Jump to content
Forum Cinema em Cena

Operação Valquíria


-felipe-
 Share

Recommended Posts

  • Replies 145
  • Created
  • Last Reply

Top Posters In This Topic

Aí que está' date='eu tenho um entendimento para "Negação do Holocausto" diferente do que geralmente é pensado.

Concordo com vocês quando falam que ninguém vai acreditar que aquilo tudo não ocorreu,como tentaram fazer com a chegada do homem à Lua.

Mas o que penso é que filmes como esse,acabam por suavizar muito as coisas.Como que aquelas coisas foram obra apenas de Hitler.Que seus subordinados estavam apenas "Cumprindo ordens".E sim,neste ponto,o filme "contribui para isso" e acredito que o Pablo estava pensando nisso quando escreveu sua crítica.

Quanto o outro ponto do se post,Calvin,precisava disso?
[/quote']

 

Rafal, primeira coisa: vc viu o filme?

 

Um filme não tem obrigação de ser fiel a nada, de ensinar nada...

 

Às vezes, um filme se presta a uma reflexão mas em um nível personalíssimo, que fala com cada pessoa de uma forma.

No caso de filmes que abordam essa temática de centralizar os atos maléficos do nazismo na pessoa de Hitler, essa é uma probabilidade imensa. Muitos que estavam ali estavam sim seguindo ordens. Talvez tenham deixado sua moral de lado pq preferiram depositar sua confiança no führer, talvez sejam mesmo carniceiros, tal qual Hitler era...

 

Não vejo qualquer problema nisso, por ora...

 

Quanto ao outro ponto do post, meu caro, você foi exortado pelo seu irmão de fé... Preciso dizer mais?
Link to comment
Share on other sites

Aí que está' date='eu tenho um entendimento para "Negação do Holocausto" diferente do que geralmente é pensado.

Concordo com vocês quando falam que ninguém vai acreditar que aquilo tudo não ocorreu,como tentaram fazer com a chegada do homem à Lua.

Mas o que penso é que filmes como esse,acabam por suavizar muito as coisas.Como que aquelas coisas foram obra apenas de Hitler.Que seus subordinados estavam apenas "Cumprindo ordens".E sim,neste ponto,o filme "contribui para isso" e acredito que o Pablo estava pensando nisso quando escreveu sua crítica.

Quanto o outro ponto do se post,Calvin,precisava disso?
[/quote']

 

Rafal, primeira coisa: vc viu o filme?

 

Um filme não tem obrigação de ser fiel a nada, de ensinar nada...

 

Às vezes, um filme se presta a uma reflexão mas em um nível personalíssimo, que fala com cada pessoa de uma forma.

No caso de filmes que abordam essa temática de centralizar os atos maléficos do nazismo na pessoa de Hitler, essa é uma probabilidade imensa. Muitos que estavam ali estavam sim seguindo ordens. Talvez tenham deixado sua moral de lado pq preferiram depositar sua confiança no führer, talvez sejam mesmo carniceiros, tal qual Hitler era...

 

Não vejo qualquer problema nisso, por ora...

 

Quanto ao outro ponto do post, meu caro, você foi exortado pelo seu irmão de fé... Preciso dizer mais?

concordo plenamente com você, mas é uma faca de dois cortes esse tema de fidelidade x liberdade de expressão!
Link to comment
Share on other sites

Aí que está' date='eu tenho um entendimento para "Negação do Holocausto" diferente do que geralmente é pensado.

Concordo com vocês quando falam que ninguém vai acreditar que aquilo tudo não ocorreu,como tentaram fazer com a chegada do homem à Lua.

Mas o que penso é que filmes como esse,acabam por suavizar muito as coisas.Como que aquelas coisas foram obra apenas de Hitler.Que seus subordinados estavam apenas "Cumprindo ordens".E sim,neste ponto,o filme "contribui para isso" e acredito que o Pablo estava pensando nisso quando escreveu sua crítica.

Quanto o outro ponto do se post,Calvin,precisava disso?
[/quote']

 

Rafal, primeira coisa: vc viu o filme?

 

Um filme não tem obrigação de ser fiel a nada, de ensinar nada...

 

Às vezes, um filme se presta a uma reflexão mas em um nível personalíssimo, que fala com cada pessoa de uma forma.

No caso de filmes que abordam essa temática de centralizar os atos maléficos do nazismo na pessoa de Hitler, essa é uma probabilidade imensa. Muitos que estavam ali estavam sim seguindo ordens. Talvez tenham deixado sua moral de lado pq preferiram depositar sua confiança no führer, talvez sejam mesmo carniceiros, tal qual Hitler era...

 

Não vejo qualquer problema nisso, por ora...

 

Quanto ao outro ponto do post, meu caro, você foi exortado pelo seu irmão de fé... Preciso dizer mais?

Sim,ví.

 

Concordo com você que um filme não têm obrigação de ser fiel a nada e blablablabla....porém,o que vou falar é fato é ninguém aqui pode negar...Existem MUITAS pessoas que usam filmes como verdade inequívoca,ou tu acha que alguém vai procurar estudar este episódio da história?Não. O povo que assiste BBB simplesmente vai ter aquilo como verdade e pronto.

E ai,o Nazismo mais uma vez vai ser suavizado....

Sim,muitas pessoas apenas seguiam ordens,outras nem sabiam o que acontecia por lá(Estavam ocupados demais curtindo o luxo) e muitas faziam por que gostavam mesmo.Porém,mesmo as pessoas que seguiam ordens,não podem ser inocentadas.Ou você faria aquelas coisas só porque foi mandado por alguém?

 

 

Então quando o pessoal faz brincadeiras comigo por causa do vasco quer dizer que a nossa crença está envolida alí?Deixe de ser tão fanático e viva um pouco,Clavin,nem sempre a conversa têm haver com a fé.

Bá' date=' quem aprende História vendo filmes tem problemas... Ou, expandindo, uma sociedade na qual a falta de precisão histórica de um filme pode gerar distorção de conhecimento na massa tem problemas.

[/quote']

Por que você acha que o Brasil esta como esta?03

 
Rafal2009-02-17 12:30:08
Link to comment
Share on other sites

Concordo com você que um filme não têm obrigação de ser fiel a nada e blablablabla....porém' date='o que vou falar é fato é ninguém aqui pode negar...Existem MUITAS pessoas que usam filmes como verdade inequívoca,ou tu acha que alguém vai procurar estudar este episódio da história?Não. O povo que assiste BBB simplesmente vai ter aquilo como verdade e pronto.
[/quote']

 

O problema é das pessoas. É como culpar Clube da Luta por instigar o playboyzinho pretendente a médico entrar no cinema e metralhar aquela dúzia de pessoas.

 

A arte não pode ser censurada ou condenada se o seu receptor é alienado.
Link to comment
Share on other sites

Concordo com você que um filme não têm obrigação de ser fiel a nada e blablablabla....porém' date='o que vou falar é fato é ninguém aqui pode negar...Existem MUITAS pessoas que usam filmes como verdade inequívoca,ou tu acha que alguém vai procurar estudar este episódio da história?Não. O povo que assiste BBB simplesmente vai ter aquilo como verdade e pronto.
[/quote']

 

O problema é das pessoas. É como culpar Clube da Luta por instigar o playboyzinho pretendente a médico entrar no cinema e metralhar aquela dúzia de pessoas.

 

A arte não pode ser censurada ou condenada se o seu receptor é alienado.

A coisa não é tão simples como você acha......afinal,a arte sempre foi usada para mover as massas.....e,vejam só,o nazismo a usava constantemente.
Link to comment
Share on other sites

Chega a ser triste. Triste porque o Singer faz tudo direitinho, mas acaba sofrendo por dirigir uma trama incrivelmente desinteressante. Quero dizer, é elegantemente composto (senti até uma certa megalomania do Singer na reconstrução de época), mas até a estética se torna desinteressante com o passar do tempo.

 

Quanto as atuações, achei Cruise fraco e Nighy e Wilkinson ótimos.

 

E por fim, fazia tempo que uma trilha sonora não me irritava tanto. Muito histérica, errr...
Luizz2009-02-18 19:12:41
Link to comment
Share on other sites

 

Bá' date=' quem aprende História vendo filmes tem problemas... Ou, expandindo, uma sociedade na qual a falta de precisão histórica de um filme pode gerar distorção de conhecimento na massa tem problemas.

[/quote']

Por que você acha que o Brasil esta como esta?03

 

 

Exatamente, fortaleceste bem o meu ponto. Reconhecer que o problema é o apreciador e não a obra é apenas o primeiro passo, mas é um passo essencial.

 

Link to comment
Share on other sites

Jack,

em momento algum falei que a culpa era da arte.

Só que,já que o apreciador têm problemas,a arte deve tomar cuidado para não fazer o apreciador cair.

Seria como você beber um belo vinho na frente de um ex-alcoólatra.O problema é com ele,mas por senso de responsabilidade você acaba não bebendo.
Link to comment
Share on other sites

A coisa não é tão simples como você acha......afinal' date='a arte sempre foi usada para mover as massas.....e,vejam só,o nazismo a usava constantemente.
[/quote']

 

É extremamente simples... mais do que você imagina. A arte sempre foi usada para mover as massas justamente pq as massas são alienadas. A arte não é a causa da alienação e, portanto, não pode ser culpada.

 

Só que' date='já que o apreciador têm problemas,a arte deve tomar cuidado para não fazer o apreciador cair.[/quote']

 

E onde está escrito que é responsabilidade da arte fazer o seu expectador não cair?

 

09

 

Ademais, se a arte se preocupar em não atingir o expectador influenciável, ela estará se censurando. E arte censurada não é arte.
Dr. Calvin2009-02-19 12:03:09
Link to comment
Share on other sites

bem, meio a contra gosto, assisti o filme(a contra-gosto porque não suporto mais o tema holocausto, até o nome já me remete um sensacionalismo a ponto de expurga-lo a um campo imaginário capaz de amedrontar tanto que nos faz falar de forma a implantar no imaginário coletivo que esse exemplo hipotético nunca deve ser seguido, como se ele fosse hipotetico, e como se fosse um exemplo isolado...)

Mas devo admitir, o filme é bom, e a parte que conheço da história(vi um documentário falando da explosão, o porque não ter matado o Hitler) foi veridica quando poderia ser. O problema é o dramalhão focado em determinadas partes, diálogos, sequências, dramalhão esse que quase tenho por certo ser ficção pura, o que denota uma visão purista de um artista(o que não distoa muito da minha, com suas ressalvas), e ai gera um questionamento sacana: "já que o hoeroroereerrberg lutava pelo valor justo, pela humanidade do país e sua honra, e não pela imagem, como seus parceiros, que fora criticado pelo mencionado homem, por quê o dito-cujo não colocou a bomba no Hitler e a detonou agarrado com ele?, em um de seus pensamentos, em cenas anteriores, ele havia dito a si mesmo que jamais quer morrer com a mancha que era aquele governo...". É um argumento maldoso, uma vez que tal ato de altruismo é improvavel de ocorrer e mesmo ineficaz pro homem que morre, já que ele não verá a sua pátria se limpar.

Mas o filme tráz questionamentos muito interessantes, é impressionante como o homem é um ser manobrável, frágil e ao mesmo tempo forte...!

Gustavo Adler2009-02-19 22:48:18
Link to comment
Share on other sites

 

Jack' date='

em momento algum falei que a culpa era da arte.

Só que,já que o apreciador têm problemas,a arte deve tomar cuidado para não fazer o apreciador cair.

Seria como você beber um belo vinho na frente de um ex-alcoólatra.O problema é com ele,mas por senso de responsabilidade você acaba não bebendo.
[/quote']

 

Rafal, discordo frontalmente da tua comparação: falta de cultura, deficiências de aprendizado, etc. não são vício, não são doença. E, muito ao contrário do alcoólatra exposto ao vinho, a exposição a elementos culturais serve para desenvolver um senso mais apurado de apreciação à arte, e não a recaída do viciado.

 

Mas veja que pra mim a arte deve gerar isso, apreciação artística. O artista deve pensar apenas no conteúdo artístico da obra dele. Por isso ele é um artista, e não um professor, um político, etc...

 

Link to comment
Share on other sites

A comparação é mais para mostrar que,mesmo que a "culpa" não seja da pessoa,ela,por senso de responsabilidade,prefere se privar visando o bem do outro.

Então,o que penso,é que,mesmo a arte não sendo culpada e tendo o direito de ser livremente expressa,acredito que ela deve se privar disto visando o bem da comunidade.

 

Quando você diz que a exposição à arte gera o desenvolvimento da propria apreciação da arte,você não está totalmente correto e nem totalmente errado.

A apreciação pura da arte,sem a união a uma cultura mais ampla,não fará a pessoa passar a ter um senso mais apurado de apreciação à arte.Apenas a fará conhecer mais a arte.

Quem de nós nunca viu um filme "baseados em fatos" e saiu achando uma coisa e quando foi dar uma pesquisada sobre o caso viu que a coisa não era bem assim?Aí que esta o problema.O povo em geral não se preocupa em dar esta "pesquisada",fica com a impressão que o artista transmitiu com sua arte e pronto.E,em alguns casos específicos,isso é desastroso.
Link to comment
Share on other sites

A comparação é mais para mostrar que' date='mesmo que a "culpa" não seja da pessoa,ela,por senso de responsabilidade,prefere se privar visando o bem do outro.

Então,o que penso,é que,mesmo a arte não sendo culpada e tendo o direito de ser livremente expressa,acredito que ela deve se privar disto visando o bem da comunidade.

 

Quando você diz que a exposição à arte gera o desenvolvimento da propria apreciação da arte,você não está totalmente correto e nem totalmente errado.

A apreciação pura da arte,sem a união a uma cultura mais ampla,não fará a pessoa passar a ter um senso mais apurado de apreciação à arte.Apenas a fará conhecer mais a arte.

Quem de nós nunca viu um filme "baseados em fatos" e saiu achando uma coisa e quando foi dar uma pesquisada sobre o caso viu que a coisa não era bem assim?Aí que esta o problema.O povo em geral não se preocupa em dar esta "pesquisada",fica com a impressão que o artista transmitiu com sua arte e pronto.E,em alguns casos específicos,isso é desastroso.

[/quote']

a rafael, acho que você está falando besteira, apesar de discordar veementemente que pra saber de arte é se abster de uma cultura que influencia os artistas, isso pra mim é uma visão artistica estreita e vazia.

A Arte é uma expressão do artista sobre algo que alcança sua alma, e deve resultar em uma formentação, uma fornicação, dos questionamentos das idéias, dos costumes e do sentimentos do aceptor, deve fazer-nos covabular sobre novos ares, é uma faisca para a ignição entrar em combustão, mas isso não a faz se prender as realidades dos fatos, não é obrigatório da arte ser um produto se aproximando da cópia da realidade, e dai é que vem a interpretação e a produção de conhecimento, a arte não é um guia para o cego, e sim um estimulo pertubador pro cego passar a viver com o tato, com a audição, ela não pega nas mãos do cego e o leva ao fim da sala, a arte apenas estimula o cego a procurar o fim da sala caso ela tenha. Ela não é guia, ela é enxerções de luzes para que o apreciador chegue as suas próprias conclusões e encontre sua própria luz... 

Portanto, se um apreciador segue a arte ao pé da letra, este ser estará com sérissimos problemas e não a arte. Porém, o grande problema que vejo nas artes viciadas pelo grande retorno é que a expressão deixa de ser do autor para ser em sentido do gosto do aceptor... Gustavo Adler2009-02-21 12:27:46
Link to comment
Share on other sites

Operação Valquíria (Valkyrie, 2008, EUA/Alemanha, Dir.: Bryan Singer) - 10/10

 

O Coronel Stauffenberg

é um cara que trabalhava nas Forças Armadas da Alemanha na 2a. Guerra

Mundial. Ele começou a desgostar do regime quando a Alemanha estava

próxima ao fundo do poço. Revoltado, entrou num grupo que queria salvar

o país, tomando o poder de Hitler, nem que para isso fosse necessário

matá-lo.

 

Nesta nova parceria entre o diretor e o roteirista de

Os Suspeitos, o resultado é um filme didático, mas envolvente e com

grande seriedade. A história se concentra no plano do Coronel, não

perdendo muito tempo com suas relações familiares, amigos, flashbacks e

outras coisas que filmes do tipo costumam ter. E gostei muito de o

filme se concentrar mais nos diálogos que na ação, e prender bem o

espectador com isso - o que, num filme de guerra atual, é um milagre!

 

Link to comment
Share on other sites

Operação Valquíria - 8/10

 

Eu assisti sem conhecer a história, então tudo foi novo pra mim... Gostei do filme, das atuações, dos efeitos, maquiagem...

Me deu a impressão de ser um documentário comercial... Meu namorado que conhece a história identificou alguns erros históricos, mas nada comprometedor... Eu gostei do filme.
Link to comment
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

Loading...
 Share

Announcements


×
×
  • Create New...