Jump to content
Forum Cinema em Cena
Sign in to follow this  
Dook

Sexualidade

Recommended Posts

66128_399221290182710_1539918598_n.jpg

 

Da página "Zoosexualidade não é doença" do feicebuque... 

 

Não sei se é zueira, mas como a imaginação desse povo é fértil, nunca se sabe.

 

Descrição da comuna: "Toda forma de amor merece respeito. O amor entre uma pessoa e um animal é a forma mais pura e verdadeira de amor, pois é um amor livre de interesses, formado apenas pelo afeto entre os 2, ou mais. Também somos a favor da poligamia zooafetiva."

Share this post


Link to post
Share on other sites

????????   !!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

Sei lá, acho que é beijar, abraçar e etc com bastante intensidade !

 

 

66128_399221290182710_1539918598_n.jpg

 

Da página "Zoosexualidade não é doença" do feicebuque... 

 

Não sei se é zueira, mas como a imaginação desse povo é fértil, nunca se sabe.

 

Descrição da comuna: "Toda forma de amor merece respeito. O amor entre uma pessoa e um animal é a forma mais pura e verdadeira de amor, pois é um amor livre de interesses, formado apenas pelo afeto entre os 2, ou mais. Também somos a favor da poligamia zooafetiva."

 

WTF !  
SE isso for sério, alguma coisa uregente precisa ser feita p/ controlar esses absurdos...afff!

 

Deve ser trol p/ causar! Só pode!

"Oligamia zooafetiva" ???!!! Não faço nem ideia do que raios vem a ser ...e talvez seja melhor nem sabê-lo!

Share this post


Link to post
Share on other sites

12/09/2013

 às 10:02 \ CulturaReligião

Dawkins não vê problema na “leve pedofilia”. Eu vejo sérios problemas em Dawkins!

richard_dawkins2-620x412.jpg

Já li alguns livros de Richard Dawkins e confesso ter gostado. Seu uso da ciência para atacar as crenças religiosas me encantou por algum tempo. Uma carta sua para a filha de dez anos, ao término de Capelão do Diabo, parece uma ode ao pensamento crítico e independente.

Mas quando vejo tanto seu ateísmo militante (e chato ou mesmo intolerante) e também seu crescente relativismo moral, chego a questionar se os conservadores religiosos não estão certos quando falam do “drama do humanismo secular”. Será que os valores se perdem por completo sem uma régua mais, digamos, eterna?

Não vou tentar responder isso aqui e agora, mas vou expor a última de Dawkins, que considero realmente assustadora. O cientista teria dito que a “leve pedofilia” não é algo tão condenável assim. Usou como exemplo seu próprio caso na infância, quando um professor teria o colocado no colo e depois metido as mãos dentro de seu short.

Segundo o biólogo, o professor teria feito isso com vários alunos, mas não acha que nenhum deles sofreu algum tipo de dano permanente. Tampouco acha que pode julgá-lo com base nos critérios e valores de hoje, já que isso ocorreu há décadas atrás.

Curiosamente, o cientista estaria aliviando para o lado de padres acusados de pedofilia. Mas é um religioso que vem atacar o absurdo disso. Peter Watt, diretor na National Society for the Prevention of Cruelty to Children, disse:

O Sr. Dawkins parece pensar que, porque um crime foi cometido há muito tempo, devemos julgá-lo de uma maneira diferente. Mas sabemos que as vítimas de abuso sexual sofrem os mesmos efeitos se foi há 50 anos atrás ou ontem.

Há “progressistas” tentando relativizar a pedofilia.  O jornal britânico de esquerda, The Guardian, publicou um artigo no começo de 2013 chamado Paedophilia: bringing dark desires to light, em que é tratada como algo quase normal.

O jornal deu espaço para Sarah Goode, da Universidade de Winchester, expor sua opinião de que um em cada cinco adultos são capazes, em certo grau, de ser sexualmente despertados por crianças. Trocas “voluntárias”, entre um adulto e uma adolescente, passarão a ser vistas como algo aceitável no mundo “moderninho”. Engov!

Voltando a Dawkins, ele diz sobre o professor de sua infância: “Não acho que ele causou em qualquer um de nós dano duradouro”. Ouso discordar.

Em tempo: Dawkins é especialista em biologia evolutiva, mas pedofilia jamais poderá ser vista como algum tipo de evolução. Na verdade, é um atraso que nos remete à barbárie do século VII, quando certo profeta resolveu se casar com uma menina de 9 anos apenas!

Share this post


Link to post
Share on other sites

Decepcionado com o Dawkins. 

 

Ele que por várias vezes, foi para mim um exemplo de pessoa que sabe argumentar com sensatez. As pessoas o chamam de ativista ateu e até concordo que as vezes ele parece isso. Assim como eu mesmo as vezes, posso passar a ideia de pertencer a este grupo. Mas por muitas outras vezes, Richard Dawkins mostrou uma excelente postura argumentativa. 

 

Quando por exemplo, ele disse que os pais muitas vezes influenciam na direção religiosa das crianças e ele está coberto de razão nisso. Eu já vi e ainda vejo muito disso por ai. E tenho certeza que vcs tb veem. 

 

Mas defender a prática da pedofilia? Lamentável que um homem por vezes tão lucido, expresse uma opinião como essa. 

Share this post


Link to post
Share on other sites

Quando por exemplo, ele disse que os pais muitas vezes influenciam na direção religiosa das crianças e ele está coberto de razão nisso. Eu já vi e ainda vejo muito disso por ai. E tenho certeza que vcs tb veem. 

 

Os pais influenciam a vida dos filhos em todas as áreas de sua vida, não só a religiosa. 

Share this post


Link to post
Share on other sites
Curso de sexo oral chega a Salvador

 curso-1.jpg

O projeto de sexualidade que está movimentando a Rússia breve chegará a Bahia. Trazido pela empresa Mundo da Intimidade, o curso que explica a técnica  do sexo oral, pela primeira vez será realizado em Salvador, em novembro, através de aulas teóricas e práticas. O curso acontece durante um fim de semana com atividades desenvolvidas de forma discreta e sigilosa em uma sala, composta apenas por mulheres. Os professores que vão ministrar as aulas são especialistas em sexualidade, infectologistas, urologistas, terapeutas, sexólogos e fonoaudiólogos. O curso foi montado para educar, instruir de forma correta e ajudar algumas mulheres a aperfeiçoar as técnicas para satisfazer os parceiros. Entre as aulas que serão ministradas, a empresa já divulgou algumas: Zonas erógenas próximas ao pênis; Anatomia do órgão e regiões adjacentes; Quando iniciar o sexo oral – Como introduzir o membro na boca; Acariciar os testículos; Cuidados com o uso dos dentes e zonas de desconforto do homem; O que fazer na hora do gozo?; Infecções e DST’s; Sexo oral seguro. Detalhes sobre o curso, horário e local serão divulgados em breve.

Share this post


Link to post
Share on other sites

 

Pesquisadores dizem que não existe um 'gene gay'

 

 

 

 

clear.gif

 

20041201083643dna203.jpg

Cientistas encontraram pedaços idênticos de DNA compartilhados por irmãos gays em outros cromossomos que não apenas o X

 

Múltiplos genes - e não apenas os cromossomos sexuais - são importantes na orientação sexual, acreditam cientistas americanos.

Uma equipe da Universidade de Illinois, que analisou todo o genoma humano, afirma que não existe um "gene gay".

Num artigo publicado no jornal Human Genetics, eles disseram que fatores ambientais também podem estar envolvidos.

As conclusões incendeiam o debate sobre se a orientação sexual é uma questão de escolha.

Cromossomo

Segundo o chefe da equipe de pesquisadores, Brian Mustanski, boa parte das pesquisas anteriores sobre homossexualidade masculina se concentrou apenas no cromossomo X, passado para meninos por suas mães.

Os cientistas examinaram 22 pares de cromossomos não-sexuais de 456 pessoas, todas parte de 146 famílias com dois ou mais irmãos gays.

Eles encontraram diversos pedaços idênticos de DNA compartilhados por irmãos gays em outros cromossomos que não apenas o X.

Cerca de 60% desses irmãos compartilhavam DNA idêntico em três cromossomos.

"Nosso estudo ajuda a estabelecer que genes desempenham um papel importante em determinar se um homem é hetero ou homossexual", disse, acrescentando que outros fatores também são importantes.

"A melhor suposição é que genes múltiplos, potencialmente interagindo com influências ambientais, explicam diferenças em orientação sexual."

Alan Wardle, do grupo ativista gay Stonewall, disse: "É um estudo interessante que contribui para o debate".

"Independentemente de a orientação sexual ser determinada pela natureza, pela criação ou pelos dois, a coisa mais importante é que gays e lésbicas sejam tratados com igualdade e possam viver sem sofrer discriminação", afirmou ele.

Mustanski disse que o próximo passo será tentar confirmar as descobertas com novos estudos, e identificar genes particulares dentro das seqüências recém-descobertas que estão ligados à orientação sexual.

 

 

Share this post


Link to post
Share on other sites

Eu já vi de outra maneira.

Achei impressionante a pureza nas declarações. Todos vendo apenas indivíduos, sem o rótulo. Fora esse menino, ninguém rotulou, ou por algum motivo se sentiu mal por isso.

Estranhou o diferente, mas não ridicularizou, não diminuiu nem oprimiu.

Reações melhores do muito adulto.

 

Ficou comprovado, que é a "educação" que estraga a criança mesmo. Impressionante.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Eu já estranhei que um menino de 5 anos identificasse tão prontamente "gay".

Fico pensando como se explica a uma criança dessa idade algo assim. Bem superficialemtne eu suponho.

 

Mas de repente nem se deve tanto ou só a educação.

O meio em que ele vive  influencia tb, tipo se ele vive numa familia com pai e mãe, parentes, vizinhos idem na cabecinha dele normal será isso e tudo o que nãor anormal.

 

Fui a um congresso sobre sexualiadade e um dos debates mais ferrenhos foi qd tu deve falar de sexo a criança.

As opiniões foram tão divididas ...afff!

Share this post


Link to post
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

Loading...
Sign in to follow this  

×
×
  • Create New...