Jump to content
Forum Cinema em Cena
Dinhow

Oscar 2016: Previsões

Recommended Posts

ASC winners:

 

Theatrical Motion Picture:

 

“Bridge of Spies” (Janusz Kaminski)
“Carol” (Ed Lachman)
“Mad Max: Fury Road” (John Seale)
WINNER: “The Revenant” (Emmanuel Lubezki)
“Sicario” (Roger Deakins)


ASC Spotlight Award:

 

WINNER (TIE!): Adam Arkapaw, Macbeth and Mátyás Erdély, Son of Saul

 

Lifetime Achievement Award: John Toll


ASC Bud Stone Award of Distinction Winner: Grover Crisp

 

Television

 

WINNER: “Marco Polo” – “The Fourth Step” (Vanja Cernjul, ASC, HFS)
“12 Monkeys” – “Mentally Divergent” (David Greene, CSC)
“Gotham” – “Strike Force” (Christopher Norr)
“Gotham” – “Scarification” (Crescenzo Notarile, ASC, AIC)
“Game of Thrones” – “Hardhome” (Fabian Wagner, BSC)

 

The nominees for television movie, miniseries or pilot are:

“Blindspot” pilot (Martin Ahlgren)
WINNER: “Casanova” (Pierre Gill, CSC)
“The Man in the High Castle” pilot (James Hawkinson)
“Bessie” (Jeffrey Jur, ASC)
“Marco Polo” pilot (Romain Lacourbas)

Share this post


Link to post
Share on other sites

Esta temporada louca, ao final das contas, provará se o escolhido pelo voto preferencial do PGA pode não ser o vencedor de Best Picture no Oscar.

 

O filme do Iñárritu (cine com ñ, como dizem os mexicanos) é hoje o filme "sério" (expressão americana) mais visto no mundo todo, constituiu-se um enorme sucesso de bilheteria. Recebeu um gás nessa reta final que está levando tudo. DGA, vale dizer, o segundo prêmio mais importante. E depois seguiram-se outros feitos. Nunca um vencedor do BAFTA falhou em ser indicado a Roteiro. "The Revenant" quebrou essa regra: ganhou sem texto, ganhou com um fiapo de história.  Há alguns meses todos apostavam em John Seale no sindicato dos fotógrafos,porque 3 prêmios em sequência para o Lubezki seria de mais...E essa então verdade mostrou-se um falso. Levou o BAFTA e levou o ASC. Chivo vai fazer história! 

 

 A questão é: Se "The Revenant" vai vencer Best Picture por que  raios não levou o PGA? Sasha Stone até semana passada ainda estava com "The Big Short", e levantava a teoria de que "The Revenant" é muito divisivo para um sistema de votação preferencial. Divisivo, segundo ela, porque bastaria irmos ao Rotten Tomatoes para ver que dos 4 filmes mais fortes na corrida, o filme de DiCaprio era o que tinha críticas piores ("The Revenant", 84; "The Big Short, 88; "Spotlight", 94; "Mad Max: Fury Road", 97) . Essa tese foi contestada por Pete Hammond por que, afinal , desde quando Rotten Tomatoes é termômetro de alguma coisa? Nele "Spotlight" é um dos mais queridos, mas, convenhamos, claro que um grupo de jornalistas vai gostar mais de um filme de jornalismo. Evidentemente, são votantes diferentes.

 

Bom, eu não sei se "The Revenant" é tão divisivo assim como falam. Todo mundo que eu converso amou o filme, inclusive mulheres. E eu não conheço ninguém que aaaaameeeee "The Big Short". Eu adorei o filme, reconheço muitos méritos, mas "The Revenant" é mais Oscar`s face. Sem pestanejar. Outra coisa que muitos estão desconsiderando: a tendência histórica de Melhor Filme acompanhar Melhor Ator. O mundo todo está contando os dias para ver o DiCaprio finalmente premiado no Oscar e acabar com a multiplicação de memes de sofrência. O gás que DiCaprio dá hoje ao filme é algo notável. Algo que a série de prêmios dados a Brie Larson, em uma escala menor, conseguir fazer com "Room". O filme antes das indicações não tinha conseguido se pagar e hoje já fez 24 milhões.

 

Os prêmios do Sindicato dos Roteiristas sinalizando quais serão seus futuros oscarizados meio que sinalizaram que  as estatuetas serão prêmios de consolação para "The Big Short" e "Spotlight". Eu não vejo "Spotlight" vencendo Best Picture com apenas Roteiro Original. Nem vejo "The Big Short" vencendo Best Picture só com Roteiro Adaptado. Best Editing no BAFTA foi para "Mad Max", senhora Margaret Sixel, e não para Hank Corwin, no primeiro grande e importante confronto dos dois. Eu já me manifestei aqui que um filme ter apenas 5 indicações e ainda assim levar Best Picture não entra na minha cabeça, quanto mais só conquistar dois. Teríamos que ir até "O Grande Espetáculo da Terra", 1953, para encontrar um vencedor com duas estatuetas. Os mais afoitos especialistas de Oscar já dizem até que "The Revenant" vai é papar tudo, inclusive Ator Coadjuvante. Sintam o gás do filme neste reta final.

 

Enfim, amigos, o PGA estará errado? É possível vencer Melhor Filme, no novo sistema, sem vencer o PGA?

 

Esta é a grande resposta que o Oscar 2016 dará a todos os Oscarwatchers.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Que coisa, e eu nem achei The Revenant tudo isso não, quando mais eu penso no filme mais eu encontro defeitos !!! Vocês devem achar que não gostei do filme, mas eu gostei SIM, só que acho que tem outros muito melhores !!

 

Minha lista

1 - Mad Max

2 - Spotlight

3 - Room

4 - The Revenant

5 - The Big Short

6 - Brooklyn (trocaria por Carol)

7 - Ponte dos Espiões (trocaria por O Filho de Saul)

8 - Perdido em Marte (trocaria por Os Oito Odiados)

 

No mais, estou feliz com essa temporada !! Ano passado eu sofri tendo que ver filmes que detestei como "A Teoria de Tudo", "O Jogo da Imitação", "Sniper Americano". E não vibrei tanto com filmes como "Whiplash" e "O Grande Hotel Budapeste" como a maioria das pessoas...

Share this post


Link to post
Share on other sites

Que coisa, e eu nem achei The Revenant tudo isso não, quando mais eu penso no filme mais eu encontro defeitos !!! Vocês devem achar que não gostei do filme, mas eu gostei SIM, só que acho que tem outros muito melhores !!

 

Minha lista

 

1 - Mad Max

2 - Spotlight

3 - Room

4 - The Revenant

5 - The Big Short

6 - Brooklyn (trocaria por Carol)

7 - Ponte dos Espiões (trocaria por O Filho de Saul)

8 - Perdido em Marte (trocaria por Os Oito Odiados)

 

No mais, estou feliz com essa temporada !! Ano passado eu sofri tendo que ver filmes que detestei como "A Teoria de Tudo", "O Jogo da Imitação", "Sniper Americano". E não vibrei tanto com filmes como "Whiplash" e "O Grande Hotel Budapeste" como a maioria das pessoas...

Filmes como esse a gente ve direto na Sessao da Tarde hehe

Share this post


Link to post
Share on other sites

Makeup Artists and Hair Stylists Guild Awards:

 

  • Feature Film

Feature Motion Picture: Best Period and/or Character Makeup

Mad Max: Fury Road , Makeup Artists: Lesley Vanderwalt, Nadine Prigge, Ailie Smith

 

Feature Motion Picture: Best Period and/or Character Hair Styling

Cinderella , Hair Stylists: Carol Hemming, Orla Carroll, Wakana Yoshihara

 

Feature Motion Picture: Best Special Makeup Effects

Mad Max: Fury Road , Makeup Artists: Damian Martin, Elka Wardega, Jaco Snyman

 

Feature Motion Picture: Best Contemporary Makeup

Furious 7 , Makeup Artists: James MacKinnon, Autumn Butler, Roxy D’Alonzo

 

Feature Motion Picture: Best Contemporary Hair Styling

Pitch Perfect 2 , Hair Stylists: Cheryl Marks, Meagan Herrera, Daina Daigle

 

  • Television

Television and New Media Series: Best Contemporary Makeup

Dancing with the Stars (WINNER), Makeup Artists: Zena Shteysel, Angela Moos, Patti Bortol

Television and New Media Series: Best Contemporary Hairstyling

Dancing with the Stars (WINNER), Hair Stylists: Mary Guerrero, Kimi Messina, Jennifer Guerrero

Television and New Media Series: Best Period and/or Character Makeup

Game of Thrones , Makeup Artist: Jane Walker

Television and New Media Series: Best Period and/or Character Hair Styling

Game of Thrones , Hair Stylists: Kevin Alexander, Candice Banks

Television and New Media Series: Best Special Makeup Effects

The Walking Dead , Makeup Artists: Greg Nicotero, Garrett Immel

Television Miniseries: Best Contemporary Makeup

Scream Queens , Makeup Artists: Eryn Krueger Mekash, Kelley Mitchell, Melissa Buell

Television Miniseries: Best Period and/or Character Makeup

American Horror Story: Hotel , Makeup Artists: Eryn Krueger Mekash, Kim Ayers, Sarah Tanno

Television Miniseries: Best Period and/or Character Hair Styling

American Horror Story: Hotel , Hair Stylists: Monte C Haught, Darlene Brumfield, Frederic Asperas

Television Miniseries: Best Special Makeup Effects

American Horror Story: Hotel , Makeup Artists: Eryn Krueger Mekash, Michael Mekash, David Anderson

  • Commercials

Commercials and Music Videos: Best Makeup

American Horror Story: Hotel Promo , Makeup Artists: Kerry Herta, Jason Collins

Commercials and Music Videos: Best Hair Styling

American Horror Story: Hotel Promo, Hair Stylists: Nicole Alkire, Marissa Smith

  • Theatrical

Theatrical Production: Best Makeup

Alice in Wonderland, Makeup Artists: Vanessa Dionne, Rheanne Garcia, Deborah Bryan

Theatrical Production: Best Hair Styling

Alice in Wonderland, Hair Stylists: Vanessa Dionne, Cassandra Russek

  • Children and Daytime

Children and Teen Programming: Best Makeup

Henry Danger, Makeup Artists: Michael Johnston, Patti Brand Reese

Children and Teen Programming: Best Hair Styling

Henry Danger, Hair Stylists: Joe Matke, Roma Goddard

Daytime Television: Best Makeup

The Young and the Restless, Makeup Artists: Patricia Denney, Marlene Mason, Kathy Jones

Daytime Television: Best Hair Styling

The Real, Hair Stylist: Roberta Gardener Rogers

Share this post


Link to post
Share on other sites

Cinema Audio Society (CAS) Awards:

( 52ª edição desta premiação)

 

LIVE ACTION FILM

The Revenant
Production Mixer — Chris Duesterdiek
Re-recording Mixer — Jon Taylor, CAS
Re-recording Mixer — Frank Montaño
Re-recording Mixer — Randy Thom, CAS
Scoring Mixer — Conrad Hensel
ADR Mixer — Michael Miller, CAS
Foley Mixer — Geordy Sincavage

ANIMATED FILM

Inside Out
Original Dialogue Mixer — Doc Kane
Re-recording Mixer — Tom Johnson
Re-recording Mixer — Michael Semanick
Scoring Mixer — Joel Iwataki
Foley Mixer — Mary Jo Lang, CAS

Share this post


Link to post
Share on other sites

Venho um pouco atrasado, por causa das estreias na Espanha.

 

Mas minha ordem dos indicados a melhor filme:

 

1. Mad Max

2. Room

3. The Revenant

4. Spotlight

5. The Big Short

6. The Martian

7. Brooklyn

8. Bridge of Spies

 

Eu botaria Carol, Inside Out e Youth nessa lista aí, no lugar dos três últimos.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Percebo que todo mundo tem gostado muito de "Room", eu também gostei bastante, principalmente do Jacob Tremblay , que, pra mim, deu a melhor atuação do ano, no geral.

Só recomendaria a vocês que gostaram do filme que lessem o livro, pois é ainda melhor. A parte do quarto é mais extensa, com mais tiradas engraçadíssimas, é um show de criatividade da Emma Donoghue. Entre 35 obras lidas, foi o melhor livro que eu li em 2015. 

Share this post


Link to post
Share on other sites

Eu acabei de ver Room. Larson é "lock", talvez roteiro e não vou ficar surpreso se terminar também com Melhor Filme. Trembley foi um "snub" total. Deve ser o personagem mais difícil do ano, atuado com maestria e nas mãos de uma criança ainda por cima.

 

A sorte é do DiCaprio que não está concorrendo com o muleque.

 

Com certeza pretendo conferir o livro.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Tu pediu Prologue, Sergio, e agora tá disponível no Vimeo (https://vimeo.com/ondemand/theoscarshorts), junto com o pacotão de curtas. São 8 curtas indicados. Sanjay super team tava no cinema. We can't live without cosmos tá disponivel pra streaming na internet. Os únicos 3 filmes que ainda não achei são os 3 curtas doc da HBO, porque os outros curtas doc estão na Netflix Americana.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Valeu pela dica, Imborba. Só falta o "Prologue" para mim nas animações, e é do criador do Roger Rabbit, né? Tenho que ver. Fiz comentários dos outros aqui. O meu favorito é "World of Tomorrow". Todo ano o acesso aos curtas é facilitado às vésperas da premiação na internet. Vamos ver.

 

Vocês ficaram sabendo que só as canções dos medalhões do pop serão executadas ao vivo? Vergonha!

Share this post


Link to post
Share on other sites

Curioso que nesta semana em que todo mundo fala de Oscar, meu ímpeto de discutir baixa o tom. Embora haja muitos assuntos que ficam à margem. Vi pouca gente no Brasil falando sobre o "sutil machismo das redações" em "Spotlight", muito bem observado por um cara do CinemaEmCena. Pouca gente observando o declínio do 3-D, que há alguns anos, ia teoricamente salvar o cinema mundial da decadência. Pouca gente comemorando o uso enfim moderado de CGI, naquilo que foi o apogeu do artificialismo prejudicando a experiência. Poucos falando de como a fotografia de "Theeb" é boa. Fico sempre com cara de interrogação ao ver as pessoas, especialmente nesta semana, usando a expressão "prêmios técnicos", como se fossem algo menor; isso vindo de pessoas que teoricamente gostam de cinema...

 

Passo o ano todo pensando quem será indicado, quem ganhará, mas nesta semana final gosto é de ver - em uma expressão - a chuva se aproximando.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Curioso que nesta semana em que todo mundo fala de Oscar, meu ímpeto de discutir baixa o tom. Embora haja muitos assuntos que ficam à margem. Vi pouca gente no Brasil falando sobre o "sutil machismo das redações" em "Spotlight", muito bem observado por um cara do CinemaEmCena. Pouca gente observando o declínio do 3-D, que há alguns anos, ia teoricamente salvar o cinema mundial da decadência. Pouca gente comemorando o uso enfim moderado de CGI, naquilo que foi o apogeu do artificialismo prejudicando a experiência. Poucos falando de como a fotografia de "Theeb" é boa. Fico sempre com cara de interrogação ao ver as pessoas, especialmente nesta semana, usando a expressão "prêmios técnicos", como se fossem algo menor; isso vindo de pessoas que teoricamente gostam de cinema...

 

Passo o ano todo pensando quem será indicado, quem ganhará, mas nesta semana final gosto é de ver - em uma expressão - a chuva se aproximando.

 

É foda... o cara passa o ano inteiro acompanhando a temporada. Viu cada movimento, cada jogada política das produtoras, viu cada um dos indicados a todas as categorias torcendo pra que fossem o melhor filme do ano "in disguise". E no fim percebemos que, de fato, Mad Max é o melhor filme do Oscar. Então chega a semana da premiação e alguém, que viu só os indicados a melhor filme na última semana, solta: "Mas Mad Max só é bom pros prêmios técnicos". Dá uma vontade grande de voar no pescoço. 

Share this post


Link to post
Share on other sites

Sobre os curtas, comprei o pacotinho do vimeo e tô vendo.

 

Até agora:

 

Live Action

Ave Maria: Adorei o filme, rápido e eficiente, consegue criar empatia com cinco personagens (e uma estátua) em 15 minutos. Um humor visual divertidíssimo.

Stutterer: Muitas brincadeiras divertidas com som. O que é particularmente interessante pelas dificuldades que o personagem tem.

Everything will be okay: Bonitinho. É interessante ver essa história pelos olhos da garotinha.

Shok: Não gostei desse filme. Achei tudo muito forçado. A relação dos meninos, o conflito entre eles. E, claro que é difícil ter boas atuações de crianças, mas elas enfraquecem o filme também.

 

Animação

Sanjay's Super Team: Me surpreendeu. Sem fala, brinca um pouco com as tradições hindu e a manutenção dessa cultura.

 

PS.: Vamos HBO, libera os docs, pra eu poder acabar todos os filmes antes de domingo.

 

---

Também consegui ver todos os Filmes de Lingua Estrangeira, minha ordem ficou assim:

 

1. Filho de Saul - Uma experiência única em cinema.

2. Guerra - Interessante e muito bem executado.

3. Abraço da Serpente - Cai um pouco no mito do bom selvagem, mas com a intenção de apresentar culturas mortas da Amazônia (tem algo de brasileiro no filme).

4. Mustang - É bonito, tem sua dose de poesia, mas fica muito abaixo dos filmes acima.

5. Theeb - Não é um filme ruim, nem de longe, o problema é que ele é o Tangerines desse ano.

Conclusão: Tinha muito lugar pra Que horas ela volta?, pra Brand New Testament, pra El Club. E todos estes assumiriam primeiro ou segundo posto da lista.

Share this post


Link to post
Share on other sites

É foda... o cara passa o ano inteiro acompanhando a temporada. Viu cada movimento, cada jogada política das produtoras, viu cada um dos indicados a todas as categorias torcendo pra que fossem o melhor filme do ano "in disguise". E no fim percebemos que, de fato, Mad Max é o melhor filme do Oscar. Então chega a semana da premiação e alguém, que viu só os indicados a melhor filme na última semana, solta: "Mas Mad Max só é bom pros prêmios técnicos". Dá uma vontade grande de voar no pescoço. 

 

O que mais me deixa puto é ver aquilo de "Mad Max não tem roteiro". 

 

Número 1: roteiro não é fala. Boa parte das pessoas confunde isto aí. Em Gravidade era a mesma coisa. Havia um milhão de camadas e subtextos ali, mas só enxergavam a pontinha do iceberg

 

Número 2: a construção de um filme está muito além de sua trama. é difícil encontrar pessoas que saibam que Montagem é mais importante que o próprio roteiro. Até por isto, para os grandes mestres é na montagem que se passa boa parte da produção do filme. Kubrick, Eisenstein, Malick que o saibam

Share this post


Link to post
Share on other sites

Sobre os curtas, comprei o pacotinho do vimeo e tô vendo.

 

 

Shok: Não gostei desse filme. Achei tudo muito forçado. A relação dos meninos, o conflito entre eles. E, claro que é difícil ter boas atuações de crianças, mas elas enfraquecem o filme também.

 

 

 

 Acho que justamente esse é o favorito.:(

Share this post


Link to post
Share on other sites

Prêmio da Guilda dos Figurinistas:


Excellence in Contemporary Film: Beasts of No Nation – Jenny Eagan


Excellence in Period Film: The Danish Girl – Paco Delgado


Excellence in Fantasy Film: Mad Max: Fury Road – Jenny Beavan


 


No que, pra mim, é uma das categorias mais difíceis de prever esse ano, Cinderella e Carol ficaram pra trás.


Share this post


Link to post
Share on other sites

Create an account or sign in to comment

You need to be a member in order to leave a comment

Create an account

Sign up for a new account in our community. It's easy!

Register a new account

Sign in

Already have an account? Sign in here.

Sign In Now

×