Jump to content
Forum Cinema em Cena

Pequenas Causas Cinematográficas


Nacka
 Share

Recommended Posts

A idéia foi do Jailcante (com inspiração da MTV):

Pequenas (tá, nem tão pequenas assim) Causas Cinematográficas, coisas que movem um cinéfilo...

 

A bola da vez, para começar em grande estilo:

 

dave02.jpg

2001_4.jpg

2001 - Uma Odisséia no Espaço do diretor Stanley Kubrick

 

Olha o que já falaram dele aqui no fórum:

 

2001 - Uma Odisséia no Espaço (2001, a Space Odyssey, 1968) -  estrela.gif estrela.gif

Dizem que só se nasce, morre e vota no PT uma única vez. Eu adicionaria "assistir ao filme 2001 - Uma Odisséia no Espaço" à essa frase.

Resisti bravamente às 2 horas e 20 minutos, vi até os créditos finais começarem a aparecer e minhas esperanças de que o filme se salvasse foram em vão, infelizmente. E isto só começa a acontecer na meia-hora final por incrível que pareça. Se o roteiro e o alicerce da história do monolito negro, além do desfecho, fossem mais bem construídos, o que vou reclamar a seguir seria insignificante dentro da crítica.

Ele tem uma história interessante, uma bela fotografia e efeitos especiais realistas para sua época (que lhe valeram o Oscar), uma trilha sonora marcante, mas peca por ser muito arrastado, o que sem dúvida irrita a maioria das pessoas que o assistem e as deixa impacientes, o ritmo lento é incômodo demais (a tentativa de tornar tudo o mais realista possível ou bem feito), acredito que se ele tivesse por volta de 1 hora ao invés de 2 horas e 20, seria até mais "assistível". E se eu não tivesse lido a sinopse teria parado de vê-lo na metade.

Eu acredito ter entendido 2001 e a sua proposta, a forma como ele se apresenta nas telas, a exemplo de Cidade dos Sonhos, outro que vi recentemente (pra citar um filme que aparenta ser como qualquer outro mas tem características únicas, e que coincidentemente se define também nos minutos finais da projeção). Acho que 2001 merece ser citado por fugir dos clichês comuns, do que seria previsível.

Mas essa forma de fazer cinema, mesmo sendo original e digna de referência, não me agrada nem um pouco pois sou adepto do tradicional. Um "2001 alternativo" filmado como qualquer outro seria a solução.[/quote']

Aí temos o Forasteiro, profético:

 

Ah' date=' isso vai levantar poeira por aqui.06 Eu assisti 2001 há tanto tempo que não tenho como defendê-lo ou condená-lo, porque sinceramente não lembro qual minha opinião sobre o filme. Mas sei a da maioria do fórum, Chiquinho, e você está encrencado.0306 [/quote']

 

Garami algumas horas depois:

 

Oba! Vou ser o primeiro "chato-de-plantão-que-gosta-de-2001-só-porque-é-considerado-obra-prima" a falar desse post 06

Seguinte... eu concordo com você que 2001 é um filme lento (arrastado' date=' não). Porém, o ritmo desacelerado do filme é justamente um de seus maiores trunfos. O ritmo do filme é uma analogia ao ritmo de evolução da humanidade, assim como, o filme em si, é uma analogia ao início do universo e o ápice da humanidade. Claro, isso apenas prova que o filme é, sim, lento. Entretanto, dizer que ele ficaria mais "assistível" se tiver uma menor duração pode até não ser completamente falso, mas, certamente, o filme não teria nem metade da bagagem e da influência que ele tem sobre a ficção científica atual.
[/quote']

 

Silva dando pitaco informativo:

 

E sobre a afirmação de que um "2001 alternativo"' date=' mais tradicional, seria mais assistível, ele já foi feito (e o resultado ficou a anos - luz do original): "2010 - O Ano em Que Faremos Contato" [/quote']

 

Amfíbio metendo o bedelho... com a autoridade de quem há muito afirma que 2001 é um saco...

 

Vou meter meu bedelho' date=' pois eu sou um dos que acha que 2001 é chato sem precisar ser chato. A macacada poderia ser resumida, o balé espacial, embora perfeito tecnicamente, poderia ser diminuído. Não sei como isso afetaria a aqualidade do filme...
[/quote']

 

Garami de novo e cita Chiquinho que, heresia? Sugeriu cortar 1h20 do filme de Kubrick...

 

Tipo... dar uma enxugada nessas partes poderia até tornar o filme mais light' date=' mas PODAR 1 hora e vinte minutos de projeção, como disse o Chiquinho, seria destruir o filme.
[/quote']

 

Em algum canto do fórum alguém observa tudo em silêncio...

 

hal02.jpg

 

 
Nacka2007-01-13 13:45:56
Link to comment
Share on other sites

  • Replies 884
  • Created
  • Last Reply

Top Posters In This Topic

Hã? Você acha HAL raso?

 

Toda a premissa de 2001 se baseia na concepção de que a vida inteligente na Terra é conseqüência de uma intervenção externa. Isso fica claro pra mim o tempo todo (o monolito, seguido do osso no ar, torna isso evidente). Além disso, existem outras idéias igualmente desafiadoras, como a revisão do conceito de consciência (dê-lhe capacidade de processamento de informações, uma memória e - voilá - temos um ser consciente, independentemente de ser feito de carbono, como nós, ou de silício, como HAL).

 

Eu acho o filme espetacular. É atemporal e universal, como se tivesse criado um vácuo e não permitisse o preenchimento com outra coisa a não ser ele mesmo. Tentar fazer comparações entre 2001 e qualquer outro filme é inútil, pelo menos pra mim.

 

Sobre o ritmo, isso varia muito de pessoa pra pessoa. Tem horas que eu vejo 2001 como uma seqüência de pinturas. Agilidade foi a última das virtudes buscadas por Kubrick, e eu acho que ele fez bem. As idéias são tão arrojadas que é preciso tempo pra assimilar.
Link to comment
Share on other sites

Sim, ele menciona isso no seu post... eu é que esqueci de colocar no post explicativo que abre o tópico... bem lembrado Bruno, advogados são sempre assim... perspicazes?

 

E o julgamento continua... Garami cadê você para defender seu filme rapaz?

 

E Chiquinho, cuidado com as palavras... elas podem se virar contra você depois... a defesa pode pedir por exemplo, explicações de porque você acha que os personagens de 2001 são rasos.

 

Link to comment
Share on other sites

Concordo com os amigos aqui,o único personagem bem estruturado é o HAL mesmo,de resto agente não sabe nada sobre eles,ficamos só esperando o HAL aparecer e ver o que ele vai fazer...

 

E concordo com os outros colegas quando dizem que o filme é muito lento.

 

 

2001,CULPADO!11

Link to comment
Share on other sites

Nossa... como fui perder algo do tipo? Vamos lá:

 

Mas essa forma de fazer cinema, mesmo sendo original e digna de referência, não me agrada nem um pouco pois sou adepto do tradicional. Um "2001 alternativo" filmado como qualquer outro seria a solução.

[/quote']

 

Posso floodar aqui? Não, né?

 

Como já foi apontado o '2001 alternativo' já existe e se chama 2010.

 

Ainda estou terminando de ver 2010 (a sequência) pra ter uma opinião completa' date=' mas a despeito do que me decepcionou em 2001 (o final que não preencheu ou esclareceu de forma satisfatória as lacunas do roteiro e falhas citadas por mim), chegaram a dizer que a criança-estrela seria o renascimento cósmico de Bowman (o astronauta sobrevivente) na escala evolucionária (mais ou menos isso) e que o filme todo se basearia no nosso instinto natural, da sequência dos macacos (que abre 2001) à batalha contra o computador HAL que seria uma "extensão de nós mesmos". [/quote']

 

Este é o problema de 2010: ele explica tudinho...

 

E o mestre Kubrick já dizia: 'quando vc explica alguma coisa, ela deixa de ter significado.'

 

E seja lá qual seja a interpretação do final' date=' da estrela-criança e do que o filme signifique, dos achismos e interpretações, o que mais pesou pra mim foi justamente essa diferenciação na forma de contar a história não funciona na tela. Pelo menos pra mim.

E a comparação com Cidade dos Sonhos eu explico:

Até o momento em que o computador HAL está sendo desligado, o filme funciona, mesmo com todos os seus defeitos, mesmo com toda aquela história pretensiosa que parece significar alguma coisa.

Assim como Cidade dos Sonhos antes daqueles 20 minutos que fundem a cabeça do telespectador comum.

Ocorre que Cidade dos Sonhos apesar de aparentemente confuso (pra 99% do povão), tem explicações lógicas, uma história convincente, além de boa atuação do elenco.
[/quote']

 

Comparação descabida... se vc prestar atenção a 2001 verá que o filme também possui explicações lógicas e - ironia - extremamente óbvias.

 

E só um adendo interessante: já estou curioso para saber como vc vai receber o novo Lynch, Inland Empire, um filme que, segundo aqueles que viram, é tão sem pé nem cabeça, quanto 2001 supostamente é...

 

2001 tenta ser filosófico mas não tem roteiro

 

Sim' date=' ele tem um roteiro... e onde o filme falha na questão 'filosófica' (se é que ela existe)?

 

os personagens são rasos e tem participações pífias

 

Eis uma evidência que vc não prestou atenção ao filme. Os personagens são rasos sim PROPOSITALMENTE. Kubrick retrata um ser humano frio, desumanizado, que projetou na máquina seus anseios, suas perspectivas e, no processo, suas emoções. Kubrick fala da desumanização do ser humano em detrimento da máquina, algo que vemos frequentemente hoje em dia.

 

 

e toda a diarréia mental provocada faz com que ele seja ao mesmo tempo brilhante e tenha seus méritos' date=' mas chato e decepcionante.[/quote']

 

Desenvolva... o que seria 'diarréia mental'?

 

Rasos porque não são trabalhados ao longo do filme (o HAL sim...)' date=' e a culpa é de quem se preocupou excessivamente em estragar a história e dar prioridade às longas e excessivas pausas na montagem.
[/quote']

 

Nope... a culpa foi SUA que não prestou atenção ao filme e não sacou que toda a 'artificialidade' e unidimensionalidade dos personagens humanos é proposital.

 

Acho que esse perfeccionismo do diretor e ambiguidade no significado de 2001 não contribuiram pra que ele fosse fácil de digerir' date=' e fica evidente que ele não foi feito pra ser lógico ou agradável de alguma forma. [/quote']

 

Surprise my friend... 2001 não quer ser fácil de digerir, não foi feito para ser lógico, nem agradável... O filme é uma experiência sensorial no mesmo molde de O Novo Mundo de Terrence Mallick (vc viu?). Não é pra vc entender, é pra vc sentir. É arte em seu estado máximo e definitivo.

 

Além do mais, Kubrick disse: 'se alguém tiver entendido 2001, eu terei falhado'

 

Por isso que o filme é especial e sobrevive incólume até hoje... é a expressão máxima da assinatura do Serge: os filmes são o que são + o que nós somos.

 

Eu aguardei pacientemente que houvesse uma evolução e significado naquilo que estava sendo mostrado de forma exaustiva na tela.

 

Houve uma evolução' date=' mas pelo visto você não prestou atenção.

 

Até a hora em que começaram a chutar o pau da barraca com a viagem psicodélica do personagem no final e a filosofia barata.

 

Desenvolva - Parte II: A Missão.
Link to comment
Share on other sites

E pra quem passou os olhos no que eu falei e não prestou muita atenção' date=' quero dizer que não acho nenhum dos dois filmes ruins apesar de ter dado as 2 estrelas. [/quote']

 

Agora vc acaba de ser incrivelmente contraditório, o que ameaça a credibilidade da sua argumentação. Como vc pode não achar os dois filmes ruins e ter dado 2 estrelas a eles?
Link to comment
Share on other sites

Juiz 2:

 

Como o Juiz 1 não apareceu por aqui hoje, vamos lá... 

 

O Advogado de Defesa "oficial" do 2001, Garami, ainda não deu as caras.12

 

Alexei e Dook, tirem no palitinho para quem é que fica com o cargo, ou vão atrás do Garami e tragam o homem pra cá!06

 

Por enquanto, o Chiquinho está levando essa por W.O.

 

Mas o Julgamento ainda está no ar!
Link to comment
Share on other sites

 

os personagens são rasos e tem participações pífias

 

Eis uma evidência que vc não prestou atenção ao filme. Os personagens são rasos sim PROPOSITALMENTE. Kubrick retrata um ser humano frio' date=' desumanizado, que projetou na máquina seus anseios, suas perspectivas e, no processo, suas emoções. Kubrick fala da desumanização do ser humano em detrimento da máquina, algo que vemos frequentemente hoje em dia.

 

 
[/quote']

 

Isso tanto é verdade, que o Kubrick escalou atores completamente desconhecidos (pelo menos antes do filme), até para terem o minímo de apelo emocional possível com o público. A falta de sentimento dos humanos é algo fundamental pro filme.
Tensor2006-10-04 20:12:35
Link to comment
Share on other sites

Eu não ia me intrometer (dado que estou pensando em tirar férias do fórum, mas como venho adiando as férias, vou me meter aqui)...

 

Eu sou um dos que acha "2001" um filme entediantemente chato... Com toda sinceridade do mundo, não vejo nem metade do que a grande maioria atribui a esse filme... Arrastado, lento, chato, sem conteúdo... É o que penso dele... Acho que a grande maioria das pessoas de hoje o consideram "obra-prima" para não se sentirem deslocados dentro da massa cinéfila mundial... E, quando alguns tem coragem de chegar e falar sua real opinião (e eu conheço muitos que dizem que 2001 é excelente, mas que na verdade, quando conversamos em "off", admitem que o filme não é tão bom assim), como eu tenho, somos rechaçados, simplesmente por discordarmos da grande massa "pensante"...

 

Sunderhus
Link to comment
Share on other sites

Enquanto o Júri delibera, e aguarda o pronunciamento da defesa de 2001 a correria toma conta do tribunal, acaba de chegar a próxima causa, ainda mais polêmica do que aquela que está sendo julgada, uma autêntica batalha, trata-se de dois legítimos representantes do cinema blockbuster: Titanic versus Matrix e como advogados de defesa chamamos o usuário Bart Scary e Forasteiro quem se habilitaria a fazer parte da acusação? (Será que abdico de meu cargo de Juiz, só desta vez?)

 

NEO encurralado?

 

matrix05.jpg

 

Ou a bela em apuros?

 

titanic-photo4.jpg

Link to comment
Share on other sites

Concordo, com Sunderhus.2001 é aquele tipo de filme que , "se não gostou é porque não entendeu",patético...

Dook,

 

Como você mesmo falou,o filme é lento "demais" e tudo que é "demais" atrapalha....

 

Enfim,

 

Filme superestimado.Possúi alguns pontos altos,claro,como uma excelente trilha sonora e uma cena explicando a "evolução" humana  assustadora.

 

Um dos elogios feitos por "intelectuais" para superestimar este filme e que têm nada de extraordinário é falar "do maior salto no tempo já concebido na história",ridículo.

 

PS-1:Aos envolvidos na criação deste tópico,parabéns,ótima idéia.

PS-2:Acho que deveria esperar para entra com outro "caso",deveria terminar o primeiro para não embolar o meio de campo.
Rafal2006-10-05 11:40:01
Link to comment
Share on other sites

Sabe o engraçado?É que sempre que agente fala de algo que não agradou no filme alguém vêm com aquela conversa:"Mas ele foi feito PROPOSITALMENTE assim"...Oras!!não me venha com essa,só porque esse ero o objetivo do diretor quer dizer que deixa de ser um pouco fraco?Por favor...

 

Nacka,

 

O julgamento poderia ser toda sexta,aí na segundo vc lança outros "casos"03
Rafal2006-10-05 14:12:06
Link to comment
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

Loading...
 Share

Announcements


×
×
  • Create New...