Jump to content
Forum Cinema em Cena

O Que é o Nada?


Plutão Orco
 Share

Recommended Posts

Seria o nada a oposição à existência? O nada não é o vazio necessariamente olhando do ponto de vista cosmológico. Afinal o universo é composto de matéria, luz ou energia e radiações. Muitos espaços vazios no cosmo é composto destas radiações, que podem ser antimatéria, matéria negra ou sei lá o que (sou apenas um cosmologo amador). O nada pode ser definido como lugar nenhum, ou na matemática como conjunto vazio ou zero. Logo na matemática ele existe e ao mesmo tempo nada e tudo. Assim ele só tem significação na imaginação humana. Na cosmologia básica a origem de todas as coisas pode ter origens do dito cujo Nada. Afinal o que veio antes do primeiro segundo do universo?

<?:namespace prefix = o ns = "urn:schemas-microsoft-com:office:office" />

 

Na mitologia grega tudo veio de um Caos primordial e sem forma, que dele veio à luz e as sombras. Mas nos mitos gregos esta origem suprema não era divinizada. Tão pouco era tomado de consciência, posteriormente dele veio os deuses da primeira geração ou primordiais, que são a força máxima de todas as coisas na natureza. Eles são Eros (amor ou sentimentos), Gaia (Terra ou matéria), Nix e Erebus (que personificam a escuridão e deles vieram à luz) e por fim o Tártaro, que pela descrição é único desprovido de representatividade divina. Ele é associado ao um lugar caótico ou o que restou do próprio nada ou Caos.

 

Como podem ver o nada é uma questão bem interessante de ser entendida tanto do ponto de vista da física como da filosofia ou mesmo dentro do campo religioso. Embora eu ache que o ponto de vista religioso venha mais criar entrave na hora de desenvolver o tema proposto. Em fim, não se pode definir com segurança algo sem forma, sem lógica precisa e que habita a mente humana. Ou têm?

Link to comment
Share on other sites

  • Replies 93
  • Created
  • Last Reply

Top Posters In This Topic

O nada existe, mas assim como o tudo, ele não pode ser concebido pela mente humana.

 

 

 

O zero foi o número mais difícil de ser feito pelos matemáticos, por essa razão. Três palhas no chão podem ser representadas por três riscos ou 3. Se eu tirar as três palhas sobra nada? Não, sobra o chão! 06.gif

 

 

 

É engraçado, mas é um exemplo de como o total nada é difícil de ser compreendido.

Link to comment
Share on other sites

 Se fosse sobre algo espiritual (é ??) eu diria que o nada é o nirvana

 

 Dizem que o nada não existe, todo espaço é ocupado por alguma coisa.

 By the way, a escuridão pode ser considderada um nada?

 

 Anyway, isso é tremendamente subjetivo.

 

 
[/quote']

 

No meu primeiro post expressa que a escuridão não pode ser considerada nada. Uma vez que ela é ausência de luz. O nada não é luz e nem escuridão é algo totalmente vago da matéria, emissão de energia ou radiação. O nada não se define, a partir do momento que damos significação para ele ou isto se torna algo e não nada.03

Link to comment
Share on other sites

Shy,

 

 

 

O nada existe, só não pode ser entendido por mentes humanas. F. Pessoa dizia que aquilo que não pudesse ser humanamente compreendido não existia. Muito antropocêntrico...

 

 

 

A escuridão não é o nada. A escuridão é a ausência de luz, alguma coisa. E a luz, a ausência de escuridão, outra coisa. O nada seria a ausência de escuridão e de luz.

 

 

 

06.gif

Link to comment
Share on other sites

Imagine um universo sem estrelas e planetas, conseqüentemente ainda teríamos a matéria negra ou uma força de oposição a gravidade se não me engano, que é um radiação.

 

Físicos quânticos dêem uma mão aqui, meu conhecimento é ínfimo nesta área. 06

<?:namespace prefix = o ns = "urn:schemas-microsoft-com:office:office" />

 

Então ainda teríamos algo. Compreendeu?

 

É... eu também não. 06
Link to comment
Share on other sites

 Temumlance sobre a teroia de que ouniverso estaria expandindo.

 Steprhen Hawkins (nãosei escrever o nome do cara), o tal de "Uma Breve História do Tempo", diz que na verdade ele estaria se retraíndo pq os ditos espaços vazios estariam

 

 Quem sabe ocupados por uma espécie de energia densa... ou algo assim.. sei lá

 

 
Link to comment
Share on other sites

[Caetano Veloso mode on]

 

O nada é tudo ....ou não .

 

[Caetano Veloso mode off ]

 

ps* a falta de sexo está começando a afetar seriamente esse rapaz 06

 

 

 

 

O que isto tem a ver com tópico? Independente da minha atividade sexual a pergunta ainda é pertinente. Vocês podem achar irrelevante, mas ai é uma perspectiva pessoal bitolada.

<?:namespace prefix = o ns = "urn:schemas-microsoft-com:office:office" />

 

Afinal, poderia achar que os tópicos sobre outras temáticas universais como morte, amor, liberdade sejam tão insignificantes quanto este. O problema que vocês absorvem mais merdas aqui do que deveriam ao ponto de nem saber mais o que é válido ser debatido ou não. Se derem o trabalhoso vir aqui e acharem ou pensarem sobre o tema e preferem postar como algo tão irrelevante assim no tópico, por que ainda se esforçam ao escreverem e postar? Eu acho a “Casa da mãe Joana” à coisa mais inútil de todo o fórum, mas não estou lá enchendo o saco a cada segundo por se inútil. Eu simplesmente ignoro. Então façam o seguinte ignore o tópico, eu e não postem nada. Assim não terão por que se preocupar com a idiotice não é mesmo? Se não podem fazer isto então acho, que no fundo o meu assunto e minha vida sexual seja mais interessantes do que a de vocês. 12

Link to comment
Share on other sites

O engraçado, que acham estranho explicar algo que não existe e não se dão conta da divinização da coisa. Quem me garante que deus não é nada? Não pode ser visto ou medido, todas as escrituras não esclarecem bem a definição, acabam por torná-lo algo bem abstrato como o próprio conceito de nada aqui. Não me refiro só ao deus hebraico, a própria teogonia de Hesíodo abre caminho a esta analise de deus ou deuses remetendo ao nada. Do nada vieram os deuses e do nada retornarão. O Caos primordial é uma síntese do vazio completo, que não tinha luz ou treva não diferenciava o bem e o mal. Não quero respostas, estou só matutando mesmo tendo que rever as coisas, os conceitos sobre o que cada um tem a respeito das origens primárias antes de tudo antes de algo.

<?:namespace prefix = o ns = "urn:schemas-microsoft-com:office:office" />

 

Pensar a origem do nada é algo pra lá de complexo. O que tinha antes de um segundo? O que tinha antes da criação tempo através da explosão criadora de tudo? A cosmologia não fornece estas informações. Pensar na origem do universo remete pensar em nada, o que veio antes e antes? Será mesmo que o assunto é tão raso assim que mal consigo deixar de deixar indagações sem repostas convictas? Isto é tão irrelevante assim?

Plutão Orco2007-10-24 15:12:09
Link to comment
Share on other sites

Nada é a não existência. Como explicar algo que não existe?

 
É muito além do conhecimento humano. Por isso criar uma vida após a morte' date=' a não existencia é dificil pro entendimento humano!
[/quote']
Fram, não acreditar na vida após a morte é uma opinião meramente materialista, não? Já que a alma não morre, apenas o corpo, a parte material. Inclusive há relatos de médicos sobre pacientes após uma operação, que morreram (isso foi constatado biologicamente) e depois retornaram à vida.

 
Link to comment
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

Loading...
 Share

Announcements


×
×
  • Create New...