Jump to content
Forum Cinema em Cena

Vôo United 93


Christopher_P
 Share

Recommended Posts

Eu particularmente odiei o filme. Um filme completamente descartável e desnecessário. Saí do cinema me sentindo mal.

Adoro Domingo Sangrento, acho A Supremacia Bourne um bom entretnimento, mas o estilo do Paul Greengrass soa ridículo nesse filme. A principio me impressionei com o fato do filme "parecer real" e talz, mas pensando bem, não sei até que ponto isso é uma qualidade. Não entendi a razão de se filmar essa história, ao menos do jeito que foi feito. A sua única intenção parece ser fazer o espectador sofrer assim como os passageiros do vôo, e sentir o que eles sentiram.

Pior filme do ano.

É algo comparável ao que foi o Crash ano passado. só espero que não ganhe o Oscar.

Bruno Carvalho2006-09-25 00:50:32
Link to comment
Share on other sites

detonar um filme porque ele te deixou mal é estupidez; milhares de filmes conseguem deixar alguém mal (touro indomável, dogville, era uma vez no oeste, só pra citar exemplos), e isso só aumenta a magnitude emocional dos filmes.

o buraco de vôo united 93 é mais embaixo. o filme é chato pacas. não consegui ter envolvimento com nenhum personagem (com a exceção dos terroristas e de um único passageiro) e, embora a montagem seja boa na alternância das histórias, o filme não flui de jeito nenhum. pra deixar passar batido...

Link to comment
Share on other sites

detonar um filme porque ele te deixou mal é estupidez; milhares de filmes conseguem deixar alguém mal (touro indomável' date=' dogville, era uma vez no oeste, só pra citar exemplos), e isso só aumenta a magnitude emocional dos filmes.

[/quote']

nenhum desses filmes citados me deixou mal.  Mas anyway, eu não gostei o filme somente por ter feito eu me sentir mal. Eu odiei-o pois a única intenção do filme parece ser fazer o espectador sofrer assim como os passageiros do avião. Odiei o filme pois ele me fez sentir mal partindo de um drama real e recente. Achei uma covardia fazer esse filme do jeito que foi feito, Greengrass fez um suspense/thriller, quase um filme de horror, a partir de uma situação real.

Link to comment
Share on other sites

detonar um filme porque ele te deixou mal é estupidez; milhares de filmes conseguem deixar alguém mal (touro indomável' date=' dogville, era uma vez no oeste, só pra citar exemplos), e isso só aumenta a magnitude emocional dos filmes.

[/quote']

nenhum desses filmes citados me deixou mal.  Mas anyway, eu não gostei o filme somente por ter feito eu me sentir mal. Eu odiei-o pois a única intenção do filme parece ser fazer o espectador sofrer assim como os passageiros do avião. Odiei o filme pois ele me fez sentir mal partindo de um drama real e recente. Achei uma covardia fazer esse filme do jeito que foi feito, Greengrass fez um suspense/thriller, quase um filme de horror, a partir de uma situação real.

De que outra forma ele poderia ter filmado essa situação em específico?

De toda forma eu gostei, apesar da ausência de desenvolvimento dos personagens, foi acertada a decisão de mostrar a "rebelião" de tal forma afobada e emergente. Além disso o filme como um todo foi capaz de retratar bem o clima e as emoções daquele dia.

Link to comment
Share on other sites

Alguém perguntou se o filme é ruim...bem, ele é, até agora, a obra mais relevante do ano, o melhor filme mesmo. E mais importante. As intenções de Greengrass que foram deturpadas por aqui, são alcançadas de maneira sublime num retrato doloroso de um dia tão importante para humanidade. Deve realmente ser difícil gostar de um filme quando este foge dos estereótipos comuns, das regras comuns de florear e/ou dramatizar excessivamente a ação. Neste ele tenta ser o mais real possível. O resultado? Pode ser que você saia do cinema assustado depois de ter tido um verdadeira experiência cinematográfica ou então sem entender nada e falando que foi o pior filme do ano, assim como o Christopher.

 

Link to comment
Share on other sites

  • 2 weeks later...

Eu também não fiquei satisfeito com o filme, mas eu compreendo o que o Christopher falou como pontos positivos... se eles conseguirem te tocar.

 

Eu não gostei do filme justamente pelos personagens... não consegui me envolver com eles, excetuando-se os terroristas - em alguns momentos eu contava os segundos para eles aparecerem na tela. De certo modo, eu quase dormi no cinema. Se ele quer filmar no estilo documental, pelo menos ele nos deve deixar observar as ações que acontecem no filme (assim como George Clooney fez com segurança em "Boa Noite e Boa Sorte") - compreendo por ação tudo o que acontece no filme - diálogos, movimentos, etc. O que acontece é que Greengrass tem uma tara por irritantes câmeras chacoalhantes. E se ele não investiu muito no desenvolvimento dos personagens, bota esse fator na soma que a coisa desanda.

 

"Vôo United 93" é um filme bem intencionado, mas falha por fazer com um tema tão contundente um filme tão chato...
Link to comment
Share on other sites

  • 2 weeks later...

Pois bem, eu tive uma ponta da sensação do rubysun: Greengrass torna o filme chato, em especial, nas "descidas à Terra". Claro que molda a incompetência dos americanos, do presidente e dos militares; mas tem certo momento que você nãoa güenta mias olhar para as faces transtornadas dos responsáveis pela segurança aéra nos E.U.A. Também sinto-me deveras incomodado quando um filme passa a jogar nomes e escalas por falta do que fazer e foi o que aconteceu aqui.

 

Porém, Greengrass se redime e consegue montar uma ótima tensão e adrenalina nos momentos dentro do "Vôo 93" (o que deveria ser o tema do filme); os terroristas são muito bem apresentados e desenvolvidos e a mini-rebelião dentro do avião, que poderia ter soado falsa, encaixa com a fotografia e a trilha sonora.

 

Foi um começo para o cinema mostrar os atentados, mas, novamente usando o comentário do rubysun, o filme tem momentos documentais e isso Michael Moore já havia feito em seu ''Fahrenheit 9/11". Além do quê, já virou um porre ver e rever a cena dos aviões se chocando. Sim, isto faz parte da nossa década e mudou a concepção, mas poderia ter tido um acabamento melhor. Por sorte do filme, a trama do filme do título em si é um lance diferenciado e bem "jogado".
Link to comment
Share on other sites

detonar um filme porque ele te deixou mal é estupidez; milhares de filmes conseguem deixar alguém mal (touro indomável' date=' dogville, era uma vez no oeste, só pra citar exemplos), e isso só aumenta a magnitude emocional dos filmes.

[/quote']

nenhum desses filmes citados me deixou mal.  Mas anyway, eu não gostei o filme somente por ter feito eu me sentir mal. Eu odiei-o pois a única intenção do filme parece ser fazer o espectador sofrer assim como os passageiros do avião. Odiei o filme pois ele me fez sentir mal partindo de um drama real e recente. Achei uma covardia fazer esse filme do jeito que foi feito, Greengrass fez um suspense/thriller, quase um filme de horror, a partir de uma situação real.

De que outra forma ele poderia ter filmado essa situação em específico?

Primeiramente ainda não entendi o porquê dessa situação em específico ter que ser filmada. O filme tem que começar a existir a partir de um propósito, e esse filme não mostra propósito nenhum de existir. Ele se contenta em ser baseado em fatos reais, e de ser filmado da maneira realista possível. Mas por quê, meu deus, por quê? Por que fazer esse filme?

 

E anyway, existem várias formas de se filmar situações diversas. Nesse caso, uma forma menos ruim seria abordar a situação de um ponto de vista mais dramático, e com menor aspecto de tensão e menos clima de filme de terror. sei lá, existem n formas de se fazer isso.

 

 

 

A sua única intenção parece ser fazer o espectador sofrer assim como os passageiros do vôo' date=' e sentir o que eles sentiram.[/quote']

Cara, pra mim isso eh um elogio.. O.o

 

 

Para mim isso é um exercício de cinema quase sádico. Uma curiosidade quase mórbida de saber como foram os últimos momentos de vida dessas pessoas.
Link to comment
Share on other sites

Eu odiei-o pois a única intenção do filme parece ser fazer o espectador sofrer assim como os passageiros do avião. Odiei o filme pois ele me fez sentir mal partindo de um drama real e recente. Achei uma covardia fazer esse filme do jeito que foi feito' date=' Greengrass fez um suspense/thriller, quase um filme de horror, a partir de uma situação real.[/quote']

 

O que vc achou de A Paixão de Cristo?
Link to comment
Share on other sites

Eu não gostei do filme justamente pelos personagens... não consegui me envolver com eles' date=' excetuando-se os terroristas - em alguns momentos eu contava os segundos para eles aparecerem na tela. De certo modo, eu quase dormi no cinema. Se ele quer filmar no estilo documental, pelo menos ele nos deve deixar observar as ações que acontecem no filme (assim como George Clooney fez com segurança em "Boa Noite e Boa Sorte")[/quote']

 

Se Greengrass optou por um estilo documental, é coerente exigir desenvolvimento de personagens? Penso que não, do contrário teria que exigir que Michael Moore 'desenvolvesse' o personagem Bush em seus documentários.
Link to comment
Share on other sites

Eu odiei-o pois a única intenção do filme parece ser fazer o espectador sofrer assim como os passageiros do avião. Odiei o filme pois ele me fez sentir mal partindo de um drama real e recente. Achei uma covardia fazer esse filme do jeito que foi feito' date=' Greengrass fez um suspense/thriller, quase um filme de horror, a partir de uma situação real.[/quote']

 

Cara, tudo isso que você aponta como motivos para não gostar do filme foram exatamente os que me fizeram gostar.
Link to comment
Share on other sites

Voô United 93 é ótimo! Sua narrativa deixa o espectador sempre envolvido e tenso. Greengrass separou muito bem o drama, o desespero e a ação, mostrou a verdade sobre a desorganização dos militares e dos chefes de aviação, e caprichou no impacto que a destruição do WTC causou.

 

Ele foi corajoso e acertou na escolha de um elenco sem estrelas, mas com atores desconhecidos, amadores ou até pessoas que vivenciaram aquele dia e isso deu mais realismo ao filme.

 

 

 

É um filme brilhante!

Link to comment
Share on other sites

Eu odiei-o pois a única intenção do filme parece ser fazer o espectador sofrer assim como os passageiros do avião. Odiei o filme pois ele me fez sentir mal partindo de um drama real e recente. Achei uma covardia fazer esse filme do jeito que foi feito' date=' Greengrass fez um suspense/thriller, quase um filme de horror, a partir de uma situação real.[/quote']

 

O que vc achou de A Paixão de Cristo?

 

 

Lembro que quando vi no cinema achei o filme ruim, mas com algumas certas qualidades. Mas esses tempos me peguei pensando no filme, e só me veio à cabeça os seus maiores defeitos, e principalmente cenas constrangedoras como as de Jesus caindo em câmera lenta, etc.

 

Ou seja, não gosto do filme.
Christopher_P2006-10-12 16:26:57
Link to comment
Share on other sites

Coerência... Isso é muito bom em alguém que discute qualquer assunto. Seria estranho se vc tivesse gostado de A Paixão e odiado Vôo 93 já que ambos partem de um mesmo ponto: o expectador é a testemunha de momentos de intenso sofrimento que ele sabe como vai terminar.

 

Como você se sentiu mal, sofreu como os passageiros do avião, não consigo parar de pensar que Greengrass atingiu seu objetivo. Period.
Link to comment
Share on other sites

 

 

Eu odiei-o pois a única intenção do filme parece ser fazer o espectador sofrer assim como os passageiros do avião. Odiei o filme pois ele me fez sentir mal partindo de um drama real e recente. Achei uma covardia fazer esse filme do jeito que foi feito' date=' Greengrass fez um suspense/thriller, quase um filme de horror, a partir de uma situação real.

 

[/quote']

 

Cara, tudo isso que você aponta como motivos para não gostar do filme foram exatamente os que me fizeram gostar.

 

Somos dois.
Dook2006-10-15 20:54:36
Link to comment
Share on other sites

Eu acredito que este filme só poderia ser interessante se filmado neste modelo próximo de um documentário. As virtudes do filme só seriam possíveis neste modelo na minha opinião.

Eu acredito que o fato de não haver esta identificação/envolvimento com os personagens possibilitaram a neutralidade do filme, impedindo um maniqueísmo. Por exemplo: terroristas seriam pessoas "do mal"(como eles são indiretamente vistos em "Torres Gêmeas") ou ainda "do bem" (como vemos em "Apocalipse Now" na cena em que o terrorista resolve não entrar com uma bomba em um ônibus cheio de criança quando eu acredito ser dificil isto acontecer, visto a enorme quantidade de vezes que ônibus com crianças ja foram explodidos). Ele simplismente não se posiciona nesse aspecto deixando o espectador tirar suas próprias conclusões (observamos na cena em que cada um reza para seu Deus sem apontar um "certo" ou "errado"). Talvez fosse possível obter o mesmo efeito se fosse filmado em um outro estilo, mas, com certeza, não seria possível escapar de características melodramáticas. O melodrama só aparece no filme quando há identificação com os personagens e nesse aspecto o filme acaba pecando (a aeromoça falando que é o último dia dela nesse cargo e logo abandonará a profissão, um casal de passageiros afirmando antes do vôo que querem ver os filhos ou algo do gênero). Este melodrama, é evitado durante todo o filme: por exemplo os passageiros derrubarem o avião não por patriotismo e sim por uma situação provocada que era apenas óbvia. 

 

Outra virtude, aqui apontada como defeito, é a tensão provocada pelo filme. Acredito que o efeito desta tensão é muito bem aproveitado. Primeiro contrastando tensão nas torres de vôo com a calmaria do avião e em um segundo momento no desfecho do filme o alto nível de tensão dentro do avião era inevitável, qual era outra opcão para finalizar o filme?

 

O estilo documental ainda possibilita mostrar de maneira mais verdadeira os acontecimentos dentro das torres de comando que são feitas retratadas de maneira inédita.

 

Não consigo ver este filme sendo feito de outra forma, pelo menos não mantendo suas virtudes e originalidade.
Link to comment
Share on other sites

Eu não gostei do filme justamente pelos personagens... não consegui me envolver com eles' date=' excetuando-se os terroristas - em alguns momentos eu contava os segundos para eles aparecerem na tela. De certo modo, eu quase dormi no cinema. Se ele quer filmar no estilo documental, pelo menos ele nos deve deixar observar as ações que acontecem no filme (assim como George Clooney fez com segurança em "Boa Noite e Boa Sorte")[/quote']

 

Se Greengrass optou por um estilo documental, é coerente exigir desenvolvimento de personagens? Penso que não, do contrário teria que exigir que Michael Moore 'desenvolvesse' o personagem Bush em seus documentários.

 

Ah, o Bush até que é desenvolvido em Fahrenheit... 06

Isso é verdade, mas pense só: vc viu "Boa Noite e Boa Sorte"? É um filme de estilo razoavelmente documental, que te envolve pela classe e pela história.

 

Neste filme, pode dizer o que quiser, mas eu não consegui dar a mínima para o que estava acontecendo na tela. Talvez seja a soma de fatores, estilo documental + vc saber o final + câmeras excessivamente chacoalhantes, mas eu simplesmente quase dormi no cinema, e isso foi chato, visto que eu estava até elétrico antes da sessão.

 

O filme é bom sim, tecnicamente, mas não conseguiu me envolver. Eu também não vou muito com a cara de documentários, anyway.
Link to comment
Share on other sites

O filme para mim é dividido em 2 partes.

A primeira e por sinal a mais dinâmica em que mostra os primeiros momentos dos ataques terroristas e a falta de organização e preparo dos americanos para lidar com tal evento.

O segundo é propriamente os últimos momentos dentro do avião e so seu desfecho.

Particulamente eu gostei da primeira parte de tom documental pois deixou a fita ra'pida e dinâmica.

Meu problema é com a segunda parte, que é a parte melodramática,onde por vezes os diálogos tornam-se desnecessário e descartáveis.

Eu achei o filme mediano.

 

7/10
Link to comment
Share on other sites

O filme para mim é dividido em 2 partes.

A primeira e por sinal a mais dinâmica em que mostra os primeiros momentos dos ataques terroristas e a falta de organização e preparo dos americanos para lidar com tal evento.

O segundo é propriamente os últimos momentos dentro do avião e so seu desfecho.

Particulamente eu gostei da primeira parte de tom documental pois deixou a fita ra'pida e dinâmica.

Meu problema é com a segunda parte' date=' que é a parte melodramática,onde por vezes os diálogos tornam-se desnecessário e descartáveis.

Eu achei o filme mediano.

 

7/10
[/quote']

 

Pois para mim, a impressão foi justamente contrária: a parte na Terra é maçante, com os dados de altitude e nomes de aviões sendo repassados a cada segundo e os americanos vendo as Torres Gêmeas. Por mais que tendencia a criticar a incompetência americana, não engrena.

Já no avião, o clima foi dos melhores; tensão à vontade e Paul Greengrass dirigindo bem no caso de câmeras chacoalhantes. Quanto aos diálogos "melodramáticos", acho que eles foram colocados de maneira certa - sem tomar a dianteira, mas funcionado do ponto de vista narrativo.
Link to comment
Share on other sites

O filme para mim é dividido em 2 partes.

A primeira e por sinal a mais dinâmica em que mostra os primeiros momentos dos ataques terroristas e a falta de organização e preparo dos americanos para lidar com tal evento.

O segundo é propriamente os últimos momentos dentro do avião e so seu desfecho.

Particulamente eu gostei da primeira parte de tom documental pois deixou a fita ra'pida e dinâmica.

Meu problema é com a segunda parte' date=' que é a parte melodramática,onde por vezes os diálogos tornam-se desnecessário e descartáveis.

Eu achei o filme mediano.

 

7/10
[/quote']

 

Pois para mim, a impressão foi justamente contrária: a parte na Terra é maçante, com os dados de altitude e nomes de aviões sendo repassados a cada segundo e os americanos vendo as Torres Gêmeas. Por mais que tendencia a criticar a incompetência americana, não engrena.

Já no avião, o clima foi dos melhores; tensão à vontade e Paul Greengrass dirigindo bem no caso de câmeras chacoalhantes. Quanto aos diálogos "melodramáticos", acho que eles foram colocados de maneira certa - sem tomar a dianteira, mas funcionado do ponto de vista narrativo.

 

Pois é, mesmo filme e impressões diferentes.
Link to comment
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

Loading...
 Share

Announcements

×
×
  • Create New...