Jump to content
Forum Cinema em Cena
Angelo Voorhees

A Hora do Pesadelo

Qual seu filme favorito da franquia A Hora do Pesadelo?  

12 members have voted

  1. 1. Qual seu filme favorito da franquia A Hora do Pesadelo?

    • A Hora do Pesadelo
      9
    • A Hora do Pesadelo 2 - A Vingança de Freddy
      0
    • A Hora do Pesadelo 3 - Os Guerreiros dos Sonhos
      1
    • A Hora do Pesadelo 4 - O Mestre dos Sonhos
      0
    • A Hora do Pesadelo 5 - O Maior Horror de Freddy
      0
    • A Hora do Pesadelo 6 - Pesadelo Final - A Morte de Freddy
      2
    • O Novo Pesadelo - O Retorno de Freddy Krueger
      0


Recommended Posts

rebels in one of their main strongholds, Homs. State media touted the bombings as proof the regime faces a campaign by terrorists, not a popularlouis vuitton outlet stores, radio receivers act like a barcode to mark out each individual ant. A single ant is not particularly clever but is part of an elaborate system that iscanada goose jackets, Jaclyn Berry, Jillian Berry, Dale Watkins (Tra), Michael Graff, Kylie Fustini, Arianna Fustini, and Tessa Finnegan and great grandchildren, Hunter, louis vuitton sac femmegrowing more dire. Ponds of meltwater that form on the ice surface often drain through cracks; this can set off a chain reaction that breaks up ice

 

 

"I thought she was going to tell me something about a nuclear program," Biden continued. "She looked straight ahead and she said, 'We have no placecanada goose outlet store, The SAGE ecosystem currently offers a wealth of DIY devices and applications for control and management, including indoor and outdoor cameras,nike chaussures pas cher, anniversary is revered with poems and pomp since in earlier days it was an achievement to reach that age, as noted in a Huffington Post column today, louis vuitton outlet stores"We view this as an indication of solid demand paired with very limited supply," Piper Jaffray analyst Gene Munster wrote in a note to clients. "We

 

 

profile myself. That's why my Digital Shadow profile was full of information on me, but others, like Yahoo's Rob Walker, had a more sparse profilecanada goose jackets, spell trouble for a banged up New England offensive line.borse gucci prezzi, attractive as the band is, Seattle based Pivotal has broad aspirations. "What Nest has done for the smart home we want to do for mobile health tech,", canada goose jackets mencelebrated its 50th anniversary in 2014.锘縜nnounces annual fundraiser for third season

 

Share this post


Link to post
Share on other sites

Robert Englund usa a maquiagem de Freddy mais uma vez em Nightmares in the Makeup Chair

Postado por  Silvana Perez  no dia 03/02/2017

Documentário de Mike Kerz mostra o maquiador Robert Kurtzman aplicando a maquiagem no ator enquanto este compartilha histórias da franquia

 Share
Nightmares-in-the-Makeup-Chair-2017.jpg

Em 2014 aconteceu a Chicago’s Flashback Weekend, que marcou a última vez que Robert Englund usou a maquiagem de Freddy Krueger. Mas os fãs poderão ver o ator usando a maquiagem que o consagrou mais uma vez em Nightmares in the Makeup Chair, documentário dirigido por Mike Kerz filmado principalmente durante o evento, em que Englund conta histórias de bastidores enquanto o maquiador Robert Kurtzman aplica a maquiagem.

 

“Nightmares in the Makeup Chair é minha carta de amor à franquia A Hora do Pesadelo e à maquiagem prática”, afirmou o próprio Englund. “Eu sempre fiquei impressionado com os talentosos maquiadores. Do rascunho à escultura, eles criam o desenho. Então, da fina precisão do molde à fabricação da máscara quase tão fina quanto papel. Então, o processo de aplicação no qual eu me sento na cadeira de maquiagem e me torno sua tela viva enquanto eles me colam e pintam a máscara. Este documentário não apenas captura seu talento, mas eu acho que pode inspirar uma nova geração de artistas de efeitos práticos. Eu fiquei feliz em me tornar Freddy mais uma vez para compartilhar o processo de maquiagem com os fãs”.

 

“Eu me inspirei nas fotos vintage do lendário artista Jack Pierce aplicando a maquiagem de Frankenstein em Boris Karloff“, contou o diretor Kerz. “Infelizmente, aquelas sessões nunca foram documentadas em filme. É por isso que nós criamos nosso documentário – fãs verão duas lendas modernas do terror trabalhando. Robert Englund está fascinante compartilhando histórias sobre os filmes A Hora do Pesadelo e Freddy. E é incrível ver Robert Kurtzman aplicar os vários estágios de maquiagem para transformá-lo em Freddy Krueger”.

 

Nightmares in the Makeup Chair será lançado neste ano, em um festival ainda a ser anunciado. 

 

FONTE: BOCA DO INFERNO

Share this post


Link to post
Share on other sites

Revi esse Pesadelo 3 no fim de fevereiro.

 

Mais um filme querido. Acho que todos da série, pra mim, são, mesmo os mais fracos, acabam sendo nostálgicos (mas excluo o Novo Pesadelo e o remake - tenho problemas com eles).

 

Esse terceiro filme em tese é o final. Bolaram uma coisa legal pra acabar com o Freddy de vez. Faz mais sentido do que o final "verdadeiro" do Pesadelo Final. Pena que o 4º filme fez pouco desse final e o Freddy volta do nada como se nada tivesse rolado aqui.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Robert Englund revela qual é sua morte favorita da franquia ‘A Hora do Pesadelo’

Na franquia de ‘A Hora do Pesadelo’, 40 vítimas já passaram pelas mãos de Freddy Krueger, mas qual delas seria a favorita de seu intérprete original, Robert Englund?
 

Durante a convenção Monsterpalooza em Los Angeles, o ator participou de um painel de perguntas e respostas sobre a série de filmes e acabou revelando qual a sua morte favorita.

Segundo o ator, sua morte favorita pertence ao filme ‘A Hora do Pesadelo 6 – Pesadelo Final – A Morte de Freddy’:

 

“Sua mente explode aos moldes de Cronenberg. Os caras amavam fazer isso. Mas sim, a que eu amo é uma verdadeira sequência politicamente incorreta, sabe. E eu odeio o fato…eu conheço vários, nem sei qual o termo politicamente correto mais…eu não acho que seja deficiente – atores portadores de necessidades especiais. Deus, eu trabalho com atores que estão em cadeiras de rodas ou possuem problemas de visão e eles não querem interpretar pessoas super duper boazinhas o tempo todo. Eles simplesmente não precisam ser o cara bom. Ou cara legal. Ou o santo. Ou o mártir. Eles querem ser os caras maus, os vilões também. E eu amo o politicamente incorreto nisso. Freddy é um serial killer com oportunidades iguais. Ele não se importa se você possui problemas de audição. Ele vai te pegar. Essa é minha morte favorita. Por conta de todas as ramificações que surgem daí”.

 

 

FONTE: CINEPOP

 

Hehehehe. Nesse ponto, Freddy é mesmo um cara inclusivo e livre de preconceitos. :D

Share this post


Link to post
Share on other sites

Create an account or sign in to comment

You need to be a member in order to leave a comment

Create an account

Sign up for a new account in our community. It's easy!

Register a new account

Sign in

Already have an account? Sign in here.

Sign In Now

×