Jump to content
Forum Cinema em Cena

Passado e Futuro


J.McClane
 Share

Recommended Posts

Cacei se tinha algum tópico assim e não achei nenhum.

 

Passou uma matéria assim no Fantástico um tempo atras e ate em revista saiu algo parecido, algo como uma capsula do tempo, um pessoal duma classe sentou, escreveu cada um seus planos para 10 anos, como queriam estar, objetivos, sonhos, etc., puseram num envelope, fecharam, e ficou na guarda de um professor/responsavel para abrir nesse ano.

(O texto da revista/site não lembro a fonte, a do Fantástico ta aí o vídeo http://www.youtube.com/watch?v=KnsJ_wcSSc8  )

 

Bom, e há 10 anos, com eram, quais os planos pra hoje, ja hoje, conseguiram alcançar o que pensavam naquela época? Puco, muito, ou nada? E daqui há 10 anos, quais os planos para lá?

 

Eu, há 10 não tinha certeza do que queria fazer. Tinha vontade de jornalismo esportivo, ja que, apesar de ser um excelente goleiro, não era tão alto ( baixinho não!06) para tal função, então seria uma forma de ficar ligado ao futebol, ou algo relacionado à eletrônica.

As obrigações da época era só estudar e ajudar a deixar a casa arrumada.

Sonhava que a garota que eu gostava finalmente acordaria e veria que estava com um cara que não passava de um egoísta que gostava só dele, cortaria qualquer relação com ele e me daria uma chance.

Via meu time montar 2 esquadrões seguidos e perder ambas para o Palmeiras na Libertadores.

Odiava musica estrangeira atual, no maximo aquelas gringas classicas como beatles, elvis e que tocavam nos filmes. E detestava a obrigatoriedade do ingles, se morava no Brasil e falava perfeitamente nossa lingua, pq diabos tinham que ficar querendo ensinar ingles.

Computador só usava na escola, e só para fazer textos no Word ou capas no paint.

 

Planos na época:

 

Ter decidido qual emprego seguir e feito algum curso.

Planejava que em 2010 ja estivesse trabalhando e ganhando o suficiente para comprar uma casa para meus pais;

Ter encontrado uma garota que se apaixonasse por mim e topasse a "loucura" de me namorar;

Ser feliz, nao ter me tornado um adulto carrancudo ou ocupado demais para viver.

Estar casando no maximo nesse ano, para aproveitar plenamente uns 4 anos de casório só eu e minha esposa antes de ter o primeiro filho;

Ter visto meu time erguer a Libertadores umas 3 vezes...06

 

Como rolou

 

Não decidi nada de facul, mas fiz técnico, e realmente, foi alg perto de eletrônica, o de jornalismo desisti ao saber que tinha que ler um monte de coisa que nada tinha a ver com jornalismo esportivo, cada livro que nem com jornalismo mesmo tinha a ver.

Várias chances de fazer faculdade (só nos ultimos 4 anos, após o termino do técnico, foram 7 chances), mas "me boicotei" em todas .

A tal garota não me deu chance efetiva, a valer, mas quando ela quebrou a cara com o sujeito, deu uma sensação de "vai, preferiu ele, tá aí agora, sofrendo", uma espécie de sabor amargo e doce

Nada de casa comprada, nem da "louca" para namorada, muito menos de casório, óbvio06

Hoje sou viciado em música gringa, e apesar de saber o pq de ter que saber inglês, nunca consegui aprender a valer, só no médio, mas depois acomodei.

Continuei um excelente goleiro, apesar de ter ganho uns kilinhos e um tornozelo rompido.

Ganhar a Libertadores, bom, pulemos essa parte!06

 

Daqui 10 anos

 

Continua o mesmo. Espero comprar uma casa para meus pais.

Encontrar uma mulher que se apaixone por mim, eu por ela.

Estar casado, com 2 filhos (na verdade queria 4, 2 casais, mas com o custo de vida alto, a idade, e o fato que poucas mulheres hoje topam engravidar 4 vezes, melhor ficar em 2 mesmo06)

Ter conseguido fazr um superior, ou me aprimorar um pouco mais no écico que fiz.

Ter um emprego bom, não financeiramente falando, mas que trabalhe sem ser estressante ou que ocupe tres quartos do dia e que seja um ambiente gostoso.

Entender ao menos o básico de ingles, para ler manuais técnicos.

Continuar jogando bola, me manter saudavel, ter saúde, não ser tão "quebrável"

Sobre o time, bom, estamos na Libertadores de 2011...06

 

Ah, acho que é isso, depois vou editando o que achar, lembrar, etc.

 

PS: o título tá ridículo, mas é que nao achei um título melhor.

 

 

 

 

J.McClane2010-12-12 18:54:07

Link to comment
Share on other sites

Meus planos no passado eram:

 

 

 

-Entrar pra uma equipe de volei

 

-terminar ensino médio e logo entrar pra facul de direito

 

-passar num concurso público e ir morar sozinha/ou com colegas

 

-não namorar 06.gif

 

 

 

Como rolou:

 

 

 

-Não entrei pra equipe de volei nenhuma nem consegui manter o esporte por falta de tempo, mas pude me dedicar a musculação, ainda não como eu quero, mas pelo menos não fiquei parada

 

 

 

-Não consegui entrar de primeira na facul, muito menos pra direito. Passei pra conteis, ocorreram várias problemas durante meu curso que me atrasaram, e agora finalmente estou retomando as coisas e terminando.

 

 

 

-Nem sequer tentei concursos de verdade. Mas os que tentei consegui boa pontuação mesmo sem estudar muito.

 

 

 

-Morar sozinha só depois de formada quando puder trabalhar de verdade ou então se eu realmente passar num concurso.

 

 

 

-Aos 18 conheci o cara que estou até hoje. nunca imaginei um namoro tão longo, não esperava e não queria isso. mas não considero isso uma derrota, acho que foi algo que deu muito certo longe dos meus planos reais.

 

 

 

Novos planos:

 

 

 

**Estou fazendo planos a longo e curto prazo.

 

 

 

++Curto prazo:

 

 

 

-Terminar até final de 2011 as matérias obrigatórias da faculdade pra poder apenas fazer TCC e optativas em 2012.

 

 

 

-Começar meus estudos pra concursos.

 

 

 

-Começar a guardar dinheiro. LOGO!

 

 

 

-Me dedicar de verdade a musculação, como um compromisso de estudar ou trabalhar. Ter esse compromisso com minha saúde e minha forma.

 

 

 

++Longo Prazo

 

 

 

-Terminando a facul arrumar alguém pra dividir AP. Tá na hora de criar asas.

 

 

 

-Lá pelos 30 estar com planos de casar e quero até os 32 estar grávida, pretendia ter 3 filhos. Se meu corpo permitir ter filhos até os 35/36 anos quero muito ter esses 3.

 

 

 

-Estar com uma carreira em andamento ou ter passado num bom concurso.

 

 

 

-Tenho várias atividades que não posso fazer por falta de grana e tempo, como balé e yoga. Quero poder investir nessas coisas também.

 

 

 

-Fazer uma viagem de mochila.

 

 

 

Acho que a princípio é isso.

 

 

 

Existe uma coisa que tinha muita vontade de fazer, mas isso depende das oportunidades. Tinha vontade de ir pra outro país passar alguns meses trabalhando com ajuda humanitária. Mas não sei se é possível nem sei como se faz isso.

Link to comment
Share on other sites

Meus planos eram:

 

 

 

- Terminar a facul de engenharia mecanica

 

- Ser independente financeiramente (passando em um concurso)

 

- Ter meu próprio lugar

 

- Praticar vários esportes

 

- Casar com minha ex-namorada

 

 

 

Como rolou:

 

 

 

- Ocorreram vários problemas durante meu curso que me atrasaram. Agora nem sei se é esse curso que quero mesmo. Por enquanto pretendo pagar as obrigatórias até meados de 2012 e estar formado em 2013

 

 

 

- Como não sou formado, obviamente não sou independente financeiramente.

 

 

 

- Idem ao anterior.

 

 

 

- Atualmente não estou praticando nenhum esporte.

 

 

 

- Namoro acabou.

 

 

 

Meus planos pro futuro:

 

 

 

- Vou a um profissional vocacional pra definir bem minha meta profissional. Meu caso nem é tão grave, já que gosto de várias coisas. O leque é bem aberto mesmo.

 

 

 

- Ser independente financeiramente

 

 

 

- Ter meu próprio lugar

 

 

 

- Praticar vários esportes. Gosto de nadar, pedalar e artes marciais. E pretendo fazer musculação pra auxiliar os 3 primeiros. Lógico que eu só vou conseguir isso do jeito que quero com a independencia financeira e organizando muito bem meu tempo.

 

 

 

- O fim do meu namoro foi terrível e ótimo ao mesmo tempo. Terrível porque era um namoro maravilhoso com uma mulher maravilhosa, mas imaturidade minha botou tudo a perder. Ótimo foi que eu revi muita coisa em mim e preciso melhorar em muitos campos, sobretudo o social.

Link to comment
Share on other sites

Nossa, que pena pelo seu namoro. mas se serviu de aprendizado que vocẽ leve isso de forma positiva.

 

 

 

Entendo a questão da faculdade, também tive e estou tendo diversos problemas com a separação dos meus pais que me ferraram o curso, tenho os mesmos planos que você terminar as obrigatórias pra poder me formar logo. Com a diferença que quero mesmo me formar em contábeis, não pretendo mudar de curso ou de carreira.

 

 

 

Eu quero muito juntar os trapos, não agora, claro. Eu quero ter minha independência antes e morro de medo desse meu namoro acabar. Claro, que não me deixo levar por isso e aceito os problemas que essa relação tem, não. Sou muito feliz, meu namorado é um homem incrível e gosto muito dele. Mas não temos planos nenhum ainda em relação a isso. Nem em pensamento, isso as vezes me assusta, me deixa meio sem chão.Fran Pierri2010-12-14 08:58:35

Link to comment
Share on other sites

A parte ruim do fim do namoro foi terrível mesmo. Foram 6 anos ótimos com alguns péssimos momentos. Mas deixei isso escapar entre os dedos, acho que pelo destino e por imaturidade mesmo, insegurança, orgulho, arrogância, até mesmo a dependencia financeira atrapalhou, isso pelos 2 lados, mas mais por mim, acho que uns 80% minha parte. Minha auto-estima ficou negativa. 06.gif O lado bom foi poder ver justamente isso em mim e corrigir, mas não é uma coisa que se vem do dia pra noite. Enquanto vou procurando meu caminho, rola um Fight Club dentro de mim.

 

 

 

Quanto aos esportes, depois que assisti Indiana Jones e o Reino da Caveira de Cristal, decidi envelhecer com saúde.Shiryu2010-12-14 09:20:09

Link to comment
Share on other sites

Eu quero muito juntar os trapos' date=' não agora, claro. Eu quero ter minha independência antes e morro de medo desse meu namoro acabar. Claro, que não me deixo levar por isso e aceito os problemas que essa relação tem, não. Sou muito feliz, meu namorado é um homem incrível e gosto muito dele. Mas não temos planos nenhum ainda em relação a isso. Nem em pensamento, isso as vezes me assusta, me deixa meio sem chão.[/quote']

 

 

 

Entendo isso. Minha questão de juntar os trapos e ter minha independência rola mais no sentido de diferenças de idéias e temperamentos em relação as pessoas que moram comigo, mas eu sei que vou enfrentar isso (as diferenças) com qualquer pessoa e durante toda a minha vida, por isso eu sei que a saída é eu aprender a conviver com isso, não fugir pra meu próprio lugar, mas ao mesmo tempo meu pensamento me leva a crer que eu aprendendo a me dar com as diferenças, ter meu próprio lugar será meu lugar de descanço, de crescimento, não um lugar de fuga (que considero um retrocesso na questão pessoal).

 

 

 

Quanto a teu namoro, não sei o que dizer, no meu com pouco tempo eu já fazia planos. Talvez não ter planos, como você, seja algo positivo. Eu penso que meu caso, apesar de gostar muito da minha ex-namorada na época do namoro, fazer planos como eu fazia e em tão pouco tempo (claro que eu só dividia alguns planos com ela) era mais uma questão de insegurança e tentativa de escapismo.

Link to comment
Share on other sites

Na verdade nunca tive grandes planos. Pode parecer presunção, mas minha vida sempre esteve exatamente no ponto onde eu queria que estivesse.

 

Só existem duas coisas que me incomodam de certa forma:

 

1) Não acabei a faculdade. Na minha áera, ela é inútil (Analista de Testes de Sistemas), mas sempre fica aquela pulguinha de talvez não arrumar outro emprego sem ter. Quero terminar um dia, mas não agora.

 

2) Casamento é FODA. Tem tantas coisas boas quanto ruins. Muitas vezes me pego pensando como seria minha vida sem ele. Claro que isso ocorre porque algumas pessoas (eu) tem enorme dificuldade em valorizar as coisas boas que pessoas nos trazem.

 

 

 

Link to comment
Share on other sites

 

 

2) Casamento é FODA. Tem tantas coisas boas quanto ruins. Muitas vezes me pego pensando como seria minha vida sem ele. Claro que isso ocorre porque algumas pessoas (eu) tem enorme dificuldade em valorizar as coisas boas que pessoas nos trazem.

 

 

 

Eu faço a mesma análise, mas chego a conclusão diversa: acho que há poucas coisas tão maravilhosas e, ao mesmo tempo tão assustadoras na vida quanto o casamento. E por isso mesmo é fascinante. Particularmente, foi a melhor decisão que tomei na minha vida, até agora. 

 

Link to comment
Share on other sites

Tenho/tinha dificuldade em elaborar bons planos e sou indisciplinada, relapsa ao extremo.

Queria fazer facul de Artes, fiz Letras.

Queria mudar p/ cidade vizinha, por ofercer maiores oportunidades. Me arranjei por aqui mesmo.

 

Acho que minha maior conquista foi fazer facul, longe, sem grana, péssimo emprego, economizava grana do lanche,  e da pensão, fazia trabalhos, traduções, rifas... aff! Acho que foi a única coisa pela qual lutei p/ valer.
Link to comment
Share on other sites

Nem lembro com clareza meus "planos" de 10 anos atrás. Sei que na época assistia muitos seriados, então lógico tinha aquele sonho de ir morar em NY numa kitinete, e etc, aquela coisa bem Friends/Seinfeld. Isso depois evoluiu pra um desejo de ir pra Europa (mais especificamente pra França), mas sabia que ia demorar.

 

 

 

Queria ser designer, e neste ponto fui bem-sucedido, apesar de também não ter terminado a faculdade (falta 1 ano, e quero voltar, mais por interesse que necessidade).

 

 

 

Queria também ter um corpo legal (saudável, não bombado). Fiz 1 ano de academia e tive que interromper pra levar adiante outro sonho. Mas nesta questão estou satisfeito até, mas quero voltar algum dia, porque me dá muito ânimo. Queria também uma bicicleta, a que eu tinha roubaram. Mas em São Paulo, ciclista sofre.

 

 

 

Nos planos:

 

- Viajar pra Europa;

 

- Sair do apartamento do meu pai;

 

- curso de francês na Aliança Francesa;

 

- terminar faculdade;

 

- aprender mais webdesign (em andamento)

 

- casar não, mas "juntar";

 

- voltar pra academia/Yoga

 

- tirar a p*rra do siso.

Link to comment
Share on other sites

 

 

 

Bem, só e tua mama te acham "excelente" goleiro

 

Sei lá, mas aprece que algumas coisas p/ acontecer não tem muito a ver com prazo/tempo, tu tem que correr atrás... mas são panos fantásticos.

 

[/quote']

 

Ei, eu era excelente sim1106

 

Acho que algumas coisas pode deixar como um plano, mas nao se frustrar se não ocorrer. Se a pessoa se frustra, deixa derrubar só pq nao conseguiu realizar o que queria.

 

É preciso muita disciplina e foco.

 

Acho que é quase inevitável tu se deslumbrar com um monte de coisas e desviar da meta que tu se propos.

 

 
[/quote']

 

Sim' date=' acho que o mais difícil é manter a meta por se

deslumbrar no caminho com outras coisas. Aí você quer fazer tudo ao

mesmo tempo e não consegue fazer nem uma coisa nem outra.[/quote']

 

Ou então nem é se deslumbrar, só mudança de planos, apareceu, aconteceu algo legal para chamar a atenção e fazer aquilo, ai a pessoa foi la e fez. Nao necessariamente ela se desviou. Só mudou, "corrigiu a rota".

 

Link to comment
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

Loading...
 Share

Announcements

×
×
  • Create New...