Jump to content
Forum Cinema em Cena

Borat - Fita de Cinema Seguinte (Amazon Prime)


Recommended Posts

  • Jailcante changed the title to Borat - Fita de Cinema Seguinte (Amazon Prime) 23/10/2020
10 hours ago, conan said:

Acho que tem potencial 😂

Hoje em dia tem muito mais maluco no planeta que antes. Povo terraplanista para todo lado

 

9 hours ago, Big One said:

Exato,  e o timing é perfeito, nunca o mundo precisou tanto do Borat. Kkk

 

 Sinceramente pra mim parece piada repetida... que não tem graça quando você escuta pela segunda vez🤨

Link to post
Share on other sites

 

 Estou curioso pra ver como o humor do Borat funciona no dia de hoje. Acho o primeiro filme hilário, mas resta saber se esse novo consegue se comunicar com o contexto político atual, que é bem diferente daquele do primeiro filme.

 

Mas a referência aos terraplanistas foi foda. kkkkk

Link to post
Share on other sites
13 hours ago, Big One said:

Eu acho que é justamente o momento político atual que é super favorável a esse tipo de humor. E doido sem noção eh o que não falta na terra do Tio Sam 

e eu acho que é justamente por causa disso, desta onda politicamente correta atual, que o filme pode não vingar.. exemplo é o remake do anarquico Pica-Pau, que teve que ser podado pra agradar a galera do mimimi..  acredito que com Borat não seja diferente, ele vai ter de se moldar aos novos tempos pra, pelo menos, pagar seu investimento..  Deadpool 2 bem que tentou repetir seu sucesso do primeiro filme, sem conseguir tambem. Ficou meio que parecendo piada sem graça esticada e repetida duas vezes. Bem, vejamos o que vai pra telona (isto é, tellinha) pra ver o que vai sair disso ai afinal..

121158961_3595673437120895_3038486501940600746_n.jpg?_nc_cat=102&_nc_sid=730e14&_nc_ohc=17H-thEqWVIAX_6yBrv&_nc_ht=scontent.fcgh39-1.fna&oh=6e52d86320cdbad145eb2686d5c6af64&oe=5FA48B6B

Link to post
Share on other sites
  • 2 weeks later...

as criticas podem ser boas, mas eu passo...nao é meu estilo de humor...

image.png.1e114aa61333aa1f367f4f780ea73630.png

O consenso geral é de que:
Borat: Subsequent Moviefilm prova que a criação de comédia de Sacha Baron Cohen continua uma ferramenta afiada para expor os cantos mais mal orientados – ou até mesmo repugnantes – da cultura americana.

Confira algumas das críticas abaixo:

De acordo com Brian Lowry, do CNN:
Sacha Baron Cohen não perdeu o poder de entregar surpresas audaciosas, com explosão o suficiente e risadas que não encaixariam em outra situação, que ajudam atravessar essa colcha de retalhos que esse tipo de trabalho inevitavelmente mostra.

Para Mike LaSalle, do San Francisco Chronicle:
Nem todos vão gostar desse filme. Mas não dá para negar como sua grosseria e excesso refletem nosso momento atual. (3 de 4 estrelas)

Já Johnny Oleksinski, do The New York Post, afirma que:
O que não mudou nem um pouco é a performance direto do manicômio de Baron Cohen, enquanto o Borat ainda é um dos personagens mais amáveis e abomináveis de todos os tempos. (3 de 4 estrelas)

No entanto, Devika Girish, do New York Times, não curtiu o longa tanto assim:
Diferente da curiosidade que parecia motivar Cohen no primeiro filme, o objetivo aqui parece ser cutucar as pessoas para confirmar o que já sabemos.


 

Link to post
Share on other sites

BORAT DIVULGA DECLARAÇÃO APÓS CONTROVÉRSIA CAUSADA PELO FILME

O próprio Borat liberou uma declaração em resposta a uma recente controvérsia causada pelo segundo filme do personagem de Sacha Baron Cohen, que acabou de lançar o filme Fita de Cinema Seguinte de Borat.
Em determinada cena do filme, vemos o antigo prefeito de Nova York, Rudy Giuliani em um momento bem inapropriado. Na cena, vemos ele em um quarto de hotel com Tutar, a filha de Borat. O ex-prefeito está em uma cama, reclinado e, aparentemente, tocando-se de maneira erótica.  Logo depois ele descobre que a personagem possui apenas 15 anos (a atriz em si, Maria Bakalova, é maior de idade).
Após a cena ser bastante comentada nas redes sociais, o antigo prefeito fez uma declaração sobre a cena (via Comic Book), dizendo:
“A cena de Borat é uma fabricação completa. Eu estava botando minha camisa para dentro da calça depois de tirar o equipamento de gravação. Em nenhum momento antes, durante ou depois da entrevista eu fui inapropriado. Se o Sasha Baron Cohen sugerir o inverso, ele é um grande mentiroso”.
Por sua vez, Sacha Baron Cohen decidiu continuar no personagem e falou sobre o assunto como se fosse o Borat. Em sua declaração, ele disse:
“Estou aqui para defender o prefeito da América, Rudolph Giuliani. O que foi um sexy encontro inocente entre um homem que consentiu e minha filha de 15 anos, foi transformado em algo nojento pela mídia das fake news. Eu te aviso, se mais alguém tentar isso, e o Rudolph não vai hesitar em alcançar lá embaixo legalmente e mostrar algumas intimações”.

Link to post
Share on other sites

A premisa é a mesma do primeiro filme, constrager os conseradores...que baile é aquele que Borat e sua filha vão? Parece coisa de 100 anos atrás..acho muito curioso essa postura dos americanos quando alguém fala algum absurdo, como por exemplo...um pai que queria fazer um aborto da filha do bebe que ele fez nela...e eles ficam..ok, vc não pode fazer isso..sem reação alguma...um dos pontos altos foi ele invadir um evento vestido de Trump onde o Vice Presidente estava discursando...ou ele cantando coisas absurdas nem evento red neck...e sendo aplaudido...a cena do Giuliani é bem inapropriada...como um político tão experiente caiu na pegadinha do Borat? De qualquer forma...ele não se tocou inapriamente, mas todo o contexto é pra lá de errado.....Nessa loucura as mais sensatas foram as duas senhoras da sinagoga e uma senhora que ficou de babá da filha do Borat..sim, a filha do Borat manda bem .o plot twist é bem bolado.

Link to post
Share on other sites

AMAZON É PROCESSADA POR CAUSA DE PARTICIPAÇÃO DE SOBREVIVENTE DO HOLOCAUSTO

Capa da Publicação

O novo filme de Sacha Baron Cohen, lançado pelo Amazon Prime Video, Borat: Subsequent Moviefilm, mal estreou e já está envolto em todo tipo de controvérsia – como o esperado. Mas a produção agora recebeu um processo um tanto “inusitado”, sem estar ligado exatamente às polêmicas causadas pelo Borat no título.
De acordo com a ComicBook, a produção de Borat 2 será levada à justiça por conta do depoimento de Judith Dim Evans, uma sobrevivente do holocausto que foi entrevistada para o filme. Evans faleceu antes do título ser lançado e o longa foi dedicado a ela.
A autora do processo é a filha de Judith, Michelle Dim St Pierre. Ela afirma que sua mãe não sabia do que se tratava a gravação, que os produtores lhe enganaram dizendo que a filmagem iria para um documentário sobre o holocausto e que até mesmo a assinatura de Judith teria sido falsificada para autorizar a veiculação.
No filme, Evans aparece em uma sequência onde o Borat “descobre” que o holocausto foi real, depois de anos fazendo zombaria com a comunidade Judaica. Cohen, que é judeu na vida real, explicou durante a divulgação do primeiro filme que a ideia era que seu personagem representasse as pessoas ignorantes que tentam contestar a perseguição de judeus pelo nazismo, educando o público de forma satírica sobre esse episódio histórico terrível.
A acusação de St Pierre diz que:
Minha mãe é uma pessoa que nunca participaria disso e nunca entraria no jogo se ela soubesse sobre o que ele era realmente. Ela era uma mulher incrível e muito inteligente. Mas isso é maior que a minha mãe. Eu acredito que estou lutando aqui não apenas por ela, mas por toda a comunidade Judaica, especialmente os sobreviventes do Holocausto.
Ela me disse o que aconteceu e eu tentei convencê-la de que estava tudo bem. Eu disse a ela que não acreditava que alguém no mundo colocaria o Holocausto e comédia juntos. É sem precedentes.
Ainda, segundo o Deadline, Dim Evans foi avisada da “pegadinha” depois da gravação e existe uma filmagem da explicação sendo dada. No vídeo, um dos produtores informaria Evans sobre o filme e que Cohen também é judeu, esclarecendo suas ideias e o personagem Borat.
 

Link to post
Share on other sites

AMAZON PRIME VIDEO COMEMORA SUCESSO DO FILME

Capa da Publicação

Feito totalmente em segredo e lançado de surpresa, Borat: Fita de Cinema Seguinte tem causado tanto barulho quanto o filme original de 2006, e ainda mais polêmica. Isso significa, é claro, que a nova viagem do segundo melhor repórter da gloriosa nação do Cazaquistão já é um sucesso. Esta semana, o Amazon Prime Video (via ComicBook) divulgou que o filme foi visto por dezenas de milhões de clientes em seu primeiro fim de semana de exibição. E não é só isso: as primeiras horas da live organizada pela plataforma, na qual os fãs puderam interagir ao vivo com o próprio Borat (Sacha Baron Cohen), também atraiu milhões de pessoas. Jennifer Salke, presidente do Amazon Studios, comemorou o novo acerto da plataforma: “Sacha criou com maestria um dos filmes mais bem recebidos desses tempos sem precedentes – mostrando alguns dos melhores e piores de nós, embalados em um momento ultrajante após o outro. Mas em seu núcleo, Borat 2 é uma história comovente de um relacionamento entre pai e filha e de empoderamento feminino, vistos através de uma lente histérica e satírica. Com o tremendo lançamento deste filme em escala global, está claro que nossos clientes ao redor do mundo querem um conteúdo que seja tão relevante quanto divertido.” O novo filme de Borat é mais um grande sucesso da plataforma este ano, ao lado da segunda temporada de The Boys. E vocês, já assistiram ao filme? 

Link to post
Share on other sites
  • Jailcante changed the title to Borat - Fita de Cinema Seguinte (Amazon Prime)

SACHA BARON COHEN DOA 100 MIL DÓLARES PARA ATRIZ DO FILME

image.png.b9dba0be88ef5afc76b35222d299ade6.png

Borat 2 já pode ser considerado um grande sucesso! Mas nem todos os participantes do filme estão compartilhando desse fenômeno. Para corrigir um desses casos, Sasha Baron Cohen tirou do próprio bolso para tentar compensar uma das atrizes do longa (via CB).
Por conta do formato e de ter sido gravado em segredo, boa parte das pessoas em Borat 2 não sabiam o que era o filme e não receberam muita coisa pela sua participação. Esse foi o caso de Jeanise Jones, que interpretou a babá da filha do protagonista no longa.
Quando soube do que se tratava realmente, Jones criou um GoFundMe para arrecadar alguma compensação, quando, ainda com todo o sucesso, a produção lhe pagou apenas $3600 dólares por sua participação em Borat 2.
Mesmo surpresa e um pouco chateada com a equipe do longa, Jones levou na esportiva, afirmando que também era sua culpa o valor por não ter lido o contrato antes de assinar. 
Jones não acredita que foi justo, pois os produtores sabiam o que estavam fazendo, enquanto ela acreditava que seria um documentário sobre o estilo de vida americano. Mas não tira sua responsabilidade do caso, reafirmando  que não leu o contrato.
Com essa situação em mesa, Sacha Baron Cohen, criador do Borat e do filme, foi até o GoFundMe de Jones e doou $100 mil dólares para a atriz. Se é justo ou não, ou se é um valor adequado ou não, apenas Jeanise pode responder. No entanto, além da doação de Cohen, a moça já havia arrecadado $65 mil dólares do público. Está melhor que os 3600 iniciais, pelo menos.
 

Link to post
Share on other sites
  • 3 weeks later...

ASSOCIAÇÕES DO CAZAQUISTÃO LANÇAM CAMPANHA PARA BARRAR FILME DAS PREMIAÇÕES

Uma coalizão liderada pela Associação Cazaque-Americana e pelo Conselho de Relações Americano-Islâmicas (CAIR) lançou uma campanha que visa barrar Borat 2 da maioria dos próximos grandes prêmios do cinema. O grupo enviou cartas para Academia do Oscar e outras importantes instituições, como a Associação de Imprensa Estrangeira de Hollywood (Globo de Ouro) e a Academia Britânica de Cinema e Artes Televisivas (BAFTA), pedindo que eles desconsiderem o filme de qualquer possível categoria, alegando que o longa abusa de “racismo, intolerância e discriminação contra o Cazaquistão e seu povo.”
Confira parte da carta dirigida à Academia de Artes e Ciências Cinematográficas: “A comunidade cazaque em todo o mundo está sub-representada e inerentemente vulnerável. Sacha Baron Cohen entende esse fato e explora o povo cazaque sequestrando nossa identidade étnica, nos encobrindo e incitando o assédio […] Considerando o clima socialmente consciente de hoje e as novas políticas de diversidade adotada por associações de cinema em todo o mundo, é inacreditável que um filme que repreende, intimida e traumatiza abertamente uma nação de pessoas de cor ainda seja uma forma aceitável de entretenimento.”
Borat: Fita de Cinema Seguinte movimentou a internet desde seu lançamento no fim de outubro, e se tornou um dos filmes mais assistidos do streaming em 2020. As consequências desse sucesso, porém, começaram a surgir mediante a sua estreia no Prime Video, com o filme sendo alvo de diversas polêmicas desde então.
 

Link to post
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

Loading...
×
×
  • Create New...