Jump to content
Forum Cinema em Cena
Questão

Liga da Justiça (2017) #2

Recommended Posts

Eu não sou a favor de uma invasão alienígena, estou aberto as opções. Até prefiro que seja diferente, só não conheço o suficiente para ver alternativas. Qual vilão terrestre ameaça a 5-7 heróis para formação da Liga? Vandal Savage? Amazo? Black Adam? Boa parte dos vilões "nível liga" são interplanetários ou grupos de vilões menores que formaram Liga da Injustiça e grupos semelhantes.

 

Eu gosto bastante da história de invasão Thanagariana na Terra que fizeram no cartoon JL Unlimited. É uma invasão planetária, mas da pra incluir (se quisermos) elementos de investigação, espionagem e até filme de roubo tipo Heat, The Town, 11 Homens e um Segrego, pois a invasão não é "guerra total", mas sim uma invasão na surdina.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Uma fan-fiction pra exercitar o final das minhas férias e tentar explorar elementos diferentes de Avengers e Man of Steel numa invasão alienígena em JL Part 1.

 

Thanagarianos pousam na Terra com dúzias de naves, dizem ser da paz e estão construindo algum tipo de cidadela para benefício humano. Os benefícios científicos são incalculáveis e tudo que eles requerem em troca é espaço e hospitalidade para reabastecer e descansar (podem inventar aqui um efeito negativo de criogenia prolongada). Batman intercepta uma mensagem misteriosa. Paranoico, arrogante e "detetivesco", suspeita de invasão e tenta lidar sozinho com o assunto mas falha e leva um sacode. Superman chega e salva sua vida. Batman compartilha a sua teoria de invasão, mas é incerto se Supes acredita, Bruce é paranoico e Clark ainda lembra da mão em sua garganta. Supes quer evidencias concretas e Batman vira as costas, decidido em consegui-las. Superman decide ajuda-lo, essa é sua natureza de Escoteiro Azulão, mas estabelece umas "regras de campo" pra evitar conflito. Batman não gosta, mas precisa de ajuda e sente confiança em Clark.

 
Bruce acredita que a evidencia pode ser acessada a partir de uma das naves. Eles concordam em trabalhar junto, no melhor estilo World's Finest, para roubar a informação sem violência, usando suas identidades de repórter e empresário, Clark e Bruce são convidados em uma das naves como visita de imprensa. <Ação stealth e na maciota>. O plano da certo e a dupla consegue as informações, mas merda acerta o ventilador. Thanagarianos agora estão cientes da oposição e manipulam a mídia para culpar os "criminosos responsáveis pelo furto". Clark e Bruce suspeitam do envolvimento de algum barão da mídia <inserir easter egg do Morgan Edge>. De volta na Batcave os heróis desvendam o plano dos invasores: Por razões incertas, Thanagar quer tirar a Terra de órbita e para isso pretendem usar algum maquinário construído na Cidadela. Batman pega os esquemáticos, e propõem um plano que precisa de mais ajuda <um assalto estilo 11 homens e um segredo, Heat, The Town...>. Ele sugere 2 aliados dos seus "arquivos de super-humanos": Flash e Cyborg. De acordo, Superman sugere Wonder Woman e o Arthur Curry. Batman - paranoico - concorda, mas pede cuidado com a Amazona, "Ela é cabeça quente", argumenta o Morcegão.
 
O primeiro é Cyborg: Batman deixa uma mensagem encriptada em algum lugar da rede e diz que só Cyborg vai decifra-la quando se conectar. Decidindo não esperar, vão atrás do segundo aliado em Central City: Inicialmente suspeito de Batman, Flash é convencido por Superman que compartilha seu sentimento de "bom samaritano". Os três seguem para Themischyra e encontram a fortaleza amazona cercada por tropas de Thanagar e o trio tem que passar um batalhão de inimigos. Dentro da fortaleza, as Amazonas já sabem da conspiração graças ao laço da verdade. Com o laço, Wonder Woman também aprendeu que a Terra será usada como arma, jogada para chocar-se com um exoplaneta, destruindo ambos. Por Themischyra ser escondida magicamente do resto do mundo, os Thanagarianos simplesmente cercaram a ilha para conter a informação. Wonder Woman une-se aos heróis. O próximo é Rei dos Mares e Superman argumenta que tem "relação existente" e decide partir sozinho para Atlântida. Antes de Superman partir, Cyborg entra em contato com Batman e revela que estava escondido na Cidadela. Inexperiente, Victor Stone, sem querer havia ouvido comunicações suspeita (a mesma que Batman detectou) e estava investigando a Cidadela quando foi atacado. Superman se separa do grupo e vai para Atlântida enquanto Bats, Flash e Wonder Woman vão até Cyborg na Cidadela.
 
Os heróis começam um ataque e Batman, conhecendo a planta do local e perfil dos heróis, da ocasional avisos táticos importantes. Superman chega com o Rei de Atlântida em uma onda gigante e é apelidado de Aquaman pelo Flash. As defesas da Cidadela incluem militares de alta patente do exército de Thanagar e defesas automáticas (pra diferenciar a ação do restante do filme). Os 6 heróis desativam a maquina Thanagariana que colocaria Terra pra fora de órbita e Cyborg consegue acesso eletrônico total e descobre que os Thanagarianos decidiram invadir em grande escala com ajuda de uma nave militar misteriosa de codinome Watchtower, uma nave de grande poderio, capaz de funcionar em orbita geoestacionária como arma de destruição em massa e vigilância de informações em grande escala. É incerto quanto tempo demorará para sua chegada.
 
No epílogo, Cyborg joga tudo na rede que revela ao público a verdade dos Thanagarianos e o heroísmo dos seis indivíduos para o mundo (sim, tá parecendo o epilogo de Avengers). Com conhecimento da invasão e a sabendo da ameaça iminente da Watchtower, os heróis se unem e formam a Justice League, apoiados pelo Conselho de Segurança da ONU e com base de operações no Hall of Justice. Plano sequencia final: câmera vira pra cima e vai viajando no espaço até chegar na Watchtower, câmera aproxima e entra na estação, continua aproximando até chegar na cela de uma prisioneira imóvel com guarda na sua frente, enquanto a câmera foca na etiqueta do uniforme da prisioneira, ouvimos o guarda falar com enorme desdem "Você é uma maldição à Thanagar". Lê-se na etiqueta: SHAYERA HOL <corta pra créditos>.
 
Cena pós-crédito: Pequena e peculiar nave fumegante entra na atmosfera terrestre, é abatida por militares em estado de alerta graças a invasão Thanagariana. A nave cai poucos quilômetros adiante no meio da pista de decolagem, próximo ao piloto que subia no cockpit. O piloto se surpreende, desce do cockpit, olha para o local da queda, câmera muda para primeira pessoa e vemos um raio verde brilhante no meio da tela < corta pra tela verde>, escutamos a voz moribunda de Abin Sur "No dia mais claro..." <FIN>
 

Agora, imaginem que no JL Parte 2, descobririamos que Thanagar está em guerra com Darkseid. A ideia dos Gaviões era usar a Terra como arma, jogando-a em Apokopolis. Shyera Hol não suportou a ideia e cometeu traição quando mandou uma mensagem detectada por Cyborg e Batman. A Watchtower seria dominada pela JL e usada como futura base de operações.

 

Tem potencial!

 
Elabora pra gente! Não sou versado nesse personagem e  a princípio não vejo muita ameaça nele contra um grupo colossal como JL.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Baum, eu ainda tenho comigo que nenhum plot chega perto da ameaça representada por Darkseid.

 

Porém é importante salientar que a fórmula de Vingadores só funcionou porque o filme em si foi o ato final de uma história que foi construída durante toda a Fase 1.

 

Se juntarmos as informações que temos de BvS acho q ficaria muita coisa pra um filme só cumprir - o conflito entre os dois protagonistas, a apresentação da MM, do Aquaman, do Luthor e provavelmente do Cyborg - e ainda introduzir uma invasão de Thanagar ou Apokolips.

 

#tenso

Share this post


Link to post
Share on other sites

 O BALROG é tiete do Darkseid  :lol:

 

  Mas falando sério, quando se para para analisar OS VINGADORES, PRIMO você percebe que inicialmente a invasão alienígena não é o motivo que reúne os Vingadores. O que motiva a reunião dos Vingadores é o fato de um Deus Nórdico com intenções maléficas ter roubado um instrumento de extremo poder (no caso, o Tesseract). Durante grande parte do filme, não temos os Vingadores combatendo uma ameaça alienígena, e sim os Vingadores combatendo um vilão de origem mistica (ou extradimensional caso prefiram). Só no climax que temos a tal invasão alienígena, mas o filme do Whedon é muito mais Vingadores vs Loki do que Vingadores vs Chitauris.

 

  Agora, pega uma trama da Liga da Justiça tipo "O Prego", em que uma misteriosa conspiração joga a opinião publica contra todos os meta humanos, apontando-os como pontas de lança de uma invasão alienígena. A paranoia chega a tal ponto que a população passa a ser obrigada a se submeter a exames de DNA para provar que são terráqueos. No final, descobre-se que o Erradicador, possuindo o corpo de Jimmy Olsen esta por trás de toda a trama, tendo manipulado vilões e a opinião publica em um plano para derrubar as defesas da Terra e enfim reconstruir Kripton em nosso planeta. Uma trama bem diferente da vista em OS VINGADORES.

 

 Claro que existem opções, PRIMO, mas por quanto tempo a DC vai ter que temer as contrapartes da Marvel? Darkseid só poderia ser utilizado de 2023 pra cima, já que a Marvel vai expor Thanos aos poucos até INFINITY WAR. Com Ultron dando as caras no próximo filme da Marvel Studios, Brainiac se torna carta fora do baralho por um bom tempo.

 

  Mas ai alguém pode dizer, "Mas esta precaução deve ser tomada só no primeiro filme". Eu já não concordaria com tal afirmação mesmo sem o argumento a seguir, já que acho que comparações vão existir no primeiro, segundo ou terceiro filme. Este potencial macuador apontado pelo PRIMO sempre vai existir. Então, por que não encara-lo de uma vez?

 

  E vou além. Do jeito que a DC/Warner esta conduzindo as coisas, LIGA DA JUSTIÇA não é exatamente o primeiro filme, já que BVS já se apresenta claramente não só como uma sequência direta de MOS, mas também um preludio claro de LIGA DA JUSTIÇA. É um caminho diferente daquele realizado pela Marvel, que apesar de sim ligar as suas franquias, manteve certa individualidade entre elas antes da reunião no filme de Joss Whedon. Se este novo caminho que a DC/Warner esta tomando vai funcionar, só o tempo dirá. Mas uma coisa eu digo, Marvel e Fox não tem medo de "contrapartes". Tanto que vamos ter duas versões do mesmo personagem em franquias diferentes.

  

 

 Mas qual seria o motivo de não entregar algo "novo" também na motivação para reunião de um grupo de heróis? É um ponto a mais.

 

   Um ponto a mais, é verdade. Mas longe de ser vital ao meu ver. Só frisando que não estou defendendo que TENHA que ser uma invasão alienígena neste primeiro filme da Liga. O que estou dizendo aqui é que não existe a necessidade de NÃO TER uma invasão alienígena, e que não é este fator que vai impedir o filme de entregar este "novo" sugerido pelo PRIMO.

 

  

 

 

Porém é importante salientar que a fórmula de Vingadores só funcionou porque o filme em si foi o ato final de uma história que foi construída durante toda a Fase 1.

 

  Sim e não. Uma vez me perguntei "alguém que não viu os filmes anteriores do Marvel Studios poderia compreender OS VINGADORES pegando todos os nuances da narrativa? Não. Mas não é necessário ver TODOS os filmes anteriores pra compreender OS VINGADORES. Tendo visto THOR e CAPITÃO AMÉRICA, dá pra assistir o filme do Whedon numa boa, sem ter visto os filmes do Homem de Ferro e o filme do Hulk. Então não diria que foi uma história construída durante TODA a fase 1 da Marvel. Tanto é que antes de OS VINGADORES ninguém falou em alienígena ou criaturas de outros planetas. O conceito de alienígena só surgiu no MCU em OS VINGADORES.

 

  A Marvel compartimentou as suas histórias para depois junta-las. A DC esta indo pelo caminho oposto. Se vai der certo ou não, ainda não da pra saber. 

Share this post


Link to post
Share on other sites

  Sim e não. Uma vez me perguntei "alguém que não viu os filmes anteriores do Marvel Studios poderia compreender OS VINGADORES pegando todos os nuances da narrativa? Não. Mas não é necessário ver TODOS os filmes anteriores pra compreender OS VINGADORES. Tendo visto THOR e CAPITÃO AMÉRICA, dá pra assistir o filme do Whedon numa boa, sem ter visto os filmes do Homem de Ferro e o filme do Hulk. Então não diria que foi uma história construída durante TODA a fase 1 da Marvel. Tanto é que antes de OS VINGADORES ninguém falou em alienígena ou criaturas de outros planetas. O conceito de alienígena só surgiu no MCU em OS VINGADORES.

 

Eu mesmo só assisti Iron Man e Iron Man 2, depois de ver Avengers que retrocedi na linha do tempo e conferi 2 Hulks, Cap e Thor.  Avengers tem boa quantidade de exposição que explica tim-por-tim o filme. No prólogo já expoem o necessário sobre Loki ("Loki? Brother of Thor?!") e Tesseract. Na sequencia somos expostos a um resumão do Cap e assim por diante... 

Share this post


Link to post
Share on other sites

 O BALROG é tiete do Darkseid  :lol:

 

 

 

Hehe, é o corporativismo monstruoso QUESTÃO!!!

 

 

Lendo o seu post concordo com seu argumento, e mto bem lembrado a história "O Prego".

 

KRK, saiu o novo trailer de Age of Ultron; os Deuses do Cinema e das HQs terão q abençoar mto o Snyder pra fazer algo no mesmo nível...

Share this post


Link to post
Share on other sites

 Tá ai. O post do MOZTS só aumentou a sensação que eu tinha de que VINGADORES conseguia ser bem auto-suficiente (embora acredito que a experiência é bem mais prazerosa pra quem já tenha visto os filmes anteriores), e que talvez o publico não precise ser "tão amaciado" como imaginamos. Isso reforça a minha teoria de que desde que executada de forma diferente, um plot envolvendo invasão alienígena não seria prejudicial para LIGA DA JUSTIÇA.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Elabora pra gente! Não sou versado nesse personagem e  a princípio não vejo muita ameaça nele contra um grupo colossal como JL.

 

Pra ajudar, vou colar aqui algumas sugestões dos colegas do fórum. Deixando claro que são trechos de várias propostas diferentes, que não se encaixam necessariamente.

 

Primo:

sugiro David Clinton como espécie de capanga de Vandal Savage, este sim o vilão principal da proposta de filme da Liga. Pelo que me lembro, Savage é imortal desde que teve contato com um artefato há mais de 20 mil anos. Creio que essa coisa de viagem no tempo pode ser abordada tranquilamente em apenas um longa. (...) Na trama do filme da Liga, Savage pode usar Clinton, na época atual, para voltar séculos no passado e colaborar com si próprio. No fim do filme, após batalha épica em Metrópolis na época atual, Batman usa Clinton para voltar à época em que Savage teve contato com o artefato e, claro, impedir o início da imortalidade do vilão. Com Batman ainda no passado, o corpo de Savage se deteriora na frente da Liga.

 

Questão:

Pelo que entendi na sua idéia, um Savage do futuro usaria a tecnologia de Cronos para trabalhar com o Savage de nossa epoca, e usando a tecnologia vinda do futuro, tentaria dominar o presente. Os herois então veriam-se obrigados a trabalhar juntos, formando assim a Liga Da Justiça. Seria essa a sua idéia? Se for, gostei bastante. E o climax tambem me parece muito bom, com os herois enfrentando Savage em Metrópolis no presente, enquanto Batman obriga Cronos a leva-lo a pré história, para que ele possa impedir Savage de se tornar imortal. Muito boa as suas idéias, PRIMO (...) Claro que tambem não precisa ser necessariamente o Batman a fazer a tal viagem no tempo citada pelo PRIMO. Poderia ser outro membro da Liga. E isso até poderia gerar uma discussão no grupo. É correto alterar o curso da historia para impedir Savage? Isso não os igualaria ao vilão (...)? 

 

Savage usaria a tecnologia de Cronos para ir interferindo em pequenos momentos da historia, e acumulando poder, como uma especie de Iluminnati de um homem só, até o momento que ele julgaria certo para dar o xeque mate, e tomar o controle do planeta. Mas dai pintaria a Liga. Sinceramente falando, acho que essa sinopse poderia render um bom filme.

 

Balrog:

Vandal, como imortal, estaria ligado a todos os grandes moviementos de expansão de vários impérios ao longo da história - persa e/ou mongol, citando alguns exemplos. Pensando em LJA como uma trilogia, seguindo os moldes de Begins e TDK, onde cada filme tem sua história "fechada", teríamos no primeiro filme Vandal sendo o principal aliado na Terra para os planos de dominação de Darkseid.

 

Questão:

BALROG, muito boa a sua ideia de estabelecer uma relação entre Vandal Savage e Darkseid, ligando ele a conquistadores do passado, como Julio cesar, Alexandre o grande, Napoleão e Hitler.

Share this post


Link to post
Share on other sites

  Foi uma resposta ao argumento do BALROG, PRIMO, sobre a introdução da invasão alienígena em VINGADORES só ter dado certo por ser o "Ato final de uma história".

 

  Bom, falamos de alienígenas e super heróis, e sugiro que continuemos a falar disso, mas dentro de outro contexto. Um dos subgêneros que engloba a fantasia e a ficção científica (mais a primeira do que a segunda) são as "Space Opera". Este subgênero geralmente coloca a trama se passando em diversos planetas, colocando o planeta Terra somente como mais um cenário (isso quando a Terra esta mesmo presente). A Liga da Justiça é uma equipe que tem certa tradição nesse tipo de história, "viajando" bem mais do que os Vingadores, por exemplo.

 

 

  Dentro da série animada da Liga exibida nos anos 2000, muitos episódios giraram em torno do tema. Entre estes episódios estão A NOITE MAIS ESCURA, que mostra o Lanterna Verde sendo preso pelos Caçadores Cósmicos, acusado de ter destruído um planeta por imperícia, colocando os seus colegas da Liga em uma corrida para provar a inocência do herói, e acabando por descobrir uma conspiração para tomar o poder em Oa. Em PLANETA ARENA, Superman e Ajax são capturados por Mongul, se tornando gladiadores forçados no planeta do título.

 

 

  Em CREPÚSCULO, Darkseid recorre a ajuda da Liga da Justiça quando Apokolips se vê sob ataque de Brainiac. Já em CORAÇÕES E MENTES, um Killowag ferido chega a Terra, para pedir o auxílio de John Stewart na luta da Tropa dos Lanternas Verde contra Despero. A Liga da Justiça vai ao Planeta Kalanor, que havia sido escravizado por Despero, e impede que o vilão telepata espalhe a sua influência por todo o universo.

 

 

  Os quadrinhos também possuem pequenos clássicos dentro do formato "Space Opera". A aclamada "Fase Satélite" trouxe muitas histórias do gênero, como "A SAGA DE STARBREAKER" onde Adam Strange, defensor do planeta Rann recruta a ajuda dos heróis para combater a ameaça do "Vampiro Cósmico". O arco dos anos oitenta ODISSEIA CÓSMICA, onde os heróis são convocados pelo Pai Celestial para ajudar na caçada aos espectros da Equação Anti Vida.

 

 

  Mas qual seria a vantagem de uma trama no formato Space Opera em LIGA DA JUSTIÇA? Bom, poderia ser interessante que o plot que reúna a equipe não seja uma ameaça somente a Terra, mas sim a todo o universo. A Terra como somente um de vários cenários interplanetários poderia dar um diferencial para o projeto em relação aos seus pares. E de quebra (longe de ser prioridade) daria uma alfinetadinha na concorrência, já que o próximo filme dos Vingadores pós AGE OF ULTRON será justamente baseado em uma história Space Opera, que é a INFINITY WAR.

 

  Por outro lado, deve-se reconhecer que este é um subgênero que anda um pouco em baixa nos últimos anos. Excetuando os STAR TREK de J.J Abrams e GUARDIÕES DA GALAXIA da própria Marvel, os filmes Space Opera tem colhido retumbantes fracassos, sendo o mais recente O DESTINO DE JUPITER dos Irmãos Wachowski.

 

Ainda assim, acredito que seria interessante ver um filme da equipe dentro desse formato, fazendo talvez o caminho oposto da equipe da Marvel, que primeiro enfrentou uma ameaça direta a Terra (duas contando com Ultron) e só depois enfrentara uma ameaça universal. A Liga poderia começar enfrentando este inimigo universal, inclusive ganhando o respeito de outras civilizações, para depois enfrentar uma ameaça que se restrinja exclusivamente a Terra.

 

Então, o que acham de um filme da Liga dentro do formato Space Opera?

 

 

Share this post


Link to post
Share on other sites

  Foi uma resposta ao argumento do BALROG, PRIMO, sobre a introdução da invasão alienígena em VINGADORES só ter dado certo por ser o "Ato final de uma história".

 

  Bom, falamos de alienígenas e super heróis, e sugiro que continuemos a falar disso, mas dentro de outro contexto. Um dos subgêneros que engloba a fantasia e a ficção científica (mais a primeira do que a segunda) são as "Space Opera". Este subgênero geralmente coloca a trama se passando em diversos planetas, colocando o planeta Terra somente como mais um cenário (isso quando a Terra esta mesmo presente). A Liga da Justiça é uma equipe que tem certa tradição nesse tipo de história, "viajando" bem mais do que os Vingadores, por exemplo.

 

 

  Dentro da série animada da Liga exibida nos anos 2000, muitos episódios giraram em torno do tema. Entre estes episódios estão A NOITE MAIS ESCURA, que mostra o Lanterna Verde sendo preso pelos Caçadores Cósmicos, acusado de ter destruído um planeta por imperícia, colocando os seus colegas da Liga em uma corrida para provar a inocência do herói, e acabando por descobrir uma conspiração para tomar o poder em Oa. Em PLANETA ARENA, Superman e Ajax são capturados por Mongul, se tornando gladiadores forçados no planeta do título.

 

 

  Em CREPÚSCULO, Darkseid recorre a ajuda da Liga da Justiça quando Apokolips se vê sob ataque de Brainiac. Já em CORAÇÕES E MENTES, um Killowag ferido chega a Terra, para pedir o auxílio de John Stewart na luta da Tropa dos Lanternas Verde contra Despero. A Liga da Justiça vai ao Planeta Kalanor, que havia sido escravizado por Despero, e impede que o vilão telepata espalhe a sua influência por todo o universo.

 

 

  Os quadrinhos também possuem pequenos clássicos dentro do formato "Space Opera". A aclamada "Fase Satélite" trouxe muitas histórias do gênero, como "A SAGA DE STARBREAKER" onde Adam Strange, defensor do planeta Rann recruta a ajuda dos heróis para combater a ameaça do "Vampiro Cósmico". O arco dos anos oitenta ODISSEIA CÓSMICA, onde os heróis são convocados pelo Pai Celestial para ajudar na caçada aos espectros da Equação Anti Vida.

 

 

 

  Mas qual seria a vantagem de uma trama no formato Space Opera em LIGA DA JUSTIÇA? Bom, poderia ser interessante que o plot que reúna a equipe não seja uma ameaça somente a Terra, mas sim a todo o universo. A Terra como somente um de vários cenários interplanetários poderia dar um diferencial para o projeto em relação aos seus pares. E de quebra (longe de ser prioridade) daria uma alfinetadinha na concorrência, já que o próximo filme dos Vingadores pós AGE OF ULTRON será justamente baseado em uma história Space Opera, que é a INFINITY WAR.

 

  Por outro lado, deve-se reconhecer que este é um subgênero que anda um pouco em baixa nos últimos anos. Excetuando os STAR TREK de J.J Abrams e GUARDIÕES DA GALAXIA da própria Marvel, os filmes Space Opera tem colhido retumbantes fracassos, sendo o mais recente O DESTINO DE JUPITER dos Irmãos Wachowski.

 

Ainda assim, acredito que seria interessante ver um filme da equipe dentro desse formato, fazendo talvez o caminho oposto da equipe da Marvel, que primeiro enfrentou uma ameaça direta a Terra (duas contando com Ultron) e só depois enfrentara uma ameaça universal. A Liga poderia começar enfrentando este inimigo universal, inclusive ganhando o respeito de outras civilizações, para depois enfrentar uma ameaça que se restrinja exclusivamente a Terra.

 

Então, o que acham de um filme da Liga dentro do formato Space Opera?

 

 

 

 

Jupiter Ascending não é exatamente um bom termômetro Questão, siau em janeiro, mês das bombas... Ninguém tava esperando grande coisa.

 

Eu acho que space opera pode ser uma ótima ideia, especialmente agora com o gênero sendo reaquecido por Star Wars. Problema disso é que Space Opera sem envolver Green Lantern é complicado e não vejo Hal Jordan no mapa tão cedo.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Sou favorável!

 

Ah, "O destino de Júpiter" é muito ruim, pelo amor de Deus! Quase fui embora no meio da sessão.

 

Problema disso é que Space Opera sem envolver Green Lantern é complicado e não vejo Hal Jordan no mapa tão cedo.

 

Cara... mas pode ser uma oportunidade: inserir a tropa sem necessariamente mostrar um humano na tropa.

 

Na trama, não seria nenhum abinsurdo o Abin Sur estar vivo.

 

22.jpg

Share this post


Link to post
Share on other sites

Sou favorável!

 

Ah, "O destino de Júpiter" é muito ruim, pelo amor de Deus! Quase fui embora no meio da sessão.

 

 

Cara... mas pode ser uma oportunidade: inserir a tropa sem necessariamente mostrar um humano na tropa.

 

Na trama, não seria nenhum abinsurdo o Abin Sur estar vivo.

 

22.jpg

 

Pode ser, mas pessoal que é fã do Lanterna vai se sentir na friendzone hahaha

Share this post


Link to post
Share on other sites

:D

 

Olha... confesso que eu, como fã do Hal, acharia até interessante não ter um humano escolhido por enquanto. É a chance de jogar holofote na mitologia gigante que tem a tropa. Isso agrega ainda mais valor à vindoura escolha pelo Hal.

Share this post


Link to post
Share on other sites

 Esta sugerindo uma participação da Tropa dos Lanternas Verde antes do recrutamento de Hal, PRIMO? Poderia ser interessante, inclusive com Abin Sur e Sinestro lutando ao lado da Liga.

 

 Por outro lado, como este novo Lanterna só vai ser apresentado ao publico em LIGA DA JUSTIÇA mesmo, será que o filme não poderia servir como uma história de origem do herói? Com a morte de Abin Sur e recrutamento de Hal como um Lanterna Verde ocorrendo juntamente com a formação da Liga, como ocorre na HQ A NOVA FRONTEIRA?

Share this post


Link to post
Share on other sites

Acho que o filme vai dispensar quaisquer cena de origem, acredito que deve ser igual os Vingadores, os heróis se reencontrando, talvez nem isso..., pois nem sabemos o conteúdo do BvsS e como os super-heróis até então mencionados para o filme oficialmente irão aparecer naquele, acredito que seja apenas presenças rápidas pois o filme roda entre os dois do titulo, ai sim teremos uma teoria mais cercana ao que pode acontecer a seguir aqui neste, com o fim daquele filme, vai saber de depois dos créditos é apresentado o vilão que está chegando.

 

Também acredito que como o filme do Lanterna foi algo um pouco recente, dispensarão mais cenas do que da Mulher Maravilha por exemplo ou Flash que não tiveram seus filmes solos, e ainda tem o rumor de que será o John Stewart, ai pode ser que contem um pouco dele, uma troca rápida de bastão, talvez seja isso que ou estão fazendo um suspense no filme BvsS ou estão deixando tudo para este filme, porque a incerteza ainda pendura sobre quem será o Lanterna, John Stewart ou Hal Jordan, acredito que pelo fato de caso contem origens daqueles que ainda não tiveram filmes solos, possa diminuir o conteúdo de ação que o publico moderno sem senso artístico abraça como um canibal abraça um pedação de carne que só querem Kick Ass na tela e pode ficar chato e demorado, talvez com flashback rápidos funcione, mas tem gente ao mesmo tempo como vemos por aqui que não se contenta vendo um pulo na historia sem filmes solos, com o ingrediente da Marvel sendo apresentados nos seus filmes solos para chegar a união nos Vingadores.

Share this post


Link to post
Share on other sites

 Esta sugerindo uma participação da Tropa dos Lanternas Verde antes do recrutamento de Hal, PRIMO? Poderia ser interessante, inclusive com Abin Sur e Sinestro lutando ao lado da Liga.

 

 Por outro lado, como este novo Lanterna só vai ser apresentado ao publico em LIGA DA JUSTIÇA mesmo, será que o filme não poderia servir como uma história de origem do herói? Com a morte de Abin Sur e recrutamento de Hal como um Lanterna Verde ocorrendo juntamente com a formação da Liga, como ocorre na HQ A NOVA FRONTEIRA?

 

Boto fé nessa também, Questão!

 

Inclusive, a escolha de um terráqueo pode acabar sendo fruto dessa trama com a Liga.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Uma coisa que eu reparo, ou melhor reparei agora nesse debate de vocês, é como fica diferente a abordagem de uma liga da justiça pra um vingadores. De alguma maneira é mais natural no caso do Universo DC, a jogada não ser necessariamente na Terra. Fica até mais orgânico. Sem todo o Humor e descaso, mas uma aventura como guardiões da Galaxia, se encaixaria mais no perfil da liga do que dos vingadores, ao meu ver.

Muito maluco isso.

O problema é encaixar um Batman nisso tudo. Talvez por isso, e acho que até conversei com o Questão sobre o assunto um tempo atrás, em que eu achava o Batman dispensável pra um filme da Liga. Talvez acho que seja por isso.

Share this post


Link to post
Share on other sites

 Esta sugerindo uma participação da Tropa dos Lanternas Verde antes do recrutamento de Hal, PRIMO? Poderia ser interessante, inclusive com Abin Sur e Sinestro lutando ao lado da Liga.

 

 Por outro lado, como este novo Lanterna só vai ser apresentado ao publico em LIGA DA JUSTIÇA mesmo, será que o filme não poderia servir como uma história de origem do herói? Com a morte de Abin Sur e recrutamento de Hal como um Lanterna Verde ocorrendo juntamente com a formação da Liga, como ocorre na HQ A NOVA FRONTEIRA?

 

Tb gradei nessa idéia QUESTÃO!!!

 

Aproveitando o ensejo vejam só essa notícia:

 

 

LANTERNA VERDE | CHRIS PINE PODE SER O ESCOLHIDO PARA VIVER O HERÓI NO CINEMA Personagem ganhará um novo filme pela Warner Bros. em 2020
10/03/2015 - 11:57 - ANDRÉ ZULIANI
chris_pine.jpg

Segundo fontes do Latino Review Chris Pine ( Star Trek Quero Matar Meu Chefe 2 ) pode viver Hal Jordan no vindouro filme do Lanterna Verde . A informação ainda não passa de um rumor, mas de acordo com as fontes do site, o nome de Pine parece estar circulando já há algum tempo. Jordan já foi interpretado por Ryan Reynolds no filme de 2011.

Além do reboot, não há nada confirmado pela DC/Warner sobre a nova versão do personagem. O novo filme do Lanterna Verde chegará aos cinemas em 2020.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Sem todo o Humor e descaso, mas uma aventura como guardiões da Galaxia, se encaixaria mais no perfil da liga do que dos vingadores, ao meu ver. (...) O problema é encaixar um Batman nisso tudo.

 

Por mim, coloca na última cena de "Batman v Superman" o Bruce sendo sequestrado por parademônios e jogado em um tubo de explosão.  B)

Share this post


Link to post
Share on other sites

 De alguma maneira é mais natural no caso do Universo DC, a jogada não ser necessariamente na Terra. Fica até mais orgânico.

 

  Por que?

 

 

 Talvez por isso, e acho que até conversei com o Questão sobre o assunto um tempo atrás, em que eu achava o Batman dispensável pra um filme da Liga. Talvez acho que seja por isso.

 

 

  Não poderia discordar mais. Batman é um membro essencial dentro da dinâmica da equipe.  E existem muitas histórias da Liga dentro do formato "Soap Opera" onde o morcego desempenha papel bastante importante, tendo grandes momentos. Exemplos é o que não faltam. No episódio duplo da série animada CREPÚSCULO, Batman é de vital importância tanto por seus conhecimentos estratégicos, como por peitar o Superman no final, impedindo que ele mate Darkseid. E o que falar da participação do herói em ODISSEIA CÓSMICA de Jim Starlin e Mike Mignola?

 

Eis uma página tirada dessa história, onde o morcego quase morre em combate, sendo obrigado a tomar ações drásticas para sobreviver.

 

 co1_zps56ad9c63.jpg

 

co2_zpscbed0816.jpg

 

co3_zps2658e310.jpg

 

 

 

   Não é problema nenhum encaixar o Batman nisso. Como o primeiro ato (ou parte dele) teria que se passar na Terra mesmo, esse tempo seria usado para envolver o Batman (e outros) na situação que levaria o resto do filme para o espaço.

 

 

  Quanto ao Chris Pine, embora este informe não passe de rumor, o cara com certeza seria uma boa escolha para Hal Jordan.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Pois é.

Não sou fã da dc e muito menos da liga.

o pouco que conheço era no formatinho com formação da poderosa, marciano capitão átomo, besouro azul, gladiador dourado e guy gardner.

Talvez por isso essa minha opinião.

Esse time série A da liga acho legal, mas daí não vejo como liga.

Haha.

Mas te entendo Questão!

Share this post


Link to post
Share on other sites

Create an account or sign in to comment

You need to be a member in order to leave a comment

Create an account

Sign up for a new account in our community. It's easy!

Register a new account

Sign in

Already have an account? Sign in here.

Sign In Now

×