Jump to content
Forum Cinema em Cena

Robocop (2013 dir Jose Padilha)


Recommended Posts

a ultra-violencia estetica, no caso, foi mesmo o q mais me impressionou nesse filme..qdo tive prazer se assisti-lo na telona...numa pré-estreia do Colegio Objetivo, meados de 87...e nao apenas a mim, a td plateia. Pelo q sei, na epoca o filme ousou nisso, aliada a veia comica escrachada do diretor, e se deu bem... e era algo q vinha ao proposito da pelicula.uma vez q acentuava a acida critica social q enverniza td a producao do Verhoeven. E nao tem como nao afirmar q Robocop foi um dos filmes mais violentos da decada de 80..foi isso q quis dizer.

De qq forma, eu ando mesmo desccrente com essa refilmagem do Padilha pelo q vem sendo mostrado ultimamente: politicxamente correto, PG-13, o proprio depoimento do diretor em trampar no exterior, influuencia do estudio, etc... comparacoes sao inevitaveis..e temo me desapontar da mesma forma q td e qq remake q se preste... uma vez q nao ha necessidade de rever o q ja voi visto. 

Espero estar errado...e q Padilha faca uma releitura interessante do original (quinem o otimo "Somos o que Somos" ) e nao apenas um remake sob encomenda, q é o q mais se vê atualmente. Sem contar q as estatisticas tb nao colaboram: pra cada 10 remakes feitos, apenas um presta. E olhe lá.

 

 

em tempo, o poster japa..

img52d05377aae9b.jpg

Link to post
Share on other sites
  • Replies 652
  • Created
  • Last Reply

Top Posters In This Topic

Top Posters In This Topic

Popular Posts

Eu tenho minhas duvidas se queria ver um novo robocop   Até poderia ficar interessante um remake, mas sei lá   Curiosidade: O ator de Robocop fez o personagem Christopher Henderson, vilão da

MGM quer ressuscitar RoboCop Estúdio solta comunicado revivendo idéia, mas não diz se é continuação ou remake Quando achávamos que a idéia de refilmar RoboCop havia esfriado, eis que um

Assisti hoje e achei mediano. Gostei de ver ele andando, virando e fazendo sons das engrenagens de um robô. A armadura preta não atrapalhou. Senti falta do tema original, tocou, mas poderia ter tocado

rezando pro filme prestar..

 

 

Expectativa ZERO quanto à esse filme e estreia do Padilha no circuito hollywoodiano...

 

Acho que ele vai debutar igual ao Heitor Dhalia ao ter feito aquele arremedo de thriller ("Gone" ou "12 Horas" com a Seyfried). 

 

(com a diferença que o Heitor, pelo menos, não pegou um megaprojeto e a responsa de atualizar/"rebootar" um filme do naipe de Robocop...)

 

Aguardemos. 

Link to post
Share on other sites

Pra não ter choradeira depois de que o filme foi podado pelo estúdio, segue declaração do Padilha pra Ana Maria Bahiana.

 

anamariabahiana (@anamariabahiana)

22/01/14 17:45

"Este é o meu filme. Minha equipe, meu corte. Foi um trabalho, mas valeu. " José Padilha falando comigo, agora, sobre #Robocop

Link to post
Share on other sites

Olá pessoal!!! 

 

O filme estreiou hoje na Malasia e esse é o primeiro review que achei na net.

(traduzi no google mas segue link original http://moviememoirsandmemorabilia.blogspot.com.br/2014/01/cinema-today-robocop-2014.html )

 

CINEMA HOJE: Robocop (2014)
 
robocop-2014-poster.jpg
CINEMA HOJE: Robocop (2014) 
Dirigido por José Padilha . filme Tropa de Elite (Tropa de Elite) obra de José Padilha é um centros de filme de ação em torno de um grupo de policiais de elite para conter crime nas áreas negras do Brasil edição filme foi produzido com um jejum, realista e corajoso com boa narrativa e arrumado.Isto mostra claramente que o Brasil não é seco, com grandes talentos (como Walter Salles, Fernando Meirelles), capazes de ameaçar os funcionários de Hollywood grandeza. Tendo assistido ao filme Tropa De Elite, espero que o remake de filme de Robocop a ser muito elevado.Não é de admirar quando você vê idéia secura Hollywood para importar os funcionários do Brasil é dar um novo impulso ao Robocop. Hollywood não queria gostar deste novo remake perdeu filmes como os filmes refazer outro. José Padilha Hollywood é a escolha certa, porque o filme original Robocop (1987) direção de Paul Verhoeven é um grande filme de ação que é difícil de batidas em termos de narração. trama - Sem grandes mudanças são feitas a esta nova versão do filme Robocop. Ele permanece fiel à Robocop original (1987) escritos de Edward Neumeier e Michael Miner apenas parafraseado por Joshua Zetumer. Conta a história de um policial Alex Murphy, que sofreu ferimentos graves como resultado de tentativas de suicídio por seus inimigos foi salva pelas armas gigantescas Omnicorp com a ajuda de instrumentos sofisticados que se convertem em um ciborgue (metade humana, metade robô) Storytelling - Seleção de diretor José Padilha no banco não é fútil o dreno. A edição é narração rápida e limpa e não às pressas, sem comprometer o desenvolvimento do personagem faz com que este filme interessante para assistir. Sátira social encontrada no filme original ainda está preservada no filme. A influência dos meios de comunicação, a propaganda americana, a influência Kapitalist político entre sátira está tentando transmitir, embora não muito parecido com o filme original, mas parece que ainda é relevante para este último remake. A maioria dos elementos encontrados no filme original Robocop ainda está lá no novo filme. No entanto, existem algumas diferenças em relação ao filme original, foram identificados. Entre os aspectos de violência que não serviram tanto como antes, a condição ea realidade do crime na cidade de Detroit também não é tão grande quanto refinado anteriormente.O personagem Robocop também recebe uma abordagem um pouco diferente. Ao contrário do filme original o personagem de Robocop Alex Murphy mudou, e ele não sabia quem ele já foi transformado em Robocop. Mas para este remake do filme, ele ainda conhece a si mesmo, mesmo depois de se tornar um cyborg. roteiro e atuação - Forte e despretensioso. O filme é revestido por muitos A-lista de ator de Hollywood. Quase todos os atores bem sucedidos joga bem especialmente Samuel L. Jackson, que varreu o meu coração com caráter apresentador de TV que fala como um personagem Jules Winnfield no filme Pulp Fiction. Apenas estrelando Joel Kinnaman como Alex Murphy não é tão proeminente na minha opinião. desenvolvimento do personagem - o desenvolvimento do caráter de cada personagem principal foi concebido com cuidado. Transformação Alex Murphy Robocop e as emoções de ser mais focado neste momento.etc Music - A música é ok, mas sua música como ultrajante e inadequada em algumas cenas, especialmente a cena de ação e tiro. O trabalho de câmera do filme é forte. Foi misturado com muita ação e complexo apoio CGI, isso fará com que o filme recebeu elogios de fãs de filmes de ação. conclusão, o recente remake de Robocop é sem dúvida um remake de sucesso. Ele ainda mantém os elementos do filme original. Pessoalmente, embora não possa coincidir com a grandeza do filme original, mas o diretor José Padilha deve ser elogiado por seu toque neste filme.Oh sim, este filme pode ser visto por crianças. Não é uma classificação R, como o filme original.Isso pode ser porque Hollywood não podia esperar para colher lucros duplas do filme e também não esquecer as vendas figuras de ação já à espera de uma criança em uma loja de brinquedos nas proximidades. Minha avaliação pessoal: 7,5 / 10 estrelas
Link to post
Share on other sites

 A obrigação do filme não é superar o original. A obrigação é ser um bom filme e não desonrar a fonte. Pelo que tem sendo dito, o Padilha conseguiu.

 

 Ainda vou conferir por mim mesmo, mas estou apostando no filme.

 

eu espero que seja uma releitura útil, no sentido de trazer aquela proposta de alguma forma que se encaixe no contexto atual, nas expectativas de filmes dos tempos contemporâneos.

Link to post
Share on other sites

 A obrigação do filme não é superar o original. A obrigação é ser um bom filme e não desonrar a fonte. Pelo que tem sendo dito, o Padilha conseguiu.

 

 Ainda vou conferir por mim mesmo, mas estou apostando no filme.

 

Para mim RoboCop sem violência, com design ridículo digno de filmes feitos para TV e outros defeitos especiais já apontados aqui são bem suficientes para se ter uma expectiva bem baixa. Alias para mim nada me tira da cabeça que vai ser uma das bombas do ano. Roland Joffé (A Missão, Os Gritos do Silêncio) já fez merda logo qualquer diretor por mais renomado que seja pode também pisar na bola. E todo trailer que vi não me animou nada, tudo me pareceu mal feito típico de um "filme B" ou uma coisa bem inferior ao original e até para um filme pipoca tradicional. Alias todo esse marketing desse filme me deixou puto até agora a porcentagem de ser uma merda é de 99% para mim. Alias mesmo que não fosse RoboCop ou fosse uma outra ficção científica qualquer séria deprimente o visual também. Normalmente eu até concordaria que filme tem que ser bom independente da sua origem. Mas ele não é pelo material apresentado visualmente. Nada daquilo parece O CONCEITO ciborgue de verdade ou um homem máquina e sim um cara com uma roupa de borracha e POXA VIDA é RoboCop dane-se Padilha. Ele tá fazendo a mesma merda que fizeram com os vampiros da Saga Crepúsculo mudando todo o conceito, para um outro conceito tão radical que até perde sua origem na palavra. Não é mais homem máquina é sim homem borracha. Michelin?

 

O filme até poderia ser refilmado pelo finado Kubrick. Mesmo assim se ele pisa-se na bola em dos meus filmes preferidos eu iria amaldiçoar sua refilmagem até o fim dos tempos.

 

Revendo os trailers vejo que só ali em míseras propagandas se tem furo de roteiro. Alias uma dessas pisadas na bola o pessoal do jovem nerd comentou esse furo como magicamente alguém com queimadura severas em 80 % do corpo tem a mão e a cara limpa mais que bunda de bebê. Acho que vale a pena rever os conceitos desse suposto "bom filme".

 

Link to post
Share on other sites

Assino em baixo Plutão. Esse filme todo higienizado não me agrada. Queria perguntar pra Ana Maria Bahiana e esse se eles gostaram do filme Eu Robô, só para eu ter certeza. Se os anos 80 foram marcados por sangue e violência na telona agora estamos na época dos filmes pasteurizados prontos pra consumo,

Link to post
Share on other sites

Assino em baixo Plutão. Esse filme todo higienizado não me agrada. Queria perguntar pra Ana Maria Bahiana e esse se eles gostaram do filme Eu Robô, só para eu ter certeza. Se os

anos 80 foram marcados por sangue e violência na telona agora estamos na época dos filmes pasteurizados prontos pra consumo,

 

concordo com você, e acho que é uma ditadura essa histeria pela higienização da nossa sociedade.

 

Mas não da para avaliar a qualidade dos conceitos pela imagética social de cada época, acho que os conceitos dos filmes transpassam o tempo, e consequentemente as imagéticas das sociedades de cada época.

Link to post
Share on other sites

Mais um review. O texto tem alguns spoilers de leve, nada surpreendente.

Critica basicamente o fato de ser PG-13, mas até aí já se sabia que seria assim.

Surpreendentemente melhor do que o esperado, mas não é melhor do que o original (o que também já se sabia que seria assim).

Ao menos não estragou tudo como tantas refilmagens que saem por aí.(Robocop 3 já tinha feito isso antes)

 

http://www.colourlessopinions.com/2014/01/robocop-2014-review.html?utm_source=feedburner&utm_medium=feed&utm_campaign=Feed%3A+ColourlessOpinions+(colourless+opinions%E2%84%A2)

 

 Veredicto (do site) : Surpreendentemente melhor do que o esperado . Divertido, mas incapaz de substituir o original RoboCop. Classificação : 3/5 

Link to post
Share on other sites

 Quanto ao PG-13, alguém realmente esperava que não seria? Querendo ou não, ROBOCOP se tornou um símbolo pop. Era obvio que o estúdio tentaria atingir o maior publico possível. Trágico, mas previsível.

 

  Mas isso não quer dizer que o filme é pra quem curte "Turma Da Monica Teen", como o SOTO aponta. TDK e SKYFALL são filmes que tratam de personagens que também são mais violentos originalmente, mas ainda sim, são ótimos filmes.

 

 Em tempo, concordo com a "ditadura da higienização" apontada por todos, e que provavelmente o filme ganharia mais se fosse mais visceral. Mas apesar de curtir a veia visceral do original (algo comum no cinema do Verhoeven) este esta longe de ser o principal atributo do filme de 87 ao meu ver.

 

 Mas o filme estreia em três semanas, e logo vamos ver se o Padilha foi feliz ou não nesta releitura do clássico.

Link to post
Share on other sites

Para mim RoboCop sem violência, com design ridículo digno de filmes feitos para TV e outros defeitos especiais já apontados aqui são bem suficientes para se ter uma expectiva bem baixa. Alias para mim nada me tira da cabeça que vai ser uma das bombas do ano. Roland Joffé (A Missão, Os Gritos do Silêncio) já fez merda logo qualquer diretor por mais renomado que seja pode também pisar na bola. E todo trailer que vi não me animou nada, tudo me pareceu mal feito típico de um "filme B" ou uma coisa bem inferior ao original e até para um filme pipoca tradicional. Alias todo esse marketing desse filme me deixou puto até agora a porcentagem de ser uma merda é de 99% para mim. Alias mesmo que não fosse RoboCop ou fosse uma outra ficção científica qualquer séria deprimente o visual também. Normalmente eu até concordaria que filme tem que ser bom independente da sua origem. Mas ele não é pelo material apresentado visualmente. Nada daquilo parece O CONCEITO ciborgue de verdade ou um homem máquina e sim um cara com uma roupa de borracha e POXA VIDA é RoboCop dane-se Padilha. Ele tá fazendo a mesma merda que fizeram com os vampiros da Saga Crepúsculo mudando todo o conceito, para um outro conceito tão radical que até perde sua origem na palavra. Não é mais homem máquina é sim homem borracha. Michelin?

 

O filme até poderia ser refilmado pelo finado Kubrick. Mesmo assim se ele pisa-se na bola em dos meus filmes preferidos eu iria amaldiçoar sua refilmagem até o fim dos tempos.

 

Revendo os trailers vejo que só ali em míseras propagandas se tem furo de roteiro. Alias uma dessas pisadas na bola o pessoal do jovem nerd comentou esse furo como magicamente alguém com queimadura severas em 80 % do corpo tem a mão e a cara limpa mais que bunda de bebê. Acho que vale a pena rever os conceitos desse suposto "bom filme".

 

você está correto....

Link to post
Share on other sites

RoboCop | Joel Kinnaman diz que aceitou viver Alex Murphy por causa de José Padilha Ator diz que acompanha o trabalho do diretor desde Tropa de Elite

Natália Bridi

04 de Fevereiro de 2014

 

 

 

 

Joel Kinnaman, protagonista do RoboCop de José Padilha (Tropa de Elite) explicou ao IGN o porquê de ter aceitado o papel de Alex Murphy no remake.

José Padilha, Joel Kinnaman e Michael Keaton virão ao Brasil para promover o remake de RoboCop

Segundo o ator, Padilha foi a razão pela qual ele assinou o contrato: "Quando ouvi que fariam uma nova versão de RoboCop pensei, 'Sim, isso é interessante. Provavelmente assistirei isso em algum momento, mas não estou interessado em participar'. Mas então descobri que  José Padilha queria fazer o filme e queria me conhecer, o que me deixou muito lisonjeado. Acompanho seu trabalho muito antes de RoboCop e fiquei muito impressionado com sua análise política do Brasil e seu estilo de filmar. A qualidade das cenas de ação que ele mistura com uma sensibilidade visual forte e atuações contundentes. Para mim, ele é um dos maiores novos diretores. Depois de conhecê-lo e de ele me contar a sua visão da história, o [remake] se tornou algo que eu realmente queria fazer. E precisei lutar para isso. Não foi um papel conquistado facilmente. Precisei fazer três testes. E foi enquanto eu estava filmando The Killing em Vancouver, precisava ficar para cima e para baixo, [entre o Canadá e os EUA]".

Além de Kinnaman (Alex Murphy/RoboCop), o elenco conta com Abbie Cornish (esposa de Murphy), Gary Oldman  (como o cientista que cria a máquina), Michael Keaton (presidente da OCP), Samuel L. Jackson (um carismático megaempresário de televisão), entre outros.

Link to post
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

Loading...

Announcements


×
×
  • Create New...