Jump to content
Forum Cinema em Cena

Woody Allen


Caio
 Share

Recommended Posts

Infelizmente' date=' assisti apenas a "Match Point", pequena obra-prima de Woody Allen. Gostei muito do seu conjunto roteiro - trilha sonora; ambos trágicos; e de sua forma de como escolher a paisagem inglesa ao fundo de cada cena. Espero ansiosamente poder encontrar outros filmes dele para minha lista.[/quote']

 

"Match Point" é muito bom, mas é um filme um pouco diferente dos outros do diretor. Ele constuma ser bem mais verborrágico e mais cômico do que neste, mas a qualidade do roteiro é algo que se faz presente em todos os seus filmes. Espero que tu gostes de suas outras obras. 
Link to comment
Share on other sites

  • Replies 81
  • Created
  • Last Reply

Top Posters In This Topic

Infelizmente, assisti apenas a "Match Point", pequena obra-prima de Woody Allen. Gostei muito do seu conjunto roteiro - trilha sonora; ambos trágicos; e de sua forma de como escolher a paisagem inglesa ao fundo de cada cena. Espero ansiosamente poder encontrar outros filmes dele para minha lista.

Link to comment
Share on other sites

 

Meu top 3:

-Zelig:Um dos roteiros mais originais e divertidos q eu vi na minha vida

-Interiores:Tocante e minimalista,a fotografia da o tom  de uma forma genial ,usando só imagens focalizadas de interiores ,como casa e carros,com somente tres cenas com focalização externa ,cenas essas onde se revelam as verdades q eram presas pelas suas protagonistas

-Hannah:Divertidissimo tbm ,o personagem q o Woody Allen interpreta é espetacular ,sempre rolo de rir quando lembro dele tentando achar uma religião.

Depois eu listo mais alguns aqui

 

Luis Eduardo2006-10-17 00:32:42

Link to comment
Share on other sites

  • 2 weeks later...

po até que emfim achei um fórum que fala de allen. melhor diretor na minha opiniao. o cara é um genio sabe falar de relacionamentos como ninguem é perfeito em nossas imperfeiçoes. o talento que ele tem paa tirar boas interpretações, e fora o seu segredo para o sucesso que é a sua inigualavel imaginação. faz parte de um grupo seleto de diretores que ainda utilizam sua imaginalçao para escrever  seus roteiros.

é impossivel para mim fzer um top 5 entao vou fazer um top 10:

1-desconstruindo harry

2-sonhos eroticos de uma noite de verao

3-noivo neurotico, noiva nervosa

4-math point

5-dirigindo no escuro

6- o escorpião de jade

7-crimes e pecados

8-a era do radio

9-melinda e melinda

10-hannah e suas irmas

talves quando ver os dez filmes que faltam para assiistir essa lista mude.
Link to comment
Share on other sites

  • 1 month later...

Após um longo e tenebroso inverno, chego eu com apenas três obras assistidas (e já um fã) do Woody Allen. Dificílimo optar por apenas um como melhor; porém, creio que Noivo Neurótico, Noiva Nervosa seja um exercício perfeito abordando variados temas com tantos estilos (indagações à platéia, desenhos animados, personagem interagindo com si própria quando criança, duas falas ao mesmo tempo, etc.) originais e engraçados, fazem a farra. A Rosa Púrpura do Cairo é leve e pequeno; porém tem uma jogada super-criativa na metalinguagem. E Match Point foge do gênero, porém é uma das obras mais arrebatadoras de nossos tempos e trouxe o Allen de volta à tona, com um suspense delineado pela ópera trágica. Meu top modesto é:

1. Noivo Neurótico, Noiva Nervosa

2. Match Point

3. A Rosa Púrpura do Cairo
Link to comment
Share on other sites

  • 2 months later...

Acho que Woody Allen é o cineasta a quem eu mais estou devendo. Assisti a apenas 4 dos filmes dirigidos por ele:

 

Hannah e Suas Irmãs

Poderosa Afrodite

Melinda e Melinda

Um Misterioso Assassinato em Manhattan

 

Vi tb um que é estrelado por ele, Confissões de um Sedutor, achei muito divertido.
Link to comment
Share on other sites

Achei Hannah e Suas Irmãs uma coisa meio estranha... tipo, o filme é em boa parte um melodrama familiar, até aí OK. Vai desenvolvendo várias tramas paralelas, tudo bem; todo elenco muito bem, Dianne Wiest e Michael Caine, OK. Só que nesses ramos da família vem o Woody, que em parte tá dentro da 'história principal' e outra metade ele vai exteriorizando as próprias neuroses - morte, verborragia, religião, hipocondria, etc. Eu me pegava pensando "putz, que nada a ver isso", imaginando que ele tava sem idéia de como inserir a verborragia habitual e acabou ficando daquele jeito - mas que não ficou artificial ou falso. Tava tudo uns 90% nos trinques; além do que, nem chegou a me incomodar (mas pra falar a verdade, não tem nem como, eu acho o Woody engraçado até dormindo 06).

Como alguns de vcs pensam sobre isso?
Link to comment
Share on other sites

Não assisti a filmografia toda dele , posso até não acha-lo o melhor diretor ... mas como roteirista ele é o mais excepcional! Ele e Kauffman são meus preferidos ...

 

 

 

Melhores filmes : Manhattan ; Rosa Púrpura (o melhor fim) ; sou meio fã de Ponto Final tambem , mas sei que não tão superior aos outros filmes ... mas gosto e muito :)

Link to comment
Share on other sites

Meu Top 10 do Woody :

 1- Noivo Neurótico , Noiva Nervosa

 2- A Rosa Púrpura do Cairo

 3- Descontruindo Harry

 4- Zelig

 5- Manhattan

 6- Match Point

 7- A Última Noite de Boris Grushenko

 8- Crimes e Pecados

 9 - Todos Dizem Eu Te Amo

 10 - Um Misterioso Assassinato Em Manhattan

 

Eu gosto de todos os filmes dele , mesmo os mais fracos como Neblina e Sombras , Celebridades , Trapaceiros e Dirigindo No Escuro .

 

 
Link to comment
Share on other sites

  • 3 weeks later...

Eu conheço Woody Allen pelos seus trabalhos atuais: Scoop, Igual a tudo na vida, melinda & melinda, match point...

 

E eu queria ver os filmes anteriores do Woody. Por onde devo começar? Qual melhor trabalho dele? Há um filme que devo ver primeiro?

 

 
Link to comment
Share on other sites

Manhattan e Annie Hall são os mais procurados, e os dois são quase impossíveis de não se achar foda.

 

Vale também procurar os trabalhos dele nos anos 80. A Rosa Púpura do Cairo é um que eu gosto muito. Tem também Crimes e Pecados, que eu não vi nas condições ideais e precisaria rever - e que tem possibilidades de se tornar meu favorito dele.
Link to comment
Share on other sites

Além destes que o Ruby indicou, que são também meus preferidos (Annie Hall, em especial, figura presente em meu Top 10 pessoal), destaco a indicação de Todos Dizem Eu Te Amo, Desconstruindo Harry e Hannah e Suas Irmãs, outras exelentes obras de Allen. Mas é recomendável que se assista a todos os seus filmes, pois, mesmo quando não acerta, como em Igual a Tudo na Vida e O Escorpião de Jade, suas obras ainda nos reserva ótimos momentos de humor.

Link to comment
Share on other sites

Alguém aqui viu o episódio dele em CONTOS DE N.Y.? "Édipo Arrasado" é das coisas mais non sense feitas pelo cineasta e capaz de fazer em seus breves minutos (deve ter uns 30, 40 minutos) o que muito filme não faz: manter o espectador pregado com um trama absurda e o fazer ROLAR de rir. Sim, porque poucas coisas são engraçadas como a cena em que Woody Allen está dançando diante de uma janela, com uma fantasia horrenda de sei lá o quê, isso tudo pra fazer a mãe sair dos céus de Manhattan 9sim, isso mesmo! 06).

E a mulher que faz a mãe dele, que inclusive dublou Betty Boop e Olívia Palito, é adoravelmente mala. Impagável!!! 06
Link to comment
Share on other sites

E se me permitem indicar mais dois Woody Allen capazes de deslocar seu maxilar do lugar, lá vai: A ÚLTIMA NOITE DE BÓRIS GRUSHENKO, que tem uma das mais engraçadas cenas de toda a histórias (só de lembrar de "to love is to suffer" eu morro de rir...06) e o excelente TIROS NA BROADWAY, onde Dianne Wiest (também de HANNAH E SUAS IRMÃS) dá um show a parte, que lhe valeu o segundo Oscar de atriz coadjuvante ("don't speak!" 0606).
Link to comment
Share on other sites

Magníficos os filmes de Woody Allen!!!

Ele tem a capacidade de sempre surpreender trazendo as coisas mais malucas possíveis, porém não sem lógica ou desprovidas de atitudes instigadoras questionamentos. Os filmes dele não são feitos simplesmente para entreter, mas também para refletir. Talvez um dos maiores exemplos disso, pelo menos para mim e qualquer outro que se iteresse por estudar a comunicação com sua interação sociológica, é A Rosa Púrpura do Cairo. Fora este já assisti a outros filmes do controverso diretor: Igual a tudo na vida, Melinda e Melinda, O escorpião de Jade, Sonhos eróticos de uma noite de verão, Noivo neurótico , noiva nervosa...e lá se vai a lista !!!
Link to comment
Share on other sites

Achei Hannah e Suas Irmãs uma coisa meio estranha... tipo' date=' o filme é em boa parte um melodrama familiar, até aí OK. Vai desenvolvendo várias tramas paralelas, tudo bem; todo elenco muito bem, Dianne Wiest e Michael Caine, OK. Só que nesses ramos da família vem o Woody, que em parte tá dentro da 'história principal' e outra metade ele vai exteriorizando as próprias neuroses - morte, verborragia, religião, hipocondria, etc. Eu me pegava pensando "putz, que nada a ver isso", imaginando que ele tava sem idéia de como inserir a verborragia habitual e acabou ficando daquele jeito - mas que não ficou artificial ou falso. Tava tudo uns 90% nos trinques; além do que, nem chegou a me incomodar (mas pra falar a verdade, não tem nem como, eu acho o Woody engraçado até dormindo 06).

Como alguns de vcs pensam sobre isso?
[/quote']

 

Em todos os filmes dele há verborragia e exposição de suas neuroses, mesmo que não tenha muito a ver com a trama como no caso de Hannah.Acho que isso faz  parte da sua personalidade e passa para o filme.Não chega a atrapalhar o ritmo do filme pelo menos para mim.
Link to comment
Share on other sites

Achei Hannah e Suas Irmãs uma coisa meio estranha... tipo' date=' o filme é em boa parte um melodrama familiar, até aí OK. Vai desenvolvendo várias tramas paralelas, tudo bem; todo elenco muito bem, Dianne Wiest e Michael Caine, OK. Só que nesses ramos da família vem o Woody, que em parte tá dentro da 'história principal' e outra metade ele vai exteriorizando as próprias neuroses - morte, verborragia, religião, hipocondria, etc. Eu me pegava pensando "putz, que nada a ver isso", imaginando que ele tava sem idéia de como inserir a verborragia habitual e acabou ficando daquele jeito - mas que não ficou artificial ou falso. Tava tudo uns 90% nos trinques; além do que, nem chegou a me incomodar (mas pra falar a verdade, não tem nem como, eu acho o Woody engraçado até dormindo 06).

Como alguns de vcs pensam sobre isso?
[/quote']

 

Em todos os filmes dele há verborragia e exposição de suas neuroses, mesmo que não tenha muito a ver com a trama como no caso de Hannah.Acho que isso faz  parte da sua personalidade e passa para o filme.Não chega a atrapalhar o ritmo do filme pelo menos para mim.

 

ELE SÉRIO JÁ É UMA MARMOTA...GOSTO DELE!!!10

Antonello%20Avallone%20in%20WOODY%20ALLEN
Link to comment
Share on other sites

 

E se me permitem indicar mais dois Woody Allen capazes de deslocar seu maxilar do lugar' date=' lá vai: A ÚLTIMA NOITE DE BÓRIS GRUSHENKO, que tem uma das mais engraçadas cenas de toda a histórias (só de lembrar de "to love is to suffer" eu morro de rir...06) e o excelente TIROS NA BROADWAY, onde Dianne Wiest (também de HANNAH E SUAS IRMÃS) dá um show a parte, que lhe valeu o segundo Oscar de atriz coadjuvante ("don't speak!" 0606).[/quote']

 

Por falar em engraçado, como é o nome daquele filme onde ele persegue um bandido que mata mulheres no estilo Jack Estripador, ele percorre uma cidade na noite, debaixo de uma neve densa e ele sempre encontra grupos que estão caçando o bandido, eles ficam sempre falando pro Allen do plano da captura, sendo que o Allen nunca sabe o que está havendo, é hilário, alguém sabe o nome?

 

Max, como não, está todo mundo dando sugestões.

Link to comment
Share on other sites

Alguém aqui viu o episódio dele em CONTOS DE N.Y.? "Édipo Arrasado" é das coisas mais non sense feitas pelo cineasta e capaz de fazer em seus breves minutos (deve ter uns 30' date=' 40 minutos) o que muito filme não faz: manter o espectador pregado com um trama absurda e o fazer ROLAR de rir. Sim, porque poucas coisas são engraçadas como a cena em que Woody Allen está dançando diante de uma janela, com uma fantasia horrenda de sei lá o quê, isso tudo pra fazer a mãe sair dos céus de Manhattan 9sim, isso mesmo! 06).

E a mulher que faz a mãe dele, que inclusive dublou Betty Boop e Olívia Palito, é adoravelmente mala. Impagável!!! 06
[/quote']

 

Seu segmento de Contos de Nova York é excelente mesmo. Incrívelmente irônico, curto e ácido. É a melhor das três partes da fita, mesmo que exista também um ótimo segmento dirigido por Martin Scorsese - o de Coppola, por sua vez, é fraquíssimo e entediante, um de seus piores momentos, e que faz com que a qualidade final da obra caia muito.
Link to comment
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

Loading...
 Share

Announcements


×
×
  • Create New...