Jump to content
Forum Cinema em Cena

Drácula: Os Filmes


Questão
 Share

Recommended Posts

 

  Quando Bram Stocker escreveu "Drácula" em 1897, não tinha idéia de que estava criando a mais importante historia de vampiro já feita até então. Alem de criar uma mitologia interessantissima, o escritor irlândes  criou um dos vilões mais icônicos da cultura popular.

 

 O romance teve diversas adaptações. A primeira foi NOSFERATU, uma adaptação não autorizada, dirigida por F.W Murnau. O filme toma muitas liberdades em relação ao romance, e dá ao Conde Drácula (Aqui Conde Orlock) uma aparencia bem mais asquerosa do que a descrita no romance. Embora a atuação de Max Schreck como o vampiro seja arrepiante, não acho o filme essa coca toda que falam, e acho que o movimento do expressionismo alemão produziu filmes bem melhores.

 

 Em 1931, a Universal adaptou novamente o romance, filmando duas versões simultaneamente, uma americana, e outra mexicana. A mais famosa é a americana, que imortalizou Bela Lugosi no papel do Rei Dos Vampiros. O filme envelheceu mal, e percebe-se nitidamente que é uma produção de um cinema que ainda estava "aprendendo a falar". Mas toda a sequencia de apresentação do vilão é fantastica. E Lugosi continua a ser um dos melhores interpretes de Drácula. Alem disso, o melhor Reinfield (o escravo comedor de insetos de drácula) tambem pertence a esta produção, graças a uma atuação tresloucada de Dwight Frye.

 

 A versão mexicana padece dos mesmos problemas da versão americana, e não tem nem Lugosi nem Frye para elevar a sua moral.

 

  Em 1958, a Hammer Films lançou a sua versão. O VAMPIRO DA NOITE, foi dirigido por Terence Fisher, e trazia Christopher Lee No papel de Drácula, Peter Cushing como seu arqui inimigo, o Prof. Abraham Van Helsing e Michael Gough no papel de Arthur Murray (fundindo os personagens de Artur Holmwood e Jonathan Harker, apesar de Harker tambem estar presente nesta versão)

 

  O VAMPIRO DA NOITE tambem toma muitas liberdades em relação ao romance, mas seria a primeira versão a trazer uma dose de erotismo e violencia mais escancarada. Constantemente, o Drácula de Lee aparece com suas presas pingando sangue após se alimentar de suas vitimas, após seduzi-las com puro erotismo. Alem de imortalizar Lee na pele de Drácula, Peter Cushing interpreta aqui a melhor versão do Prof. Van Helsing, pelo menos na minha opinião.

 

 Outra versão que assisti foi a de 1979, lançada no Brasil como DRÁCULA. Esta versão trazia Frank Langella como o vampiro, Laurence Olivier como Van Helsing, e Donald Pleasence como o Dr. Seward. Este filme de 79 parece ser uma versão melhorada do filme estrelado por Bela Lugosi na decada de 30, apesar do filme pular a parte da Transilvania, e já começar com Drácula chegando a Inglaterra. A violencia e o erotismo introduzidos pela adaptação da Hammer continuam presentes aqui, mas o Drácula de Langella esta muito mais para o de Lugosi do que para o de Lee. O vampiro de Christopher Lee, apesar de ser um cavalheiro, não se fazia de rogado quando precisava arreganhar os dentões e bancar a fera. Já os Dráculas de Lugosi e Langella nunca perrdem a pose. Assim como o que acontecia com o ator hungaro, nunca vemos o Drácula de Langella com as presas a mostra, ou com um pingo de sangue que seja no rosto. Mas mesmo assim ele exala perigo e poder.

 

 A versão mais recente do romance que assisti foi DRÁCULA DE BRAM STOCKER, dirigido por Francis Ford Copolla. Creio que seja a versão com o elenco mais estrelado. Gary Oldman como Drácula, Wyona Ryder como Mina Murray, Keanu Reeves como Jonathan Harker e Anthony Hopkins como Van Helsing. Esta versão faz jús ao titulo, e é a versão mais fiel ao romance que eu já ví, apesar de tomar certas liberdades como qualquer adaptação. Eu não afirmo que Gary Oldman é o melhor ator a viver o Drácula, mas foi o que mais humanizou o personagem, em uma grande atuação. Anthony Hopkins tambem se diverte bastante como o Caçador De Vampiros. Adoro a cena em que uma angustiada Mina pergunta para Van Helsing sobre Lucy "Ela sofreu?", e Van Helsing responde enquanto come sem dar muita importancia "Sim, Sim. Sofreu bastante"06

 

 Obvio que citei apenas as adaptações que ví, pois há ainda muitas adaptações do romance de Stocker que não cheguei a ver. Sei que o proximo a adaptar DRÁCULA sera ninguem menos que Dario Argento, diretor de classicos como SUSPIRIA e PRELUDIO PARA MATAR. Sua versão, que tem Rugter Hauer no papel de Van Helsing sera em 3D, e sera lançada ainda este ano.

 

 Me foquei apenas nas adaptações diretas do romance de Stocker. Mas como todos sabem, o Rei Dos Vampiros apareceu em diversos outros filmes, desde sequencias das citadas adaptações, passando por historias totalmente originais, satiras e paródias, e mesmo crossovers com outros personagens da cultura pop.

 

 Então, alguem aqui tem preferencia por uma versão de "Drácula" em especial ou por um filme com a presença do vampiro?   
Link to comment
Share on other sites

Bem já vi diversos filmes de vampiros, mas atualmente faz tempo que eu não porque a maioria dos filmes que assisto em dvd, mas me lembro de alguns.

 

O meu preferido atual e o Dracula de Bram Stoker do Francis Ford Cappolla que tem uma qualidade invejavel e o senhor elenco com o Gary Oldman como protagonista e Winona Ryder,Keanu Reeves e Anthony Hopkins  com romantismo e terror na dose certa.

 

500full-gary-oldman.jpg

 

Também vi o Dracula do dir: John Badham (1979) que fazia o vampiro era o Frank Langela  e o Dr Van Helsing o Laurence Oliver vi na Globo a muitos anos atras e tinha uns efeitos bacanas e um clima de horror e tal, mas acredito que uma revisada agora vai decair bem no meu conceito.

 

dracula1.jpg

 

Dracula, Morto mas Feliz do Mel Brooks tenta brincar com mito mas fica tudo na tentiva, tem uns lance engraçado e o sempre bacana Lesley Nielsen como o vampiro, mas com certeza não e um dos melhores fimes do diretor.

 

 

220px-Drac_dead_and_loving_it.jpg

 

Amor a Primeira mordida de 1979, já acho que funciona bem melhor no humor porque e bem mais discreto neste genero mas assim e legal, mas faz que anos que eu não vejo.                                                                            

 

Van Helsing do Stephen Somers (2004)presta uma boa homenagem no cinco minutos do filme em preto em branco, pena que o resto do filme seja completamente histerico e exagerado e os vampiros não assutam ninguém e o Dracula do Richard Roxburgh mas sem charme do cinema.

 

poster.jpg

 

Blade 3 tambem traz um generico de guerreiro do Dracula, que tambem ficou bem meia boca com o Dominic Pursell.

john_doe.jpg

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 
Link to comment
Share on other sites

 

 Ví o DRÁCULA de 79 há pouco tempo, CACO/CAMPOS, e gostei do que ví. Depois do filme do Copolla, é a minha adaptação preferida do livro do Stocker.

 

 Tambem faz anos que eu não vejo AMOR Á PRIMEIRA MORDIDA, mas acho ele superior ao filme do Brooks justamente pelo que você falou. Ele tem um humor bem mais sutil e refinado do que o filme do Brooks. Tem piadas que eu me lembro até hoje, como a do inicio do filme, em que uma multidão enfurecida cerca o castelo do vampiro, e ele pergunta para seu escravo "O que essa multidão toda faz aqui? Vieram me homenagear?"06

 

  Realmente, na primeira década do sec 21, o vampirão não deu muita sorte. VAN HELSING é uma negação que nem vale a pena ser comentada. A idéia de BLADE TRINITY até é interessante, ao retratar o Drácula mais proximo da figura historica que inspirou Stocker do que da imagem de charme e sedução que o personagem tem na cultura pop. Mas a execução ficou uma bosta, e ironicamente, Drácula acabou se tornando o vilão mais sem graça da serie (e incluo ai a fracassada série de TV que deu continuidade aos filmes).

 

 Pessoalmente, eu não acho ruim a trilogia dirigida por Patrick Lussier formada por DRÁCULA 2000, DRÁCULA: A ASCENÇÃO e DRÁCULA: O LEGADO. Achei interessante a idéia da franquia de colocar Drácula como sendo ninguem menos que Judas Iscariotes. Não é uma trilogia que se diga "nossa" mas é divertidinho, e pelo menos na minha opinião, melhor que BLADE TRINITY e VAN HELSING, o que tambem não é nenhum grande mérito, né?06
Link to comment
Share on other sites

 

 

Harker | Russell Crowe pode estrelar a nova adaptação de Drácula

Warner Bros. estaria atrás do ator para o filme de Jaume Collet-Serra

Marcelo Hessel
10 de Fevereiro de 2012


Russell%20Crowe

Russell Crowe

Russell Crowe arrumou mais um potencial projeto para protagonizar. Além de Noah e RoboCop (o primeiro pode acontecer e o segundo foi desmentido, segundo o ator), ele é cotado para estrelar Harker, segundo a New York.

A nova adaptação de Drácula que a produtora de Leonardo DiCaprio, Appian Way, está fazendo para a Warner Bros. com o diretor espanhol Jaume Collet-Serra (A Órfá, Desconhecido) transforma Jonathan Harker em um detetive da Scotland Yard na caça ao vampiro.

No romance, Harker é um advogado que vai à Transylvania negociar uma propriedade com o Conde Drácula - seu primeiro encontro com o vampiro é o estopim da história de Bram Stoker. Harker tem um colapso nervoso, interna-se em um convento (sob os cuidados da sua noiva, Mina Murray), e quando retorna a Londres junta-se ao grupo de Abraham Van Helsing que persegue Drácula.

Lee Shipman e Brian McGreevy escrevem o roteiro de Harker. Ainda de acordo com a revista, a ideia da Warner Bros. é colocar Collet-Serra para dirigir Harker enquanto Akira (o outro projeto do espanhol no estúdio) passa por suas revisões de orçamento.

FONTE: OMELETE
Link to comment
Share on other sites

 

 Esse com o Jack Pallance eu não conhecia.

 

 Lembrando que o filme do Argento não sera a unica aparição de Drácula nas telas este ano. O vampiro tambem sera um dos protagonistas da Animação HOTEL TRANSILVÂNIA, da Sony. O personagem sera dublado por Adam Sandler, e o filme sera uma comédia que mostra drácula administrando um hotel para monstros.

 

 
Questão2012-02-11 15:10:11
Link to comment
Share on other sites

Drácula – O Demônio das Trevas

 

Se não fosse a costumeira confusão entre Mina e Lucy, este seria um Drácula tão fiel ao romance de Bram Stoker quanto o de Francis Ford Coppola. Dizem, aliás, que é o primeiro a usar o lance do amor de outras vidas, não presente no livro, assim como a forte associação com o príncipe histórico Vlad Tepes. Ambas as inovações aparecem na produção de 92 e são os principais motivos de críticas negativas a ele. É estranho que mesmo tão fiel comeu algumas frases clássicas, do tipo “crianças da noite! Que doce música elas fazem.”. Por ser uma produção para a TV inglesa, que posteriormente foi exibida nos cinemas (inclusive no Brasil), peca pela fotografia escachada, quase luz de padaria. Isso, junto à direção de arte pobre, deixa o castelo do conde parecendo casa de tia velha, toda limpinha, iluminada, cheia de bibelôs... O que definitivamente compromete o clima de horror. Outro exemplo de falta de recursos financeiros são alguns cachorros da raça pastor alemão (!!!) tentando se passar por lobos. Aparecem alegres, balançando o rabinho, e os atores apavorados! Descontando a cara de índio cherokee do Jack Palance vê-se que está bem no papel, já que sua canastrice combina com um personagem tão poderoso quanto prepotente, e ainda caprichou no sotaque romeno. Tanto ele quanto todo o filme ficam a milhas do glamour sombrio dado por Christopher Lee e a Hammer, mas longe (desculpe o trocadilho!) do diabo trash que pintavam os antigos guias de VHS.

 

 

 

Drácula – O Demônio das Trevas – Dracula

 

 

 

- Inglaterra 1973 De Dan Curtis Com Jack Palance, Simon Ward, Nigel Davenport, Pamela Brown, Fiona Lewis, Murray Brown 100’ Horror

Link to comment
Share on other sites

 

P/ mim "Nosferatu" do Herzog é aurs concour, idem p/ Kalus Kinski!

 

Vi recentemente, a fotografia é maravilhosa, atuações idem, com Adjani fazendo uma Lucy tão frágil, mas intuitiva e Klaus, que é a personificação do drácula mais aterradora que já vi !

 

P/ mim duas das mais marcantes cenas:

A do navio aportando na cidade. Da maneira como foi filmada, em close,  tu se sente lá, na calçada a beira do canal, ou mesmo dentro do barco, misto de claustrofobia e pânico...aff!

 

Outra, é um a muito citada por quem viu o filme, a do banquete na cidade, em meio a ratos, pestilentos e corpos caídos...afff!

Este eu colcoaria entre os 100 filmes que tu precisa ver antes de morrer.

 

Bonus:

 

nosferatu.jpg

 

 

jujuba2012-02-12 11:26:14

Link to comment
Share on other sites

Mas ai não é Drácula. Se não me engano o vampiro se chama Maximillian.

 

 

 

____________________

 

 

 

É importante salienta que o Clássico de Murnau teve outra refilmagem até da de Werzog. Em 2000 foi lançado A Sombra do Vampiro dirigido por E. Elias Merhige e roteirizado por Steven Katz, em que Murnau (interpretado por John Malkovich) contrata Max Schreck (interpretado por Willem Dafoe) um vampiro de verdade para realizar o seu Nosferatu buscando realismo, enquanto o vampiro busca sangue (principalmente de Greta).

Link to comment
Share on other sites

 

 Muito bem lembrado ODEMUITASCASTAS. Quando lí sobre A ULTIMA VIAGEM DO DEMETER, achei uma idéia bem interessante fazer um filme focado especialmente neste capítulo do livro do Stocker. Alías, acho este capitulo uma das melhores partes do material original. Este projeto já circula em Hollywood há alguns anos, e já trocou de diretor duas vezes. Atualmente, David Slade (Diretor do otimo 30 DIAS DE NOITE) esta contratado como diretor. O filme tambem tem Ben Kingsley e NoomI Rapace no elenco, mas se demorar muito pra ganhar sinal verde, é bem possivel que perca esses nomes.

 

 A SOMBRA DO VAMPIRO não é uma refilmagem. Como você descreveu em sua sinopse, é um filme sobre um filme do Drácula. Quando este filme saiu, achei a idéia excelente. Até por que brinca com a lenda de que Max Schreck era de fato um vampiro (o que seria impossivel, já que as cenas noturnas eram filmadas justamente em plena luz do dia06). Se não me engano, este mito surgiu pela soma da excelente atuação do Schreck e do fato do ator ser anti social e não ser visto muito em publico.

 

 Apesar da idéia ser boa e de Malkovich e Dafoe estarem muito bem em seus respectivos papéis, achei que o resultado final gerou um filme bem sem sal, com raros bons momentos. Uma pena, pois a premissa do filme era excelente.
Questão2012-02-26 18:48:53
Link to comment
Share on other sites

 

 Esses dias revi a animação BATMAN VS DRÁCULA

 

 Batman_Vs_Dracula-aff.jpg

 

 Um crossover bem fraco derivado da irregular série animada "The Batman". Tem até seus bons momentos, como o primeiro encontro do Batman com o vampiro, em que o morcego toma uma surra. Mas a historia é de uma infantilidade irritante, indigna tanto do Batman quanto do Drácula.

 

 Se tivesse sido produzida pela mesma equipe que desenvolveu o otimo longa animado BATMAN: A MASCARA DO FANTASMA ou pela equipe de BATMAN CONTRA O CAPUZ VERMELHO, com certeza teriamos um produto bem mais interessante, pois a idéia de colocar esses dois pra se enfrentar até que não é ruim não.
Questão2012-02-28 08:28:01
Link to comment
Share on other sites

  • 2 weeks later...

Drácula | Sony compra ideia para nova versão do clássico

Jason Keller, de Redenção, assina o roteiro

Natália Bridi
28 de Fevereiro de 2012


dracula

A Sony Pictures comprou a ideia de uma nova versão para o Drácula de Bram Stoker, segundo o Deadline.

Não há muitas informações sobre a nova abordagem ao clássico. Sabe-se apenas que será um filme de época, provavelmente situado no século 19, período do texto original. O roteiro será assinado por Jason Keller, mais conhecido pelo roteiro de Redenção e do ainda inédito The Tomb (que reunirá Sylvester Stallone e Arnold Schwarzenegger no cinema).

Palak Patel e Joe Roth assinam o longa que concorre com outras duas produções do gênero:  Dracula 3D, de Dario Argento, e Dracula Year Zero, produção da Universal sobre as origens do ícone do horror.

FONTE: OMELETE

 

 Mais um projeto do Drácula em Hollywood. Lembrando que alem dos citados acima pelo Omelete, tem os projetos de A ULTIMA VIAGEM DO DEMETER, que é focado na historia do navio que traz o vampiro da Romênia para Londrês, e HARKER, que reinventa o personagem titulo como um policial da Scotland Yard e é descrito como um "Seven vampirico".
Link to comment
Share on other sites

  • 3 weeks later...

A Hammer fará um novo Drácula!

Por

Estela H. Heise
14/03/2012

Christopher-Lee-Dracula-300x240.jpgA companhia cinematográfica Hammer, que dispensa apresentações, está cogitando a possibilidade de desenvolver um novo Drácula! Marcus Hearn, autor oficial da Hammer declarou recentemente que “o presidente da compania, Simon Oakes, está falando sobre fazer um novo Dracula, e ambientá-lo na Londres de hoje em dia. É divertido especular quem poderia ficar com o papel de Christopher Lee. Até ano passado eu provavelmente teria desconsiderado a idéia de um novo Dracula como sendo forçado, mas eu acredito que o sucesso de A Mulher de Preto abriu várias possibilidades.”

Nas palavras do próprio Simon Oakes: “Nós não podemos declarar muito sobre isto no momento, mas nós realmente estamos estudando a possibilidade. Eu já havia dito que nós nunca faríamos remakes dos filmes, mas nós podemos fazer as nossas próprias versões. Com certeza durante o minha estadia na Hammer nós faremos um DRACULA. Nós faremos um Frankenstein se tivermos um roteiro. O negócio é encontrar um roteiro que faça o nosso filme.”

Ficamos no aguardo de novidades!!

No momento, a Hammer está iniciando a fase de pré-produção de seu próximo filme, The Quiet Ones, escrito por Oren Moverman (diretor de O Mensageiro). Sobre esta produção, Oakes declarou que “é um filme de fantasmas baseado baseado em uma história verdica, que se passa em uma universidade…. é uma história muito bem construída, bem instintiva em seus sustos, mas fundamentalmente o que o que está por trás são seus personagens incríveis.

FONTE: BOCA DO INFERNO
Link to comment
Share on other sites

Sou muito assustada. Não sei como eu tive coragem de encarar Nosferatu. Foi um risco muito grande, mas eu fico feliz por ter enfrentado. É o melhor, junto com o de Coppola, que eu vejo mais como um filme romântico, e romance nem é meu estilo...

 

No lado ruim está Van Helsing. Ação sem criatividade, vilões ridículos e Beckinsale robótica.

 

O de Herzog eu pretendo rever não sei quando.

 

Link to comment
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

Loading...
 Share

Announcements

×
×
  • Create New...