Jump to content
Forum Cinema em Cena
MacGruber

Cisne Negro, de Darren Aronofsky,

Recommended Posts

 

De longe a Portman traz o personagem mais complexo dos

filmes que vi nesse último ano. O filme parece uma mistura de esquizofrenia com

síndrome de Peter Pan para meninas.  sentimentos reprimidos pela mãe que quer

continuar o balé e seus sonhos projetando isso na filha, sem permiti-la viver

sua própria vida. Quando do início do filme com os espelhos eu já tinha idéia

do que estava por vir. Aronofski é tão dedicado 

sua arte quanto Nina é ao Balé, fazendo questão de mostrar coisas comuns

do cotidiano da bailarinas, tornado aquilo tudo mais real. Achei também foda a forma como ele filmou vários

planos com espelhos ao redor (nas salas de treino) sem nunca vermos a equipe é

claro (deve ter sido difícil pra caceta). 9 de 10.

 

 

 

Share this post


Link to post
Share on other sites

(retirado do tópico do Oscar)

 

 

 

E' date=' meu deus, Natalie Portman arrebenta no filme!!! Como alguém, em sã consciência, pode assistir ao filme e não achar que ela vai levar o Oscar, e com todos os méritos? Você fica completamente envolvido com o filme justamente por causa da atuação quase doentia dela.

 

 

 

E que filme perturbador! Me estranha estar indo bem nos EUA, pq acho que o filme é para poucos. Tem um clima super tenso, mas super envovente. Uma história que vai ficando cada vez mais maluca e intrigante.

 

 

 

Não sei, as vezes me lembrava De Olhos Bem Fechados do Kubrick ou até mesmo O Iluminado, do mesmo Kubrick.   

 

 

 

E olha que eu não sou fã do tal Darren Aronofski (não apreendi escrever o nome dele ainda).[/quote']

 

 

 

 

 

Eu vi mais De Palma. Vários flashes de Body Double e Dressed to Kill.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Críticas - Cisne Negro

Indicado a cinco categorias no Oscar 2011, incluindo melhor filme, Cisne Negro encantou os críticos do Adoro Cinema, que foram unânimes em classificar o filme como um dos melhores do ano passado (levando em conta o ano de produção).

 

Além da ótima direção de Darren Aronofsky (Réquiem para um Sonho), o longa conta com uma atuação memorável de Natalie Portman, que recebeu o Globo de Ouro e o prêmio do Sindicato dos Atores (SAG) de melhor atriz pelo papel, e deve levar também o Oscar.

 

Com um elenco coadjuvante digno de destaque (Vincent Cassel, Barbara Hershey, Mila Kunis e Winona Ryder), Cisne Negro tem tudo para agradar o público.

 

Abaixo, Você confere as críticas:

 

Cisne Negro | Ciranda da bailarina (Lucas Salgado)

 

Cisne Negro | Na pressão (Francisco Russo)

 

Cisne Negro | Balé de Aronofsky (Roberto Cunha)

 

 

Fonte: Adoro Cinema

 

Share this post


Link to post
Share on other sites

 

Kleber Mendonça no twitter:

 

kmendoncafilho

KLEBERmendonçaFILHO

"Sobre o filme do Aronofsky' date=' sei não. É uma coisa esbaforida, esforçada, parece usar o bottom 'sou gótico' na lapela. Gostei não"

 

 

 

[/quote']

 

Er.... mas a graça do filme é a coisa "esbaforida e forçada" O filme inteiro funciona para mostar a psicose da protagonista Nina, tanto que os coadjuvantes mal ganham dimensão além de serem criaturas que contribuem para a neura que consome a bailarina, a mãe é um monstro controlador que reprime a sexualidade da filha, o diretor é um canalha manipulador que não se importa em fazer terrorismo emocional para ter o resulado que deseja e Lily (ahnn Mila Kunis... eu te amo) é uma cobra que ao mesmo tempo que confunde Nina, vai minando a sua própria confiança se tornando o seu oposto que secretamente a protagonista deseja ser.

 

E o melhor, devido a  forma "esbaforida" de direção do Aronofsky, enfiando metáforas e simbolismos em cada frame do bagulho (espelhos, prestem atenção nos espelhos) a gente nunca sabe se os personagens com quem Nina interage são dessa forma ou é apenas a percepção que ela te deles, afinal a coisa fica completamente INSANA no terceiro ato do filme, e a audiência vai perdendo a noção do que é real junto com Nina.

 

Se gostou ou não, ai vai de cada um, só acho estranho apontarem como defeito uma característica na qual o filme foi construido em cima. É como dizer que não gostou de Indiana Jones porque é um filme de aventura.

 

Share this post


Link to post
Share on other sites

Gostei pra caramba deste aqui. Até o considero melhor que "O Lutador". E Natalie Portman está visceral. 10/10

TOP ARANOFSKY

 

REQUIEM PARA UM SONHO - 10/10

CISNE NEGRO - 10/10

FONTE DA VIDA - 8/10

O LUTADOR - 8/10
Thiago Lucio2011-02-05 20:38:46

Share this post


Link to post
Share on other sites

É um bom filme, sem dúvida, (você já está esperando o "mas", né?) mas um tanto óbvio em seus jogos visuais e bastante apelativo com relação ao sofrimento físico. Sobre esse último fator, creio que a ideia era desestabilizar o público para que o resto do conteúdo parecesse mais intenso "a reboque". A fotografia é muito boa, a edição é competente (o Aronofsky repete aqui algumas das técnicas de O Lutador), mas o maior diferencial do filme é Natalie Portman, sem dúvida. Ela tem muito mais mérito do que qualquer outro componente em tornar este filme destacado. Enfim, não é a oitava maravilha do mundo, mas é bem acima da média.

 

 

 

Ranking Aronofsky:

 

 

 

1 - O Lutador

 

2 - Cisne Negro

 

3 - Réquiem para um Sonho

 

 

 

P.S.: tá na hora de passar para "Em cartaz".Jack Ryan2011-02-05 21:08:13

Share this post


Link to post
Share on other sites

 

É um bom filme' date=' sem dúvida, (você já está esperando o "mas", né?) mas um tanto óbvio em seus jogos visuais e bastante apelativo com relação ao sofrimento físico. Sobre esse último fator, creio que a ideia era desestabilizar o público para que o resto do conteúdo parecesse mais intenso "a reboque". A fotografia é muito boa, a edição é competente (o Aronofsky repete aqui algumas das técnicas de O Lutador), mas o maior diferencial do filme é Natalie Portman, sem dúvida. Ela tem muito mais mérito do que qualquer outro componente em tornar este filme destacado. Enfim, não é a oitava maravilha do mundo, mas é bem acima da média.

 

 

 

Ranking Aronofsky:

 

 

 

1 - O Lutador

 

2 - Cisne Negro

 

3 - Réquiem para um Sonho

 

 

 

P.S.: tá na hora de passar para "Em cartaz".[/quote']

 

Concordo sobre a Portman sendo o melhor que filme tem a oferecer.

 

Bom, o mesmo poderia ser dito para o Lutador, um filme caiu nos ombros do Mickey Rourke, e em mãos menos competentes seria mais um filme sobre a  narrativa da queda de um homem que um dia já teve o mundo.

 

Mas eu gostei mais do Lutador do que Cisne Negro. Mas ai acho que nem consigo mais argumentar, já vai mesmo para subjetivo.

 

Share this post


Link to post
Share on other sites

3d10Depois de tanta babação em cima desse filme, fui conferir esperando algo espetacular e sai decepcionada. O filme tenta ser um suspense, uns sustos aqui outro ali, a mocinnha vai pirando cena a cena, e o desfecho completamente previsível (pelo menos para mim). Dizer que a Portman está bem, claro está, mas e daí? Treinou balé por um ano, no entanto as cenas de balé não são nada primorosas, mas para que servem os dublés, né mesmo?

 

Vai ganhar o Oscar, com certeza, até por que, como diz um amigo: "toda vez que a Natalie Portaman mostra a periquita ou deixa manueseá-la (kkkkkkkkkkkkkk) ela leva um prêmio", lembram de Close, rsrs.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Adliz, você encarar "Cisne Negro" como um suspense e reclamar pelos seus sustinhos, mostra que você assistiu a um outro filme, o que é de seu direito, embora discutível e lamentável. Agora com relação ao que você falou sobre a Natalie, honestamente, você errou feio, afinal se preferiu levar em consideração a opinião do seu amigo do que os atributos da atuação dela, honestamente não teria como você gostar do filme mesmo.

Thiago Lucio2011-02-09 22:09:49

Share this post


Link to post
Share on other sites

Achei o filme bonzinho. Os lances de suspense são bem interessantes. Fiquei arrepiado naquele surto no ateliê da mãe dela.

A atuação de Portman está fenomenal e realmente merece o Oscar.

 

Mas verdade seja dita, ver a Portman se "acariciando" e sendo "acariciada" pela Kunis, não tem preço!!! =D

Share this post


Link to post
Share on other sites

Versão mais dark e assustadora de "O Lutador", inclusive com final parecido, assim como tb já vimos personagens igualmente obcessivos que pagaram um preço caro por sua nóia. Dá-lhe "Touro Indomável" e tantos outros. Técnica e esteticamente o filme é um desbunde... Natalie está perturbadora no papel e transita com o talento que lhe é habitual entre a meiguice, a doçura, a insegurança e o surto durante sua jornada de auto-destruição.

 

Mas sei lá... a lesbo-scene que todo mundo fala é bem light e não vi nada de tão hot assim.

 

De qualquer forma, um filme igual, mas diferente. Não levaria o Oscar, se dependesse de mim.

 

4/5

 

 

Share this post


Link to post
Share on other sites

Adliz, você encarar "Cisne Negro" como um suspense e reclamar pelos seus sustinhos, mostra que você assistiu a um outro filme, o que é de seu direito, embora discutível e lamentável. Agora com relação ao que você falou sobre a Natalie, honestamente, você errou feio, afinal se preferiu levar em consideração a opinião do seu amigo do que os atributos da atuação dela, honestamente não teria como você gostar do filme mesmo.

[/quote'] Seguinte... cada um tem sua opinião,  se vc amou, parabéns. Eu no entanto não gostei tanto. Quanto a amada Natalie, eu não errei feio, pois é opinião minha, dessa forma, posso achá-la insonsa tanto quanto vc pode considerá-la um primor na arte de interpretar. Não esquenta... o Oscar já é da orelha de duende.03

Share this post


Link to post
Share on other sites

Só agora pude ver. Incrível, um dos filmes mais emotivos que já vi. Senti repulsa, medo, tesão, aflição... Mas no final, o que realmente senti foi admiração por esse belo projeto. Sensacional, mesmo. Há tempos não saio do cinema tão 'carregado'.

 

Share this post


Link to post
Share on other sites

Gostei pra caramba. Melhor que o Lutador, mas não tão bom quanto Requiém para um Sonho. Terror psicológico puro (o velho e bom tema da fragmentação da consciência), em um filme que é pequeno e, ao mesmo tempo, grande. Tem seus defeitos (se levar a ferro e fogo), mas a montanha russa de emoções foi tão forte que, pra mim, merece um 10.

 

 

 

Melhor filme do ano até aqui e, se bobear, até o final.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Uma resenha interessante sobre o filme:

 

Uma resenha bem interessante sobre o filme' date=' para complementar a crítica do Pablo. E do ponto de vista da psicanálise:

 

Da obra ao texto, da garota meiga a princesinha:

 

[/quote']
Fran Pierri2011-03-18 10:40:33

Share this post


Link to post
Share on other sites

É extraordinário mesmo. Não tenho muito o que falar porque sou fãzoide do filme e de Natalie mas é, de longe, o melhor dos dez que disputaram o OSCAR desse ano. Inesquecível!

Share this post


Link to post
Share on other sites

Create an account or sign in to comment

You need to be a member in order to leave a comment

Create an account

Sign up for a new account in our community. It's easy!

Register a new account

Sign in

Already have an account? Sign in here.

Sign In Now

×