Jump to content
Forum Cinema em Cena

Oscar 2012: Previsões


Oberon
 Share

Recommended Posts

  • Replies 4k
  • Created
  • Last Reply

Top Posters In This Topic

A lista oficial será divulgada depois de amanhã. Mas acredito que não fugirá muito da lista divulgada. On the Road do Walter Salles e The Grandmasters do Wong Kar Wai infelizmente não devem ficar prontos a tempo, estavam bastante cotados.

Link to comment
Share on other sites

 

 

Sou fã da Meryl Streep' date=' mas não acredito na infalibilidade dela, nem de nenhum outro ator. Todos são passíveis de um mal desempenho e, além disso, as escolhas das produções nas quais os atores se envolvem também podem ser julgadas. Acho o endeusamento meio chato... e pouco crítico. Adoro, por exemplo, Jack Nicholson, um dos meus atores favoritos, mas em alguns filmes ele cede a uma caricatura dele mesmo, da persona que ele criou para o cinema. Assim, ele se entrega a seus maneirismos e caras e bocas (o que é até divertido por se tratar de Nicholson). Não gosto de Meryl em Dúvida, Julie & Júlia e Mamma mia. Ela é, sem dúvida, uma camaleoa, mas a senti artificial em Dúvida (uma reatualização dela como Miranda Priestley) e Julie & Júlia. E Mamma mia, para mim, é uma bomba horrorosa, apesar dela se divertir. A caracterização e os poucos segundos do teaser em The Iron Lady são um péssimo prognóstico. Senti a mesma artificialidade. Continuo, no entanto, achando que ela é uma das melhores atrizes vivas do cinema e que sua performance em A Escolha de Sofia é uma das coisas mais lindas que já aconteceram na telona. Enfim... só para destoar do coro que a acha infalível. [/quote']

 

 

 

Resolvi responder isso... Heheh

 

 

 

Endeusamento? Que exagero. Insinuar uma possível baixa capacidade crítica daqueles que não têm a mesma opinião que você não é muito educado...

 

 

 

Ademais, escolher produções não se enquadra na definição de interpretação. Nem faz parte do processo criativo do ator, aliás.

 

 

 

Sobre Mamma Mia!, vi a montagem original desse musical em Londres e penso que Meryl está muito, mas muito melhor no filme do que a outra atriz está no palco. Não tem nem comparação, independentemente de se tratar de mídias diferentes. E isso não se deve apenas ao fato de ela ter se divertido ao fazer o filme, malgrado esse elemento ser crucial para o sucesso - na minha concepção - de sua interpretação, que eu continuo achando bela e verdadeira.

 

 

 

Se isso é endeusamento, whatever, mas não perdi meu senso crítico só por ter gostado dela no filme, muito ao contrário. No dia em que ela mandar mal numa produção qualquer, serei o primeiro a dizer. Só acho isso pouco provável, dada sua excepcional qualidade técnica e grande sensibilidade artística.

 

 

Alexei... (o desprezo do isso, foi lindo. Parabéns! 10) me desculpa se ofendi seus brios como crítico. Minha msg não era direcionada somente a vc, obviamente. Acredito que existe sim um tipo de endeusamento que cega e evita um olhar mais crítico. Que bom que vc não se inclui nessa categoria, apesar de ter dito que Meryl nunca ia fazer nada de ruim na vida. Vi 90% dos filmes da Streep, acredito que ela ja errou sim, mais de uma vez (o que não é nenhuma tragédia), e acho que a escolha do projeto também pode ser avaliada (mas é CLARO que não faz parte da interpretação, não foi isso que falei).

 

Enfim, eu acho a discussão sempre interessante... estou a dispo.

 

 

 

 

 

 

Link to comment
Share on other sites

Albert Nobbs, The Eye of the Storm e 360 do Meirelles confirmados em Toronto!

 

Tem também Moneyball, 50/50, The Descendants, The Lady, Rampart e o novo filme da Jane Fonda. Além de outros já exibidos em Sundance, Berlim e Cannes como Corialanus e We Need to Talk About Kevin, além de A Dangerous Method que deve ser exibido antes em Veneza e The Ides of March também.
Link to comment
Share on other sites

 

charlotte parece estar bem, fazendo um tipo "over" q a academia gosta

 

deveria ter prisão perpétua para envolvidos em realizar remakes de grandes filmes como wuthering heights do olivier (e esse não é o primeiro deles)

 

nem sabia desse 360 do meirelles

 

a redgrave foi realmente elogiada por ese coriolanus? vejo vários criticos colocando-a como uma das possíveis indicadas

 

torcendo para carnage estreiar em veneza. ai acredito q não tem erro dele estreiar até dezembro nos eua

 

o projeto mais misterioso da temporada parece ser o young adult do reitman. não se fala nada sobre ele. parece até o charlie wilson's war do hanks e hoffman a alguns anos atrás

 

D4rk Schn31d3r2011-07-26 15:09:51

Link to comment
Share on other sites

 

deveria ter prisão perpétua para envolvidos em realizar remakes de grandes filmes como wuthering heights do olivier (e esse não é o primeiro deles)

 

 

 

 

Não entendi. Refilmagem de filme do Oliver...?

 

 

 

Pelo que sei, vem aí uma versão de O Morro dos Ventos Uivantes obra mais conhecida e clássica da Emily Brontë, e muito já adaptada. E quem já viu os dois filmes fodérrimos da Andrea Arnold sabe que coisa boa vem daí. saulomeri2011-07-26 15:51:24

Link to comment
Share on other sites

Resolvi responder isso... Heheh Endeusamento? Que exagero. Insinuar uma possível baixa capacidade crítica daqueles que não têm a mesma opinião que você não é muito educado... Ademais, escolher produções não se enquadra na definição de interpretação. Nem faz parte do processo criativo do ator, aliás. Sobre Mamma Mia!, vi a montagem original desse musical em Londres e penso que Meryl está muito, mas muito melhor no filme do que a outra atriz está no palco. Não tem nem comparação, independentemente de se tratar de mídias diferentes. E isso não se deve apenas ao fato de ela ter se divertido ao fazer o filme, malgrado esse elemento ser crucial para o sucesso - na minha concepção - de sua interpretação, que eu continuo achando bela e verdadeira. Se isso é endeusamento, whatever, mas não perdi meu senso crítico só por ter gostado dela no filme, muito ao contrário. No dia em que ela mandar mal numa produção qualquer, serei o primeiro a dizer. Só acho isso pouco provável, dada sua excepcional qualidade técnica e grande sensibilidade artística.

 

 

 

Perfeito Alexei!!! Concordo inteiramente. Meryl é SÓ a melhor atriz da geração dela mas é passível de erro, embora não me lembre de nenhuma interpretação equivocada dela, mesmo quando o filme não era bom. E ignorar a cena que ela interpreta The Winner Takes it All em Mamma Mia é Freud!!!

Link to comment
Share on other sites

Tinha visto o trailer de The Artist já e achei muito interessante e original. O ator parece muito bom. O trailer de The Eye of the Storm não esclareceu muita coisa mas interessou pelo trio de atores (Rampling é incrível). La Piel que Habito parece bem Almodovar mesmo só que com pitadas de começo de carreira: mais intenso e alucinado. Agora, o que é o Penn nesse This Must Be the Place? Se não tivesse dois Oscar, apostaria nele pra 2012. Parece estar um espetáculo.

Link to comment
Share on other sites

 

O Penn está fazendo escolhas atualmente, muito parecidas com as que Meryl Streep faz.

 

Ambos vem priorizando papéis que exigem uma caracterização fora do normal. São personagens de composição que fogem do arco natural de concepção, por isso muitas vezes passam essa sensação caricatural. Não que as vezes não sejam caricaturas... Vou tentar fazer um paralelo comparando:

 

O problema desse trailer de The Iron Lady é justamente esse. Parece uma caricatura o aspecto visual, com aquela maquiagem grotesca com bochechas parecendo um palhaço e Meryl, parece desconfortável naquele momento, combatendo a caricatura a que é obrigada a trabalhar.

 

Já neste This Must Be The Place, vemos o contrário, uma personagem que sim, apresenta uma composição caricatural, mas Penn aparentemente não trilha esse caminho.

 

Penn já caiu no outro lado da moeda, vide A Grande Ilusão, personagem que era caricatural em sua composição e Penn não conseguiu fugir disso no seu trabalho.

 

Esse tipo de personagem é uma faca de dois gumes para os atores...

 

 

 

FeCamargo2011-07-26 23:40:55

Link to comment
Share on other sites

Também acho ele caricato em Mystic River e detesto sua atuação nesse filme.  Seu primeiro Oscar foi injusto, ainda mais tendo Kinglsey, Murray e Depp tão inspirados.  Se queriam premiá-lo naquele ano, que o fizessem por 21 Gramas, trabalho genial dele.  Mas o segundo foi incrível, ele está soberbo em Milk, embora o Carneiro do Rourke more no meu coração.

 

 

Link to comment
Share on other sites

 

 

 

deveria ter prisão perpétua para envolvidos em realizar remakes de grandes filmes como wuthering heights do olivier (e esse não é o primeiro deles)

 

 

 

 

Não entendi. Refilmagem de filme do Oliver...?

 

 

 

Pelo que sei' date=' vem aí uma versão de O Morro dos Ventos Uivantes obra mais conhecida e clássica da Emily Brontë, e muito já adaptada. E quem já viu os dois filmes fodérrimos da Andrea Arnold sabe que coisa boa vem daí. [/quote']

 

sim, fazer remake de um filme extraordinário como já foi o do laurence olivier

 

assim como fazer um remake de um guerra nas estrelas, o poderoso chefão ou taxi driver

 

qual a necessidade disso se o novo nunca irá superar o original, apenas no máximo dos máximos ser do mesmo nível?

 

completamente desnecessário terem feito os remakes de sob o dominio do mal, psicose e 12 homens e 1 sentença por exemplo, onde os originais são 3 obras-primas

 

agora claro se o original não era grande coisa, nada contra, como é o caso de os infliltrados, o chamado ... e outros q não lembro agora

 

a respeito do wuthering heights original de 1920, como ninguém tem acesso, nem hj em dia nos torrents da vida, fica dificil dizer se a obra de 1939 foi necessária ou não. fica ai a sombra de uma dúvida 06

 

.

.

.

 

maneiro esse pôster do the ides of march

 

será o michael clayton ou frost/nixon do ano?

 

se for menos pedante q o superestimado good night and good luck eu até torço

 

D4rk Schn31d3r2011-07-27 14:45:49

Link to comment
Share on other sites

 

 

 

 

deveria ter prisão perpétua para envolvidos em realizar remakes de grandes filmes como wuthering heights do olivier (e esse não é o primeiro deles)

 

 

 

 

Não entendi. Refilmagem de filme do Oliver...?

 

 

 

Pelo que sei' date=' vem aí uma versão de O Morro dos Ventos Uivantes obra mais conhecida e clássica da Emily Brontë, e muito já adaptada. E quem já viu os dois filmes fodérrimos da Andrea Arnold sabe que coisa boa vem daí. [/quote']sim, fazer remake de um filme extraordinário como já foi o do laurence olivierassim como fazer um remake de um guerra nas estrelas, o poderoso chefão ou taxi driverqual a necessidade disso se o novo nunca irá superar o original, apenas no máximo dos máximos ser do mesmo nível?completamente desnecessário terem feito os remakes de sob o dominio do mal, psicose e 12 homens e 1 sentença por exemplo, onde os originais são 3 obras-primasagora claro se o original não era grande coisa, nada contra, como é o caso de os infliltrados, o chamado ... e outros q não lembro agoraa respeito do wuthering heights original de 1920, como ninguém tem acesso, nem hj em dia nos torrents da vida, fica dificil dizer se a obra de 1939 foi necessária ou não. fica ai a sombra de uma dúvida smileys/06.gif" align="absmiddle" alt="06" />...maneiro esse pôster do the ides of marchserá o michael clayton ou frost/nixon do ano?se for menos pedante q o superestimado good night and good luck eu até torço

 

 

 

 

Eu acho que ainda não nos entendemos. 06.gif

 

 

 

Você diz que é desnecessário um remake de O Morro dos Ventos Uivantes do Laurence Olivier? Primeiro, o filme de 1939 é do William Wyler. Segundo, Wyler nada mais fez do que uma adaptação de livro da Emily Brönte, independente da qualidade do resultado. Terceiro, reafirmo que é só ver os filmes da Andrea Arnold que instantaneamente você cria expectativa nesse.

Link to comment
Share on other sites

Resolvi responder isso... Heheh Endeusamento? Que exagero. Insinuar uma possível baixa capacidade crítica daqueles que não têm a mesma opinião que você não é muito educado... Ademais' date=' escolher produções não se enquadra na definição de interpretação. Nem faz parte do processo criativo do ator, aliás. Sobre Mamma Mia!, vi a montagem original desse musical em Londres e penso que Meryl está muito, mas muito melhor no filme do que a outra atriz está no palco. Não tem nem comparação, independentemente de se tratar de mídias diferentes. E isso não se deve apenas ao fato de ela ter se divertido ao fazer o filme, malgrado esse elemento ser crucial para o sucesso - na minha concepção - de sua interpretação, que eu continuo achando bela e verdadeira. Se isso é endeusamento, whatever, mas não perdi meu senso crítico só por ter gostado dela no filme, muito ao contrário. No dia em que ela mandar mal numa produção qualquer, serei o primeiro a dizer. Só acho isso pouco provável, dada sua excepcional qualidade técnica e grande sensibilidade artística.

 

 

 

Perfeito Alexei!!! Concordo inteiramente. Meryl é SÓ a melhor atriz da geração dela mas é passível de erro, embora não me lembre de nenhuma interpretação equivocada dela, mesmo quando o filme não era bom. E ignorar a cena que ela interpreta The Winner Takes it All em Mamma Mia é Freud!!![/quote']

 

 

 

É isso aí, qualquer pessoa é passível de erro e a Meryl não é exceção a essa regra. Só que eu nunca vi uma interpretação ruim dela, e acho pouco provável que isso aconteça nesse estágio de sua carreira. Possível, teoricamente falando? Sim. Provável? Penso que não.

 

 

 

E essa cena, o dueto em "The Winner Takes It All", é linda mesmo. Ela tirou das entranhas aquela interpretação, hehe.

 

 

 

Mudando de assunto, vi o novo Harry Potter. O mais legal do filme é que ele comprova, pra mim, que a terra de Shakespeare produz melhores atores e atrizes que qualquer outro lugar da face da Terra. Helena Bonham Carter, Julie Walters, Jim Broadbent, David Thewlis, Alan Rickman, Emma Thompson, John Hurt... É cada um melhor que o outro. E é do melhor deles, a grande Maggie Smith, a melhor fala: "eu sempre quis executar esse feitiço!", dita com a expressão de encantamento de uma criança. No rosto de uma senhora de 80 anos. Sensacional, hehe.

 

 

 

De resto, não achei o filme lá essa coca toda não. Não é ruim, mas achei meio flat nas cenas mais importantes.

 

 

Link to comment
Share on other sites

Segue a lista oficial do Festival de Veneza 2011:

 

"The Ides Of March", George Clooney
"Tinker, Tailor, Soldier, Spy", Tomas Alfredson
"Wuthering Heights", Andrea Arnold
"Texas Killing Fields", Ami Canaan Maan
"Quando La Notte", Cristina Comencini
"Terraferma", Emanuele Crialese
"A Dangerous Method", David Cronenberg
"4:44 Last Day On Earth", Abel Ferrara
"Killer Joe", William Friedkin
"Un Ete Brulant", Philippe Garrel
"A Simple Life", Ann Hui
"The Exchange", Eran Kolirin
"Alps",Yorgos Lanthimos
"Shame", Steve McQueen
"L'ultimo Terrestre", Gian Alfonso Pacinotti
"Carnage", Roman Polanski
"Chicken With Plums", Marjane Satrapi and Vincent Paronnaud
"Faust", Aleksander Sokurov
"Dark Horse",Todd Solondz
"Himizu", Sion Sono
"Seediq Bale", Wei Te-Sheng

 

Vários candidatos fortes ao Oscar que vem estão presentes.
Link to comment
Share on other sites

Gostaria de vê-lo ganhando, algum dia, se merecesse.

 

Caso eu fosse membro da Academia, teria o escolhido para a vitória por Marcas da Violência (desculpa aí, Philip Hoffman 03 ), mas ele nem sequer ficou entre os finalistas...

 

 

Link to comment
Share on other sites

 

Esse line-up de Veneza está fabuloso.

 

São tantas possíveis maravilhas... Mas esse filme do Sokurov adaptando Faust, me deixa doido. DOIDO! A ópera em si já é fabulosa. Tenho o DVD da montagem de 2007 no ROH. Fico imaginando o balé "demoníaco" do terceiro ato... Se ele colocar isso no filme! Nuh!13

 

Carnage do Polanski, se eu pensar demais, morro. Agora que divulgaram o tempo do corte final, 79min... PERFEITO!!!!!

 

Cronemberg, Andrea Arnold, Ferrara, Thomas Alfredson depois do seu genial Deixa Ela Entrar...

 

Acho que vou pra Veneza! 06

 

 

 

FeCamargo2011-07-28 14:12:14

Link to comment
Share on other sites

 

 

 

 

deveria ter prisão perpétua para envolvidos em realizar remakes de grandes filmes como wuthering heights do olivier (e esse não é o primeiro deles)

 

 

 

 

Não entendi. Refilmagem de filme do Oliver...?

 

 

 

Pelo que sei' date=' vem aí uma versão de O Morro dos Ventos Uivantes obra mais conhecida e clássica da Emily Brontë, e muito já adaptada. E quem já viu os dois filmes fodérrimos da Andrea Arnold sabe que coisa boa vem daí. [/quote']

 

sim saulomeri, sei q os filmes são baseados num livro, mas já q fizeram em 1939 um filmaço baseado na obra, p/ q ficam adaptando filmes e mais filmes cada década q passa?

 

completamente desnecessário a meu ver, assim como refilmarem novamente o livro do mario puzo ou o livro do anthony burgess ou do chuck palahniuk, etc

 

se o tal do andrea arnold é f**ão, pq ele não adapta uma obra q nunca chegou nos cinemas ou escreve seu próprio roteiro?

 

.

.

.

 

and the oscar goes to ... carnage!!! saïd ben saïd, oliver berben and martin moszkowicz producers 16

06

 

vamos ver se agora no click-on, groupon ou fuckon, eles lançam alguma promoção p/ passagem + estadia de 2 semanas em veneza 06

 

.

.

.

 

carnage? a dangerous method? the ides of march? war horse? q nada, esse filme é o q promete abalar a estrutura do cinema esse ano:

 

poster_serbian-film.jpg

 

trailer + sinopse: http://cinema.uol.com.br/ultnot/2011/07/22/bem-dirigido-filme-vetado-no-em-festival-no-rio-de-janeiro-e-calculado-para-causar-polemica.jhtm

 

foi vetado no festival do rio! mas já se encontra no festival do pirate bay 06

 

 

 

 

 

D4rk Schn31d3r2011-07-28 18:11:47

Link to comment
Share on other sites

Guest
This topic is now closed to further replies.
 Share

Announcements


×
×
  • Create New...