Jump to content
Forum Cinema em Cena

superover

Members
  • Posts

    114
  • Joined

  • Last visited

superover's Achievements

  1. Esse negócio de sucessor até que faz sentido, pois o Pantera Negra assim como Thor e Capitão América pode ser considerado mais um título/manto do que a pessoa em si. Agora, se fosse o Homem de Ferro ou a Viúva Negra aí sim é que não daria certo.
  2. O problema de certas biografias (não sei se é o caso dessa) é que o diretor acha que somente o fato do personagem ser famoso é o suficiente para o filme ser bom. Se esquecem de direção, roteiro, atuações e fica isso, um filme dramático apenas passável.
  3. OFF: E porque você acha que as 2 coisas estão interligadas? O fato de um filme ser interessante de existir, não quer dizer necessariamente que ele seja interessante de assistir, não é mesmo? Kkkkkk...
  4. Às vezes fico me perguntando se críticos como o Pablo já chegaram numa situação onde reviram um filme e tiveram uma opinião completamente diferente da última vez que assistiram. Se isso acontecer a crítica deles vai ficar datada, pois não representa mais o que eles acreditam nesse exato momento. Eu por exemplo conheço alguém que fez um podcast elogiando Os Últimos Jedi e agora não gosta mais dele, quem não tiver visto todos os vídeos dele vai boiar e ficar perguntando "Mas ele não tinha falado bem daquela última vez?".
  5. Eu entendi o que você quis dizer, mas até certo ponto esse seu comentário nem faz sentido. Vai chegar um ponto onde a pessoa não vai mais conseguir encontrar músicas boas que sejam inéditas, então se quiser continuar curtindo essa arte vai ter que se contentar em ouvir as reprisadas mesmo. O mesmo vale para comidas e parceiros românticos. É bem diferente dos filmes que são longos e dificilmente a pessoa fica sem ter um filme inédito para assistir. Então não venham com essas comparações, mesmo que alguém não quisesse reouvir músicas ela seria obrigada, porque ela gosta de música e não teria músicas inéditas para conseguir ouvir.
  6. Sem falar que não existe nada melhor do que assistir um filme, o que não vai acontecer depois disso. Então chegamos a um paradoxo: se alguém conseguir assistir todos o filmes do mundo (ou pelo menos, todos os filmes do mundo que a interessam), vai ser ser algo bom e ruim ao mesmo tempo. E se não conseguir, também vai ser algo bom e ruim ao mesmo tempo. E não venham dizer que a pessoa poderia passar a rever filmes porque isso não seria suficiente e mais cedo ou mais tarde ela iria querer consumir algo inédito também. Ms isso provavelmente nunca iria ocorrer porque além de serem lançados novos filmes todo momento, a pessoa provavelmente teria que ser o Highlander para poder assistir tudo, kkkk...
  7. Divagando um pouco aqui, acho que ganhar o Oscar toda vez que é indicado não é algo tão bom assim. Ganhar prêmios é algo especial, e se alguma coisa acontece o tempo todo ela deixa de ser especial. Então se aquele artista que já venceu o Oscar tiver perdido a premiação dessa vez, não se preocupe, talvez isso tenha sido até bom.
  8. Eu não entendo essas pessoas que ficam reclamando que não têm tempo de fazer nada. Comigo é o contrário, eu não tenho é nada pra fazer! Os dias tão um tédio, mal saio da cama e já fico com vontade de voltar pra ela. A situação tá tão feia que eu tô fazendo coisas que nunca faria em outras épocas, como pegar os 3 filmes da trilogia do medo e assistir todos no mesmo dia. "Mas não é cansativo?", alguém perguntaria. Que cansativo o que, se for pra ter algo pra fazer eu faço até coisas que nunca fiz antes, e tenho dito.
  9. Aquele 7x1 foi terrível, mas pelo menos teve coisas boas nisso. Eu explico: vivemos numa época onde todos os setores da sociedade são sérios: ser presidente é algo sério, ser artista de cinema é algo sério, trabalhar com esportes é algo sério. Eu meio que me sinto intimidado na frente dessas pessoas e sei que nunca farei um trabalho tão bom quanto elas. Quando o 7x1 aconteceu, foi a primeira vez que pessoas completamente experientes faziam algo que somente crianças fariam. Se eles podem errar desse jeito, eu também posso, então não me sentirei intimidado por eles e até me sentirei com vontade de fazer as coisas que eles fazem (Mas provavelmente não farei pois eu não sou persistente,kkkk...).
  10. Sério que tem gente querendo esse filme? Até o Thor tem mais motivos pra ter um novo filme do que o Capitão América, porque o universo dele não se resume ao personagem mas também a lugares fantásticos como Asgard, fora que se quisessem encerrar com o personagem teriam feito um filme mais épico e não aquela galhofa que foi o último filme (nada contra, eu gostei dele, mas era o ideal para um último filme mesmo.). Mas e quanto ao Capitão América? Ele não mora em um lugar fantástico e sua série de filmes-solo foi encerrada dignamente, fora que a último cena com ele foi perfeita, com ele dançando com a Carter depois de tanto tempo devendo isso. Mas ao contrário do que possa parecer não estou irritado com isso nem nada, só estou dando minha opinião como qualquer um faria, se quiserem fazer mais 20 filmes eu não dou a mínima.
  11. Maconha tá igual ao Coronavírus, metade diz que faz mal e metade diz que não faz. Não deve mal fazer para esses adolescentes alienados e burros, não vai ser uma drogazinha que vai piorar o que já tá ruim...
  12. Aquela piada do nome único nem ficou tão boa, porque muita gente ainda lembra do Bono pelo nome antigo. Se é pra ficar fazendo essas piadas bobas pelo menos faz isso direito, né...
  13. Geralmente não gosto de versões estendidas quando são versões disponíveis apenas em lojas, como Homem-Aranha 2, Donnie Darko, etc. Já edições como Apocalypse Now não tenho nada contra. Caramba, se o Coppola gostou do Redux a ponto de querer exibir nos cinemas é porque algum valor ele tinha, não é não?
  14. American Pie pra mim é caso perfeito de bons nomes de filmes que foram desperdiçados, ao invés de colocarem os ótimos subtítulos "Tocando a Maior Zona" e "Caindo em Tentação" no bons filmes lançados nos cinemas eles vão e resolvem colocá-los naquelas tranqueiras lançadas direto pra DVD. Se bem que eu nem tive coragem de assistir esses últimos, tô me baseando é no que as pessoas dizem. Você assistiu o primeiro filme? Porque em um post desse seu blog feito bem depois do desse tópico você comentou ele e disse que tinha visto e não revisto. E não é só esse filme não, teve outros filmes que você e até a Van disseram que tinham assistido mas depois deram a entender que não tinham, eu hein, coisa estranha, tão parecendo até eu que às vezes fico dizendo que assisti um filme e ao mesmo tempo não assisti, kkkkkk...
  15. Se a TV aberta tirasse os filmes e desenhos que acabaram perdendo relevância ao longo dos anos, será que só sobrariam as séries como produções estrangeiras exibidas nos canais? Sim, porque se você notar essas são as únicas produções estrangeiras existentes nos canais, as outras são nacionais, pois são produzidas pelo próprio canal que obviamente é brasileiro. Inclusive há quem defenda que focar nas produções originais do canal é a solução, pois esse tipo de produção é inédita, ou seja, não estréia em outras mídias antes de estrear na TV aberta. Mas esse argumento acaba caindo por terra se levarmos em conta que o Globoplay disponibiliza episódios de produções da Globo antes de estrearem nesse canal. Apesar de que nem é de todas elas, então fica a pergunta: é um copo meio cheio ou meio vazio? Kkkk...
×
×
  • Create New...