Jump to content
Forum Cinema em Cena

Mindblowing Movies (Filmes para Quebrar a Cabeça)


Mr. Scofield
 Share

Recommended Posts

Não é um gênero, mas tão fascinante quanto são os chamados mindblowing movies, filmes que fazem sua cabeça explodir (muitas vezes soam amargamente como mensagens do diretor dizendo: "você me subestimou, né, rs?). Normalmente são viagens difíceis que fogem ao tradicionalismo, que, convenhamos, não é à toa você não pensou no que de fato aconteceu ou teve dificuldades de acompanhar os acontecimentos. A estética empregada também é elemento muito importante para a construção de panoramas complicados e confusos, por vezes, em trabalhos mais elaborados. Na verdade, mindblowing movies apresentam um diálogo intrínseco com a arte da manipulação do público pelo diretor. Alguns exemplos:

 

1) Mudança de Perspectiva - muito embora a maioria das pessoas achem que tenha um potencial maior quando ocorra no final do filme, não é regra. Na verdade, é muitas vezes, interessante que ocorra antes para que mais eventos surpreendentes tomem parte da história. Entretanto, finais surpresa ainda são as forma mais populares e eficientes de fazer um mindblowing movie;

 

2) Existências de Armadilhas e Dilemas - ocorre quando alguma problemática no filme possui caráter de difícil ou impossível resolução. O público ao vivenciar a situação se vê diante de uma encruzilhada que requer grande desgaste mental para encontrar respostas (ou se depara com um paradoxo).

 

3) Curso difícil de seguir - às vezes a existência de originalidade aliada a um roteiro complexo, dificulta muito o acompanhamento de uma história. Quando se utiliza um fator que não temos costume de distorcer (como o tempo, por exemplo, fica mais difícil ainda). É necessário, nesse caso, mais atenção, o que pode tornar a experiência bastante penosa e cansativa. Ou gratificante, se for bem feito.

 

 

Segue uma lista inicial de filmes que me lembro no momento, INDEPENDENTE da qualidade. Vocês podem escrever como spoiler (quando acharem necessário), identificando, porque acham que é um mindblowing movie os que listarem, ok?  : D

 

Em vermelho, os filmes que considero mais difíceis de acompanhar.

 

Primer

Triangle

Upstream Color

Los Cronocrimenes

Fight Club

Ink

John Dies at the End

Shutter Island

Synedoche, New York

Waking Life

Inland Empire

Eraserhead

2001: A Space Odissey

The Cabinet of Dr. Caligari

One Point 0

Mulholand Dr.

Pink Floyd: The Wall

A Scanner Darkly

Irreversible

Melancholia

Angel Heart

Frailty

Enter the Void

The Shape of Things

Holy Motors

Enemy

Layer Cake

Resolution

The Fountain

The Mist

Il Conformist

The Cabin in the Woods

Inception

Chasing Sleep

The Man from Earth

The Matrix

Eternal Sunshine of the Spotless Mind

November

Dark City (Director's Cut) <<<< ATENÇÃO

Brazil

The Tree of Life

Solyaris

Persona

Abre Los Ojos

Donnie Darko

Cube

Looper

Pi

Dogville

The Lost Highway

Existenz

Moon

Stalker

Zerkalo

 

 

INCLUSÕES 28/04

 

Back to the Future 2

+1

Memento

The Sixth Sense

The Door

Everywhen

Exam

The Jacob's Ladder

 

Inclusões 30/04

 

No Country for Old Men

Funny Games

Thirteen Floor

Mine Games

Cube 2: Hypercube

Cube Zero

La Piel que Habito

Haute Tension

Into the Wild

Gummo (perturbador)

 

Inclusões 05/05

 

The Butterfly Effect

Enter Nowhere

Seconds

 

Inclusões 28/07

 

Martyrs

The Skeleton Key

Prisoners

Evidence

La Casa del Fín delos tiempos

The Dyatlov Pass Incident

Arlington Road

No Way Out

Red Lights

Open Grave

Kill List

The Zero Theorem

L'année denière à Marienbad

 

Inclusões 30/07

 

Static

American Psycho

Devoured

The Descent

El Laberinto del Fauno

The Machinist

 

Destaque para filmes de "última cena", que te deixam com fucked brain como o ótimo Resolution, o bom e recente Enemy e o razoável Layer Cake.

Link to comment
Share on other sites

O atenção é para o Director's Cut, Saga. 

 

Soto, Back to the Future 2? Por que?

 

Memento e The Sixth Sense se enquadram perfeitamente. E não acho o segundo nem um pouco envelhecido. Memento é meu top 4 de todos os tempos, inclusive, ele não apareceu na lista por puro lapso mesmo, rs. É um dos melhores exemplos dessa categoria de todos os tempos.

 

Dos citados pelo Soto não assisti Everywhen. Plus one é pavoroso e The Door eu não gosto também, mas são exemplos muito válidos. Vale dizer que detesto vários filmes da lista que postei, hahah. 

 

Outro que pode entrar na lista é Exam (que eu não gosto). E Jacob's Ladder (também no meu top 10, como minha memória anda ruim)

Link to comment
Share on other sites

O atenção é para o Director's Cut, Saga. 

 

Mas o Cidade das Sombras, original, já explode cabeças... Qual a grande diferença para a versão do diretor?

 

Até prq eu tenho ela aqui, já que o Cidade das Sombras é um dos meus preferidos do gênero...

 

Preciso ver essa versão então, muda muito?

 

 

 

Inclui nessa lista aí o filme "13º Andar", que é fantástico também...

Link to comment
Share on other sites

Mas o Cidade das Sombras, original, já explode cabeças... Qual a grande diferença para a versão do diretor?

 

Até prq eu tenho ela aqui, já que o Cidade das Sombras é um dos meus preferidos do gênero...

 

Preciso ver essa versão então, muda muito?

 

 

 

Inclui nessa lista aí o filme "13º Andar", que é fantástico também...

 

Saga, sinceramente, não me lembro, preciso rever esse filme, é sensacional. Eu ressaltei porque vi em um site. 13º Andar é ótimo.

 

Infelizmente tive que colocar Mine Games, que é uma bosta, mas se encaixa. Pode ser que alguém goste, né, hahaha.

 

Gust, TODAS as sugestões citadas por vocês entrarão na lista. Quando acharem que algum filme da lista é demasiado complexo, podem também sugerir de colocar em vermelho : )

 

EStou vendo Gummy, de 1997. Vi em algumas listas por aí, mas estou achando mais perturbador (todos os personagens, sem exceção, são incrivelmente estranhos) que mindblowing...vamos ver o final.

Link to comment
Share on other sites

Cube tá lá, Hypercube é bem superior como mindblowing (e é um filme melhor, ao meu ver, inclusive, embora todo mundo deteste), mas prefiro incluir individualmente. DETESTO Cubo Zero.

 

Desculpe, não tinha visto... =P

 

Achei bacana o Cubo Zero quando vi...

 

Faz tempo, preciso rever para saber se não foi a empolgação, rs...

 

 

O primeiro Jogos Mortais também é ótimo nesse sentido, os demais nem tanto...

 

 

 

 

 

Edit: Também pode incluir aí o filme "Alta Tensão"...

Link to comment
Share on other sites

Saw é um mindblowing pelo final. Muito embora não seja lá meu tipo preferido para enquadrar aqui (e seja um dos meus filmes preferidos de todos os tempos) se encaixa sim.

 

A Pele que habito, embora deteste também se encaixa.

 

Haute Tension acho uma porcaria, mas também concordo que tem a ver com a temática. Into the Wild não concordo, acho que não tem a ver, mas vou colocar.

 

 

Bom, acabei de ver Gummo (1997) - e não GummY como eu tinha falado antes - e é EXATAMENTE o tipo de filme a que me referia quando comecei a elaborar o tópico, me surpreendeu, porque até então não era. Vou escrever aqui um pouco:

 

 

Gummo (1997)  

 

O filme tem contornos niilísticos (mas não surreais), é muito difícil de assistir, muito perturbador sem ter sangue e, embora a narrativa não confunda o público quanto à cronologia, parece tentar corromper nossa noção de princípios, fazer com que a gente busque uma justificativa para o que está acontecendo na tela.

 

A história acompanha durante um período de tempo (que às vezes parece documental, às vezes não) uma cidade de Ohio que foi devastada por um tornado e a vida de sua população "pós apocalipse". Apesar do número bastante elevado de personagens todas as ações e comportamentos presentes no filme soam extremamente atípicos, estranhos, perversos e confusos. A nítida sensação é que a população é formada por pessoas em sua totalidade com problemas mentais graves. Muito palavreado, sugestão de satanismo e suicídio, insanidade, drogas, violência e auto degradação são muito fortes, mas SEMPRE implícitos, o que torna tudo ainda mais indigesto.

 

Gummo está na interseção entre os disturbing movies e os mindblowing movies pendendo para os primeiros (só não é sick porque não mostra a violência que sugere, mas tinha tudo para ser). Como chega no final e você fala "mas que porra é essa que eu acabei de assistir????", merece destaque aqui (mas vou colocar um aviso porque não é todo mundo que gosta)

Link to comment
Share on other sites

Eu acho magnífico Into the Wild, acho mesmo, mas mindblowing movies não são filmes reflexivos apenas, eles subvertem a ordem das coisas, instigam e provocam por plots gravemente não convencionais (como o de Gummo) ou subversivos com relação a eles mesmos (e não por serem corajosos) - acho difícil um filme baseado em uma história real se enquadrar, a não ser pela estética. Um exemplo de filme reflexivo-mindblowing seria The Man From Earth, na qual um professor de história (?) resolve ir embora subitamente de uma pequena cidade após alguns anos por motivos pessoais, mas é confrontado por um grupo de amigos de profissão, lhe cobrando explicações, por admirarem muito seu trabalho e não entenderem tal perspectiva. Pressionado, é obrigado a confessar que tem que se mudar periodicamente porque não envelhece como as pessoas comuns há literalmente milhares de anos.

 

Diante de pessoas com nível intelectual razoavelmente alto, cientes de todas as formas de informação possíveis hoje (como internet, bibliotecas, etc), o filme questiona que, dada essa possibilidade (não se sabe o caráter do personagem) EXISTE algum jeito de provar? Ele está mentindo? É louco? Pois tudo que se diz pode ter sido lido em algum lugar ou pervertido por céticos. Como esse é um dilema palpável e seus deselances são propostos no decorrer do filme com novos elementos complicadores ou facilitadores, não há dúvidas de que é um mindblowing movie de fundir o cérebro. Você fica o tempo todo pensando no "e se..?" A conclusão decepciona, mas independente disso, é um ótimo exemplo de que não é necessário que a problemática esteja no final, ela pode permear o filme inteiro.

Link to comment
Share on other sites

Soto citou e claro, corri atrás de Everywhen.

 

Eu gostei, mas achei bastante confuso, não entendi muito bem. Perfeito também para o tópico. O que achei muito legal é que foi feito por um pessoal que tem 16 anos e que nesse fórum aqui ó: http://www.indietalk.com/showthread.php?t=40645&page=2

o diretor norueguês e indie Jarand Breian é ativo (tem 127 posts) e agradeceu todo mundo que comentou. Criei uma conta lá também para reavivar o tópico. Recomendo, é bem curtinho, só tem 1:02.

Link to comment
Share on other sites

Post com notas dos que vi citados:
 

Primer  10/10

Triangle  10/10

Upstream Color  10/10

Los Cronocrimenes   6/10

Fight Club  10/10

Ink   5/10

John Dies at the End  2/10

Shutter Island  10/10

Synedoche, New York   7/10

Waking Life  10/10

Inland Empire  10/10

Eraserhead  7/10

2001: A Space Odissey  10/10

The Cabinet of Dr. Caligari  10/10

One Point 0  9/10

Mulholand Dr.  10/10

Pink Floyd: The Wall  9/10

A Scanner Darkly  4/10

Irreversible  8/10

Melancholia  7/10

Angel Heart 9/10

Frailty  10/10

Enter the Void  5/10

The Shape of Things  7/10

Holy Motors  10/10

Enemy  7/10

Layer Cake  6/10

Resolution 7/10

The Fountain  10/10

The Mist  8/10

Il Conformist  9/10

The Cabin in the Woods  1/10

Inception  8/10

Chasing Sleep  9/10

The Man from Earth  7/10

The Matrix 9/10

Eternal Sunshine of the Spotless Mind 7/10

November  6/10

Dark City (Director's Cut)  9/10

Brazil   5/10

The Tree of Life  10/10

Solyaris  10/10

Persona  10/10

Abre Los Ojos   8/10

Donnie Darko  10/10

Cube  5/10

Looper  7/10

Pi   6/10

Dogville  10/10

The Lost Highway   7/10

 

Existenz 

 

Moon   4/10

Stalker  10/10

Zerkalo  10/10

Back to the Future 2   8/10

+1   0/10

Memento   10/10

The Sixth Sense   10/10

The Door   4/10

Everywhen  6/10

Exam   6/10

The Jacob's Ladder  10/10

No Country for Old Men  8/10

Funny Games   8/10

Thirteen Floor   8/10

Mine Games   1/10

Cube 2: Hypercube   7/10

Cube Zero   2/10

La Piel que Habito    4/10

Haute Tension   3/10

Into the Wild  10/10

Gummo    7/10

The Butterfly Effect    6/10

Enter Nowhere  5/10

Link to comment
Share on other sites

Primer 8,0
Triangle 9,0
Los Cronocrimenes 6,0
Fight Club 9,0
Ink 6,5
Shutter Island 8,5
Mulholand Dr. 9,0
A Scanner Darkly 5,0
Irreversible 5,5
Melancholia 8,0
Angel Heart 8,0
Frailty 8,0
Enemy 8,5
Layer Cake 5,5
The Fountain 7,0
The Mist 8,0
The Cabin in the Woods 6,5
Inception 7,5
The Matrix 8,5
Eternal Sunshine of the Spotless Mind 10,0
Dark City (não lembro se foi a Director's Cut) 8,0
Abre Los Ojos 7,0
Donnie Darko 10,0
Cube 8,5
Looper 8,0
Dogville 9,5
Existenz 7,5
Moon 7,5
Back to the Future 2 10,0
Memento 9,5
The Sixth Sense 10,0
The Jacob's Ladder 8,0
No Country for Old Men 10,0
Funny Games 8,0
Cube Zero 5,5
Haute Tension 7,0
Into the Wild 5,0
The Butterfly Effect 6,0

Link to comment
Share on other sites

"The Machinist" , com o Bátima, tb se enquadra nesse trem.. o frances "Simon Werner a Disparu" tb, 

assim como os indies iankes "Truth or Dare" e "Everybody Loves Mandy Lane" , "Dead End", "the perfect getaway", "Identidade"

e acho q até o primeiro "Saw" tem espaço nessa seara...

Link to comment
Share on other sites

  • 2 months later...

Como não sei se postei aqui no fórum segue:

 

Seconds (1966)

 

Difícil falar deste bom filme de Frankenheimer sem revelar muitos segredos do enredo. Basicamente se trata de um bancário chamado Arthur que vive um casamento deteriorado e uma crise intensa de meia idade quando recebe o telefonema misterioso de um amigo que supostamente deveria estar morto. A ligação revelará a proposta de mudança dos rumos de sua vida. A partir de então, o que parece ser a solução de seus problemas, criará uma complexa cadeia de eventos bizarros e radicais que o fará descender a um severo inferno psicológico. 

 

Logo de cara Seconds anuncia uma estrutura que estabelece confrontos entre o protagonista e seus conflitos mentais utilizando a cinematografia. Movimentos de câmera inteligentes, perspectivas incomuns, ângulos inclinados transferem muitas vezes sua perturbação de forma genuína e, talvez, devido a este elemento primordialmente, o filme tenha adquirido status de cult com o passar do tempo. A despeito dessa característica, entretanto, há muito que se observar na ideia interessante (muito embora não pareça ser tão crível) e na forma de contar a história. O final é muito bom e o filme constrói um quebra cabeças que funciona mais visualmente no decorrer do filme que de fato como elemento complicador na compreensão do enredo. 

 

seconds29.jpg

Link to comment
Share on other sites

Eu incluiria nessa bagaça:

 

Take Shelter (excelente)

Evidence (the "whatafuck movie")  

La Casa Del Fin Delos Tiempos (excelente) 

Devil's Pass (bonzinho)

 

E a lista aumenta...

 

O Suspeito da Rua Arlington (filmão normalmente subestimado)

Sem Saída (o com o Kevin Costner e a Sean Young)

Red Lights (legalzinho)

 

Open Grave

Kill List (doido demais!)

+ 1 (beeem bacana) 

Link to comment
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

Loading...
 Share

Announcements

×
×
  • Create New...