Jump to content
Forum Cinema em Cena
Sign in to follow this  
-felipe-

Queime Depois de Ler, dos Coen

Recommended Posts

 

 

O WorstPreviews postou um texto sobre Burn After Reading, novo filme dos Coen que sai em 2008:

 

burnaftereeading.jpg

 

What to Expect: There are few people in Hollywood who can claim

a resume as impressive as that of the Coen Brothers. The duo were

cruising; churning out hit after hit throughout the 80's and 90's,

including classics like Fargo and The Big Lebowski. It seemed that they

could do no wrong. Then in 2003, the unthinkable happened. The Coens

released Intolerable Cruelty and the movie bombed, receiving poor

reviews and failing at the box office. Then the next year, they

followed it up with Ladykillers which had similar results despite a

great cast (Tom Hanks) and plenty of hype. The brothers really needed a big movie to get back on track and got exactly that with No Country for Old Men.

The film proved to everyone that not only do they still have what it

takes, but that they are better than ever. Now fans and critics eagerly

await their next movie, which happens to be Burn After Reading, an

extremely smart and funny comedy that will surely live up to the hype.

 

Burn After Reading, on the surface, is very different from No Country

For Old Men. After all, it is going to be a comedy set in a completely

different place and time. Yet, below the surface, these movies share

certain characteristics and story structure that are common to all Coen

projects. They usually have characters that are not necessarily evil or

overly stupid; instead they focus on one flaw that leads them to make a

series of mistakes and takes them down a violent and destructive

freefall. These characters are usually very well developed, making the

audience feel extremely intimate with them and even more caught up in

the plight. Then, of course, there is the signature Coen dialogue which

is always extremely clever and conscious of the dialect of the time and

location the story is taking place, as if they have lived there their

entire lives. The Coens try to infuse these motifs into every movie

that they do, but they are obviously more prevalent in films from an

original Coen script, like Reading, which is definitely a story of

missteps.

 

First, recently fired and disgraced CIA agent,

Osbourne Cox, decides to write his memoir, in the process revealing top

secret government information. Then his wife decides to steal the

information to use against him in their divorce proceedings, but her

lawyer's secretary leaves the disk with the memoir at the gym where it

is found by two gym employees Lynda and Chad. Lynda then convinces

dimwitted Chad that they should try to sell the memoir to the highest

bidder to pay for her plastic surgery instead of doing the right thing

by turning it in. In response, the government dispatches agent Harry

Pfarrer to recover the memoir at whatever cost. As a result, the gym

culture and the CIA culture are set on an irreversible collision

course. Now that is classic Coen! If Cox is not bitter and does not

decide to write the secrets down then the story does not happen. If his

wife does not steal the memoir or the lawyer is not careless with it

then nothing bad occurs. Finally, if Lynda and Chad are not greedy and

vein and return the disk then everything would be just fine. However,

the combination of all of these missteps will lead to many bad things

and plenty of comedy.

 

The other advantage of this being an

original script is the fact that each of the major parts, except for

Cindy, were actually custom written for a particular actor. The part of

Osbourne Cox was written with John Malkovich

in mind. Surprisingly the Coens have never work with him, but both

parties were very excited at this first opportunity. The part of Chad,

the trainer, was exclusively created for Brad Pitt.

Pitt had always wanted to work with the Coens, but there was never a

good part for him, until now. Then the character of Harry was custom

written for George Clooney,

a long time collaborator of the brothers. What is really interesting is

that both Pitt's and Clooney's roles are both kind of dumb, which would

be a big departure from the norm for the actors. We are used to seeing

these Hollywood A-listers playing the smart guys who are always a step

ahead of everyone else (think Oceans movies). In fact, Pitt has not

played a stupid character since his tiny part in True Romance, but even

that was extremely memorable. Meanwhile, Clooney is always some smooth

talking doctor, master criminal, or ship captain unless it is of course

a Coen movie. He jokingly refers to Burn After Reading as the

completion of his "stupid guy" trilogy. Another thing that is

interesting about Clooney's part is that this is yet another movie in

which he will not handle a gun, even though it seems like the character

should; he is a government agent after all. Apparently, Clooney now

purposely avoids handling guns on screen, even though he gladly did in

many of his early films like Three Kings and Peacemaker.

 

To round off the cast, Frances McDormand was cast as Ozzie's ex wife and Tilda Swinton

as Cindy. McDormand is another Coen veteran, who worked with the

directors on the Man Who Wasn't There and Fargo, winning an Oscar for

the latter. Swinton, on the other hand, is a Coen virgin, but she has

just starred opposite Clooney in Michael Clayton. As a result of the

casting, all of the stars have worked together before, which creates

instant chemistry amongst the group, especially between Clooney and

Pitt. It seems that Pitt now spends more time with Clooney then he does

with Angelina Jolie.

 

This instant chemistry is very important

since the project had a very tight shooting schedule, an unfortunate

side effect of having so many big stars with busy schedules. The Coens

started filming in August 2007 and were finished by November. They even

had a break since Clooney somehow even found time to get into a

motorcycle accident. Most of the shooting took place in Brooklyn

Heights, NYC, even though the story actually takes place in Washington

DC. It turns out that the Coens refused to travel the meager two

hundred miles south to film on location, because they wanted to stay at

home. They even went as far as to paint an entire block of houses to

look like Georgetown. I guess when you are as accomplished as the

Coens, you will get your way.

 

Despite all of the familiarity,

there was one person that was noticeably absent: cinematographer Roger

Deakins, who has worked on every movie with the Coens since Miller's

Crossing in 1990. However, for Reading, filming will be handled by

Emmanuel Lubezki. Apparently, the Coens wanted to use the new Red One

HD camera for this project. The Red One is a camera that best captures

natural light which leads to much more natural looking scenes. Lubezki

first used it on Children of Men for which he got an Oscar nomination.

I am not really sure why this is so important in a comedy, since

ideally the audience will be laughing so much that they will not even

notice the cinematography. Thus, I do not think this is as big of a

deal as some are making it out to be.

 

In Conclusion: The

Coens are definitely back in a big way. They are about to follow up

their award winning drama No Country for Old Men with the dark, yet

hilarious comedy Burn After Reading. The film is the first movie in a

while to feature an original Coen script, which should raise the bar

for this project. To execute the script, the Coens assembled a nice mix

of Coen Veterans (Clooney, McDormand) and Coen newbies (Pitt,

Malkovich). As usual, we can expect an extremely smart and funny movie

that will be watched and re-watched for sometime to come. In fact, I am

going out on a limb and say that this will probably be a close second

for funniest Coen movie ever, and there will be those who say that it

is even funnier than the Big Lebowski. Of course that remains to be

seen.

 

-felipe-2008-07-28 23:40:25

Share this post


Link to post
Share on other sites



Próximo filme dos irmãos Coen já tem data de estréia

- 04/03/2008 08:49


O próximo filme dos grandes vencedores do Oscar 2008, os irmãos Joel e Ethan Coen, já tem data para estrear nos cinemas. A Focus Features anunciou que Burn After Reading chegará às telas dos Estados Unidos em 12 de setembro, uma sexta-feira.


Os irmãos Coen
ganharam três estatuetas na semana passada: Melhor Roteiro Adaptado,
Melhor Direção e Melhor Fime. Eles já estão na pós-produção de Burn After Reading e em breve devem começar a rodar mais um longa, que pode ser A Serious Man ou The Yiddish Policemen´s Union.






Share this post


Link to post
Share on other sites

Brad Pitt vira nerd em seu próximo filme

Ator ganha novo visual para “Burning After Readind”, dos irmãos Coen. Geoge Clooney e John Malkovich também estão no elenco do longa

Do EGO, em São Paulo

Tamanho da letra

A-

A+

Brad Pitt é mesmo um cara versátil. O ator já mudou inúmeras vezes o visual para encarar um novo desafio no cinema. Foi assim em “Snach - Porcos e Diamantes”, onde ele interpretou Mickey O’Neil, um boxeador escocês moreno e cabeludo com um sotaque para lá de carregado, e em “Doze Macacos”, onde ele viveu Jeffrey Goines, um jovem perturbado cheio de tiques. Para viver Chad Feldheimer em “Burn After Readind”, ainda sem data para chegar ao Brasil, ele ganhou um visual, digamos, nerd, com direto a topete alto, luzes claras e roupinhas bem comportadas.

  

 

Daily%20Mail/Reprodução

Brad Bitt em cena com a atriz Frances McDormand. Topete, luzes claras e roupas comportadas para viver Chad Feldheimer, no filme dos irmãos Coen, autores de "Onde Os Fracos Não Têm Vez"

No comédia dos irmãos Coen, autores do premiado “Onde Os Fracos Não Têm Vez”, seu pergonagem é um humilde funcionário de um colégio. George Clooney , John Malkovich e Tilda Swinton também participam do longa, que deve ser lançado em setembro nos Estados Unidos. A performance de Brad gerou comentários no elenco. Clooney disse que o ator está ótimo em seu papel. "Ele está roubando a cena e eu vou matá-lo", brincou. “Eu nunca poderia fazer as coisas que ele faz”, admitiu Clooney ao site do jornal “Daily Mail”.

 

Daily%20Mail/Reprodução

A comédia, "Burn After Reading", deve estrear em setembro nos Estados Unidos

Fonte: globo.com

Share this post


Link to post
Share on other sites

Will? Quem era Will?09

 

Assisti ao trailer e também gostei, parece ser mais uma brincadeira inspirada deles.

Se continuarem com o ritmo de no mínimo um filmaço sério por década, já estou contente, e nessa década já fizeram a lição.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Próximo filme dos irmãos Coen já tem data de estréia - 04/03/2008 08:49

O próximo filme dos grandes vencedores do Oscar 2008' date=' os irmãos Joel e Ethan Coen, já tem data para estrear nos cinemas. A Focus Features anunciou que Burn After Reading chegará às telas dos Estados Unidos em 12 de setembro, uma sexta-feira.

Os irmãos Coen ganharam três estatuetas na semana passada: Melhor Roteiro Adaptado, Melhor Direção e Melhor Fime. Eles já estão na pós-produção de Burn After Reading e em breve devem começar a rodar mais um longa, que pode ser A Serious Man ou The Yiddish Policemen´s Union.

[/quote']

 

Eu vi o trailer e achei muito engraçado tb... Pitt parece roubar a cena, mas há um time de coadjuvantes fora de série ... é esperar pra ver ...

Share this post


Link to post
Share on other sites

Filme de Brad Pitt e George Clooney ganha mais cartazes
(13/07/2008 - 15h37)

 

 

img_news_13072008burn1.jpg

 

 

 

Burn After Reading, com Brad Pitt (O Assassinato de Jesse James pelo Covarde Robert Ford) e George Clooney (Conduta de Risco), dos irmãos Coen (Onde os Fracos Não Têm Vez) ganhou mais dois cartazes. Em um deles, podemos ver as fotos do elenco do longa.

O filme conta a história de um agente da CIA que produz um livro revelador sobre missões secretas, mas tem o conteúdo perdido. Esta será a terceira parceria dos irmãos Coen e Clooney. Eles já trabalharam juntos em E aí Meu Irmão, Cadê Você? (2000) e em Amor Custa Caro (2003).

John Malkovich (A Lenda de Beowulf) e Frances McDormand, vencedora do Oscar de Melhor Atriz por Fargo - Uma Comédia de Erros, em 1996 completam o elenco do longa. Tim Bevan (Três Vezes Amor) e Eric Feliner são os produtores.

Burn After Reading abrirá o Festival de Veneza no dia 27 de agosto e estréia em 28 de novembro no Brasil.


Share this post


Link to post
Share on other sites

Burn After Reading: Assista a mais dois trailers do novo filme dos irmãos Coen

Um é focado no personagem de George Clooney e o outro no de Brad Pitt

burnafterreading_04.jpg

Burn After Reading, o primeiro filme dos irmãos Joel e Ethan Coen depois da recente consagração com Onde os Fracos não Têm Vez, ganhou mais dois trailers. Um é focado no personagem de George Clooney e o outro no de Brad Pitt. Confira:

A história segue um ex-agente da CIA (John Malkovich) que está escrevendo um livro mas perde o disco com suas anotações, encontradas por um paspalhão (Pitt), que resolve chantagear o agente. Clooney faz um assassino escalado pela CIA para solucionar o problema. Tilda Swinton, J.K. Simmons e Frances McDormand também estão no elenco.

O roteiro se inspira no romance Burn Before Reading: Presidents, CIA Directors, and Secret Intelligence, pelo almirante Stansfield Turner, que foi diretor da CIA de 1977 a 1981. Como sempre, Joel e Ethan roteirizam juntos. Os dois dividem a direção. O filme abrirá o Festival de Veneza em 27 de agosto e a estréia oficial acontece em 12 de setembro nos EUA. No Brasil, em 28 de novembro. fonte: Omelete

Anarquia e humor presentes no filme03

Share this post


Link to post
Share on other sites

Saíram mais imagens de Queime Depois de Ler
(12/08/2008 - 09h04)

Da Redação www.cineclick.com.br

 

img_news_12082008burn1.jpg

Cena de Queime Depois de Ler
Mais imagens de Burn After Reading, com Brad Pitt (O Assassinato de Jesse James pelo Covarde Robert Ford) e George Clooney (Conduta de Risco), foram divulgadas. O longa é dirigido pelos irmãos Coen (Onde os Fracos Não Têm Vez).

O filme conta a história de um agente da CIA que produz um livro revelador sobre missões secretas, mas tem o conteúdo perdido. Esta será a terceira parceria dos irmãos Coen e Clooney. Eles já trabalharam juntos em E aí Meu Irmão, Cadê Você? (2000) e em Amor Custa Caro (2003).

John Malkovich (A Lenda de Beowulf) e Frances McDormand, vencedora do Oscar de Melhor Atriz por Fargo - Uma Comédia de Erros, em 1996 completam o elenco do longa. Tim Bevan (Três Vezes Amor) e Eric Feliner são os produtores.

Burn After Reading abrirá o Festival de Veneza no dia 27 de agosto e estréia em 28 de novembro no Brasil.

 
img_news2_12082008burn2.jpg
 

img_news3_12082008burn3.jpg

Share this post


Link to post
Share on other sites

Clooney e Pitt são idiotas em "Queime Depois de Ler", dos irmãos Coen

Da Ansa fonte:uol

ROMA, 14 AGO - Uma coisa é certa, em "Queime Depois de Ler", comédia de humor negro dos irmãos Joel e Ethan Coen que irá abrir o 65o Festival de Cinema de Veneza, os galãs George Clooney e Brad Pitt serão dois perfeitos cretinos.

"Todos os personagens desse filme serão idiotas, mas não totalmente desprezáveis", admitiram por sua vez os próprios irmãos Coen.

"Apesar da ambientação em Washington, na realidade o filme conta a história de pessoas incrivelmente cretinas que fazem coisas extremamente estúpidas relacionadas com sexo e outras coisas. O que torna tudo mais interessante é que não se tratam de políticos", explicou Clooney.

"Meu personagem não é, portanto, muito diferente dos outros idiotas que interpretei para filmes anteriores dos irmãos Coen. É um personagem triste e idiota, mas tem também um lado cruel e brutal que não tinha por sua vez em Everett de 'E aí, Meu Irmão, Cadê Você?' (2000). Quando li o roteiro dei muitas risadas, é absolutamente louco e aceitei na hora", continuou Clooney.

"Queime Depois de Ler" começa com Osborne Cox (John Malkovich) demitido da CIA. Sua esposa Katie (Tilda Swinton) está desconcertada com a notícia mesmo tendo a tempos uma relação clandestina com Harry Pfarrer (George Clooney), um xerife federal casado, e estar pensando seriamente em deixar o marido porá ficar com ele. Enquanto isso, na periferia de Washington, a funcionária da academia Hardbodies Fitness Centers, Linda Litzke (Frances McDormand) não consegue se concentrar em seu trabalho. Não consegue parar de pensar em sua próxima cirurgia estética e comenta seu sonho com o colega Chad Feldheimer (Brad Pitt).

Linda sabe bem que o diretor da academia, Ted Treffon (Richard Jenkins) a ama mesmo sabendo que ela organiza encontros via internet com outros homens. No entanto, quando um CD da CIA contendo material secreto acaba por acaso nas mãos de Linda e Chad, a dupla descobre estar disposta a tudo para tirar o melhor proveito da situação.

"O filme conta a história de pessoas que atravessam a típica crise da meia idade, tanto profissional, pessoal ou sexual. Tudo isso se entrelaça depois com questões de segurança nacional. E é isso que torna o filme uma fábula política. A trama toca a CIA e o mundo das academias e do fitness a todo custo, e conta o que acontece quando estes dois mundos se cruzam e se enfrentam", disse Joel Coen.

Brad Pitt também comentou a debilidade intelectual de seu personagem dizendo: "não imaginava que meu personagem seria um cretino total que masca chiclete, bebe Gatorade até não poder mais, e tem um cérebro queimado de tanto escutar iPod. Meu comentário para Joel e Etha foi 'é um cretino total', mas no fundo no fundo tem um grande coração. Posso defini-lo como um alpinista social, uma pessoa que tenta desesperadamente fazer carreira".

Já o ator John Malkovich comentou sobre o filme: "esperem um filme divertido que abre uma janela original para o mundo olhando-o de maneira não muito direita".

<>

#uolcelwidgets { margin:2em 0;height:80px; }

#uolcelwidgets h3 { background:#efefef;color:#000;font:bold 10px verdana;padding:3px;height:12px;display:block;margin:0;padding-left:10px; }

#uolcelwidgets .borda span { margin-top:3px;color:#666;margin-bottom:40px; }

#uolcelwidgets .borda span a { color:#666; }

#uolcelwidgets a { text-decoration:none;color:000; }

#uolcelwidgets a:hover { text-decoration:underline; }

#uolcelwidgets #uolcelular { float:left;margin-right:10px;width:212px }

#uolcelwidgets #uolcelular .borda { height:50px;_height:57px;border:1px solid #efefef;color:000;font:normal 10px verdana;background:url(http://img.uol.com.br/wap-ico.gif) 13px 12px no-repeat;padding:0;padding-top:9px; }

#uolcelwidgets #uolcelular .margem { padding-left:40px; }

#uolcelwidgets #widgets { float:left;width:213px }

#uolcelwidgets #widgets .borda { height:50px;_height:57px;border:1px solid #efefef;color:000;font:normal 10px verdana;background:url(http://img.uol.com.br/widgets-ico-menor.gif) 7px 7px no-repeat;padding:0;padding-top:9px; }

#uolcelwidgets #widgets .margem { padding-left:50px; }

 

Share this post


Link to post
Share on other sites

Depois de vencer o Oscar, irmãos Coen lançam novo filme em Veneza

“Burn after reading” abre Festival de Veneza nesta quarta-feira (27).
Comédia de humor negro traz Brad Pitt, George Clooney e John Malkovich.

Foto

Depois de saírem vencedores da última edição do Oscar, os irmãos Ethan e Joel Coen atraíram olhares atentos de cinéfilos do mundo inteiro. Com “Onde os fracos não têm vez”, a dupla de cineastas faturou quatro prêmios da Academia, incluindo melhor filme e direção.

 Agora, seis meses depois, os Coen enfrentam um novo desafio, o lançamento seu novo longa-metragem, “Burn after reading”, sob o peso da responsabilidade daquelas quatro estatuetas douradas que hoje ostentam em suas prateleiras.
A estréia do novo trabalho não poderia ser mais especial: “Burn after reading” abre nesta quarta-feira (27) o Festival de Veneza, um dos mais prestigiados eventos do calendário do cinema mundial e um sabido termômetro do Oscar. Para completar, a sessão de gala promete atrair holofotes com a presença de seu elenco principal, composto pelos astros Brad Pitt, George Clooney e John Malkovich.

 Foto

 Trama

Em “Burn after reading” (Queime depois de ler), John Malkovich interpreta Ozzie Cox um agente veterano da CIA que é demitido por causa de seu alcoolismo. Ele resolve se vingar de seus chefes na agência escrevendo um escandaloso livro de memórias

Foto

Entretanto, a mulher de Cox, Katie (Tilda Swinton), rouba o CD que contém suas revelações e acidentalmente o esquece em sua academia de ginástica, onde o disco é encontrado pelo personal trainer Chad (Pitt) e a proprietária do local, Linda (Francês McDormand), que decidem chantagear o ex-agente com as informações.

Entra em cena o policial Harry (Clooney), um sujeito vaidoso ao extremo, tarado e cheio de manias que tem um caso com a mulher de Cox. Só que Harry conhece Linda por meio de um serviço de namoro online e acaba se envolvendo no plano de chantagem.

“Burn after reading” chega aos cinemas americanos dia 12 de setembro e estréia no Brasil em 28 de novembro. Enquanto isso, Ethan e Joel Coen já preparam mais uma comédia, “A serious man”, que terá os pouco conhecidos Michael Stuhlbarg e Richard Kind como protagonistas e será lançada em 2009.

Share this post


Link to post
Share on other sites

'Somente os Coen nos acham idiotas', afirmam Clooney e Pitt

'Reprodução%20/Reprodução

Saber que os papéis foram escritos para nós não é bom', diz Clooney.
Questionado sobre quando se casa, o ator respondeu: 'hoje mesmo'.

Para George Clooney e Brad Pitt, os protagonistas do mais novo filme dos irmãos Joel e Ethan Coen, "Burn after reading", que estréia na noite desta quarta-feira (27) na abertura da 65ª edição da Mostra Internacional de Cinema de Veneza, importa fundamentalmente uma coisa: "que as pessoas saibam que apenas os Coen pensam que somos dois idiotas".

No filme, Clooney faz o papel de um policial federal que pensa apenas em fazer amor com a amante, interpretada pela atriz Tilda Swinton (ganhadora do Oscar por "Contrato de risco"), ou com mulheres que ele conhece pela internet, fazendo caminhadas logo após a relação sexual e usando seu tempo livre para a construção de uma poltrona vibratória.

Já Pitt interpreta um professor universitário completamente idiota, que bebe isotônicos o dia inteiro e queima a cabeça de tanto ouvir seu MP3. "Saber que os nossos papéis foram escritos pensando em nós não é uma coisa boa", disse Clooney durante a coletiva de imprensa que abriu o festival.

Os Coen quiseram fazer um exercício com eles: "Partimos dos atores, imaginando quais personagens poderiam fazer. Surgiu um filme de espiões, um gênero que nunca havíamos

 

Com o novo filme, Clooney acredita ter concluído o que chamou de "a trilogia do idiota" com os Coen, após "E aí, meu irmão, cadê você?" (2000) e "O amor custa caro" (2003).

 

"Procurei por muitos anos estar em um filme deles. Quando me chamaram fiquei muito contente em aceitar, depois li o roteiro e mais que ofendido, me senti insultado", brincou Pitt.

Durante a entrevista coletiva realizada na terça-feira, a imprensa não deixou de fazer perguntas pessoais aos protagonistas do filme. "Quando vai se casar?", perguntou uma jornalista a Clooney, que respondeu com bom humor: "É surpreendente ouvir essa pergunta. Agradeço a você, hoje me caso e tenho filhos. Tudo hoje".

Pitt revelou que os gêmeos nascidos um mês atrás na França estão bem e que "para o próximo ano pensamos [ele e a esposa, Angelina Jolie] em ter mais dois".

A naturalidade com que os atores interpretam os dois "idiotas" fez correr os boatos de uma possível improvisação no set. "Nada disso, havia um roteiro de ferro", rebateu a atriz Tilda Swinton, que interpreta a mulher infiel do analista da CIA interpretado por John Malkovich.

Além de "Burn after reading", a abertura da 65ª edição do Festival de Cinema de Veneza terá a projeção do curta "Do visível ao invisível", dirigido pelo cineasta português Manoel de Oliveira e produzido a partir de uma idéia do jornalista e apresentador Serginho Groisman, sobre a invisibilidade no mundo atual, e que tem no elenco Leon Cakoff.

Share this post


Link to post
Share on other sites

 

mv5bndqyotqyntyynv5bml5pj8.jpg

 

The Coen Brothers' Burn After Reading. starring George Clooney, Brad

Pitt, John Malkovich, Frances McDormand and Tilda Swinton, received a

generally warm reception from critics as it opened the Venice Film Festival

Wednesday night. Reviewing the film for Bloomberg News, Farah Nayeri wrote,

"With Burn After Reading, the Coen brothers have produced their

freshest, lightest comedy yet, despite its dark overtones. Only they could

successfully mix physical fitness, the CIA, Internet dating, national

security, plastic surgery, and marital infidelity." All of the stars, along

with the Coens, took part in a news conference following the press

screening. Each of the actors portrays a kind of idiotic character, leading

Joel Coen to remark that he and his brother have "a long history of writing

parts for idiotic characters." Then, possibly with the fresh memory of

recent protests over Tropic Thunder in mind, he added, "By the way,

I'm starting to detect something in the crowd here, a feeling that you all

feel there's something wrong with being an idiot. I just want to caution you

about that, because that's a sensitive subject and a big demographic."

 

-felipe-2008-08-28 21:23:46

Share this post


Link to post
Share on other sites

Comédia de espionagem dos irmãos Coen divide críticos em Veneza

 

id2609img2.jpg

 

 

VENEZA (Reuters) - O filme mais recente dos irmãos Joel e Ethan Coen, a comédia maluca "Queime Depois de Ler", dividiu a crítica, diferentemente do que aconteceu no ano passado com o aclamado "Onde os Fracos Não Têm Vez", que acabou recebendo quatro Oscar, incluindo o de melhor filme.

O novo longa fez sua estréia mundial no festival de cinema de Veneza na quarta-feira, fato que levou George Clooney e Brad Pitt ao tapete vermelho, sob os olhares de centenas de fãs aos gritos. As primeiras resenhas do filme ansiosamente aguardado já começaram a sair.

O jornal especializado Variety não apreciou a paródia de filme de espionagem.

"Nada na execução do projeto indica qualquer intenção de que fosse mais que uma brincadeira -- o que seria ótimo, se fosse uma brincadeira divertida", escreveu Todd McCarthy. "Mas o público começa a ranger os dentes desde o início e não pára mais."

Muitos dos comentários positivos que o crítico fez a "Queime Depois de Ler" foram reservados para Brad Pitt, em seu primeiro trabalho para os irmãos Coen.

Como vários outros críticos, McCarthy elogiou a atuação de Pitt como instrutor de academia ingênuo e hiperativo que tenta extorquir dinheiro de um analista demitido da CIA cuja autobiografia ele encontra por acaso em um CD perdido.

"Brad Pitt exagera tremendamente no retrato cômico, mas, ao fazê-lo, cria um personagem simpático ao extremo", disse McCarthy.

No outro extremo do espectro, Lee Marshall, da revista Screen International, considerou o filme "um misto lindamente produzido de história de espionagem, sátira do espírito dos tempos americanos e drama de relacionamentos".

"'Queime Depois de Ler' é uma comédia urbana inteligente sobre os perigos da idiotice, que usa seu elenco estelar com efeito deslumbrante e frequentemente hilário."

Wendy Ide, do Times de Londres, conferiu ao filme quatro estrelas (de um total de cinco) e apontou as melhores performances como sendo de Brad Pitt e John Malkovich.

Malkovich faz o agressivo e beberrão analista da CIA, enquanto Clooney, em seu terceiro trabalho para os irmãos Coen, faz um policial federal obcecado por malhar e que trai sua mulher.

A principal reserva de Wendy Ide é que o elenco de personagens não desperta muita empatia no público.

"Seria melhor se pudéssemos não apenas rir dos personagens, mas também gostar deles", ela conclui.

Kirk Honeycutt, do The Hollywood Reporter, em resenha que inclui críticas e elogios, descreveu "Queime Depois de Ler" como "uma tolice menor com todos os acompanhamentos de um filme de estúdio de grandes dimensões".

Na conclusão de sua resenha, ele cita uma frase de um funcionário da CIA no filme que acaba de ser informado dos acontecimentos misteriosos que cercam a autobiografia perdida.

"Fale comigo de novo quando tudo isso começar a fazer sentido."

Share this post


Link to post
Share on other sites

Os irmãos Coen poderiam muito bem ser apenas um em Toronto

id2612img2.jpg

TORONTO (Reuters) - Há uma razão para que eles sejam chamados Coen Bros., e não Joel Coen e Ethan Coen: eles também poderiam ser uma pessoa só.

Eles não apenas são parecidos, mas falam do mesmo jeito e um termina as frases do outro e explica o contexto quando o outro esquece.

Joel, de 53 anos, o mais velho, por uma diferença de cerca de três anos, é um pouco mais alto e seu cabelo castanho está mais comprido. Mas ambos têm barba e usam óculos e ambos admitem que as pessoas frequentemente confundem um com o outro.

"Houve uma época em que as pessoas costumavam nos pedir que nos identificássemos cada vez que começávamos a falar, especialmente se a conversa era por telefone", diz Joel à Reuters. "Mas isso apenas interrompia demais a conversa."

Os Coens, que ganharam em 2007 Oscars de melhor filme, diretor e roteiro com "Onde os Fracos Não Têm Vez", um drama sobre o mundo do crime," estão na corrida outra vez com o novo filme, "Burn After Reading" ("Queime Depois de Ler"), que teve sua estréia na América do Norte na sexta-feira, no festival de cinema de Toronto.

O filme marca o retorno deles às comédias malucas, como "Arizona Nunca Mais" e "O Grande Lebowski" --que lhes valeram uma legião de seguidores do tipo cult-- e tem no elenco astros como Brad Pitt, George Clooney, John Malkovich e Tilda Swinton.

Pitt interpreta um instrutor de ginástica hiperativo que tenta chantagear um ex-agente da CIA (Malkovich). Swinton é a gélida e eficiente esposa do agente da CIA, que está tendo um caso com um tolo delegado da policial federal, interpretado por Clooney.

Nos 94 minutos de filme que transcorrem não muito depressa, há mal-entendidos e reviravoltas levemente confusas --uma marca em qualquer filme dos Coens.

"Você tem de estar à frente da audiência, em termos do que eles pensam sobre a trama e como ela vai se desenrolar", disse Joel. "É uma espécie de farsa, e você tem de envolver-se."

"A farsa é uma boa maneira de encarar o filme", completa Ethan.

A comédia teve sua estréia mundial no mês passado em Veneza e estréia nos Estados Unidos no dia 12.

<>

#uolcelwidgets { margin:2em 0;height:80px; }

#uolcelwidgets h3 { background:#efefef;color:#000;font:bold 10px verdana;padding:3px;height:12px;display:block;margin:0;padding-left:10px; }

#uolcelwidgets .borda span { margin-top:3px;color:#666;margin-bottom:40px; }

#uolcelwidgets .borda span a { color:#666; }

#uolcelwidgets a { text-decoration:none;color:000; }

#uolcelwidgets a:hover { text-decoration:underline; }

#uolcelwidgets #uolcelular { float:left;margin-right:10px;width:212px }

#uolcelwidgets #uolcelular .borda { height:50px;_height:57px;border:1px solid #efefef;color:000;font:normal 10px verdana;background:url(http://img.uol.com.br/wap-ico.gif) 13px 12px no-repeat;padding:0;padding-top:9px; }

#uolcelwidgets #uolcelular .margem { padding-left:40px; }

#uolcelwidgets #widgets { float:left;width:213px }

#uolcelwidgets #widgets .borda { height:50px;_height:57px;border:1px solid #efefef;color:000;font:normal 10px verdana;background:url(http://img.uol.com.br/widgets-ico-menor.gif) 7px 7px no-repeat;padding:0;padding-top:9px; }

#uolcelwidgets #widgets .margem { padding-left:50px; }

 

 

Share this post


Link to post
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

Loading...
Sign in to follow this  

×
×
  • Create New...