Jump to content
Forum Cinema em Cena
ltrhpsm

Oscar 2014: Previsões

Recommended Posts

 Lupita pode se colocar ao lado da Naomi Watts em O Impossivel, papel onde a personagem sofre o filme todo e o povo se comove, mas é só. 

 

BEEEEEEEEEEEEEEEM ISSO. Ainda que Lupita tenha um melhor desempenho que Naomi, mas ainda assim o trabalho é todo da historia(roteiro)e direção, vi pouco da atriz... Mas Wattz em vez de Marion cotillard é tão piada quantoa  indicação d Qvagmwbeeobforfrye Wallis de Adoravel sonhadora. Pra mim ano passado só se salvaram Riva, Lawrence e Chastain em Best. Act.

 

Atuação por atuação...Hawkins >>>>>>>>>>> E isso pra mim ganha mais força com ela tendo que estar num filme onde Cate faz TODAS que ''se acham atrizes'' de tapete... Não é uma atuação tão ''show-wy'' como a Lawrence e muito menos regada pelo roteiro como Lupita.

 

Meu ranking de Supp. Actress que vi até agora ficaria:

Sally Hawkins

Sarah Paulson- AMEDRONTADORA.

Melodia Diaz

 

Lawrence - gostei dela em Hustle. É uma forma tão diferente dela... tão exagerada, over...ao mesmo tempo tem cenas que ela simplesmente abaixa o tom e mostra uma capacidade tão grande de guardar um potencial para fragilidade, algo que vi em varios filmes dela, mas com ela sendo a durona ou sendo a transloucada...em hustle ela tmbm é louca, mas de uma forma diferente... a cena dela no restaurante com Jack Huston e principalmente a última dela com Bale no quarto, mais pro finald a cena, vc vê MUITO de uma força e uma forma que vai mais da atriz do que do roteiro..

 

Amy Adams - Her

Margo Martindale - Augustu

Julia Roberts - August

 

 

 

Ainda quero encontrar razões pra Spencer ter ganho tanta força no começo de ano com fruitvalle Station.

 

 

 

 

12YaS provavelmente fara a rapa no Bafta, principalmente pq muitos dos envolvidos são britanicos... ams fiquei surpreso com a aceitação de American Hustle no UK... a bilheteria ta indo bem e a critica lá ta boa.

Share this post


Link to post
Share on other sites

American Society of Cinematographers:

 

1. Sean Bobbitt, BSC for 12 Years A Slave

2. Barry Ackroyd, BSC for Captain Phillips
3. Philippe Le Sourd for The Grandmaster
4. Emmanuel Lubezki, ASC, AMC for Gravity
5. Bruno Delbonnel, ASC, AFC for Inside Llewyn Davis
6. Phedon Papamichael, ASC for Nebraska
7. Roger Deakins, ASC, BSC for Prisoners

Share this post


Link to post
Share on other sites

Indicações pra fotografia bem aquilo que esperavamos mesmo.

 

Vi o de Scorsese hoje e...amei. Que diálogos!Que ritmo; em alguns momentos desacelera, mas as quase 3 horas passam voando. Que elenco!DiCaprio, nossa, PERFEITO. Se não for indicado vai ficar feio, é impossível esnobá-lo, impossível não que a Academia já fez isso, mas deve ser indicado, e merece. O filme tem sido acusado de apologia e glamour ao crime e a este mundo corrupto, e realmente a trama toda é comédia pura, mas acho exagerada a acusação, é excelente, e são caricaturas o tempo inteiro. Melhor filme do Marty desde última década mesmo, fato.

Share this post


Link to post
Share on other sites

"American Hustle" visto.

 

Já começa com a barriga do Bale. Ele está excepcional, pena o ano ser tão forte, senão era certeza entre os 5. Bradley Cooper também está bem, num patamar abaixo de "Silver Linings". No naipe feminino, palmas pra Amy Adams que, sem dúvida, é o tipo de atriz que "carrega o piano". As situações mais difíceis são sempre com ela; nas cenas de menor destaque, ela tira leite de pedra; é tão inteligente que um simples movimento de perna transforma radicalmente uma cena entre ela e Cooper; merece a indicação com certeza. Sem ela, esse filme teria afundado. Todo mundo enaltece a Lawrence na cena do banheiro, mas pra mim a primeira cena dela, no restaurante do hotel, é um absurdo. Ela está particularmente divina naquela cena. Se houvesse categoria Carisma, ela ganharia todo ano. Falam que ela está exagerada. Sim, mas é o que o personagem pede, ora! Robert de Niro também está no elenco, completamente desperdiçado.

 

Agora, vamos ao corpo do trabalho... Não acho que mereça entrar em Direção, não tem nada de mais. Há alguns momentos de brilho (como a linda cena entre Bale e Adams entre as roupas), mas nada de mais. O roteiro é extremamente dependente da narração. E é um tanto inconvincente. Deve levar o Oscar, mas eu prefiro o velho Woody. Acho que a categoria Figurino vai ser uma luta de gigantes esse ano, sendo ela verdadeiro pilar desta obra do O`Russel.

 

Agora ele ser forte candidato a levar Filme? Vencer Nova York? "American Hustle" é vazio, totalmente esquecível, não sobra nada pro espectador, apenas a máxima repetida à exaustão sobre "acreditar no que se quer acreditar". Tinha uma simpatia tremenda pelo filme, mas ela não se confirmou.

 

No meu ranking, está abaixo de "Gravity", "Capitão Phillips", "Frozen", "Blue is the Warmest Colour", e "Blue Jasmine".

Share this post


Link to post
Share on other sites

Se tiverem paciência pra ler, claro. Eu ADOROA a Lawrence, nossa, é linda e talentosa demais. MAS eu senti exatamente o que esse texto fala, desde a primeira vez que vi a foto dela com a peruca e o figurino. É bem interessante...

 

http://thefilmexperience.net/blog/2014/1/9/american-hustles-jennifer-lawrence-problem.html

 

PS. Achei as sugestões dele para possíveis outras opções de elenco excelentes. 

Share this post


Link to post
Share on other sites

Li o texto do thefilmexperiencie  não concordo- como não concordo com boa tarde dos textos desse site que não tem mesura em criticas... principalmente pq o texto acaba se perdendo e dando mais força para tudo oque a Lawrence fez como Rosalyn... Maria Bello? E colocar Cameron Diaz como uma boa possibilidade é ridiculo pra mim depois de ver O Conselheiro do Crime e ver como patetica ela conseguiu ser com uma personagem que tinha tudo pra ser ARRASADORA como Malkina. Drea de Matteo seria uma boa... porém toda a coisa de ''idade apropriada'' me parece tão ridicula e até coisa de quem não assiste o filme... Rosalyn é fruto da imaturidade e das possibilidades de uma pessoa como ela, sem muita experiencia mas sem medo ou escrupulos de arriscar... uma atriz mais velha ainda que condense a exagerada na atuação, poderia parecer erroneo, ou mesmo mais pontado ao dramatico, até pela idade, experiencia de vida que uma Rosalyn mais velha teria... Rosalyn é uma ''guria'' brincando de ser mãe, esposa, de ser madura e empurrando a vida com a barriga e com suas artimanhas- vide as desculpas dela para o microondas e para O poder da intenção... a idade ao meu ver até me ajudou a gostar da personagem. A imaturidade de Rosalyn soaria falso em uma mulher mais velha...teriam que mudar muita coisa nela.

E citar Johasson em DOn Jon ou Watson em Bling Ring..bom como disse..o texto da margem a eu gostar mais ainda da atuação da Lawrence... Johasson esse ano fez bem o que nasceu pra fazer bem... ser um objeto inanimado- ótima em Ela como a ''Siri'' do futuro. rsrs

 

 

Toda a loucura e exagero é uma combinação Russel com o apelo show-wy do filme...  Acho que até o miscat dela faz parte de um apreço maior... a Lawrence É TODA ERRADA no filme... Rosalyn é um personagem que me lembra Melissa Leo em The Fighter... MUITO. Aquele apreço a loucura que O. Russel faz questão de colocar. Rosalyn não é um personagem que merece calma ou uma atuação como Amy fez com Sidney... diminuir o tom é diminuir a explosão que a personagem emana... tem a frase do filme que fala sobre ela ser o ''picasso do karate passivo agressivo''. É um personagem que tem velocidade e ritmo proprio..destoa do filme... a atuação dela destoa do filme...Rosalyn destoa do resto é isso oq torna dela um ponto forte.

 

Uma das coisas que adoro em American Hustle é isso...tem espaço para uma gama de atuações... Sidney de Amy é tão contida, a atuação dela é de meros olhares com uma forma de dizer muito do que gritos e esperneio...ai temos Bale que mistura isso ao caricato... e tem Lawrence no outro extremo.

 

O único problema dos filmes do Russel é a perda de ritmo ou mesmo a ''chegada''... vc não tira muita coisa no final, sempre tem aquilo do filme ''acabar desse jeito''. Sempre soa tão fraco depois de um trajeto bom.... eu acho que é mais aquele filme que ''não importa o final, curta o trajeto'' e isso pra mim as vezes não é o bastante... a historia se perde e foca apenas nas boas atuações e em bons momentos no meio... esquece a conclusão.

 

 

Meu momento favorito de American Hustle é aquele do ''O poder da intenção''.... Brilhante. Toda a sequencia desde ela a cena do restaurante huston/lawrence até depois com Renner e Bale... é muito boa.

 

E gente Robert De Niro em 5 minutos de um personagem que me da calafrios... não acho que foi mal utilizado, foi merecida aquela ponta... E que momento... mostrou o pq de ser uma lenda, pq em cinco minutos eu consegui ver ele em um momento que me lembra seus melhores...Não foi uma perda... pelo contrario.

Share this post


Link to post
Share on other sites

NOMINEES FOR 64th ANNUAL ACE EDDIE AWARDS

BEST EDITED FEATURE FILM (DRAMATIC):

  • 12 Years a Slave, Joe Walker
  • Captain Phillips, Chris Rouse, A.C.E.
  • Gravity, Alfonso Cuarón & Mark Sanger
  • Her, Eric Zumbrunnen, A.C.E. & Jeff Buchanan
  • Saving Mr. BanksMark Livolsi, A.C.E.

BEST EDITED FEATURE FILM (COMEDY OR MUSICAL):

  • American Hustle, Jay Cassidy, A.C.E., Crispin Struthers & Alan Baumgarten, A.C.E.  
  • August: Osage County, Stephen Mirrione, A.C.E.
  •  Inside Llewyn Davis, Roderick Jaynes
  • Nebraska, Kevin Tent, A.C.E.
  • The Wolf of Wall Street, Thelma Schoonmaker, A.C.E.

 

BEST EDITED ANIMATED FEATURE FILM:

  • Despicable Me 2, Gregory Perler, A.C.E
  • Frozen, Jeff Draheim
  • Monsters University,  Greg Snyder

BEST EDITED DOCUMENTARY (FEATURE):

  • 20 Feet from Stardom, Douglas Blush, Kevin Klauber & Jason Ze
  • Blackfish, Eli Despres
  • Tim’s Vermeer, Patrick Sheffield

Share this post


Link to post
Share on other sites

 "Saving Mr. Banks" visto.

 

 Trata-se do "feel-good movie" da temporada! Não vi a premiação que aquela associação do meio-oeste faz do "Melhor Filme Família", mas posso adivinhar que foi esse o vencedor.

 

 É bem-feito, bonitinho, agradável, um deleite para nossos avós, candidato a futuro filme de Natal. Conta com pequenas e eficientes participações de talentosos atores como Paul Giamatti, Colin Farrell, e Rachel Griffiths (Perdeu-se na carreira depois da indicação no excepcional "Hilary and Jackie"). A direção de John Lee Hancock é canhestra, primária, infantil, explorando à exaustão flashbacks e o recurso da memória-sonho. Temo pela vida mental desse diretor! O que deve ser a cabeça de um cara assim? Que só sabe usar o clichê do clichê do clichê? O filme poderia ter explorado de maneira mais interessante a problemática da adaptação, de como o artista criador tem de abandonar seu mundo e cedê-lo para outros também criarem. Salvaria o filme da temática bilu-bilu, tornando-o mais substancioso. Quando o filme ameaça entrar naquela terreno, o diretor puxa a corda de volta para o sentimentalismo. Lamento muito pelo potencial jogado fora.

 

A trilha sonora de Thomas Newman é apontada como provável indicada, o que é completamente injustificável aos meus ouvidos. Seria a décima segunda indicação dele, mas não será por ela - talvez seu pior trabalho -que ele deverá ganhar seu merecido Oscar. Figurino e Desenho de Produção estão bem cotados também, e são ambos "ok", ambos passáveis. Lembro que no começo do ano cogitávamos Oscar de coadjuvante para Tom Hanks interpretando Disney. Agora entendo por que seu nome não entrou em nenhuma lista de indicados. É uma atuação apenas correta, e, um tanto quanto, pequena.

 

Porém, contudo, todavia...Emma Thompson. Quem acompanha a carreira dela pode até adivinhar quais expressões faciais, e quais expressões corporais, ela usará. E, no entanto, pela mágica que só o cinema tem, dá certo! Ela é "gostável". Agrada os nossos olhos, a voz dela agrada nossos ouvidos, tudo está no lugar certo, mesmo que esse lugar seja o da repetição. E assim como ela é amada pelo público, ela é amada pela Academia. Se ela foi indicada por não fazer absolutamente nada em "Em nome do Pai", ela definitivamente será indicada esse ano. 

 

Conclusão: um filme agradável, que jamais poderia entrar em uma disputada lista de Melhor Filme, como a desse ano. 

Share this post


Link to post
Share on other sites

Já tem screeners bons de "American Hustle", "Her" e "Dallas Buyers Club". O "Wolf" realmente só tem com uma imagem desbotada e ainda não tem legendas em português, o que pode ser um problema pra grande maioria.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Chris Hemsworth fará o anúncio dos indicados ao Oscar 2014

10/01/14 - 15h37

por Renato Silveira

 

O ator Chris Hemsworth, de Thor e Rush - No Limite da Emoção, vai anunciar os indicados às principais categorias do Oscar 2014, junto com a presidente da Academia, Cheryl Boone Isaacs, no próximo dia 16 de janeiro, uma quinta-feira.

 

O anúncio será exibido ao vivo pela TV a partir das 11h da manhã (horário de Brasília), direto do Samuel Goldwyn Theater, em Beverly Hills. No Brasil, a transmissão será feita pelo canal pago TNT, que também exibirá a cerimônia de premiação no dia 2 de março, um domingo.

 

Como de hábito, você poderá ver a lista completa de indicados ao Oscar no Cinema em Cena tão logo ela seja divulgada pela Academia.

http://www.cinemaemcena.com.br/plus/modulos/noticias/ler.php?cdnoticia=51899&cdcategoria=4

Share this post


Link to post
Share on other sites

Meus palpites para o Globo de Ouro - que começa em instantes -, incluindo as categorias de cinema e TV (mesmo sem acompanhar nenhuma série) e com alguns comentários gerais sobre a premiação: http://moscanasopa.wordpress.com/2014/01/12/globo-de-ouro-2014-previsoes/.

Tapete vermelho a partir das 22h na TNT; o prêmio em si inicia-se às 23h.

Share this post


Link to post
Share on other sites

São mesmo, eu acho até legla, ela não faz a deslumbrada, não a acho metida, muita gente interpreta como esnobe, ela tenta, mas tá nem aí pra isso, acho.

 

Elisabeth Moss venceu por Top of the Lake, vi a mini série, da Jane Campion, MERECIDO. E Behing the Candelabra também, merecido.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Se Lawrecenve vence o SAG fica mais perto do Oscar, fica difícil acreditar que vão dar o Oscar pra ela, já, isso aconteceu já alguma vez?Alguém vencer duas vezes seguidas, e ter dois Oscars com 23 anos...

Share this post


Link to post
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

Loading...

×
×
  • Create New...