise e o do pós-Flashpoint, mas não tão no limite para se encaixarem como etapas que remetem a fases distintas da trajetória, tendo o Billy arredio como reflexo das experiências negativas em lares anteriores. Não que seja necessário mostrar as experiências. 
O gentil Billy seria o real, que se torna selvagem – fazer paralelo com o tigre, talvez -, até ser “domesticado” pelos Vasquez e ganhar a amizade do quinteto (Mary, Pedro etc.).

Gosto dessa ideia de fazer parte da jornada dramática de Billy a descoberta de uma bondade interior por trás da postura inicialmente marrenta e egoísta. É um arco simples, mas bastante funcional.

 

6 hours ago, primo said:

Acredito que, no cinema, Dudley poderia ser uma das formas humanas do tigre. Um rastaman com ar intelectual como na animação “The return of Black Adam” é opção. A conexão pode ajudar a não soar aleatória a chegada das habilidades a Billy, com Tawny acompanhando de certo parte da vida do garoto, como na época em que foi zelador da escola.

Pode elaborar um pouco mais esse ponto, PRIMO? No caso, você sugere fundir os personagens de Dudley e Tawny, certo? Nesse caso, Billy seria "pré selecionado" pelo Tigre em forma humana a ganhar uma conferência com o Mago, tal como na citada animação com o Superman?

 

7 hours ago, primo said:

Quem sabe o filme não faz algumas belas referências ao Rocky Balboa?

Isso seria fantástico!

 

7 hours ago, primo said:


Creio que a habilidade de conceder poderes a outros e, assim, ficar menos poderoso (isso é bom), pode ser descoberta apenas no terceiro ato.

Parece o melhor momento mesmo, mas com o devido cuidado de não tirar de Billy a descoberta do próprio heroísmo e do senso de responsabilidade de que no final do dia, a responsa de ser o campeão de Shazam pertencem a ele.

Share this post


Link to post
Share on other sites
1 hour ago, Questão said:

responsa de ser o campeão de Shazam pertencem a ele

Mas não pode ser exatamente esse o grande trunfo do filme? Digo, não seria o caso de subverter esse conceito individual da superação e tornar esse um herói maior por justamente fazer outra escolha, ao ser o outro lado da moeda, longe do estilo de superação que corrompeu Adam?

O filme pode pavimentar um caminho Neymar para o garoto, o que preocupa Tawny. Ao fim, influenciado pelos amigos do novo lar, ele abre mão da glória, e o público acredita que perderá o posto, que o mago o substituirá. Mas confiar no outro e priorizar certa glória compartilhada é a grande prova que o mago espera de Billy.

Share this post


Link to post
Share on other sites
On 13/10/2017 at 6:38 PM, primo said:

Mas não pode ser exatamente esse o grande trunfo do filme? Digo, não seria o caso de subverter esse conceito individual da superação e tornar esse um herói maior por justamente fazer outra escolha, ao ser o outro lado da moeda, longe do estilo de superação que corrompeu Adam?

O filme pode pavimentar um caminho Neymar para o garoto, o que preocupa Tawny. Ao fim, influenciado pelos amigos do novo lar, ele abre mão da glória, e o público acredita que perderá o posto, que o mago o substituirá. Mas confiar no outro e priorizar certa glória compartilhada é a grande prova que o mago espera de Billy.

  Sim, o momento em que Billy compartilha os seus poderes com as outras crianças pode ser uma parte importante da jornada de Billy para se provar digno de ser o Campeão de Shazam, além de finalmente reconhecer os seus amigos do lar adotivo como família de fato. Mas no final do dia, a responsa ainda tem que ser do Billy de alguma forma, creio eu. Afinal, o Mago não elegeu uma equipe, elegeu um campeão específico. A "Família Shazam" não pode se tornar a regra se é que me entende, e sim um recurso em caso de necessidade, que Billy usa para poder proteger os amigos. Por exemplo, em uma sequência, se Billy tem que sair em missão para o Mago, ele não automaticamente levaria a "família". Assim como em uma eventual participação em uma sequência de LIGA DA JUSTIÇA, Billy que integraria o grupo, e não todas as crianças. O que estou querendo dizer, é que Billy pode (e acho que deve. pois gostei bastante da ideia) estar disposto a compartilhar a gloria, mas a responsabilidade, o peso, ele tem que reivindicar para si, até como parte de sua jornada de se livrar do seu egoismo inicial. Não sei se me expressei bem:D, mas é mais ou menos por ai, creio eu.

Share this post


Link to post
Share on other sites
On 15/10/2017 at 10:59 PM, Questão said:

Billy pode (e acho que deve. pois gostei bastante da ideia) estar disposto a compartilhar a gloria, mas a responsabilidade, o peso, ele tem que reivindicar para si

Sim, e como parte desse processo em que concede habilidade a alguém no fim do filme, a diminuição de seu próprio poder significaria certo sacrifício, pelo risco da vulnerabilidade e até consequentes ferimentos, com possíveis cicatrizes no herói. 

Ah, o lance do tigre ser o zelador é o da sua interpretação mesmo.

então, vai uma pergunta:
Alguma proposta de trajetória que o tigre teria,
das antiga como parceiro do Adam até ser investigador a serviço do mago?

On 13/10/2017 at 5:12 PM, Questão said:

Isso seria fantástico!

É possível resgatar algumas do vídeo abaixo!

No início, Balboa pega uma fruta que o feirante joga. Talvez essa corridinha passando pela feira e por pontos turísticos da cidade pode ajudar a vender a imagem de um garoto que conhece algumas pessoas em guetos etc.

 

Share this post


Link to post
Share on other sites
On 16/10/2017 at 8:21 AM, primo said:

Sim, e como parte desse processo em que concede habilidade a alguém no fim do filme, a diminuição de seu próprio poder significaria certo sacrifício, pelo risco da vulnerabilidade e até consequentes ferimentos, com possíveis cicatrizes no herói. 

 

Ai é interessante, hein? A Família Shazam ajuda Billy em um primeiro momento durante o climax, e depois ele precisa se colocar em alguma situação arriscada, maa se recusa a pegar de volta os poderes de seus amigos, pois isso podia coloca-los em risco naquele momento.

 

On 16/10/2017 at 8:21 AM, primo said:

Sim, e como parte desse processo em que concede habilidade a alguém no fim do filme, a diminuição de seu próprio poder significaria certo sacrifício, pelo risco da vulnerabilidade e até consequentes ferimentos, com possíveis cicatrizes no herói. 

Ah, o lance do tigre ser o zelador é o da sua interpretação mesmo.

 

É? Hehehe

On 13/10/2017 at 10:05 AM, primo said:


Acredito que, no cinema, Dudley poderia ser uma das formas humanas do tigre. Um rastaman com ar intelectual como na animação “The return of Black Adam” é opção. A conexão pode ajudar a não soar aleatória a chegada das habilidades a Billy, com Tawny acompanhando de certo parte da vida do garoto, como na época em que foi zelador da escola.
 

 

On 16/10/2017 at 8:21 AM, primo said:


Alguma proposta de trajetória que o tigre teria,
das antiga como parceiro do Adam até ser investigador a serviço do mago?

É possível resgatar algumas do vídeo abaixo!

 

Talvez, ao invés de conhecer Billy como um tigre comum, tal como no pós Flashpoint, ele teria conhecido o escravo Adam, antes de ser transformado pela magia do Mago Shazam?

 

 

Share this post


Link to post
Share on other sites
5 hours ago, Questão said:

Ai é interessante, hein? A Família Shazam ajuda Billy em um primeiro momento durante o climax, e depois ele precisa se colocar em alguma situação arriscada, maa se recusa a pegar de volta os poderes de seus amigos, pois isso podia coloca-los em risco naquele momento (...) Talvez, ao invés de conhecer Billy como um tigre comum, tal como no pós Flashpoint, ele teria conhecido o escravo Adam, antes de ser transformado pela magia do Mago Shazam?

Pra ver se eu entendi:
o Adam e o Tawny versão tigre quatro patas no chão que não fala mas tem certa consciência são parceirão nas antiga, antes do Adam se corromper. O tigre abandona Adam, passa um tempo vagando por aí até ser recrutado pelo mago, que lhe concede a forma humana como ferramenta para investigar "soldados" em potencial para a causa Shazam.

Por mim, fechou! B) Faltaria apenas conseguir um modo de encaixar a referência Calvin e tigre de pelúcia da Mary

Share this post


Link to post
Share on other sites

Create an account or sign in to comment

You need to be a member in order to leave a comment

Create an account

Sign up for a new account in our community. It's easy!

Register a new account

Sign in

Already have an account? Sign in here.

Sign In Now

×