Jump to content
Forum Cinema em Cena

Star Wars

Sign in to follow this  

Os Jedis, Darths, Siths e até os Condes... Todos entram aqui pra falar de Star Wars!

42 topics in this forum

    • 376 replies
    • 18681 views
    • 302 replies
    • 29828 views
    • 38 replies
    • 2820 views
    • 11 replies
    • 1495 views
    • 128 replies
    • 28032 views
    • 15 replies
    • 3091 views
    • 515 replies
    • 38238 views
  1. SW Dúvidas 1 2

    • 39 replies
    • 15671 views
    • 1918 replies
    • 110995 views
  2. Notícias 1 2 3 4 37

    • 918 replies
    • 88584 views
    • 12 replies
    • 2629 views
    • 0 replies
    • 1518 views
  3. Boba Fett - O Filme?

    • 8 replies
    • 3210 views
    • 33 replies
    • 7281 views
    • 5 replies
    • 3964 views
  4. Star Wars: Episódio I 1 2 3 4

    • 92 replies
    • 14550 views
    • 2108 replies
    • 79521 views
    • 7 replies
    • 4451 views
  5. Star Wars: Episódio IV 1 2

    • 25 replies
    • 7836 views
  6. Star Wars: Episódio V

    • 10 replies
    • 4288 views
    • 0 replies
    • 16073 views
  7. Games Star Wars 1 2 3 4 5

    • 108 replies
    • 24725 views
    • 4 replies
    • 14501 views
    • 3 replies
    • 3124 views
  8. Star Wars: Episódio II

    • 7 replies
    • 4472 views
Sign in to follow this  

Announcements

  • Posts

    • "Desempenho terrível de Jorge Zarif no Mundial de Vela da Classe Finn: nenhuma regata abaixo do 27º lugar! Está em 33º no Geral. Estamos falando de um ex-campeão mundial, e de um 4ºlugar na Rio 2016. A explicação - eu acho - é certo desestímulo pessoal, já que há o anúncio de que essa classe não será disputada em Paris 2024."   Escrevi sobre a sensação de "desestímulo pessoal" do Zarif, em dezembro. E nesta semana veio a explicação. Não tem nada a ver com Paris 2024, como eu chutara. E sim com um resultado de doping no horizonte. Alega o atleta que fez uso da substância em decorrência de um tratamento contra ginecomastia (ele realmente é um caso evidente disso). Bom, pelo jeito, a suspensão acabará a tempo de Tóquio2020. O que eu acompanhei é que o mundo internacional da Vela ficou chocado, pois é um esporte em que seria melhor "dopar" o barco, digamos assim. Não acontecem casos com os atletas da modalidade. A imprensa está tratando o caso de forma otimista, mas, eu conheço os ingleses...eles vão fazer muito barulho ainda se o Zarif puder disputar Tóquio.
    • Vou confessar uma coisa para vocês, eu não gosto muito quando uma pessoa recebe seu Oscar em sua primeira indicação, e depois nunca mais é indicada. Então, por anos a fio, sempre desejei ver o Sam Mendes indicado de novo em Direção (ele é só um dos casos: Rachel Weisz é outro, finalmente recebeu sua indicação posterior; agora transferi esse sentimento bobo para a Vikander). É muita coincidência que, 20 anos depois de "Beleza Americana", o diretor inglês esteja de novo no páreo da Academia, novamente em um ano fortíssimo, e, devo dizer, num momento em que "Beleza Americana" (pelo qual sou apaixonado) vem sendo bastante relativizado, com muita gente dizendo que aquele filme não é bom assim, e, principalmente, não teria uma história "profunda", apenas algo que tangencia a hipocrisia americana."1917" é um filme excelente, mesmo, do ponto de visto técnico. Mas creio que não vai demorar 20 anos para as pessoas começarem a criticar seu roteiro. Minha experiência vendo o filme: nos primeiros 25 minutos, que se concentram basicamente em trincheiras, eu sentia tudo coreografado demais. O que me parecia artificial e programado em excesso. Nessas 25 minutos, a câmera se concentrava por tempo demais atrás dos protagonistas, ou tempo demais na frente exata deles, com os elementos cênicos acontecendo - se me faço compreender - pelos lados dos protagonistas (soldados passando, bombas, fumaça, tendas). Isso me cansou um pouco. Mas depois do primeiro terço, quando se liberta das trincheiras, o filme ganha tantas movimentos incríveis e embasbacantes de câmera, que meu lado cinéfilo começou a se empolgar. Dali pra frente, foi só "ual!!". Destaco 3 momentos de profundo "uaaall":  casamata; avião; cidade à noite. Roger Deakins, pode abrir espaço na prateleira, seu segundo e merecido Oscar de Fotografia. Daqui pra frente, ele deveria ser hors-concours. Ninguém na indústria é melhor do que ele. Em "Beleza Americana" havia um elemento que se destacava também, mas que, insanamente, não venceu o Oscar naquele ano de 2000. A Trilha Sonora de Thomas Newman, em sua quarta indicação. Em 2020, ele está na sua 15º indicação, e eu sempre escrevi nesse fórum, ano após ano: "Ele só vai ganhar quando estiver em um Best Picture novamente". Ele está. Ele vai ganhar. Finalmente. Sinto muito por "Joker".Por mais que o plano noturno seja absolutamente maravilhoso, ele não seria nada sem aquela música que o acompanha. O trabalho inteiro é lindo, mas esse momento é um deleite para os ouvidos. O design do Dennis Gasner é de tirar o fôlego. Não duvido que ganhe também. Eu não consigo mensurar a trabalheira. Quantos caminhões de brita, quantos caminhões de lama para sujar tudo, quantas pessoas para cavar aquilo tudo... Ele é outro também que ganhou cedo a estatueta...Tá mais que na hora de ganhar pela segunda vez. George MacKay está excelente. Dando muita emoção e elegância ao filme. Todo mundo virou fã dele após "Capitão Fantástico", e agora seu star quality só vai aumentar. Não tenho gostado dessa propaganda falsa "filmado em um único take", ou coisa semelhante. Não o é. Ele é filmado para "parecer" que é. Mas não é. Além de inúmeros cortes invisíveis, quando os personagens adentram ambientes fechados; existe um "fade-out", lindo e significativo, no meio do filme! Acho uma bobeira ter essa divulgação enganosa, pois o filme poderia tranquilamente ter conquistado mais uma indicação em Montagem para o Lee Smith (que está creditado!). A montagem foi muito bem feita, toda pensada, pré-contruída, ensaiada, realizada internamente. Ela só não é externa, para fora. Um filmaço!  Sam Mendes, depois de 20 anos, a história se repete. Outro de seus filmes ganhará Direção e Melhor Filme, em um ano considerado fortíssimo. E também se repete a experiência da guerra. Quase vimos uma no início do ano. A gente supõe que essas coisas não acontecem de novo. Acontecem. Se a paz não é uma cultura, acontece. Repetem-se! As coisas se repetem.
    • Vou confessar uma coisa para vocês, eu não gosto muito quando uma pessoa recebe seu Oscar em sua primeira indicação, e depois nunca mais é indicada. Então, por anos a fio, sempre desejei ver o Sam Mendes indicado de novo em Direção (ele é só um dos casos: Rachel Weisz é outro, finalmente recebeu sua indicação posterior; agora transferi esse sentimento bobo para a Vikander). É muita coincidência que, 20 anos depois de "Beleza Americana", o diretor inglês esteja de novo no páreo da Academia, novamente em um ano fortíssimo, e, devo dizer, num momento em que "Beleza Americana" (pelo qual sou apaixonado) vem sendo bastante relativizado, com muita gente dizendo que aquele filme não é bom assim, e, principalmente, não teria uma história "profunda", apenas algo que tangencia a hipocrisia americana."1917" é um filme excelente, mesmo, do ponto de visto técnico. Mas creio que não vai demorar 20 anos para as pessoas começarem a criticar seu roteiro. Minha experiência vendo o filme: nos primeiros 25 minutos, que se concentram basicamente em trincheiras, eu sentia tudo coreografado demais. O que me parecia artificial e programado em excesso. Nessas 25 minutos, a câmera se concentrava por tempo demais atrás dos protagonistas, ou tempo demais na frente exata deles, com os elementos cênicos acontecendo - se me faço compreender - pelos lados dos protagonistas (soldados passando, bombas, fumaça, tendas). Isso me cansou um pouco. Mas depois do primeiro terço, quando se liberta das trincheiras, o filme ganha tantas movimentos incríveis e embasbacantes de câmera, que meu lado cinéfilo começou a se empolgar. Dali pra frente, foi só "ual!!". Destaco 3 momentos de profundo "uaaall":  casamata; avião; cidade à noite. Roger Deakins, pode abrir espaço na prateleira, seu segundo e merecido Oscar de Fotografia. Daqui pra frente, ele deveria ser hors-concours. Ninguém na indústria é melhor do que ele. Em "Beleza Americana" havia um elemento que se destacava também, mas que, insanamente, não venceu o Oscar naquele ano de 2000. A Trilha Sonora de Thomas Newman, em sua quarta indicação. Em 2020, ele está na sua 15º indicação, e eu sempre escrevi nesse fórum, ano após ano: "Ele só vai ganhar quando estiver em um Best Picture novamente". Ele está. Ele vai ganhar. Finalmente. Sinto muito por "Joker".Por mais que o plano noturno seja absolutamente maravilhoso, ele não seria nada sem aquela música que o acompanha. O trabalho inteiro é lindo, mas esse momento é um deleite para os ouvidos. O design do Dennis Gasner é de tirar o fôlego. Não duvido que ganhe também. Eu não consigo mensurar a trabalheira. Quantos caminhões de brita, quantos caminhões de lama para sujar tudo, quantas pessoas para cavar aquilo tudo... Ele é outro também que ganhou cedo a estatueta...Tá mais que na hora de ganhar pela segunda vez. George MacKay está excelente. Dando muita emoção e elegância ao filme. Todo mundo virou fã dele após "Capitão Fantástico", e agora seu star quality só vai aumentar. Não tenho gostado dessa propaganda falsa "filmado em um único take", ou coisa semelhante. Não o é. Ele é filmado para "parecer" que é. Mas não é. Além de inúmeros cortes invisíveis, quando os personagens adentram ambientes fechados; existe um "fade-out", lindo e significativo, no meio do filme! Acho uma bobeira ter essa divulgação enganosa, pois o filme poderia tranquilamente ter conquistado mais uma indicação em Montagem para o Lee Smith (que está creditado!). A montagem foi muito bem feita, toda pensada, pré-contruída, ensaiada, realizada internamente. Ela só não é externa, para fora. Um filmaço!  Sam Mendes, depois de 20 anos, a história se repete. Outro de seus filmes ganhará Direção e Melhor Filme, em um ano considerado fortíssimo. E também se repete a experiência da guerra. Quase vimos uma no início do ano. A gente supõe que essas coisas não acontecem de novo. Acontecem. Se a paz não é uma cultura, acontece. Repetem-se! As coisas se repetem.    
    • https://www.youtube.com/watch?time_continue=59&v=kMBnvz-dEXw&feature=emb_title
    • Acabo de ver o filme. Gente, não acreditem em tudo que leiam ou falem pra você! E esse "um" aí da frase é impossivel. Existe um "fade-out" no meio do filme!! Aliás, um fade-out muito belo e significativo. Ou seja, tem, pelo menos,  com muita boa vontade, 2 planos-sequência!  Esse tweet tá mais pra uma piada mal entendida.  
  • Popular Contributors

  • 41 Quem foi o melhor intérprete de Batman?

    1. 1. Quem foi o melhor Batman/Bruce Wayne?


      • Adam West
      • Michael Keaton
      • Val Kilmer
      • George Clooney
      • Christian Bale
      • Ben Affleck

×
×
  • Create New...