Jump to content
Forum Cinema em Cena

Kevin Smith


fpborges
 Share

Qual o melhor filme de Kevin Smith  

18 members have voted

  1. 1. Qual o melhor filme de Kevin Smith

    • O Balconista (Clerks)
      8
    • Barrados no Shopping (Mallrats)
      1
    • Procura-se Amy (Chasing Amy)
      2
    • Dogma (Dogma)
      8
    • O Império (do Besteirol) Contra-Ataca
      1
    • Menina dos Olhos (Jersey Girl)
      0
    • Clerks 2
      1


Recommended Posts

A carreira de Kevin Smith é bem irregular mesmo. Na verdade, não considero nenhuma de suas obras como ótimas, mas a grande maioria de seus filmes possui um espírito livre e cômico admirável, e algumas grandes piadas soltas entre os vários minutos da projeção. "Procura-se Amy", que acredito ser o melhor texto que ele escreveu, e "Dogma", pela irreverência e pelo delicioso humor negro, são suas obras mais importantes. Então, acho que meu voto irá para "Dogma".
Link to comment
Share on other sites

 

Este "Balconista 2" ainda não foi lançado' date=' foi??? Será dirigido pelo Smith???09[/quote']

 

Sim, foi lançado. Passou no festival do Rio mas não sei se já foi lançado comercialmente no Brasil.

 

É dirigido pelo Kevin Smith mesmo.

 

Ainda não foi lançado no circuito comercial. Não sei se passará nos cinemas. Se passar, talvez eu vá ver.

 

Link to comment
Share on other sites

  • 2 months later...
  • 4 months later...
  • 1 year later...

Kevin Smith escreverá minissérie do Batman

O vilão de Cacophony será Onomatopéia, que Smith criou na mini da volta do Arqueiro Verde

onomatopeia.jpg

 

No animado painel da DC Comics aqui na San Diego Comic-Con, o editor-chefe da editora, Dan DiDio, e os autores de séries Keith Giffen (Besouro Azul), Geoff Johns (Lanterna Verde), Greg Rucka (Batman), James Robinson (Superman e Liga da Justiça), Peter Tomasi (Tropa dos Lanternas Verdes), Ethan Van Scrier (Batman & Superman), entre outros, responderam a perguntas dos fãs, ouviram aplausos e também críticas, especialmente em relação à minissérie Countdown, duramente criticada por público e crítica.

"Todas essas coisas que vocês dizem, nós conversamos entre nós diariamente", reconheceu DiDio, quando questionado sobre as incongruências da série e linhas narrativas que não levavam a lugar algum. "Mas nós tentamos escrever os melhores quadrinhos que podemos. Lanterna Verde, Superman, Liga e Sociedade da Justiça são ótimos títulos, mas poderiam ser um pouco melhores. Tudo pode ser um pouco melhor."

O ponto alto do painel foi a aparição surpresa de Kevin Smith. O diretor, roteirista e quadrinista vai escrever uma minissérie do Batman em 3 edições, começando em novembro, chamada Cacophony. Nada foi revelado sobre a trama, nem se quem vestirá a capa será Bruce Wayne. Onomatopéia, vilão criado por Smith na minissérie que trouxe de volta o Arqueiro Verde, será o vilão da história. A arte ficará por conta de Walt Flanagan, amigo pessoal de Smith que ilustrou a série Karny, da IDW

Leitores e autores da DC lavam roupa suja em painel da Comic-Con

Tradicional evento DC Nation dá aos fãs oportunidade de criticar a editora.
Sucessão de 'crises' nas minisséries foi uma das principais vilãs do encontro.

Por que vocês insistem em usar a palavra 'crise' nos títulos das minisséries? É para a gente saber que é só mais uma porcaria e não comprar mais?"

"Qual personagem do universo DC está no armário?"

"Quando vamos poder ver a Mulher-Maravilha usando um salto alto?"

"É verdade que você é visto como um ditador dentro da DC?"

O bombardeio acima ocorreu durante o DC Nation, já tradicional painel da editora do Super-Homem, Batman e cia., em que leitores, autores e desenhistas têm a oportunidade de conversar - ou, melhor, lavar a roupa suja - sobre qualquer assunto relacionado aos seus personagens e publicações favoritos.

Promovido no início da noite desta quinta-feira (24), na Comic-Con em San Diego, o bate boca é, na maior parte do tempo é levado com bom humor tanto pelos profissionais da DC quanto pelos fãs, que fazem fila para assumir o microfone e registrar sua crítica ou elogio. O encontro foi mediado pelo editor de quadrinhos da DC, Dan DiDio, e contou, entre outros, com autores como Keith Giefen, Geoff Johns, James Robinson, Greg Rucka e Peter Tomassi.

Foto

"A razão deste painel é uma só: ouvir vocês. Queremos saber o que está funcionando, do que estão gostando ou odiando", repetia DiDio - o mesmo que é acusado de ser o tal "ditador" por parte dos leitores em fóruns na internet. "Os pontos que vocês apontam como problemáticos são geralmente os mesmos que nós discutimos na editora, mas nem sempre chegamos à melhor solução", continuava.

Houve reclamações sobre a confusão cada vez maior nos títulos - a mais freqüente dizia respeito ao épico "Contagem Regressiva Para a Crise Infinita", que, mais uma vez, prometia afetar para sempre o destino dos heróis da DC - e sugestões: "a solução é simples: se vocês inventassem um remédio melhor, nossos heróis e vilões ficariam mais calmos e parariam de socar as coisas como uns loucos por aí", cravou uma leitora, imediatamente promovida à "editora honorária" pela equipe de profissionais da DC.

Tanto leitores quanto profissionais reconhecem que o diálogo é importante, no entanto não acreditam que o que é discutido na DC Nation será diretamente aplicado nas HQs futuras. "Venho há 3 anos aqui e sei que, em partes a conversa ajuda a mudar, mas reconhecemos que tem coisas que os leitores pedem que não dá para fazer mesmo", disse o leitor Dwight Gilman ao G1 ao final da sessão. O roteirista Greg Rucka tem opinião parecida: "Não tem influência alguma, mas é bom manter esse contato com o público."

Foto

Kevin Smith (de pé) fala com a 'nação' de fãs da DC; ao lado, alguns dos principais autores e desenhistas atuais da editora de Super-Homem e Batman

 E os quadrinhos?

Entre uma brincadeira e uma fala mais ríspida - dos dois lados, registre-se -, Dan DiDio também entregou aos fãs algumas novidades sobre o futuro dos títulos e personagens da editora. Batman pode morrer no arco de histórias "R.I.P" (sigla para descanse em paz, em inglês) e ser "substituído" por um dos Robins. Os idolatrados Keith Giefen e Paul Lewitz provavelmente reassumirão a revista da Liga da Justiça da América. E Kevin Smith, outro autor querido pelos fãs de HQs, voltará à DC em novembro com a nova série "Batman: kick off".

Ovacionado pelo público depois do anúncio, Smith - que é também cineasta, diretor de "O balconista" e "O império (do besteirol) contra-ataca" - aproveitou para deixar ele mesmo a sua crítica sobre a Comic-Con: "É engraçado uma convenção que tem a palavra quadrinhos no nome quase não ter mais nada de HQs, não é? Estamos espremidos nesta sala [de tamanho médio, comparada aos espaços de até 6.500 lugares reservados para lançamentos de filmes e games no centro de convenções de San Diego]. E se você sai por aí perguntando às pessoas o que elas estão lendo, provavelmente vai ouvir algo como: lendo? Mas lendo o quê?".

 

 
Link to comment
Share on other sites

KEVIN SMITH E OS BONS COMPANHEIROS NA COMIC CON

comicon%20%28319%29.JPG

 

comicon%20%28332%29.JPG

comicon%20%28330%29.JPG

A sobremesa veio em dose dupla: saborosa e divertidíssima. Inicialmente em uma mesa comandada pela revista Entertainment Weekly e que tinha como atrações principais os cineastas Kevin Smith, Judd Apatow, Zack Snyder e Frank Miller). Parecia um papo de boteco, com todo mundo falando muitas baixarias (mas muitas mesmo!) e tirando sarro um do outro. Quando perguntaram aos convidados da mesa de experiências nerds que eles já haviam passado, Smith não demorou para dizer que tinha sido alguns minutos antes, quando deu um forte abraço em Snyder - e disse ter sentido um empurrãozinho contrário do diretor de Watchmen. Tudo brincadeira, claro!

Quem fechou a noite foi Kevin Smith, apresentando um trecho do seu Zack and Miri Make a Porno, e depois compartilhando com o elenco do filme uma longa jornada de perguntas e respostas. Foram 90 minutos de gargalhadas ininterruptas, desde o clipe, que teve um slideshow desencorajando as pessoas a não filmar a cena, até ao ator Justin Long contando como foi beijar Brandon Routh (o Superman) na boca, até ao momento em que um fã foi ao microfone e disse a Traci Lords e Katie Morgan que a mãe dele estava ali e ele tinha que fingir que não conhecia as duas. :D

Sinceramente não Smith um grande diretor, mas como autor o cara vai longe sabe criar diálagos bacanas e histórias inspiradas, quero ver oque ele vai expor da indústria da pornografia.

 
Link to comment
Share on other sites

01/08/2008 - 19h45<?:namespace prefix = o ns = "urn:schemas-microsoft-com:office:office" />

Superman beija Justin Long no novo filme de Kevin Smith

 

Divulgação

O Super-Homem, quem diria, tem namorado. Isso mesmo, com "o" no final. Explica-se: Brandon Routh, ator que encarnou o super-herói em "Superman - O Retorno", de Bryan Singer, vai interpretar um papel polêmico no novo filme de Kevin Smith, "Zack and Miri Make a Porno". Ele será o namorado de um ator de filmes pornôs interpretado por Justin Long. Eles se beijam <?:namespace prefix = st1 ns = "urn:schemas-microsoft-com:office:smarttags" />em cena.

No filme, Seth Rogen e Elizabeth Banks são um casal de amigos de longa data que resolvem acabar com os problemas financeiros fazendo um filme adulto amador e acabam se apaixonando. Haverá, como em todos os trabalhos de Smith, uma série de participações especiais, como a de Traci Lords (estrela de filmes adultos e musa de John Waters) e Tom Savini. Routh também entra nessa lista.


E isto aí Routh, não fique parado esperando o Man of Steel do Brain Singer porque cansa. Toca tua carreira 03

<>

#uolcelwidgets { margin:2em 0;height:80px; }

#uolcelwidgets h3 { background:#efefef;color:#000;font:bold 10px verdana;padding:3px;height:12px;display:block;margin:0;padding-left:10px; }

#uolcelwidgets .borda span { margin-top:3px;color:#666;margin-bottom:40px; }

#uolcelwidgets .borda span a { color:#666; }

#uolcelwidgets a { text-decoration:none;color:000; }

#uolcelwidgets a:hover { text-decoration:underline; }

#uolcelwidgets #uolcelular { float:left;margin-right:10px;width:212px }

#uolcelwidgets #uolcelular .borda { height:50px;_height:57px;border:1px solid #efefef;color:000;font:normal 10px verdana;background:url(http://img.uol.com.br/wap-ico.gif) 13px 12px no-repeat;padding:0;padding-top:9px; }

#uolcelwidgets #uolcelular .margem { padding-left:40px; }

#uolcelwidgets #widgets { float:left;width:213px }

#uolcelwidgets #widgets .borda { height:50px;_height:57px;border:1px solid #efefef;color:000;font:normal 10px verdana;background:url(http://img.uol.com.br/widgets-ico-menor.gif) 7px 7px no-repeat;padding:0;padding-top:9px; }

#uolcelwidgets #widgets .margem { padding-left:50px; }

 

Link to comment
Share on other sites

Kevin Smith é um grande comediante.Quando resolve fazer algo sério é que a coisa fica feia,foi o que aconteceu com Procura-se Ami,Menina Dos Olhos e O Balconista 2.Este último vi recentemente,o filme realmente me decepcionou,eles tentaram dar um tom mais sério ao filme,e isso acabou estragando a graça.Meus filmes preferidos dele são Dogma e Jay and Silet Bob. 

 

Link to comment
Share on other sites

Vi todos e meu favorito ainda é O Balconista...tenho ele gravado da bandeirantes (em VHS) há mto tempo e volta e meia assisto de novo. O segundo balconista achei até bacana, mas com certeza é inferior ao primeiro.

Dogma e Barrados no Shopping tb são mto bons e sempre que surge a chance na tv, eu os reassisto.

 

Link to comment
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

Loading...
 Share

Announcements

×
×
  • Create New...