Jump to content
Forum Cinema em Cena

Oscar 2012: Previsões


Recommended Posts

  • Replies 4k
  • Created
  • Last Reply

Top Posters In This Topic

 

 

 

Dark' date=' Super 8 fodassa? Não vimos o mesmo filme, com certeza... Ele traz uma boa aura de nostalgia sim, tem a fofíssima Elle Fanning, mas o filme é um pastiche meia boca dos filmes do Spielberg e das aventuras dos anos 80. O filme começa bem, depois se perde completamente e tem momentos constrangedores, como o final.

 

-----------------

 

Shame visto. Não tive muito tempo de processar o filme.

 

Tem algo no estilo do Steve McQueen que ao mesmo tempo me fascina e me distancia. Assim como em Hunger a gente percebe uma certa frieza, um apego aos detalhes, ao silêncio, um tom melancólico... A frieza da direção contrasta e realça a violência dos temas que ele escolheu nos dois filmes. Esteticamente me diz muito, mas Shame não pegou tanto emocionalmente, com exceção do último ato que é catártico. Talvez por ser um filme que ganhe em intensidade a medida que se desenvolve. Estou ainda sob o efeito de algumas cenas fortes e maravilhosas.

 

Michael Fassbender é uma das maiores descobertas dos últimos anos. Onde será que ele estava esse tempo todo? Ele tem cenas em que deveria ganhar o Oscar apenas pela intensidade do seu olhar... Ele se entrega completamente, em cenas sexo, de nu explícito (observação cretina: ele tem um "grande talento", o que vai fazer dele O sex symbol).

Enfim... uma atuação poderosa, mas que não faz o estilo Oscar. Não o vejo vencendo este ano, mas é meu favorito até agora! Carey Mulligan é coadjuvante, não protagonista, isto é certo. Ela está excelente e ao que parece, ela canta muitíssimo bem. A personagem me comoveu bastante. Não a vejo sendo indicada... na verdade não sei como os votantes reagiriam a um filme desses. Steve McQueen tb mereceria ser indicado, assim como a montagem do filme.

 

Por fim, McQueen é super bem-humorado, Fassbender tímido. Vou tentar postar partes da entrevista no blog.

 

 

 

 

 

[/quote']

 

olha kra, essa pastiche funcionou muito bem p/ mim e p/ várias outras pessoas q vivenciaram por completo os anos 80

 

final constrangedor? o dos garotos mostrando o filme "acabado" dos zumbis? pow, vc não teve infância? 06

 

diz mais ai leleo, shame é tão pesado assim? o q por exemplo as mulheres acharam/achariam de um filme como esse?

 

Link to post
Share on other sites

 

 

 

 

Dark' date=' Super 8 fodassa? Não vimos o mesmo filme, com certeza... Ele traz uma boa aura de nostalgia sim, tem a fofíssima Elle Fanning, mas o filme é um pastiche meia boca dos filmes do Spielberg e das aventuras dos anos 80. O filme começa bem, depois se perde completamente e tem momentos constrangedores, como o final.

 

-----------------

 

Shame visto. Não tive muito tempo de processar o filme.

 

Tem algo no estilo do Steve McQueen que ao mesmo tempo me fascina e me distancia. Assim como em Hunger a gente percebe uma certa frieza, um apego aos detalhes, ao silêncio, um tom melancólico... A frieza da direção contrasta e realça a violência dos temas que ele escolheu nos dois filmes. Esteticamente me diz muito, mas Shame não pegou tanto emocionalmente, com exceção do último ato que é catártico. Talvez por ser um filme que ganhe em intensidade a medida que se desenvolve. Estou ainda sob o efeito de algumas cenas fortes e maravilhosas.

 

Michael Fassbender é uma das maiores descobertas dos últimos anos. Onde será que ele estava esse tempo todo? Ele tem cenas em que deveria ganhar o Oscar apenas pela intensidade do seu olhar... Ele se entrega completamente, em cenas sexo, de nu explícito (observação cretina: ele tem um "grande talento", o que vai fazer dele O sex symbol).

Enfim... uma atuação poderosa, mas que não faz o estilo Oscar. Não o vejo vencendo este ano, mas é meu favorito até agora! Carey Mulligan é coadjuvante, não protagonista, isto é certo. Ela está excelente e ao que parece, ela canta muitíssimo bem. A personagem me comoveu bastante. Não a vejo sendo indicada... na verdade não sei como os votantes reagiriam a um filme desses. Steve McQueen tb mereceria ser indicado, assim como a montagem do filme.

 

Por fim, McQueen é super bem-humorado, Fassbender tímido. Vou tentar postar partes da entrevista no blog.

 

 

 

 

 

[/quote']

 

olha kra, essa pastiche funcionou muito bem p/ mim e p/ várias outras pessoas q vivenciaram por completo os anos 80

 

final constrangedor? o dos garotos mostrando o filme "acabado" dos zumbis? pow, vc não teve infância? 06

 

diz mais ai leleo, shame é tão pesado assim? o q por exemplo as mulheres acharam/achariam de um filme como esse?

 

Dark, o filme é definitivamente pesado em muitos aspectos. Não é nem a questão do sexo ou das cenas mais ousadas, pq isso a gente vê em vários filmes... é uma violência psicológica, do "eu" aprisionado em sua compulsão... e o filme vai ficando gradualmente tenso. mas ao mesmo tempo há a elegância e a frieza do Steve McQueen que faz com que filme seja ao mesmo tempo melancólico e profundamente triste.

 

As mulheres simplesmente amam Fassy. Elas e muitos homens também estavam em polvorosa por causa dele. Falam da voz, do corpo... enfim, por aqui ele é o ator do momento.

 

Na sessão, no entanto, a recepção ao filme não foi tão entusiasmada.

 

 

Leleo2011-11-22 22:39:07

Link to post
Share on other sites
É impressão minha ou o Ronny postou um texto (porco) da Ana Maria Bahiana onde ela conta a última cena do filme do Alexander Payne? É isso mesmo' date=' Arnaldo? [/quote']

 

06

Produção, eu postei sem ler.

But whatever, I dont think thats a big deal. Anyway, sorry. 04
Link to post
Share on other sites

É impressão minha ou o Ronny postou um texto (porco) da Ana Maria Bahiana onde ela conta a última cena do filme do Alexander Payne? É isso mesmo' date=' Arnaldo?

 

 

 

[/quote']

 

 

 

Sim, ela muié deu uma de Rubens Ewald Filho e contou a final do filme.

 

 

 

Tá, exagerei. Ela só contou a cena final, sem explicar o contexto.

Link to post
Share on other sites

É impressão minha ou o Ronny postou um texto (porco) da Ana Maria Bahiana onde ela conta a última cena do filme do Alexander Payne? É isso mesmo' date=' Arnaldo?

 

 

 

[/quote']

 

 

 

Sim, essa muié deu uma de Rubens Ewald Filho e contou a final do filme.

 

 

 

Tá, exagerei. Ela só contou a cena final, sem explicar o contexto.

Link to post
Share on other sites

Vocês viram esse vídeo do New York Times sobre Michelle Williams sendo Marilyn Monroe?

 

http://video.nytimes.com/video/2011/11/21/magazine/100000001173082/michelle-williams-as-marilyn-monroe.html?scp=2&sq=My%20week%20with%20Marilyn&st=cse

 

Jesus... Só por esse vídeo, para mim sem dúvida alguma, disparado a melhor coisa que vejo dessas possíveis candidatas. Doido para ver esse filme! Doido!

 

 

 

Link to post
Share on other sites

 

 

Rselistre' date=' também adoro a Charlotte Gainsbourg em "Melancholia". Não sei se você sabe, mas ela está cotada para interpretar a Patti Smith, na filmagem, do melhor livro do ano - "Só Garotos". Com o sucesso que o livro fez nos USA, seria uma boa oportunidade pra ela ser indicada.

 

 

[/quote']

 

Não tava sabendo, que massa! Gosto muito dela em "A árvore" (apesar de o filme ser marrom..), "Sonhando acordado", "Anticristo" e, claro, "Melancolia". Se isso acontecer mesmo, tem tudo pra ela ter o reconhecimento que merece nos EUA! (?) 01

 

Link to post
Share on other sites

No dia em que o SAG enviou os ballots para seus votantes, a Variety publicou o seu tradicional "Actors on Actors". 

Bette Midler on Glenn Close in 'Albert Nobbs'

Albert%20Nobbs

 

"Glenn Close has given us many indelible and moving portraits over the years, but folks, you ain't seen nothin' yet! With 'Albert Nobbs,' I had no idea what I was going to see. It began, and I sat back to wait for her entrance; 20 minutes later, I realized the timid little man in that beautifully rendered world was she. Most men live lives of quiet desperation, and most women do, too. The options for poor women in the 19th century were horribly limited, especially if they were single and without the support of a family. The woman who becomes Albert Nobbs accidentally finds her salvation by adopting male dress and finding work as a man servant. Albert is really all right until he falls in love, and then, of course, all his troubles begin.

I have always loved, above all, the actors who disappear so thoroughly that you are no longer watching craft, but art. In a triumph of concentration, observation, intelligence and soul, Glenn has created, not reality, but Life. I think everyone is going to be stunned." 

 

 

Ronny2011-11-23 17:25:14
Link to post
Share on other sites

excelente o pôster!

 

 

 

se tivesse uma categoria assim no oscar ... 06

 

 

 

o filme do fincher deve ser mais um f*** pra colocar em minha videoteca,

mas qt a oscar deve seguir o mesmo caminho de se7en e zodiac (não

podemos esquecer q oscar e grandes filmes muitas vezes não andam de mãos

dadas)

 

 

 

tb parei de ler o artigo dos the descendents assim q baiana começou a

falar do final do filme ... é melhor prevenir do q remediar 06

 

ps: isso ae leleo, vamos ver se o fassy (ui, q bichona! 06) consegue ao menos 1 indicação pelo seu grande ano. a concorrência tá pesadíssima, vamos ver

 

 

 

Link to post
Share on other sites

 

 

Vazou Dvdscr de Albert Nobbs praticamente um mês antes da estréia do filme nos EUA. É, começou a temporada pra valer 06.

 

---

 

Assisti The Help, pra ver qual era do buzz em torno do mesmo. Filme bem mais ou menos, embora admito que esse me incomodou bem menos do que Preciosa, Crash, The Blind Side e outros que tratam do tema, talvez por conta do elenco, que funciona  de forma harmoniosa como um todo, com destaque pra Spencer e pra Jessica Chastain, que caso recebam indicações a premiações por aí não vou me incomodar. 

 

Viola Davis como atriz principal é tosco, embora ela teje bem no filme sim. Agora, fora o elenco de resto the Help é fraquinho, fraquinho...

 

 

 

 

Beckin2011-11-23 20:25:37

Link to post
Share on other sites

Onde? Por favor, manda MP com o link de Albert Nobbs!

 

...

 

Ainda não vi nada de Jessica Chastain ainda, tenho que assistir um de seus filmes urgentemente.

 

...

 

Cronenberg em recente entrevista elogiou muito o carinha do Crepúsculo, dizendo que o público irá se surpreender, algo similar ao que ele havia dito sobre Knightley. Ele a equiparou com Miranda Richardson e Judy Davis. 13 Vale tudo, né? 06 

 

Mas brincadeiras a parte, aguardo ancioso pelo filme e pela atuação da moça, do Fassbender, (vulgo Fassy 06), do Mortensen e do Cassel.

 

Aliás, já até imagino a dupla de Crepúsculo em Cannes. Os filme de Cronenberg e Salles devem estar prontos logo, logo. Os holofotes estariam sobre a Croisette, a organização do festival não deve perder essa oportunidade. No fim, esse adiamento do filme de Salles, pode ter sido providencial para o marketing do filme.
Link to post
Share on other sites
Guest
This topic is now closed to further replies.

Announcements


×
×
  • Create New...