Jump to content
Forum Cinema em Cena

Leaderboard


Popular Content

Showing content with the highest reputation since 10/15/2018 in Posts

  1. 1 point
    Jailcante

    Punho de Ferro (A Série)

    Spoilers: Gostei da Mary, e ainda queria ver a 3ª personalidade dela que ficaram de mostrar. E acho que sim, podem colocá-la no Demolidor, até porque depois do que o Rei do Crime fez na temporada atual, vão ter que colocar uma gama de vilões fortes ali pra fazer frente. **Aliás, falaram em Sokovia lá na origem dela, então já fico imaginado uma ligação dela com o Barão Zemo. hehehe
  2. 1 point
    Ano passado eu li o tijolão "Breve História de Sete Assassinatos" de Marlon James que conta um pouco sobre a história política recente da Jamaica e de sua figura inescapável Bob Marley. Este MiniDoc coloca rostos nas palavras, nos personagens, então eu achei legal. Porém, mesmo assim, achei o doc pouco didático, confuso, talvez nem haja como explicar tamanha confusão. Nem em uma hora, nem em 700 páginas. O certo é que o poeta foi asssasinado, mas sua obra não.
  3. 1 point
    Jailcante

    Punho de Ferro (A Série)

    Visto temp 2. Sou dos que não achou a 1ª temp. tão ruim (achei 'Defensores' bem pior, por exemplo), e essa vai junto, é melhor que a anterior, mas fica no campo do 'legalzinha' e só também. Só que acho que identifiquei o problema dela. Com esse Punhos de Ferro não dá pra colocar no tom do Demolidor. É meio personagem pra desenho animado (meio Avatar The Last Airbender). Acho que público adulto não engole essa de punho brilhante e tals, e público infantil não curte tanto esse tom mais pesado (ou que tenta ser). Essa 2 temp. deixou isso mais claro (pra mim, pelo menos). Esse festival de punhos brilhantes (tem amarelo, vermelho, branco), com templo de monges, e etc, num universo de Demolidor/Rei do Crime é meio complicado. Se tentassem fazer outro tom, mais desenho animado, estilizado, mas não, tudo é filmado como as outras séries da Marvel (e pior, porque o orçamento aqui é bem menor e não conseguem disfarçar muito isso). Bem, enfim: R.I.P.
  4. 1 point
    O filme de hoje não poderia ser outro. Muito aquém do que se esperava em termos de bilheteria, "First Man", no entanto, como filme, cumpre a missão. É muito bom sempre, em alguns momentos ótimo, e a meia-hora final é excelente. Nem com reza brava Justin Hurwitz perde a estatueta de Trilha Sonora (será sua terceira), pois é histórica de tão emocionante e deslumbrante, principalmente a composição de chegada à lua. Ma-ra-vi-lho-sa! A Fotografia do sueco Linus Sangren é belíssima, tanto no espaço como no interior da casa. A meu sentir, tem muito a ver com o brilho na "esfera" da atmofera da Terra em tudo: a luz na esfera do rosto da esposa, a luz na esfera do relógio do Ryan Gosling, a luz na esfera da nave...É um arraso! Mixagem de Som e Edição de Som, ambas, sublimes, tendo responsáveis como Mildred Latrou (La La Land) Jon Taylor ( 3 vezes indicado antes, por todas, "The Revenant") e o time de "Baby Driver" por trás. A montagem intercala momentos de documentário da época e se destaca também nas partes de decolagem, e trepidações, e tal. Mais uma indicação para o Tom Cross. Nathan Crowley e Mary Zophres, mais uma vez, tèm um trabalho impecável e que passa despercebido de tão bom. Não sei o que falta para serem premiados, a não ser "aparecerem", "gritarem", mas os dois como pessoa não são assim. Vejo o inglês, no entanto, com mais chance de indicação. Os atores...Ryan Gosling está excelente, como sempre. Muito interiorizado, compenetrado, muito digno, nunca esquecendo que Neil Armstrong de fato não tinha lá muito carisma pessoal. Claire Foy, que muitos já veem como a futura vencedora em Atriz Coadjuvante, está muito bem, tendo duas boas cenas para exercer a carga dramática. Sempre me chama a atenção como os olhos marejados emocionam mais do que as lágrimas. E ela os mantêm assim, entre intensidade e preocupação. Damien Chazelle, o mais jovem diretor premiado com o Oscar, é muito bom diretor. Se "Whiplash" - como eu defendo - é um suspense; "La La Land", um musical; "First Man" pertence ao drama biográfico, um gênero muito convencional, complicado de inovar. Aqui, não há inovação. Há execução, trabalho técnico. Excelente trabalho técnico.
  5. 1 point
    SergioBenatti

    Qual Livro Você Está Lendo?

    Dessa vez, terror existencialista. Uma Graphic Novel publicada inicialmente de forma seriada durante uma década, reunida completamente só em 2005. Só no pincel; coisa linda. Prêmio Eisner entre outros mil. A edição da Darkside em capa dura é maravilhosa.
  6. 1 point
    Jorge Soto

    Luke Cage (A Série)

    anotem aí... Netflix - Punho de Ferro - Luke Cage = Heróis de Aluguel PS: mas em off o negócio é que tão dizendo q a série do Luke Cage foi cancelada por um motivo que ator não estava concordado com os rumos que a série iria ter na terceira temporada então ele não renovou , por isso o cancelamento;mas creio que Netflix queria cancelar, ela só teve um motivo satisfatório pra isso Heróis de Aluguel | Finn Jones indica que série pode estar acontecendo Com os destinos de Luke Cage e Punho de Ferro recentemente definidos pela Marvel e Netflix, novidades sobre o que pode estar por vir continuam surgindo. E desta vez, as mais recentes reforçam os rumores de Heróis de Aluguel. Em uma recente passagem pela sua conta no instagram, o ator Finn Jones, intérprete de Danny Rand / Punho de Ferro, postou uma imagem da série Luke Cage na qual os personagens combinam os seus poderes para derrotar oponentes. Acontece que, se não bastasse, a imagem em questão foi postada pouco tempo depois do anúncio envolvendo o cancelamento de Luke Cage. E como as duas séries foram canceladas com a mensagem de sempre seguir em frente, isso acabou indicando que uma série protagonizada pela dupla conhecida como Heróis de Aluguel pode realmente acontecer. A série de quadrinhos Heroes for Hire foi lançada em 1997, apresentando a dupla de heróis Luke Cage e Danny Rand como protagonistas e trabalhando juntos para resolver serviços por contrato. A Marvel e a Netflix trabalham atualmente no desenvolvimento da 3ª temporada de Jessica Jones, confirmado em maio, além da 2ª temporada protagonizada pelo Justiceiro. Por sua vez, uma 4ª temporada de Demolidor ainda não está confirmada. Punho de Ferro | Site afirma que Finn Jones voltará a viver o personagem em outras séries Com o lançamento da 3ª temporada de Demolidor definido para a próxima sexta-feira, outras séries da Marvel e Netflix vem ganhando novidades recentemente. E entre elas, o cancelamento de Punho de Ferro foi um dos destaques. Entretanto, de acordo com o site EW, o fim da série solo protagonizada pelo personagem não quer dizer que ele deixará de aparecer no universo em questão. A publicação destaca que Finn Jones retornará como o personagem em outros títulos em breve, mas não diz em quais. Além de afirmar ter tal informação confirmada, eles ainda usam duas declarações para reforçar tal notícia. A primeira delas é justamente a declaração das empresas, no qual é dito ao seu final que “Enquanto a série na Netflix termina, o imortal Punho de Ferro vai viver.” Já a segunda é justamente a declaração do ator Finn Jones, que começou a sua postagem no instagram com a frase de que “cada final é um novo começo”. O certo é que aquilo que esperávamos vai aos poucos se tornando mais claro. Mesmo sem uma série própria, devemos ver Danny Rand novamente em algum momento ao lado de algum personagem neste universo da Marvel e Netflix. Além disso, uma das nossas apostas ainda gira em torno de uma série dos Heróis de Aluguel ou até mesmo As Filhas do Dragão.Vale ainda lembrar que além da 3ª temporada de Demolidor, que estreia no dia 19 de outubro, a Netflix está atualmente trabalhando também no terceiro ano de Jessica Jonese Luke Cage. Além disso, a 2ª temporada de O Justiceiro também está em andamento.
  7. 1 point
  8. 1 point
    Alladin atendeu seu desejo
  9. 1 point
    Então, eu geralmente fico fuxicando as novidades no quesito legendas disponíveis (em português ou espanhol), daí vou filtrando as coisas que podem ser interessantes pra baixar. Tem muita coisa boa fora do circuito comercial. http://legendas.tv https://www.opensubtitles.org/pb http://bloghorror.com
  10. 1 point
    Jailcante

    19 Dias de Horror

    Box DVD Slashers Vol. III Mais 4 filmes do gênero: Noite do Terror (Black Christmas, Dir.: Bob Clark, 1974) 3/4 Até antes do Halloween (1978), esse filme inaugurou o festival de filmes de terror/assassinatos em cima de datas simbólicas. Tem certamente um valor histórico. Gostei bem do final, mas tem uma parte que rola no dia que dá uma enrolada na trama (se tudo rolasse numa noite só seria melhor - acho). E o Carpenter no Halloween filmou melhor os lances de câmeras que tem aqui (câmera em 1ª Pessoa, presença do assassino perto das vítimas, a escuridão e etc). *Título nacional é bem ruim, já que é igual ao do Halloween (Halloween - A Noite do Terror) e que esconde a data famosa (Natal). Sem falar que é meio mentiroso porque parece que filme rola numa noite só, mas não, são duas, mais o dia entre elas. Seria mais certo '24 horas de Terror' que 'Noite do Terror'... **Assisti o remake (2006 - que se chama 'Natal Negro' por aqui) desse antes do original, e achei que sabia o final e por isso tava brochado pra ver esse, mas o remake mudou o final, não é igual e o desse original, que tem um final bem melhor e que se destaca dentro no gênero. Natal Sangrento (Silent Night, Deadly Night, Dir.: Charles Sellier, 1984) 2/4 O que estraga é a baixa produção que não consegue destacar nada que o filme pode mostrar de melhor. Mas acho um filme válido. Gosto de terem mostrado a origem do assassino (desde criança até se tornar papai noel assassino), o que diferencia ele dos demais do gênero. Pena que só ganhou continuação ruim... Tinha potencial pra ser uma série maior. *A versão do box é a estendida que mostra mortes mais sangrentas. O Terror da Serra Elétrica (Pieces, Dir.: Juan Piquer Simon, 1982) 1/4 Esse é o pior filme que vi nesses boxes de terror que tenho comprado. Sério. Nada de novo, produção paupérrima, e no final faz um piadinha macabra que não vale nada, enfim. Pobre até dizer chega. E a versão do box é a dublada em espanhol bem mal feita e dessincronizada (mesmo o filme sendo espanhol, a língua original que falam aqui nitidamente é inglês - ?). Só dei 1/4 porque o personagem principal tem o poster do 'Sexta-feira 13' no quarto (gostei da referência hehehe). Violência e Terror (Intruder, Dir.: Scott Spiegel, 1989) 3/4 O nome Sam Raimi na produção chama a atenção, mas o problema é que ele é só um ator do filme e não o diretor... Mas ok, o filme lembra mesmo suas produções de terror, com muita carnificina, situações e personagens bem loucos (mas mesmo assim queria que o motivo do assassino tivesse uma razão maior de ser). Pena que saiu já no fim do ciclos dos anos 80 (quando gênero já não chamava mais atenção) e aí passou em brancas nuvens (eu nem sabia que esse filme existia, só agora comprando o box que descobri)
  11. 1 point
    primo

    The Batman (Matt Reeves)

    o bom é que não é bem isso que o autor do parágrafo na Variety diz O texto é um rodapé na matéria sobre as novidades do filme do Flash, e o articulista escreve algo como "a Warner não vem seguindo adiante com as franquias Superman e Batman", que pode ser interpretado como "não há novidades ainda sobre esses dois personagens".
  12. 1 point
    O filme de hoje não poderia ser outro. Na seção das Previsões para o Oscar, apontei o filme como futuro Best Picture. Tem cara, mesmo. Mas não com o meu voto. É muito bom, em alguns momentos ótimo, mas não é nada de mais como arte. Vale como entretenimento de qualidade. Revi os três filmes anteriores há pouco tempo, e aplaudo a reatualização do roteiro, indo mais fundo na questão da industrialização das personalidades e dos talentos. A montagem é outro aspecto excelente, tornando o filme muito dinâmico e cativante. O final destoa da versão de 1976, sendo elíptico como a versão de 1954. Boa decisão. Lady Gaga está ótima na personagem, antes e depois de se tornar ..."Lady Gaga". O argumento "ela está de cara limpa, sem maquiagem" é um argumento fraco para consagrá-la na categoria. Merece sim a indicação, mas não o prêmio. Sam Elliott tem uma única cena foda, mas, pra mim, é inconcebível que falem até em premiá-lo com o Oscar de Coadjuvante. Um exagero publicitário. Quem dá show de verdade é o Bradley Cooper. Não na Direção, esta é só correta e redonda - o que não é demérito. Mas o show mesmo é como Ator. Ele está excelente, do início ao fim, unindo ternura e tristeza. Tem a persona 2.0 de Kris Kristofferson emulada, mas há muito mais talento. Favorito ao Oscar na categoria. Assim como a Canção "Shallow" está mais que garantida. Provavelmente Bradley Cooper se tornará a pessoa indicada em mais categorias: Produtor, Diretor, Ator, Roteirista, e Canção. Parabéns! (Vejam legendado)
  13. 1 point
    Big One

    Suspiria (remake)

    Esses pôsteres estão muito bons.
  14. 1 point
    Questão

    Demolidor (A Série)

    Featurette focado na volta do Rei do Crime
  15. 1 point
    PENNYWORTH – ESCALADO ATOR QUE VAI INTERPRETAR THOMAS WAYNE NA SÉRIE DO MORDOMO DO BATMAN! 8m - 1 – O pai do Cavaleiro das Trevas! POR GUS FIAUX → Após a confirmação do astro que interpretará Alfred, a série Pennyworth acaba de encontrar mais um nome de peso para seu elenco. A Warner Bros. e o canal Epix acabam de revelar que Ben Aldridge vai interpretar Thomas Wayne, o charmoso empresário que se tornará parceiro de negócios de Alfred – e que, no futuro, será pai do Batman. Aldridge é um ator famoso pelo teatro, tendo feito montagens de peças como Orgulho e Preconceito ou Psicopata Americano. Na televisão, ele é conhecido por séries como Reign e Our Girl, além de ter estrelado nos filmes First Light e Uma Longa Viagem. Ben Aldridge Conforme revelado anteriormente, Pennyworth vai contar a história de origem de Alfred Pennyworth, muitos anos antes dele se tornar o mordomo da Mansão Wayne. A trama vai abordar o personagem como um agente do serviço secreto britânico, enquanto ele realiza várias missões de espionagem. A série vai ao ar no canal Epix, que já encomendou uma temporada com dez episódios. Pennyworth será produzida por Bruno Heller, o criador e showrunner de Gotham. Conforme havia sido revelado mais cedo, o ator britânico Jack Bannon vai assumir o papel do personagem titular. Ainda não temos informações a respeito do início das filmagens ou do lançamento. https://legiaodosherois.uol.com.br/2018/pennyworth-escalado-ator-que-vai-interpretar-thomas-wayne-na-serie-do-mordomo-do-batman.html
  16. 1 point
    PENNYWORTH – ESCOLHIDO ATOR QUE VAI PROTAGONIZAR A SÉRIE SOLO DO ALFRED! 3h - 853 – Conheceremos a origem de Alfred antes de se tornar mordomo de Bruce Wayne! POR GUS FIAUX → A DC Comics está investindo ferrenhamente em conteúdo original para a TV nos próximos anos – seja no seu recém-inaugurado serviço de streaming ou em outras emissoras – e um dos próximos projetos será Pennyworth, série que vai abordar os primeiros dias do futuro mordomo de Bruce Wayne, retratado aqui como um agente do serviço secreto britânico. E agora, o ator Jack Bannon foi escolhido para viver o personagem na televisão. De acordo com o The Hollywood Reporter, Bannon vai interpretar Alfred Pennyworth na série, que será um prelúdio contando a história de vida do mordomo. O ator já participou de alguns projetos no cinema, como O Jogo da Imitação e Corações de Ferro. Na televisão, ele é conhecido por algumas séries britânicas, como Endeavour e The Loch. Jack Bannon, famoso por O Jogo da Imitação. Pennyworth está sendo produzida por Bruno Heller, um dos criadores e showrunners de Gotham, a série que conta as origens de Bruce Wayne antes de se transformar no Batman. A série deve ir ao ar no canal Epix, e já está encomendada com uma temporada de dez episódios. Por enquanto, alguns supõem que o envolvimento de Heller pode indicar que Pennyworth se passe no mesmo universo de Gotham, contando a história de origem do Alfred da série. No entanto, por enquanto, nada está confirmado. https://legiaodosherois.uol.com.br/2018/pennyworth-escolhido-ator-que-vai-protagonizar-a-serie-solo-do-alfred.html
  17. 1 point
    SergioBenatti

    Qual Livro Você Está Lendo?

    Fiquei completamente apaixonado pela tetralogia napolitana, os quatro livros da série da enigmática autora Elena Ferrante, que incitou a chamada "Febre Ferrante" pelo mundo. "Dias de Abandono" é dos mais elogiados. Quando virarão filme?
  18. 1 point
  19. 1 point
    Jorge Soto

    Esquadrão Suicida 2

    A Warner, num comunicado, acabou de oficializar Gunn como roteirista do filme. Mas nao de direção. “É oficial que temos um novo membro na família DC: o aclamado diretor e roteirista James Gunn ficou responsável por escrever Esquadrão Suicida 2. Gunn deverá trazer uma abordagem completamente fresca para a franquia após o primeiro filme ter sido escrito por David Ayer.”
  20. 1 point
    Jorge Soto

    19 Dias de Horror

    "The Toybox" é um terror que tenta ser um "Viagem Maldita" com elementos sobrenaturais mas termina sendo um filme é ruim de doer. Tem gore e tals, mas as atuações são sofriveis e ta cheio de furo no roteiro. Podia ter dado um filmaço com mais atenção a certos detalhes e muitas atitudes questionáveis. 6-10 "Puppet Master: The Littlest Reich" é um reboot fraquinho da franquia oitentista "Mestre dos Brinquedos" que é 8 ou 80. Aqui é esculhambação total de terrir num trash basicão do que se espera de filmes de bonecos assassinos. Tem gore, é politicamente incorreto e tals.. mas ta cheio de erros e falhas, a começar pelos atores com carisma zero. Sei lá, antes esta franquia tivesse permanecido intocada. 5-10 - "Les Affames" é um bom drama de zumbis bem diferenciado do habitual. Tem a estrutura fragmentada de "Babel" em 3 núcleos que se entrelaçam nos finalmentes, e semelhança com "Um Lugar Silencioso" pelo fato do silencio ter função relevante na trama. Vale a visita por ver algo novo num genero tão batido. 9-10
  21. 1 point
    Jorge Soto

    19 Dias de Horror

    "Blood Fest" é um terrir que tenta descontruir as regras do gênero terror, a semelhança dos infinitamente superiores "Panico" e o ótimo "Segredo da Cabana". Gore? tem. Ação? Tem. O problema é o excesso de comédia em má hora, as péssimas atuações (incluindo a do Shazam Levi) e o desfecho que não convence. Poderia ter sido um filmão mas ficou devendo. 8-10 "Wish Upon" é um terror teen sobre "objetos malditos" com uma dinâmica emprestada da franquia "Premonição". Dá pro gasto mas eu achei que as mortes (o que deveria prender atenção) foram meio que mal feitas. Fora isso é mais um filme esquecível, com clichês habituais e interpretado por atores caricatos demais, que só se salva pela moral/ética dúbia da personagem principal. 7-10
  22. 1 point
    Questão

    John Wick: Parabellum

    John Wick: Parabellum | Keanu Reeves aparece ao lado de seu cachorro em nova foto oficial by Raphael Trindade 3 setembro, 2018 Em comemoração ao aniversário de 54 anos de Keanu Reeves, o Twitter oficial de John Wick: Parabellum divulgou uma imagem inédita do filme que mostra o protagonista ao lado de seu novo cachorro. Confira: [Sinopse]: “John Wick está fugindo por duas razões: Um contrato mundial por sua vida está aberto no valor de US$ 14 milhões, e também por ter quebrado a regra do Continental ao assassinar Santino D’Antonio nas dependências do hotel. Inicialmente, John já deveria ter sido eliminado, mas Winston lhe deu uma hora de vantagem antes de torná-lo ‘Excommunicado’, algo que retira sua afiliação e todos os benefícios com esse submundo. John precisará usar todos os recursos que conhece para se salvar em um verdadeira caçada ao redor de Nova York.”
  23. 1 point
    Questão

    Sicario: Day of Soldado

    Tendo sido responsável por ”Sicario – Terra de Ninguém”, Denis Villeneuve concedeu entrevista ao Indie Wire e se mostrou impressionado com ”Sicario – Dia do Soldado”, sequência que chega aos cinemas em alguns dias. O diretor inclusive deve retornar para concluir a trilogia. Aproveite e leia aqui as primeiras reações da crítica internacional. Em Sicario – Dia do Soldado, a guerra contra as drogas aumentou à medida que os cartéis intensificaram o número de traficantes e terroristas em toda a fronteira entre os Estados Unidos e o México, e é quando os patrões de Matt (Brolin) pedem que ele intervenha. Com a ajuda de Alejandro (Del Toro), eles agem sem supervisão. A direção é de Stefano Sollima (o original foi comandado por Denis Villeneuve). Taylor Sheridan cuida do roteiro, mais uma vez. Protagonista do original, Emily Blunt não retorna ao elenco. O lançamento está programado para 28 de junho. FONTE: O VÍCIO
  24. 1 point
    GilsonDee

    HellBoy (reboot +18)

    :lol: :lol: :lol: :lol:
  25. 1 point
    Jorge Soto

    HellBoy (reboot +18)

    arte caracterizando o novo ator pro vermelhão...sei la, ainda prefiro o Ron Perlman
×