Jump to content
Forum Cinema em Cena

Religião (#3)


Nacka
 Share

Recommended Posts

Eu também estou curioso Rafal... quer dizer, só um pouquinho. Duvido que vá haver algo que provoque alguma reação diferente de risos, enfim, no aguardo...

 

Estranho, eu deveria estar ansioso para postar aqui, no entanto sinto calafrios cada vez que acesso este tópico.

 

 
Link to comment
Share on other sites

  • Replies 3.9k
  • Created
  • Last Reply

Top Posters In This Topic

No caso do extermínio, é claro que não há justificativa. Mas eu mostrei como exemplo que tipo de mentalidade radical existia, principalmente no Sul.

 

E você acha que eu estou falando disso porque..09

 

[/quote']

Talvez não especificamente disso, mas é um exemplo sobre a luta pela igualdade. Mas no geral, entendi seu comentário.

 

---

 

Então o Rafal vai trazer alguns casos atuais, e interessantes, para o debate.. Também quero ver.

 

 

Link to comment
Share on other sites

Poxa Scofield...tantos exemplos para usar e você usa o do imbecil 06...Assim caímos na armadilha que chamo a atenção. Pois imbecil' date=' a princípio, era um termo médico para designar pessoas com problemas mentais. Não tinha uma conotação pejorativa.

É como acontece com palavras como medíocre e ordinário, que anteriormente significava aquele que estava na média, e hoje em dia é ofender...
[/quote']
Conan, convenhamos, o conjunto das duas palavras juntas "puta e imbecil", mesmo que você queira MUITO não deixa dúvidas quanto ao significado. Além do quê, falar que uma pessoa tem problemas mentais a chamando de imbecil também não é lá um elogio muito grande, MESMO QUE ela os tenha. E mesmo que um dia esse termo tenha sido usado com essa finalidade, hoje não é mais. Aí você forçou TANTO a barra que ela quase quebrou. 06

 

Entre os significados já conhecidos hoje, o que vem no dicionário:

imbecil é indivíduo com imbecilidade.

Imbecilidade: Psiq. Atraso mental acentuado, situado entre a debilidade mental e a idiotia, que se caracteriza pela incapacidade intelectual do indivíduo de utilizar e compreender a linguagem escrita, e de prover o seu sustento, situando-se-lhe o nível intelectual entre o de três e o de sete anos, nos testes de inteligência.

 

Hoje é ofender, mas a palavra já teve outro uso. Como você bem concluiu:  "E mesmo que um dia esse termo tenha sido usado com essa finalidade, hoje não é mais."

 

Gostaria de saber onde forcei a barra, se você falou a mesma coisa. Se for para (somente) falar partindo de chacota, dou-me por satisfeito a discussão.

 

 
Link to comment
Share on other sites

 

 

Poxa Scofield...tantos exemplos para usar e você usa o do imbecil 06...Assim caímos na armadilha que chamo a atenção. Pois imbecil' date=' a princípio, era um termo médico para designar pessoas com problemas mentais. Não tinha uma conotação pejorativa.

É como acontece com palavras como medíocre e ordinário, que anteriormente significava aquele que estava na média, e hoje em dia é ofender...
[/quote']

Conan, convenhamos, o conjunto das duas palavras juntas "puta e imbecil", mesmo que você queira MUITO não deixa dúvidas quanto ao significado. Além do quê, falar que uma pessoa tem problemas mentais a chamando de imbecil também não é lá um elogio muito grande, MESMO QUE ela os tenha. E mesmo que um dia esse termo tenha sido usado com essa finalidade, hoje não é mais. Aí você forçou TANTO a barra que ela quase quebrou. 06

 

Entre os significados já conhecidos hoje, o que vem no dicionário:

imbecil é indivíduo com imbecilidade.

Imbecilidade: Psiq. Atraso mental acentuado, situado entre a debilidade mental e a idiotia, que se caracteriza pela incapacidade intelectual do indivíduo de utilizar e compreender a linguagem escrita, e de prover o seu sustento, situando-se-lhe o nível intelectual entre o de três e o de sete anos, nos testes de inteligência.

 

Hoje é ofender, mas a palavra já teve outro uso. Como você bem concluiu:  "E mesmo que um dia esse termo tenha sido usado com essa finalidade, hoje não é mais."

 

Gostaria de saber onde forcei a barra, se você falou a mesma coisa. Se for para (somente) falar partindo de chacota, dou-me por satisfeito a discussão.

 

 

Conan, pelamor, né? Não vou ficar discutindo coisas óbvias com pessoas inteligentes. Você nunca vai ter sucesso em apresentar um significado diferente para a expressão, ela é óbvia demais. Você captou exatamente o que eu quis dizer, tenho certeza. Passemos a outros pontos da discussão. 03

Mr. Scofield2008-09-09 21:01:39

Link to comment
Share on other sites

Interessante. Poste textos que exemplifiquem o que está falando então para a gente discutir. 19

[/quote']

Não.

Sabe porque?Por causa disto:

Rafal' date=' estou curiosíssimo para ouvir novas pérolas, principalmente quando elas vem de você.

 

Mas já adianto: a diferença fundamental entre o evangélico (o

verdadeiro mesmo, não esses bibelôs de araque que são a maioria,

infelizmente) e os fiéis de seitas são que os primeiros seguem

unicamente a Bíblia. Já os membros das seitas seguem cegamente seus

líderes ou o legado deixado por eles.

 

Portanto, se você está pensando em postar aqui comentários

racistas de pastores "famosos" ou coisa que o valha, saiba que seu

esforço restará inócuo (que é de me provocar e a outros cristãos

eventualmente leitores do tópico). Eu sigo a Bíblia, não sigo pastor,

nem profeta, nem bispo, que dirá padre ou papa.

[/quote']

Logo,meu caro Scofa,a Igreja Evangélica,por não ser uma Igreja unifcada,sendo totalmente dividida.Até mesmo dentre a mesma "denominação",já que temos Batista Regular,Batista Tradicional,Batista Conservadora,etc e,mesmo dentro de uma mesma "sub-denominação",não existe uma união entre elas.Ou seja,o que é falado na igreja do Calvin,por exemplo,não é o mesmo que é falado em outra igreja da mesma "sub-denominação".Logo,as Igrejas Evangélicas,como o Calvin bem falou antes,são "autônomas"(Paulo criticou isto,mas fazer o que né?)uma ilha em sí.

Conclusão:Eles não têm um canal "oficial" e muito menos uma esta ligada à outra.

Logo,se eu contar um caso de uma igreja Evangélica do meu bairro,o Calvin pode simplesmente falar que ela é,como ele disse mesmo?"bibelôs de araque" ou então querer que eu prove o que estou falando.Como provar?Não têm,não existe nada oficial para que eu possa falar:"Veja publicação tal página tal parágrafo tal linha tal".

Mas te adianto que numa igreja evangélica do meu bairro um cara não foi "promovido" à pastor por ser negro.

 

Calvin,

sobre sua crítica de que seguimos um líder "ou seu legado",eu te pergunto:O que são as cartas dos apóstolos?O que era feito com elas?As pessoas não seguiam  e ainda não seguem o que está escrito alí?

Ainda mais,você já leu alguma Sentinela ou Despertai?Não,você já tinha falado.Se você procurar ler,verá que elas estão repletas de referências bíblicas.Ainda mais,verá que a Despertai não é uma revista doutrinal,ela fala de assuntos do mundo,como ciência e tudo o mais.

Outra questão:Você não têm pastor não?Logo,seu pastor é seu líder,certo?Então você não segue o que ele diz?

 

 

Link to comment
Share on other sites


No caso do extermínio' date=' é claro que não há justificativa. Mas eu mostrei como exemplo que tipo de mentalidade radical existia, principalmente no Sul.
[/quote']

 

Sim, mas nós não estamos discutindo mentalidade radical, estamos discutindo como uma pessoa cristã deve reagir e se portar em relação à tudo.
Link to comment
Share on other sites

 

 
Logo' date='meu caro Scofa,a Igreja Evangélica,por não ser uma Igreja unifcada,sendo totalmente dividida.Até mesmo dentre a mesma "denominação",já que temos Batista Regular,Batista Tradicional,Batista Conservadora,etc e,mesmo dentro de uma mesma "sub-denominação",não existe uma união entre elas.Ou seja,o que é falado na igreja do Calvin,por exemplo,não é o mesmo que é falado em outra igreja da mesma "sub-denominação".Logo,as Igrejas Evangélicas,como o Calvin bem falou antes,são "autônomas"(Paulo criticou isto,mas fazer o que né?)uma ilha em sí.

Conclusão:Eles não têm um canal "oficial" e muito menos uma esta ligada à outra.

Logo,se eu contar um caso de uma igreja Evangélica do meu bairro,o Calvin pode simplesmente falar que ela é,como ele disse mesmo?"bibelôs de araque" ou então querer que eu prove o que estou falando.Como provar?Não têm,não existe nada oficial para que eu possa falar:"Veja publicação tal página tal parágrafo tal linha tal".

Mas te adianto que numa igreja evangélica do meu bairro um cara não foi "promovido" à pastor por ser negro.

 

Calvin,

sobre sua crítica de que seguimos um líder "ou seu legado",eu te pergunto:O que são as cartas dos apóstolos?O que era feito com elas?As pessoas não seguiam  e ainda não seguem o que está escrito alí?

Ainda mais,você já leu alguma Sentinela ou Despertai?Não,você já tinha falado.Se você procurar ler,verá que elas estão repletas de referências bíblicas.Ainda mais,verá que a Despertai não é uma revista doutrinal,ela fala de assuntos do mundo,como ciência e tudo o mais.

Outra questão:Você não têm pastor não?Logo,seu pastor é seu líder,certo?Então você não segue o que ele diz?

 

[/quote']

Rafal, resta-me perguntar duas coisas: primeiro - essas diversas subdivisões possuem novas divisões dentre elas mesmas? (tipo: Igreja Batista Conservadora é uma subdivisão da Igreja Batista, ok. Mas DENTRO da Igreja Batista Conservadora existem outras subdivisões?). Explico também porque estou perguntando...se elas são agrupadas em várias divisões mas possuem BLOCOS (todas as Igrejas Batistas Conservadoras pregam a mesma coisa) então dá pra você falar. Basta falar que está exemplificando um líder da Igreja Batista Conservadora. Agora, se mesmo dentro dela existem divisões, aí ficaria realmente muito difícil porque a Igreja B. C. do seu bairro seria diferente da do meu bairro e aí seria impossível caracterizar.

Segundo - Você citou também a Igreja Católica no primeiro post. Nela não existem tantas divisões assim (embora exista algumas vertentes menores). Porque não cita exemplos dela?

 

Link to comment
Share on other sites

Rafal,

resta-me perguntar duas coisas: primeiro - essas diversas subdivisões

possuem novas divisões dentre elas mesmas? (tipo: Igreja Batista

Conservadora é uma subdivisão da Igreja Batista, ok. Mas DENTRO da

Igreja Batista Conservadora existem outras subdivisões?). Explico

também porque estou perguntando...se elas são agrupadas em várias

divisões mas possuem BLOCOS (todas as Igrejas Batistas Conservadoras

pregam a mesma coisa) então dá pra você falar. Basta falar que está

exemplificando um líder da Igreja Batista Conservadora. Agora, se mesmo

dentro dela existem divisões, aí ficaria realmente muito difícil porque

a Igreja B. C. do seu bairro seria diferente da do meu bairro e aí

seria impossível caracterizar.

Segundo - Você citou também a Igreja

Católica no primeiro post. Nela não existem tantas divisões assim

(embora exista algumas vertentes menores). Porque não cita exemplos

dela?

[/quote']

Primeira pergunta:Acredito que não.Mas,como o Calvin falou,elas são independentes.Logo,cai na questão de "bibelô de araque".

Ainda mais,como falei,não têm como provar.Não há nada oficial para ser usado como prova.Prefiro apenas falar que existe mas não tentar provar.Já que não têm como.

Acho que é por isso que o povo prefere criticar as "seitas",é mais fácil ter acesso a publicações oficiais e procurar parágrafos escritos a décadas atrás e,de forma descontextualizada,criticar.06

 

Segunda pergunta:Concordo que a Católica é mais fácil.Depois posto alguma coisa.

 

 

Link to comment
Share on other sites

Interessante. Poste textos que exemplifiquem o que está falando então para a gente discutir. 19

 

Não.

 

Rafal' date=' você dando pra trás? Isso é novidade... 06

 

Ou seja,o que é falado na igreja do Calvin,por exemplo,não é o mesmo que é falado em outra igreja da mesma "sub-denominação".Logo,as Igrejas Evangélicas,como o Calvin bem falou antes,são "autônomas"(Paulo criticou isto,mas fazer o que né?)uma ilha em sí.

 

Hehehehehhe... Boa tentativa meu caro. Onde a suposta divergência do que é falado nas igrejas evangélicas entre si te impede de mostrar casos de racismo atuais pregados pelas mesmas?

 

No mais, onde Paulo critica a autonomia das igrejas? E se ele realmente criticou, a que autonomia ele se refere?

 

Conclusão:Eles não têm um canal "oficial" e muito menos uma esta ligada à outra.

 

O único canal oficial de qualquer igreja verdadeiramente CRISTÃ (independente de denominação) é a BÍBLIA. Não são periódicos sem inspiração divina' date=' muito menos pseudo-líderes espirituais que mancham o Evangelho.

 

Logo,se eu contar um caso de uma igreja Evangélica do meu bairro,o Calvin pode simplesmente falar que ela é,como ele disse mesmo?"bibelôs de araque" ou então querer que eu prove o que estou falando.Como provar?Não têm,não existe nada oficial para que eu possa falar:"Veja publicação tal página tal parágrafo tal linha tal".

 

Então vc assume que a sua tentativa de provocação é natimorta. Parabéns.

 

Mas te adianto que numa igreja evangélica do meu bairro um cara não foi "promovido" à pastor por ser negro.

 

Bom' date=' para mostrar que sou um cristão de verdade que não passa a mão na cabecinha de meus "irmãos" tenho a te dizer que acredito no que você disse e, sim, isso é PÉSSIMO, é nojento que uma igreja cristã tenha posturas racistas em pleno século XXI. Viu? Assumi que a igreja errou ao invés de ficar justificando o injustificável como você e a THX fizeram. E ainda afirmo que o erro dela não está calcado na Bíblia, mas tão somente na cabeça de ameba de seus líderes que, se bobear, nem salvos são.

 

Não é pq sou evangélico que vou justificar as cagadas de igrejas que professam a mesma fé que a minha. Aliás, sou tão crítico a esse respeito que afirmo com absoluta convicção que vocês, Testemunhas de Jeová, crescem e se espalham como câncer justamente pq a igreja protestante evangélica foi tomada de um espírito de soberba e arrogância tão grande, similar à Católica em tempos da Idade Média, que possibilitou o surgimento de crenças como a de vocês e tantas outras aberrações religiosas. Mas não temo. Como li em um artigo recentemente, a igreja Cristã parece que precisa de falsos profetas e seitas proliferando para ter a sua força exposta ao mundo e comprovar a promessa de Cristo de que nem a morte, nem o Inferno (ou Hades, como queiram) prevaleceriam contra ela.

 

 

Calvin,
sobre sua crítica de que seguimos um líder "ou seu legado",eu te pergunto:O que são as cartas dos apóstolos?O que era feito com elas?As pessoas não seguiam  e ainda não seguem o que está escrito alí?

 

As cartas dos apóstolos que compõem hoje o Novo Testamento são inspiradas divinamente, portanto inerrantes e podem ser ministradas em qualquer igreja cristã. A Sentinela e Despertai não são inspiradas divinamente; pastores não são inspirados divinamente; o Charles Russell não foi inspirado divinamente; idem para Ellen White e tantos outros.

 

 

Ainda mais' date='você já leu alguma Sentinela ou Despertai?Não,você já tinha falado.Se você procurar ler,verá que elas estão repletas de referências bíblicas.Ainda mais,verá que a Despertai não é uma revista doutrinal,ela fala de assuntos do mundo,como ciência e tudo o mais.
Outra questão:Você não têm pastor não?Logo,seu pastor é seu líder,certo?Então você não segue o que ele diz?
[/quote']

 

Primeira coisa idiota (voltou com tudo, hein?): onde eu disse que nunca li a Sentinela ou Despertai? Já li várias e tenho algumas aqui em casa (sim, vocês descobriram meu esconderijo e como Paulo bem aconselha, examino tudo e retenho o que é bom), mas ao contrário de vocês o único material escrito que entra no culto da minha igreja é a BÍBLIA. Não há espaço para periódicos que possuem erros doutrinários e enganos teológicos absurdos como os que já li na Sentinela.

 

Quanto ao pastor da igreja na qual congrego a resposta é NÃO! Não sigo o que ele diz, ao contrário, submeto absolutamente TUDO o que ele fala à autoridade das Escrituras, como os cristãos em Beréia faziam e como todo cristão que se preza deve fazer. Se o que ele fala está de acordo com a Bíblia, então aceito e aplico aquilo na minha vida. Do contrário, jogo fora. O pastor é uma figura falível, pecadora, como eu e você e, portanto, está sujeito a erros. É essa a mentalidade essencial que separa os VERDADEIROS cristãos dos membros das seitas. Anote isso no seu caderninho.  

 
Link to comment
Share on other sites

Rafal' date=' resta-me perguntar duas coisas: primeiro - essas diversas subdivisões possuem novas divisões dentre elas mesmas? (tipo: Igreja Batista Conservadora é uma subdivisão da Igreja Batista, ok. Mas DENTRO da Igreja Batista Conservadora existem outras subdivisões?). Explico também porque estou perguntando...se elas são agrupadas em várias divisões mas possuem BLOCOS (todas as Igrejas Batistas Conservadoras pregam a mesma coisa) então dá pra você falar. Basta falar que está exemplificando um líder da Igreja Batista Conservadora. Agora, se mesmo dentro dela existem divisões, aí ficaria realmente muito difícil porque a Igreja B. C. do seu bairro seria diferente da do meu bairro e aí seria impossível caracterizar.
[/quote']

 

O problema do Rafal é que ele faz ataques vazios e quando chamado a desenvolver o seu ponto, se borra todo e sai de fininho.

 

Quanto à dúvida levantanda por você, existem várias denominações Batistas: Batista Regular, Batista da Convenção, Batista Bíblica, Batista Adventista (!!), etc, etc.

 

Salvo o caso da última citada aí (que existe, mas tenho até medo de perguntar o que os caras seguem), todas as outras tem como única fonte de autoridade a BÍBLIA. Se os seus respectivos líderes deturpam as Escrituras gerando posturas racistas como a que o Rafal citou (e que reitero que deve ter acontecido mesmo) é outra história.

 

Daí a dizer que as igrejas evangélicas são autônomas, ou seja, não dependem de um órgão centralizador que determina o que elas devem pregar e como pregar. Não há razão para tanto, uma vez que o que deve reger a igreja cristã é a Bíblia, encontrada em qualquer esquina por $15,00.

 

Não é o que ocorre com as Testemunhas de Jeová, por exemplo, que possuem um orgão centralizador (o sinistro Corpo Governante) que além de ser meio secretão (Maçonaria?), edita os periódicos citados por mim nos posts anteriores e controla de forma rígida a forma de pregação, o conteúdo da mesma nos vários Salões do Reino das TJs espalhados por aí.

 

Veja a diferença... em uma igreja é a Bíblia quem dita como a congregação deve ser, como agir nos mais diferentes níveis. Em outra igreja, essa tarefa fica a cargo de um grupo de pessoas que pouquíssimos sabem quem são, que se dizem ministros de Deus aqui na Terra relegando a Bíblia a mero livro de consulta.
Link to comment
Share on other sites

Hehehehehhe... Boa tentativa meu caro. Onde a suposta divergência

do que é falado nas igrejas evangélicas entre si te impede de mostrar

casos de racismo atuais pregados pelas mesmas?

 

No mais' date=' onde Paulo critica a autonomia das igrejas? E se ele realmente criticou, a que autonomia ele se refere?

[/quote']

Já expus isso,por favor.

Quanto a Paulo,depois falo disto.

O único canal oficial de qualquer igreja verdadeiramente CRISTÃ

(independente de denominação) é a BÍBLIA. Não são periódicos sem

inspiração divina' date=' muito menos pseudo-líderes espirituais que mancham o

Evangelho.

[/quote']

Concordo.

Então,porque você têm como que "oficial" estes periódicos?

Além do mais,qual o problema com eles?Qual a diferença deles para com o que seu pastor fala?

Quanto a "pseudo-líderes espirituais",não tenho nada a falar.Sempre existiram e sempre existiram líderes espirituais,agora,se você considera como "pseudo",é opinião sua.

Então vc assume que a sua tentativa de provocação é natimorta. Parabéns.

Não tentei provocar.Apenas quis mostrar todo o quadro.Não apenas focar nas "seitas"' date='né Calvin?

Bom, para mostrar que sou um cristão de verdade que não passa a

mão na cabecinha de meus "irmãos" tenho a te dizer que acredito no que

você disse e, sim, isso é PÉSSIMO, é nojento que uma igreja cristã

tenha posturas racistas em pleno século XXI. Viu? Assumi que a igreja

errou ao invés de ficar justificando o injustificável como você e a THX

fizeram. E ainda afirmo que o erro dela não está calcado na Bíblia, mas

tão somente na cabeça de ameba de seus líderes que, se bobear, nem

salvos são.

 

Não é pq sou evangélico que vou justificar as cagadas de igrejas

que professam a mesma fé que a minha. Aliás, sou tão crítico a esse

respeito que afirmo com absoluta convicção que vocês, Testemunhas de

Jeová, crescem e se espalham como câncer justamente pq a igreja

protestante evangélica foi tomada de um espírito de soberba e

arrogância tão grande, similar à Católica em tempos da Idade Média, que

possibilitou o surgimento de crenças como a de vocês e tantas outras

aberrações religiosas. Mas não temo. Como li em um artigo recentemente,

a igreja Cristã parece que precisa de falsos profetas e seitas

proliferando para ter a sua força exposta ao mundo e comprovar a

promessa de Cristo de que nem a morte, nem o Inferno (ou Hades, como

queiram) prevaleceriam contra ela.

Vê?Nesta parte você simplesmente se desvia da culpa.Como?Você simplesmente,ao falar que o pastor de lá não é "salvo",você qualifica logo a igreja de lá como falsa.Afinal,como um pastor não salvo pode receber orientação e autoridade divina para pastorear suas ovelhas?

 

É aí que entra o que falei.Vocês,por serem dividos,podem se dar ao luxo de falar mal da Igreja Evangélica sem trazerem para sí o onus da culpa.

Agora,se eu falo mal de algum salão TJ,estou falando mal de toda a  Organização Mundial e,consequentemente,de mim.Percebeu?

 

Quanto a "justificar o injustificável",

só tenho a dizer que pegar uns parágrafos escritos a décadas atrás e falar que a Organização é racista é a coisa mais ridícula que já ví.

Como falei,aquele mundo era diferente do nosso.Assim como o nosso mundo é diferente de um que pode vir.Hoje em dia falar em "cultura oriental""cultura ocidental""Mundo oriental""mundo ocidental" é normal.Mas num futuro pode ser considerado racismo.

 

Quanto ao seu ultimo parágrafo,lembre-se que você segue um religião que,na época de seu surgimento,foi considera seita.

 

As cartas dos apóstolos que compõem hoje o Novo Testamento são inspiradas divinamente' date=' portanto inerrantes

e podem ser ministradas em qualquer igreja cristã. A Sentinela e

Despertai não são inspiradas divinamente; pastores não são inspirados

divinamente; o Charles Russell não foi inspirado divinamente; idem para

Ellen White e tantos outros.

[/quote']

Postei isto para te mostrar que a religião cristã sempre teve um líder espiritual,mas isso é claro,nem sei porque você critica que temos líderes espirituais,até você têm um na figura do seu pastor.

Volto a falar:Qual a diferença destas revistas para os discursos do seu pastor?

 

Quanto a ministrar em outras igrejas,só à título de curiosidade,na igreja do meu primo(Evangélica) o pastor usa a Sentinela para fazer suas pesquisas para os sermoes.

E um senhor que faz parte do meu circuito de revista(Pessoas que "assinam" a Sentinela e Despertai) disse que usa elas para fazer discursos na igreja dele (Evangélica).

Primeira coisa idiota (voltou com tudo' date=' hein?): onde eu disse que

nunca li a Sentinela ou Despertai? Já li várias e tenho algumas aqui em

casa (sim, vocês descobriram meu esconderijo e como Paulo bem

aconselha, examino tudo e retenho o que é bom), mas ao contrário de

vocês o único material escrito que entra no culto da minha igreja é a

BÍBLIA. Não há espaço para periódicos que possuem erros doutrinários e

enganos teológicos absurdos como os que já li na Sentinela.

 

Quanto ao pastor da igreja na qual congrego a resposta é NÃO! Não

sigo o que ele diz, ao contrário, submeto absolutamente TUDO o que ele

fala à autoridade das Escrituras, como os cristãos em Beréia faziam e

como todo cristão que se preza deve fazer. Se o que ele fala está de

acordo com a Bíblia, então aceito e aplico aquilo na minha vida. Do

contrário, jogo fora. O pastor é uma figura falível, pecadora, como eu

e você e, portanto, está sujeito a erros. É essa a mentalidade

essencial que separa os VERDADEIROS cristãos dos membros das seitas.

Anote isso no seu caderninho. 

[/quote']

Têm bastante tempo já,foi na época que você falava que fazia anos que uma TJ não vinha na sua porta.Mas isso é detalhe,deixa para lá.

Novamente,qual a diferença entre essas revistas e os discursos de seu pastor?Nenhum.Todos devem e são calcados na bíblia.Quanto a "erros doutrinários e

enganos teológicos absurdos " aí já vai para a questão de crença pessoal.Para mim,o que é falado alí não são "erros doutrinários e

enganos teológicos absurdos " porém,o que seu pastor fala pode ser "erros doutrinários e

enganos teológicos absurdos ".

 

À título de curiosidade:Um ancião(Comparável a seu pastor,só que são vários anciãos por congregação,assim como era no passado e não apenas uma única pessoa como são nas igrejas atuais.) falou uma besteira num discurso e logo veio outro ancião para consertar o problema.

 

Mas vamos parar por aqui,essa guerrinha de denominações é ridícula.Falei que existe racismo nas Evangélicas,você concordou e pronto,assunto encerrado.Continuem com a discusão a respeito dos parágrafos que você postou anteriormente.

 

 

Link to comment
Share on other sites

O problema do Rafal é que ele faz ataques vazios e quando chamado a desenvolver o seu ponto' date=' se borra todo e sai de fininho.

 

Quanto à dúvida levantanda por você, existem várias denominações

Batistas: Batista Regular, Batista da Convenção, Batista Bíblica,

Batista Adventista (!!), etc, etc.

 

Salvo o caso da última citada aí (que existe, mas tenho até medo

de perguntar o que os caras seguem), todas as outras tem como única

fonte de autoridade a BÍBLIA.1) Se os seus respectivos líderes deturpam

as Escrituras gerando posturas racistas como a que o Rafal citou (e que

reitero que deve ter acontecido mesmo) é outra história.

 

2)Daí a dizer que as igrejas evangélicas são autônomas, ou seja, não

dependem de um órgão centralizador que determina o que elas devem

pregar e como pregar. Não há razão para tanto, uma vez que o que deve

reger a igreja cristã é a Bíblia, encontrada em qualquer esquina por

$15,00.

 

3)Não é o que ocorre com as Testemunhas de Jeová, por exemplo, que

possuem um orgão centralizador (o sinistro Corpo Governante) que além

de ser meio secretão (Maçonaria?), edita os periódicos citados por mim

nos posts anteriores e controla de forma rígida a forma de pregação, o

conteúdo da mesma nos vários Salões do Reino das TJs espalhados por aí.

 

4)Veja a diferença... em uma igreja é a Bíblia quem dita como a

congregação deve ser, como agir nos mais diferentes níveis. Em outra

igreja, essa tarefa fica a cargo de um grupo de pessoas que

pouquíssimos sabem quem são, que se dizem ministros de Deus aqui na

Terra relegando a Bíblia a mero livro de consulta.

[/quote']

Caramba,têm até Batista Adventista?A coisa tá braba mesmo06

1)Vê?Foi por isso que falei que não ia postar casos.É muito facil se livrar da culpa quando a coisa toda é dividida.

 

2)Você não negou que as igrejas são autônomas.

 

3)No passado,os apóstolos eram o "orgão centralizador",enviando cartas,conselhos e visitando as congregações.

Quanto ao Corpo Governante,basta ir à sede das TJ e conversar um pouco com eles.Aliás,basta morar na cidade que fica a sede(Não lembro aonde) que você poderá ter a surpresa de ter um membro do Corpo Governante batendo na sua porta da manhã.

Quanto a controlar de "forma rígida a forma de pregação",só tenho a falar que ela é feita da mesma forma que os apóstolos faziam,indo de casa em casa.Além do mais,você conhece como funciona a Organização para falar com tanta certeza sobre como funcionam as coisas?Ou você leu em alguma site anti-tj?Acho que a segunda é a mais certa.

 

4)É,você realmente não conhece como as coisas funcionam.

 

 

Link to comment
Share on other sites


Sim' date=' mas nós não estamos discutindo mentalidade radical, estamos discutindo como uma pessoa cristã deve reagir e se portar em relação à tudo.
[/quote']


Só para concluir, Ellen tinha conhecimento da Bíblia e inspiração divina, logo, o que ela falou em relação a seus fiéis não se colocarem em desvantagem faz todo sentido. Enfim, concordo com o que ela disse. ponto



Quanto a "justificar o injustificável"' date='
só tenho a dizer que pegar uns parágrafos escritos a décadas atrás e falar que a Organização é racista é a coisa mais ridícula que já ví.
Como falei,aquele mundo era diferente do nosso.Assim como o nosso mundo é diferente de um que pode vir
[/quote']
Concordo,
Desde o começo venho dizendo que aqueles textos não tem nada de mais... E mesmo algum de cunho racista tem seus motivos. Porém, longe de trazer alguma discussão à tona agora, principalmente para quem não quer considerar o contexto histórico.
-THX-2008-09-10 10:36:35
Link to comment
Share on other sites

Só para concluir' date=' Ellen tinha conhecimento da Bíblia e inspiração divina, logo, o que ela falou em relação a seus fiéis não se colocarem em desvantagem faz todo sentido. Enfim, concordo com o que ela disse. ponto[/quote']

 

Ellen não tinha inspiração divina. A inspiração divina deixou de existir depois que a bíblia foi encerrada.

 

Se você concorda com ela é outra história (e ainda ratifica a minha impressão que, de cristã, você não tem nada).  
Link to comment
Share on other sites

Concordo' date='

Desde o começo venho dizendo que aqueles

textos não tem nada de mais... E mesmo algum de cunho racista tem seus

motivos. Porém, longe de trazer alguma discussão à tona agora,

principalmente para quem não quer considerar o contexto histórico.

[/quote']

Exato.

Imagino eu uma pessoa vivendo num futuro próximo ou distante e lendo coisas como "mundo ocidental" e falando:"Como as pessoas eram racistas antigamente".

Ellen não tinha inspiração divina. A inspiração divina deixou de existir depois que a bíblia foi encerrada.

 

Aqui eu concordo contigo.

THX,

se a Ellen tinha inspiração divina,porque você não vira seguidora dela e larga o Catolicismo?

 

 

Link to comment
Share on other sites

Só para concluir' date=' Ellen tinha conhecimento da Bíblia e inspiração divina, logo, o que ela falou em relação a seus fiéis não se colocarem em desvantagem faz todo sentido. Enfim, concordo com o que ela disse. ponto[/quote']
 
Ellen não tinha inspiração divina. A inspiração divina deixou de existir depois que a bíblia foi encerrada.
 
Se você concorda com ela é outra história (e ainda ratifica a minha impressão que, de cristã, você não tem nada). 

Se eu respeito e tenho amor ao próximo independente de raça, então estou agindo de acordo com a fé Cristã. E conforme você disse, concordar pode ser outra história, uma coisa pessoal, sem se manifestar ou pregar de forma radical e estúpida. Muito longe de abalar a fé de alguém...


Link to comment
Share on other sites

 

Aqui eu concordo contigo.

THX' date='

se a Ellen tinha inspiração divina,porque você não vira seguidora dela e larga o Catolicismo

[/quote']

Independente do que eu disser vai acabar na mesma pra você. Por exemplo, eu considero Macabeus I e II inspirados e vocês não...

 

Não têm como provar se algo é inspirado ou não.Vai da opinião de cada um.

 

Link to comment
Share on other sites

Quanto a Paulo' date='depois falo disto.[/quote']

 

Aguardo ansiosamente.

 


Concordo.
Então' date='porque você têm como que "oficial" estes periódicos?[/quote']

 

Hein? 09


1) Além do mais' date='qual o problema com eles?Qual a diferença deles para com o que seu pastor fala?

2) Quanto a "pseudo-líderes espirituais",não tenho nada a falar.Sempre existiram e sempre existiram líderes espirituais,agora,se você considera como "pseudo",é opinião sua.[/quote']

 

1) Já respondi isso na página anterior.

 

2) Em algum momento disse que todos os líderes são "pseudo"-líderes? Leia com atenção, leia com atenção...

 

 



Não tentei provocar.Apenas quis mostrar todo o quadro.Não apenas focar nas "seitas"' date='né Calvin?[/quote']

 

Qual a razão de focar o racismo nas igrejas evangélicas se o cristão de verdade não segue o pastor e sim a Bíblia? Seria um tiro na água. Sim, foquei nas seitas pq os membros das seitas seguem seus líderes ou o legado deixado por eles e não a Bíblia. Se todo mundo seguisse a Bíblia fielmente ao invés de ignorá-la ou deturpá-la, o racismo sequer existiria. Já expliquei isso na página anterior e você não refutou. Aquele que cala, conscente.

 

Vê?Nesta parte você simplesmente se desvia da culpa.Como?Você simplesmente' date='ao falar que o pastor de lá não é "salvo",você qualifica logo a igreja de lá como falsa.Afinal,como um pastor não salvo pode receber orientação e autoridade divina para pastorear suas ovelhas?[/quote']

 

Rafal como eu posso ser culpado de algo que OUTRO falou? Explique como isso pode ser possível? E onde eu qualifiquei a outra igreja como "falsa"? As igrejas são formadas por pessoas falhas, pecadoras. Organizações como o Corpo Governante também.

 

Devo frisar que em momento algum acusei VOCÊ de racismo pela declaração da Sentinela; ou qualquer adventista, até mesmo o Nacka, que é mórmon, que tem uma declaração do Joseph Smith no artigo que postei.

É aí que entra o que falei.Vocês' date='por serem dividos,podem se dar ao luxo de falar mal da Igreja Evangélica sem trazerem para sí o onus da culpa.
Agora,se eu falo mal de algum salão TJ,estou falando mal de toda a  Organização Mundial e,consequentemente,de mim.Percebeu?[/quote']

 

Rafal, você precisa de ajuda profissional... Você pode trazer aqui pérolas proferidas pelo Malafaia (que não são poucas e olha que sou fã do cara), pelo RR Soares, Caio Fábio, Josué Yirion, por qualquer líder evangélico que tem exposição na mídia hoje. Em nenhum momento vou me sentir culpado por suas afirmações descabidas.

 

E se você assume para si a culpa pelas assertivas do Corpo GOvernante dos TJs, isso só ratifica o caráter sectário e radical que é comum a todas as seitas.

Quanto a "justificar o injustificável"' date='
só tenho a dizer que pegar uns parágrafos escritos a décadas atrás e falar que a Organização é racista é a coisa mais ridícula que já ví.
Como falei,aquele mundo era diferente do nosso.Assim como o nosso mundo é diferente de um que pode vir.Hoje em dia falar em "cultura oriental""cultura ocidental""Mundo oriental""mundo ocidental" é normal.Mas num futuro pode ser considerado racismo.[/quote']

 

Releia toda a discussão. Não é a Organização que é racista, é o comentário que é racista. E considerando que o comentário foi proferido por um líder religioso espiritual que se diz de moral ilibada, tal postura é INTOLERÁVEL.



Postei isto para te mostrar que a religião cristã sempre teve um líder espiritual' date='mas isso é claro,nem sei porque você critica que temos líderes espirituais,até você têm um na figura do seu pastor.
Volto a falar:Qual a diferença destas revistas para os discursos do seu pastor?[/quote']

 

Os cristãos devem seguir os ensinamentos dos líderes cristãos contidos na Bíblia, só. O fato de eu ter no pastor a figura de um líder, isso não me obriga a seguir cegamente tudo o que ele fala, anote isso no seu caderninho, pois é o que nos diferencia primariamente.



Quanto a ministrar em outras igrejas' date='só à título de curiosidade,na igreja do meu primo(Evangélica) o pastor usa a Sentinela para fazer suas pesquisas para os sermoes.E um senhor que faz parte do meu circuito de revista(Pessoas que "assinam" a Sentinela e Despertai) disse que usa elas para fazer discursos na igreja dele (Evangélica).[/quote']

 

Se isso realmente é verdade (e deve ser pq em matéria de religião tem louco pra tudo), e se eu tivesse condições de fazê-lo, encheria de porrada esse pastor em praça pública.

 




Novamente' date='qual a diferença entre essas revistas e os discursos de seu pastor?Nenhum.Todos devem e são calcados na bíblia.[/quote']

 

Se todos fossem calcados na Bíblia, pastores não cometeriam erros em seus sermões. O mesmo vale para as revistas.

 

Quanto a "erros doutrinários e enganos teológicos absurdos " aí já vai para a questão de crença pessoal.Para mim' date='o que é falado alí não são "erros doutrinários e enganos teológicos absurdos " porém,o que seu pastor fala pode ser "erros doutrinários e enganos teológicos absurdos ".[/quote']

 

O meu pastor pode falar sim erros doutrinários, claro. Ele é falível, pecador. Por isso mesmo que tudo o que ouvimos deve ser analisado à luz das Escrituras. Mas como você já presume que tudo o que as revistas falam estão de acordo com as Escrituras, então você será facilmente levado por qualquer vento de doutrina em uma postura tipicamente religiosa do tipo: "bem, já que o líder da minha religião tá falando então é verdade e eu devo seguir".
Link to comment
Share on other sites

1) Já respondi isso na página anterior.

 

2) Em algum momento disse que todos os líderes são "pseudo"-líderes? Leia com atenção' date=' leia com atenção...

[/quote']

1)Não existe diferença.Ambos devem ser analisados à luz das escrituras.

2)Não.Mas os meus você falou03

Qual a razão de focar o racismo nas igrejas evangélicas se o cristão de

verdade não segue o pastor e sim a Bíblia? Seria um tiro na água. Sim' date='

foquei nas seitas pq os membros das seitas seguem seus líderes ou o

legado deixado por eles e não a Bíblia. Se todo mundo seguisse a Bíblia

fielmente ao invés de ignorá-la ou deturpá-la, o racismo sequer

existiria. Já expliquei isso na página anterior e você não refutou.

Aquele que cala, conscente.

[/quote']

Sabe o que é impressionante?Você falar de boca cheia que em "seitas" os líderes são seguidos segamente enquanto em muitas igrejas evagélicas as pessoas simplesmente escutam o pastor e pronto.No máximo deixa uma bíblia aberta num salmo qualquer.

Quanto a essa sua convicção de que seguimos cegamente líderes,bem,já falei e não vou voltar a falar.

Tá parecendo até na igreja de uma estudante minha....lá o pastor mandou eles nem falarem com TJ.

Rafal como eu posso ser culpado de algo que OUTRO falou? Explique

como isso pode ser possível? E onde eu qualifiquei a outra igreja como

"falsa"? As igrejas são formadas por pessoas falhas' date=' pecadoras.

Organizações como o Corpo Governante também.

 

Devo frisar que em momento algum acusei VOCÊ de racismo pela

declaração da Sentinela; ou qualquer adventista, até mesmo o Nacka, que

é mórmon, que tem uma declaração do Joseph Smith no artigo que postei.

[/quote']

Se você faz parte de um todo e esse todo esta podre,você também está podre ou então não esta limpo.

Se o pastor de lá não é salvo,ele não têm a orientação divina e muito menos a autoridade para pastorear o rebanho.Logo,aquela igreja alí nem deveria existir.

Rafal' date=' você precisa de ajuda profissional... Você pode trazer aqui

pérolas proferidas pelo Malafaia (que não são poucas e olha que sou fã

do cara), pelo RR Soares, Caio Fábio, Josué Yirion, por qualquer líder

evangélico que tem exposição na mídia hoje. Em nenhum momento vou me

sentir culpado por suas afirmações descabidas.

 

E se você assume para si a culpa pelas assertivas do Corpo

GOvernante dos TJs, isso só ratifica o caráter sectário e radical que é

comum a todas as seitas.

[/quote']

Pois é,para você é comum.Para mim não.Para mim a Organização não pode ser falha.Sabe porque?Ela é controlada por Cristo.Ele é o cabeça.

Releia toda a discussão. Não é a Organização que é racista' date=' é o

comentário que é racista. E considerando que o comentário foi proferido

por um líder religioso espiritual que se diz de moral ilibada, tal

postura é INTOLERÁVEL.

[/quote']

Sim,erro meu.Postei errado.Estava falando do comentário mesmo.

Em qual momento foi falado que a moral dos líderes é ilibada?

Os cristãos devem seguir os ensinamentos dos líderes cristãos contidos

na Bíblia' date=' só. O fato de eu ter no pastor a figura de um líder, isso

não me obriga a seguir cegamente tudo o que ele fala, anote isso no seu

caderninho, pois é o que nos diferencia primariamente.

[/quote']

Anote no seu então:Não seguimos os líderes cegamente.Ainda mais,volto a falar,você conhece a Organização para falar isso com tanta convicção?Pois é,eu já fui Evangélico,conheço como funcionam as coisas por aí03

Se isso realmente é verdade (e deve ser pq em matéria de religião tem

louco pra tudo)' date=' e se eu tivesse condições de fazê-lo, encheria de

porrada esse pastor em praça pública.

[/quote']

Eu não.Torço para o cara sair de lá,já que ele gosta das revistas.

Se todos fossem calcados na Bíblia' date=' pastores não cometeriam erros em seus sermões. O mesmo vale para as revistas.

[/quote']

Claro que sim.Afinal,a interpretação pode estar errada.Mas ela foi calcada na bíblia.

Por exemplo,

existe uma forte motivação por parte do Corpo Governante para as TJ não cursarem faculdade e afim,falando que não condiz com a urgência dos tempos e que também tira seu tempo em servir à Deus.Eu não concordo,mas é apenas sugerido usando alguns textos bíblicos.Nada é "mandado",é apenas sugerido.

O meu pastor pode falar sim erros doutrinários' date=' claro. Ele é falível,

pecador. Por isso mesmo que tudo o que ouvimos deve ser analisado à luz

das Escrituras. Mas como você já presume que tudo o que as revistas

falam estão de acordo com as Escrituras, então você será facilmente

levado por qualquer vento de doutrina em uma postura tipicamente

religiosa do tipo: "bem, já que o líder da minha religião tá falando

então é verdade e eu devo seguir".

[/quote']

Não falei que tudo que é falado é certo.

Apenas falei que o que é errado para você pode ser certo para mim,e vice-versa.

Concordo com o final,isso acontece muito em todas as religiões.

 

Link to comment
Share on other sites

Poxa Scofield...tantos exemplos para usar e você usa o do imbecil 06...Assim caímos na armadilha que chamo a atenção. Pois imbecil' date=' a princípio, era um termo médico para designar pessoas com problemas mentais. Não tinha uma conotação pejorativa.

É como acontece com palavras como medíocre e ordinário, que anteriormente significava aquele que estava na média, e hoje em dia é ofender...
[/quote']
Conan, convenhamos, o conjunto das duas palavras juntas "puta e imbecil", mesmo que você queira MUITO não deixa dúvidas quanto ao significado. Além do quê, falar que uma pessoa tem problemas mentais a chamando de imbecil também não é lá um elogio muito grande, MESMO QUE ela os tenha. E mesmo que um dia esse termo tenha sido usado com essa finalidade, hoje não é mais. Aí você forçou TANTO a barra que ela quase quebrou. 06

 

Entre os significados já conhecidos hoje, o que vem no dicionário:

imbecil é indivíduo com imbecilidade.

Imbecilidade: Psiq. Atraso mental acentuado, situado entre a debilidade mental e a idiotia, que se caracteriza pela incapacidade intelectual do indivíduo de utilizar e compreender a linguagem escrita, e de prover o seu sustento, situando-se-lhe o nível intelectual entre o de três e o de sete anos, nos testes de inteligência.

 

Hoje é ofender, mas a palavra já teve outro uso. Como você bem concluiu:  "E mesmo que um dia esse termo tenha sido usado com essa finalidade, hoje não é mais."

 

Gostaria de saber onde forcei a barra, se você falou a mesma coisa. Se for para (somente) falar partindo de chacota, dou-me por satisfeito a discussão.

 

 

Conan, pelamor, né? Não vou ficar discutindo coisas óbvias com pessoas inteligentes. Você nunca vai ter sucesso em apresentar um significado diferente para a expressão, ela é óbvia demais. Você captou exatamente o que eu quis dizer, tenho certeza. Passemos a outros pontos da discussão. 03

 

Como não foi colocado nenhum argumento para contrapor, acaba a discussão. Não tenho mais nenhuma colocação.

Afinal são coisas óbvias demais para ser discutidas...

 
Conan o bárbaro2008-09-10 12:43:21
Link to comment
Share on other sites

Pois é' date='eu já fui Evangélico,conheço como funcionam as coisas por aí03[/quote']

 

Sabe como se acabou de falar que a existência das inúmeras partições da Igreja Evangélica constitui empecilho para fazer qualquer tipo de juízo a respeito? Não entendi porque essa boca cheia para falar isso. Você frequentou todas as subdivisões existentes?  09

 

E ainda aguardo o texto sobre o catolicismo. Minha mãe é católica ferrenha, será legal ver o que ela tem a dizer a respeito. 01

 

 

Link to comment
Share on other sites

 

 

 

 

 

Como não foi colocado nenhum argumento para contrapor' date=' acaba a discussão. Não tenho mais nenhuma colocação.

Afinal são coisas óbvias demais para ser discutidas.
[/quote']

Pelamor, vamos ser adultos...os argumentos de AMBOS já foram colocados, você não concorda com os meus, eu não concordo com os seus sobre ESSE ASSUNTO. Experimente chamar sua namorada de puta imbecil e vamos ver se ela vai remeter aos antigos significados que postou. Não existe NENHUM contexto (pelo menos normal) onde esse CONJUNTO DE PALAVRAS JUNTAS (argumento que você ignorou sumariamente) não signifiquem uma ofensa. Pra mim é óbvio, se não concorda, paciência...Não precisamos concordar em tudo, vida que segue.

Mr. Scofield2008-09-10 12:55:12

Link to comment
Share on other sites

Sabe

como se acabou de falar que a existência das inúmeras partições da

Igreja Evangélica constitui empecilho para fazer qualquer tipo de juízo

a respeito? Não entendi porque essa boca cheia para falar isso. Você

frequentou todas as subdivisões existentes?  09

 

E ainda aguardo o texto sobre o catolicismo. Minha mãe é católica ferrenha, será legal ver o que ela tem a dizer a respeito. 01

[/quote']

Não entendí.

Você esta falando que eu deveria ter frequentado todas as sub-divisões para saber que elas existem?17

Vou ver isso agora.

 

 

Link to comment
Share on other sites

Sim, eu suprimi uma parte da frase por que copiei errado do quote maldito. Vamos então reescrever a frase inteira:

 

Não seguimos os líderes cegamente..Ainda mais,volto a falar,você conhece a Organização para falar isso

com tanta convicção?Pois é,eu já fui Evangélico,conheço como funcionam

as coisas por aí03

Entendeu agora o contexto? Você enche a boca aqui para falar como se conhecesse profundamente a Igreja Evangélica, enquanto o Dook supostamente não entenderia nada ou pouco da tal Organização. Se você acabou de falar que ela é difícil de ser caracterizada dadas suas divisões, como pode sugerir que conhece como as coisas funcionam "por aí" se não conhece profundamente todas as tais subdivisões? É uma contradição horrenda. 09

 

 

Link to comment
Share on other sites

Guest
This topic is now closed to further replies.
 Share

Announcements


×
×
  • Create New...