Jump to content
Forum Cinema em Cena

Batman - The Dark Knight (# 4)


Big One
 Share

Recommended Posts



Poxa Dook' date=' no final do filme,  Dent era o Cavalerio Branco, a esperança de Gothan pra acabar com a violência, se eles levam a público que o Harvey enlouqueceu e saiu matando pessoas, a população não teria mais em quem acreditar, o exemplo que era Dent "I Believe in Harvey Dent" foi pro saco.

Portanto o Batman resolve assumir os crimes do Dent, por um bem maior, manter a esperança da população. Nesse momento ele vria a cara do Harvey, que estava de lado mostrando a face detonada, para o lado bom, o lado da face , o Batman quer mostrar ESSE Harvey pra população e não o outro lado dele...o de assassino, a face detonada..ele assume os crimes por um bem maior, tanto que o Gordon fala que ele será um pária, será caçado pela polícia,  e ele sai correndo...que culminou com uma das cenas mais legais, Batman correndo pras sombras se tornando um maldito...


[/quote']

 

A divisão pra mim ficou clara entre os dois Big... Mas não ficou claro que o Batman assumiria os crimes do Dent para "salvá-lo" (uma vez que ele está MORTO). E quem fala que seria um pária, seria caçado e tudo mais é o próprio Batman, prevendo a repercussão de sua decisão a partir daquele momento. Ao assumir que para obter o resultado que tanto busca ele, como símbolo, não pode estar preso à regras, ele se torna, aos olhos da população, um herói amoral.

 

Aliás, um discurso fantástico que o filme me deixou foi exatamente esse: a sociedade não precisa de um herói certinho que segue as regras para fazer as coisas darem certo, embora a sociedade deseje e anseie por alguém assim. A sociedade precisa de alguém que está acima das regras. Só uma pessoa amoral (ou seja, com ausência TOTAL de moral - o que é diferente de IMORAL, bem entendido) consegue produzir os resultados que uma sociedade precisa.

 

Não se produz resultado efetivo sendo bonzinho. Quando se é bonzinho e segue as regras o resultado que você obtém é meramente uma boa imagem perante à sociedade, mas uma imagem falsa, um simulacro. Vc precisa quebrar as regras para poder mostrar à sociedade que elas são falhas e precisam ser reformuladas ou revistas objetivando o equilíbrio da vida coletiva. E o Batman entende isso quando faz o acordão com o Dent para que este assuma a identidade do herói; e quando o herói utiliza a tecnologia do sonar para espionar milhares de cidadãos inocentes de Gothan para tentar achar o Coringa num chute pesado à qualquer noção de ética que é pregada hoje em dia.

 

É justamente por assumir esse lado "no rules, rules" que o Batman sabe que será mal visto pela sociedade que espera dele um herói convencional, que inspire as pessoas a serem nobres e a seguirem as regras. Mas seguir as regras num universo sem regras nunca produziu resultado.

 

Provavelmente essa questão encontra ecos na literatura, mas não lembro de nada agora, no momento. No caso das HQs, esse aspecto é totalmente O Cavaleiro das Trevas, de Frank Miller. Cinematograficamente remete à Dirty Harry e, mais recentemente ao próprio Tropa de Elite. E ter isso num blockbuster de verão não é pouco.

 

Ok, Dook é tudo isso que vc colocou, mas é também o que o Alexandre comentou anteriormente. Batman nunca será uma unanimidade, ele percebe que ele terá que caminhar sob essa linha invisível de certo/errado, moral/imoral, enfim, mas ele passa a reconhecer tb que as pessoas não podem perder a esperança de que as coisas podem melhorar e o Harvey Dent era o símbolo disso e por isso é que ele insinuou ao Gordon que as pessoas não poderiam saber sobre a transformação em "Duas Caras". 
Link to comment
Share on other sites

fui o único que não gostou da bat-viradinha na parede? 06

achei desnecessária essa cena' date=' tambem não gostei da origem da motoca

de resto, ela é foda

PS: malditas legendas brancas
[/quote']


Eu achei normal, nada demais, eu gostei mesmo daquela outra qdo ele sai beco com as rodas girando pro lado..muito louca...

O que me incomodou foi o corte qdo o Gordon está com o Harvey no hospital, e no momento em que eles vão mostrar a cara detonada do Harvey há corte que  ficou estranho...enfim.

Qto ao Harvey, eu acho que ele foi pro saco...colocar ele de volta seria destruir todo aquele discurso no final, sobre assumir a culpa, dar esperança etc e tal.

 

Eu tb acho que o Dent morreu ... e não queria me "gambar", mas não gostaria de estar enganado ... pelo menos dessa vez ... 09
Link to comment
Share on other sites

Se o Dent realmente morreu será uma pena pq ele foi tão bem retradado no filme q daria ótimas histórias para a franquia.

 

Já temos essa discussão idiota q muitas pessoas estão fazendo contra a presença do Coringa num próximo filme, agora existe a possibilidade de ficar sem o Duas-caras, pô, a franquia ficará sem os seus melhores vilões...sacanagem

 

 

 

 

Link to comment
Share on other sites

 

Acho que o Jonathan Nolan confirmou numa entrevista que o Dent morreu mesmo. Dent caiu primeiro. Batman salva o filho de Gordon e depois cai' date=' só que sua armadura o protege, ao contrário de Harvey que estava desprotegido...04

[/quote']

 

Sabe dizer qual foi a entrevista Rod?

 

Link to comment
Share on other sites

Acho que o Jonathan Nolan confirmou numa entrevista que o Dent morreu mesmo. Dent caiu primeiro. Batman salva o filho de Gordon e depois cai' date=' só que sua armadura o protege, ao contrário de Harvey que estava desprotegido...04
[/quote']

Sabe dizer qual foi a entrevista Rod?

 

Foi essa:

 

 

 
Link to comment
Share on other sites

 

eu acho que cortaram alguma coisa do filme' date=' isso levando em consideração o Espantalho, poxa ele teve uma aparição muito pequena nesse filme, sem motivo aparente....não precisava ele ter aparecido ali nada, mas apareceu por que?

 

 

 

E a cena final do coringa? ele num morre...ele vai ser preso acho que eles tinham em mente de juntar o Espantalho com o Coringa no terceiro filme...

 

 

 

[/quote']

 

No final de Begins ele deixa bem claro que vai atrás do Crane.

 

O início de TDK é só para fechar a caçado ao Espantalho.

 

e Rod, valeu pelo link. Vou escutar e depois digo o que acho.

 

Link to comment
Share on other sites

Mulher Gato seria tudo de bom. Mas não consigo imaginá-la (ou pelo menos o conceito que tenho dela - que vem de Batman Returns) no contexto urbano-realista do Nolan.
  E outra DR CALVIN, as comparações com Jack Nicholson não são nada se comparada as comparações q uma futura interprete da felina sofreria com Michelle Pfeifer, q de fato, estava perfeita como a felina.
Link to comment
Share on other sites

hehehe

Graças a deus nem será considerado o LIXO chamado Mulher-Gato feito pela Halle Berry

 

Será q a Mulher-Gato da Michelle Pfeiffer vai ser posta em jogo, assim como o Coringa???

 

Ela é muito foda! Com um casaco de couro, conseguiu fazer uma roupa inteira pra ela, com direito à orelhinhas!

 

Mas Nolan já provou que sabe contornar o que era visto como unânime hehe

 

...mas ainda que a superem, aquele "miau" seguido de uma explosão será eterno hehe

 

Viva a Michelle Pfeiffer q ajudou a tornar a mulher-gato um icone feminino, seja de beleza, poder ou sexual (os sadomasoquistas devem ter orgasmos com aquela mulher vestida de couro com um chicote, andando por aí sensualmente huahauahua)

    

A Mulher-Gato é mais uma vilão conhecidíssima do universo do Batman.

 

Seria interessantíssimo vê-la em ação...

 

 
Scud2008-07-22 23:12:35
Link to comment
Share on other sites

acho que a mulher gato entra agora no ultimo filme' date=' não conheço muito sobre o batman, mas a mulher gato não é tipo uma namorada do batman até certo ponto???

[/quote']

 

A Mulher Gato é a verdadeira face do Batman que ele nunca admitiu para si mesmo. Pelo menos é isso que nos mostra Batman Returns. Se é assim na HQ dá pra imaginar o potencial que o Nolan tem nas mãos?

 

1616
Dr. Calvin2008-07-22 23:42:30
Link to comment
Share on other sites

acho que a mulher gato entra agora no ultimo filme' date=' não conheço muito sobre o batman, mas a mulher gato não é tipo uma namorada do batman até certo ponto???

[/quote']

 

A Mulher Gato é a verdadeira face do Batman que ele nunca admitiu para si mesmo. Pelo menos é isso que nos mostra Batman Returns. Se é assim na HQ dá pra imaginar o potencial que o Nolan tem nas mãos?

 

1616
É exatamente isso, DR CALVIN, só q Burton mostrou isso de uma maneira cem vezes mais interessante q nos gibis. Pra mim, Returns é a melhor trama envolvendo a Mulher gato, oq inclui as hqs. Questão2008-07-22 23:45:18
Link to comment
Share on other sites

Bem, bem... vi hoje, e o que posso dizer? Já falei que não gostei de Batman Begins que, embora não fosse um filme ruim, me irritava por ser meramente um "filme de gangsters com um louco vestido de morcego", e não um filme de Batman. De fato, me incomodava o fato do filme carecer totalmente de uma identidade própria, além de ser chato e arrastado, querendo sempre enfiar pela goela do público que "sim, sim, tudo isso pode ser verdade, tudo isso poderia ser real!".

 

 

 

Então, minhas expectativas com esse novo Batman não eram das melhores, já que o tom parecia ser o mesmo. Graças a Deus, eu estava errado. O filme tem seus defeitos, e confesso que nos primeiros quinze minutos, eu pensava "ok, mais um Begins"... mas de repente, o carrinho chega ao alto da montanha russa e, a partir dali, é apenas uma queda livre louca e desesperada até o final, nunca dando tempo para respirar.

 

 

 

Achei muito bom. Me cativou pelo ritmo acelerado, que nem me deixava perceber os defeitos (de fato, só fui questionando certas coisas alguns minutos depois de terminada a sessão). Atuação de Ledger excelente, mas nada digno de Oscar, Duas Caras numa participação boa, mas totalmente ofuscada pelo Coringa. A música... bom, dessa vez a música atingiu seu objetivo, ou seja, ela pontua a ação de forma tão perfeita que sequer consigo me lembrar dela... Certamente não é uma trilha sonora para se escutar em casa, mas só digo que dessa vez a coisa funcionou. Que diabos, até as traquitanas do Batman pareciam mais adequadas dessa vez, mais exageradas e fantasiosas, e não apagadas e explicadas à exaustão como no filme anterior.

 

 

 

A falta de uma ambientação fantasiosa tbém não incomoda tanto nesse filme (resultado do ritmo vertiginoso?), as cenas de ação são boas, as cenas de luta não são nenhum primor mas, pelo menos, a gente consegue enxergar o que está acontecendo! Ah, e em determinados momentos, eu me sentia vendo as melhores H.Q.s ou Graphic Novels do Batman (e não venham me dizer que não tem NADA dos quadrinhos ali... tem sim, desde lances de A Piada Mortal até Batman Ano Um... pena que não tem nada de O Cavaleiro das Trevas, mas quem sabe no próximo filme)... os diálogos de Batman com o Coringa, as piadas do dito cujo, Batman jogando um criminoso de uma altura considerável...

 

 

 

Afff, fiquei a maior parte do tempo justificando pq gostei mais desse do que de Begins, mas a verdade é que ainda não me sinto preparado pra fazer uma crítica de verdade. Amanhã assisto de novo e tento escrever algo mais coerente. Amanhã dou minha nota tbém, mas por enquanto, eu diria que é nota 9/10.RAZIEL2008-07-23 04:45:00

Link to comment
Share on other sites

 

Scarlet Rose' date='

 

 

 

Do mesmo modo que estamos comentando sobre o filme em si, estamos também dando importância ao que ele provocou ao seu redor, para mim, é uma enorme satisfação ver que um bom trabalho foi recompensado com belos resultados, nada alem disso.[/quote']

 

 

 

Isso nao eh conveniente para ninguem alem da equipe e do estudio responsaveis pelo filme. Nao ganho nada com a bilheteria de filme nenhum. Alias, quero ir ver de novo, mas justo a ausencia de grana me impede

 

 

 

Eu discordo, acho que é conveniente para as pessoas que gostam do filme que ele faça bastante sucesso, já que isso possibilita que uma continuação seja feita, mantendo-se a mesma equipe. Ao menos, é por isso que fico feliz quando um filme que eu gosto faz sucesso (e lamento quando não o faz, mas nem por isso deixo de gostar do filme).

 

 

 

Além do mais, um ótimo filme de quadrinhos fazendo uma ótima bilheteria nos dá a esperança que os engravatados de Hollywood somem dois mais dois, e como resultado teremos uma proporção maior ainda de ótimos filmes baseados em H.Q.s... Mas isso já é mais duvidoso. Como eu disse pra outro usuário esses dias, não estamos tratando de uma ciência exata aqui...

Link to comment
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

Loading...
 Share

×
×
  • Create New...