Jump to content
Forum Cinema em Cena

Personagens Interessantes/Complexos


LudwigVan
 Share

Recommended Posts

Vamos debater sobre personagens que geraram, por algum motivo, discussões a respeito de seus atos em um dado filme. Aquele sujeito que, por motivos de sua própria natureza ou por acontecimentos ocorridos no filme (ou as duas alternativas), age de forma interessante/complexa e acaba trazendo questionamentos de qualquer ordem.

 

ps: sempre que lembrar coloque o nome do filme antes e um aviso de spoiler, se necessário.

 

 

Link to comment
Share on other sites

  • Replies 54
  • Created
  • Last Reply

Top Posters In This Topic

Travis Bickle! O lendário "Taxi Driver" é polêmico simplesmente [spoilerS MODERADOS]

 por ao longo do filme praticar uma série de atos violentos, depois de voltar do Vietnã e trabalhar como taxista noturno, observando a degradação da sociedade urbana.

Link to comment
Share on other sites

 

Travis Bickle! O lendário "Taxi Driver" é polêmico simplesmente [spoilerS MODERADOS]

 por ao longo do filme praticar uma série de atos violentos' date=' depois de voltar do Vietnã e trabalhar como taxista noturno, observando a degradação da sociedade urbana.

[/quote']

 

boa lembrança... smiley1.gif ia falar exatamente dele.

 

Link to comment
Share on other sites

Jack Bauer (não acompanho a série como muitos fanáticos), mas ele não é tão interessante...

O que é que o Donnie Darko fez de interessante para ser categorizado como complexo?

O Jack Sparrow é apenas um pseudo-pilantra...

"Alice"' date=' Natalie Portman smiley9.gif, em Closer.


[/quote']

bela lembrança, em todos os sentidos...smiley4.gif

Frank Booth

putz, esse é foda, principalmente se analisar ele profundamente, "in dreams, I walk with you"... especula-se sobre seu passado e a sua ética...

Link to comment
Share on other sites

O que é que o Donnie Darko fez de interessante para ser categorizado como complexo?

Vou ser sincero, ruby... Você sempre questiona minhas colocações, todavia, isso só contribui para a minha formação. Afinal, argumentação é o indício de uma mente capacitada.

Eu considero Donnie não só complexo, mas, também, interessante. A paranóia revelada pelo seu "universo paralelo" é instigante, além de provocante. O garoto sofre com seus poderes e apresenta uma mente conturbada demais para um simples adolescente americano estereotipado (não que aqui seja o seu caso).

Link to comment
Share on other sites

Frankie, o garotinho confuso de A Lula e a Baleia, que eu vi recentemente.

Vaughan (Elias Koteas), o tarado multissexual (ele transa com homens, mulheres e carros, freqüentemente ao mesmo tempo) de Crash - Estranhos Prazeres - o de David Cronember, não o dejeto feito por Paul Haggis recentemente.

Jude (Miranda Richardson), a terrorista perversa de Traídos pelo Desejo

David (Haley Joel Osment), o impressionante robozinho de A.I. que dá a maior carga de humanidade possível a um filme que, de outra maneira, seria frio e ácido.

Cathy Withaker (Julianne Moore), a esposa desamparada de Longe do Paraíso.

E um dos personagens mais ambíguos e apaixonantes que já vi: Amber Waves (Moore, mais uma vez) a "mãe" dos colegas de elenco/atriz pornô/divorciada/emotiva/descompensada/drogada de Boogie Nights. Essa é antológica.

Trivia: Tori Amos escreveu uma música chamada "Amber Waves", sobre a personagem. do filme

Link to comment
Share on other sites

Como esqueceram Donnie Darko?

 

Não esqueceram, eu ainda não tinha entrado nesse tópico.. smiley36.gif

 

 

 

Outros personagens complexos e extremamente interessantes (esse tópico foi feito pra mim porque esse é o meu elemento preferido em filmes smiley1.gif). Ah. lembrando que cada um deles daria uma tese:

 

 

 

A Enfermeira Alma de Persona Quem viu o filme sabe que dispensa comentários, só o nome dela já dá idéia de sua complexidade.

 

 

 

Todos os personagens de Stalker: Poderia fazer uma tese sobre esse filme... os personagens são simbólicos e por isso sustentam características dos elementos verdadeiros que representam...por exemplo, o Stalker que conduz os dois homens na jornada pelo lugar chamado de Zona (um lugar cercado e de difícil acesso onde todos os desejos das pessoas podem ser realizados, mas cujas armadilhas só podem ser desvendadas por indivíduos especiais chamados de Stalkers) é um dos símbolos mais interessantes da fé que já vi, Tarkovsky simplesmente conseguiu "humanizar" um sentimento, é fenomenal...E esse é apenas um dos personagens...

 

 

 

O personagem Jacob, vivido por Tim Robbins em Alucinações do Passado: Esse também quem já viu tem uma noção do quanto esse personagem é complexo, misterioso..talvez um dos mais complexos que já vi.

 

 

 

Todos os personagens de Platoon

 

 

 

A única mulher de Rashômon

 

 

 

Ixi, tem muito mais, a medida em que for lembrando vou postando... smiley1.gif

 

 

 

 

 

Mr. Scofield2006-5-27 7:36:39

Link to comment
Share on other sites

 

O que é que o Donnie Darko fez de interessante para ser categorizado como complexo?

 

 

Não acredito que está perguntando isso, Rubysun, diante de um ser absolutamente fãzóide a níveis dramáticos como eu... smiley36.gif Bom, vamos lá...uma amostra de porque Donnie Darko é um personagem extremamente complexo.

 

Veja como uma cena muito simples do filme pode revelar isso (e também porque a mãe dele é uma personagem complexa):

 

 

 

Spoilers:

 

 

 

Uma amiga me perguntou uma vez porque Donnie xinga a mãe no início do filme, a chamando de Bitch. Respondi mais ou menos assim: "Donnie xinga a mãe dele no início do filme...bom...o problema é que Donnie é revoltado com as coisas que vê acontecerem no mundo...as pessoas aceitam as coisas sem questionar o que de fato significam, só porque outras disseram que é bom...isso é propagado através da mídia (o papel de Jim Cunninghan), da alienação e moralismo das gerações anteriores (o papel da professora e da linha do "medo" que ela faz no quadro negro), das escolas, enfim, de tudo o que você tem contato. isso é tão grave que , se tomarmos o exemplo brasileiro, vemos que até hoje as classes dominantes nos nossos países são as mesmas. A gente não luta por nossos direitos porque a imagem da justiça é a de que não vai adiantar...o processo vai ficar enrolando até ser esquecido em uma gaveta... é essa alienação das pessoas que Donnie não suporta. E conseguir questionar as estruturas básicas da sociedade significa não conseguir sobreviver nela, pelo grande número de armas que ela usa pra manter essa estrutura de alienação...ele passa a questionar simplesmente tudo. E a revolta quando vê que "abrir os olhos" das pessoas não leva a uma mudança da postura delas (simplesmente porque é difícil demais mudar) frustra tanto ele que passa a não conseguir mais agir como uma pessoa comum. Isso explica a reação de Donnie quanto a mãe. Logo no início você observa a passividade dela mediante circunstâncias comuns do dia a dia, a manutenção de uma certa elegância falsa em seu andar, falar e agir (note a reação dela quando Donnie a chama de Bitch, mantendo sempre uma certa compostura). isso lembra aquele negócio do "fingir estar sempre tudo bem", mesmo que não esteja...Donnie fica tentando uma reação da mãe, uma saída pra sua revolta...um sinal de que há alguém diante daquela compostura falsa que questiona, mas está sufocada demais pra agir. Não é que ele não gosta da mãe...ele não suporta a alienação dela...e isso reflete em raiva...

 

Bom, Richard Kyle foi muito inteligente em colocar um personagem como esse pra refletir esses pensamentos...note bem que Donnie é um rapaz de classe média em uma época de ótimo desempenho econômico norte americano, branco, boa pinta (sabe aquela parte em que a professora manda a futura namorada de Donnie sentar perto do rapaz mais bonito da sala? é justamente pra frisar essa característica dele), note que, assustadoramente chegamos a conclusão de que ele não faz parte de nenhum grupo discriminado pela sociedade...o questionamento é...porque então diabos ele age assim???? Não seria cômodo ele aceitar a alienaçâo já que é um dos beneficiados com ela? Por isso, Donnie Darko é muito mais perturbador..."

 

 

 

Outro exemplo: Pense na "clássica" cena em que ele fala "I made a new friend today" e a psiquiatra questiona: "Real or Imaginary?" Ele responde: "Imaginary...".

 

Será que uma psiquiatra diante de um garoto "louco" faria essa pergunta? E porque ele responde isso?

 

Sim, Donnie Darko é complexo e muuuuito interessante, ao menos na minha opinião. smiley1.gifMr. Scofield2006-5-27 9:46:9

Link to comment
Share on other sites

Grace, em Dogville. É interessantissimo a passividade da personagem diante a situação, que no fim do filme revela que não passa de arrogância, de se achar superior aos demais.

Aquela conversa no carro, no final do filme, é demais! E revela toda a nebulosidade que envolvia a personagem dela. Por os habitantes de Dogville não terem tido as mesmas oportunidades de vida que ela (colocou a culpa na ignorância), deveriam amenizar o castigo deles, por que segundo ela, se estivesse no lugar dos demais, TALVEZ teria feito a mesma coisa. É no minimo inusitado, ouvir essa conversa de o que é certo ou não, vindo de gangsteres.

Link to comment
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

Loading...
 Share

Announcements


×
×
  • Create New...